acompanhe o blog
nas redes sociais

19.7.12

A Linguagem das Flores [Vanessa Diffenbaugh]

Ed. Arqueiro, 2011 - 304 páginas
      Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio. – Saraiva.


A seção Recomendado pelo Leitor foi criada para  melhorar a troca de informações sobre livros e aqui posto a resenha realizada por um Leitor participante do blog. Publico exatamente o que enviam, sem alterações. Participe Também!


Quem Indicou: Carolina Piovesan (Clube do Livro)

Nota: 

Opinião: Escolhi esse livro, pois confesso que fique apaixonada com a capa, o vestido todo azul com a flor rosa em destaque, me chamou muita atenção.  Amei a historia, além de aprender muito sobre flores e seus significados, e me revoltar com a Victoria, adorei a historia de superação e aprendi muito com os personagens transbordando seus sentimentos, recomendo a leitura.

Porque indicou: Foi um livro que me chamou muito a atenção por ser sobre um "Romance" Diferente.

Pontos positivos: Conhecimento das Flores

Pontos negativos: As intercalações de presente e passado - não gosto disso.

Público:Jovens

Sinopse:  Victoria Jones é uma menina órfã que viveu toda sua vida sendo jogada de orfanatos para orfanatos sem poder conhecer um lar e, por isso, desenvolveu um temperamento difícil, extremamente reservada, se fazendo passar por tímida para evitar as pessoas. Aos 10 anos Victoria conhece Elizabeth, uma mulher solitária, amorosa cujo sonho era ter uma filha, morar em uma casa de campo cultivando flores e seu precioso vinhedo. A menina assustada chega a casa com medo de esta ser mais uma experiência desastrosa, e má se interessa nas tentativas de aproximação de Elizabeth, que se esforça para ser compreensiva, carinhosa e muito paciente. Elizabeth tem uma grande paixão: a linguagem das flores e ensina a Victoria essa linguagem, que era usada antigamente pelos casais para expressar sua paixão. Aos 18 anos Victoria é emancipada após passar por muitos orfanatos e se vê perdida num mundo sozinha, além de ser obrigada a aprender, a sobreviver, buscando seu primeiro emprego. Sem experiência e com o único conhecimento em linguagem das flores, Victoria consegue trabalhar em uma floricultura. Victoria é a primeira personagem que eu conheço que possui uma característica peculiar, o medo de se aproximar das outras pessoas e de confiar nelas, não dando oportunidade para que elas provem o quanto a querem bem e por perto. E sempre que se vê em uma situação que sabe que tudo dará certo, sem perceber acaba estragando tudo. Assim Victoria acaba perdendo as pessoas que mais ama por causa de seu medo.

comentários pelo facebook:

19 comentários em "A Linguagem das Flores [Vanessa Diffenbaugh]"

  1. Olá ^^
    É claro que como não li o livro, não posso falar com certeza, mas pela opinião da Carolina, sinto que o melhor desse livro, seja mesmo a capa, estou errada?
    Sei lá, o enredo não me encantou e o fato dela ter dado só 3 estrelas pra ele, me indica que terei sérios problemas ao lê-lo =\
    Beijos, bom final de semana =*

    @morenalilica
    Doce Insensatez

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei bastante do livro, mas não acho que a capa é tão bonita assim. Podia ter sido mais elaborada. Ah, acho que a história contada no passado e presente foi essencial para a história fluir bem, para deixar a gente curioso sobre o que a Victoria tinha feito.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha lido uma resenha do livro mas confesso que não me chamou muita atenção. O fato de mesclar passado e presente não me incomoda, desde que esteja no contexto da história. Não está nas minhas prioridades, mas não descarto a hipótese de conhecer melhor a história.

    ResponderExcluir
  4. Interessante este livro. Nem me passava pela cabeça tratar-se disso, é um livro que eu não compraria pela capa e nem pela sinopse. O que me chamou a atenção em sua resenha foi o fato de tratar-se do tema adoção, talvez por isso já valeria a compra.

    ResponderExcluir
  5. Não li, queria ter lido, gostei, desisti, não sei o que pensar desse livro mais. Nossa....sou uma confusão. Conheço esse livro, mas não mantive o interesse por ele. Gostaria de ter lido...

    ResponderExcluir
  6. Não me chamou tanto a atenção, mas eu gosto de histórias que intercalam passado e presente - desde que bem feito, claro. Não sei dizer se gosto da capa, porque eu só formo a opinião da capa depois que leio o livro, rs.

