acompanhe o blog
nas redes sociais

26.3.13

O Namorado do Papai Ronca [Plinio Camillo]

Ed. Prólogo, 2012 - 192 páginas:

        Livro infanto juvenil se propõe a promover o debate sobre a questão homoerótica tendo como narrador um garoto de 12 anos louco por futebol.
Foi lançado em junho de 2012 o livro O namorado do papai ronca, obra de estreia do autor Plinio Camillo que promete gerar bastante discussão sobre a questão homoerótica. É um recorte de seis meses na vida do garoto Dante, de 12 anos, inteligente, articulado e louco por futebol, que precisa ir morar com pai numa cidade do interior quando sua mãe vai passar uns tempos na Itália para um curso.


Imagine a dificuldade que é para um adolescente sair de São Paulo e precisar - em curto espaço de tempo - adaptar-se à nova cidade, nova casa, nova escola, e ainda conseguir fazer novos amigos. Pois esse turbilhão é narrado neste livro em ritmo de thriler e numa linguagem absolutamente jovem, e que inova no estilo ficcional ao trazer diálogos e personagens em linguagem típica da Web, como as conversas instantâneas por Skype ou Messenger. E mais, também inova ao apresentar os personagens via perfis de redes sociais, uma forma de contextualizar os diálogos e apresentar os personagens da história.

O título provocativo, segundo o autor, “nos faz refletir indiretamente sobre a questão homoerótica, uma vez que o pai relacionar-se com outro homem é o menor dos problemas do menino nessa fase de vida naturalmente tão conturbada”. Aliás, a maior implicância de Dante é que o namorado do seu pai ronca, só isso. O namorado do papai ronca foi selecionado pelo Concurso de Apoio a Projeto de Primeira Publicação de Livro no Estado de São Paulo do ano de 2011 (ProAC Edital nº 32/2011), e lançado pela Prólogo Selo Editorial em parceria com o Instituto Cultural MundoMundano.

Para Fernanda Carvalho, fundadora do Prólogo, simplicidade e naturalidade são as grandes virtudes desse lançamento infanto-juvenil (ou jovens leitores). “O autor usou uma linguagem sem complicações, em que a voz de Dante dá o tom do livro.”

- Você é gay, pai?
- Como?
- Quero saber se você é gay
- O que é ser gay, filho?
- Pai! Estou perguntando e não quero responder!
- Filho, sou um homem que adora o filho que tem e que ama outro homem.
- Mas então, é gay!
- Não sei. Sou alguém que gosta do que é.
- Não é gay?
- Filho!
- É, ou não é?
- Sem entender o que você quer dizer não sei responder.
- Então tá: gay é aquele que anda rebolando, fala fino e faz coisas como se fosse uma mulher.
- Então eu não sou.
- E que também transa com homem.
- Então eu sou”.


Um olhar por Nanete Neves

Resenha de Maria Helena Martins

Resenha de Rafael Revadam

Biografia do autor:

Plínio Camillo nasceu em 26 de novembro de 1960. Aos três anos descobriu que as letras tinham significados. Aos cinco, a interrogação. Aos nove, não era sintético. Aos 12, quis ser espacial. Aos 15, conquistou a exclamação. Aos 17 viu os morfemas. Aos 20 estava no palco. Aos 22 se viu como um advérbio. Aos 25 desenredou a lingüística. Aos 27 redescobriu as reticências. Aos 30, a juventude. Aos 35 recebeu o maior presente: a filha que lhe trouxe a felicidade. Aos 40 desvendou uma ligeira maturidade. Aos 41 volta ao verbo. Aos 45 recebeu o prazer de viver em adjunto adverbial de companhia. Depois dos 50 anos, usa óculos até para atender telefone. Hoje se diverte escrevendo.

Participa dos seguintes blogs:


Para Comprar:
  1. Site da loja do Prólogo: www.prologoloja.com.br
  2. Llojas e no site da Livraria Cultura. Preço: R$ 25.
  3. Site da Livraria Cultura: http://www.livrariacultura.com.br
  4. Ebook: www.iba.com.br/detalhes/livro/489496/o-namorado-do-papai-ronca

Contatos:

Plinio Camillo - pcamillo60@uol.com.br – Tel. (11) 9627-9640
Instituto CulturalMundoMundano - http://www.mundomundano.com.br/
Editora Prólogo - www.prologoloja