    Bjos!

    Mundo Silenciso http://www.silentmyworld.blogspot.com.br/
    @BlogMSilencioso

    ResponderExcluir
  7. 1° ESSE vestido ai nao é azul nao, é verde O_O mas a capa é muito bonita mesmo ^^ ja tinha observado antes

    com relação a identificação da leitura para jovens (obviamente) nao li, mas acho que é uma leitura para mulheres de qualquer idade (minha opiniao)
    e muito bem observado pela leitora a questão das idas ao passado e presente, isso costuma me confundir um pouco em minhas leituras, mas tudo bem, parece ser um livro bem interessante e fora do padrao ^^

    ResponderExcluir
  8. Ai:concordo com você em tudo:adorei a capa,o vestido azul...mas o me chamou atenção foi o fato de ter flores.Simplesmente amo.Adorei a indicação.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Já tinha lido algumas resenhas sobre esse livro,e está na lista de leitura.
    Um dos pontos que mais me motivam a ler o livro,é a questão das flores,acredito que vou gostar de "conhecer" mais sobre a Victoria.

    =D

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Também estranhei o fato de ela só ter dado três estrelas, parece que não gostou tanto assim da história. A capa é linda mesmo.
    Pessoalmente gosto quando intercalam passado e presente, fico mais curiosa com as coisas que aconteceram.

    ResponderExcluir
  11. Também adorei a capa!
    Achei muito bonita,chama bastante a atenção, e também já ouvi falar bem desse livro.
    Adoro flores, e adoro descobrir seus significados. Fiquei curiosa sobre esse livro, vou colocar na lista de possíveis leituras.

    ResponderExcluir
  12. Oi, primeira vez que leio uma resenha sobre este livro. Não tinha ouvido falar dele antes. A história pelo que li aqui parece ser interresante , mas acho que a capa podia ser mais atrativa

    ResponderExcluir
  13. GISELA!
    nÃO LI AINDA NENHUMA RESENHA DO LIVRO, ESSA FOI A PRIMEIRA E ACHEI BEM INTERESSANTE A FORMA COMO RESENHOU E O ENREDO.

    FELIZ DIA DO AMIGO!!

    "AMIGO, palavra tão fácil de se escrever e pronunciar, mas tão difícil de ter. AMIGO, é aquele que nos ampara nos momentos difíceis, é aquele que nos crítica nos erros e fraquezas, é aquele que não engana, que não elogia para não explorar. AMIGO, é aquele que sente a nossa ausência e chora quando choramos."

    Vim desejar alegria, felicidade e muito amor no coração e um final de semana iluminado, cheio de carinho e felicidade!!
    “Crer, é tornar possível o impossível.”
    Carinho não tem preço, doe-se.
    Blogueiras Unidas 1275!
    Luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Já tinha ouvido falar do livro, mas não tá na minha lista. Não me interessei pela sinopse. Pela visto a Vanessa não gsotou muito também, só 3 estrelas. Não achei a capa lá essas coisas também.

    ResponderExcluir
  15. Não é um livro que eu gostaria de ler, a capa não é interessante e, nem mesmo a sinopse, porém a tematica é um tanto interessante

    ResponderExcluir
  16. Eu sou louca por esse livro!! Acho a capa linda, e adoraria conhecer mais sobre as flores.

    O ponto negativo que foi levantado, pra mim é positivo... rs... Adoro quando o autor mistura presente e passado, gosto de entender as atitudes das personagens tendo como base o que elas já viveram.

    ResponderExcluir
  17. A capa é bonita mas eu não tenho vontade de ler esse livro. Já as flores eu gosto muito de saber seu significado, sempre procuro quando surge uma dúvida.

    ----Leituras & Fofuras----
    www.leiturasefofuras.com.br

    ResponderExcluir
  18. Concordo com a Carolina, a capa é muito bonita mesmo, mais confesso que a sinopse não me envolveu, sei que posso até ser precipitada a dizer, mais não o leria. A história não me encantou ou me fez sentir curiosidade para saber o desenrolar da história.

    ResponderExcluir
  19. Uma pena a classificação, muita gente gostou desse filme, não só pelo contexto das flores, mas pela travessia desse tempo, que intercala presente e passado. Bom, de qualquer forma curioso pra ler.

    Sr. Fernandes

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir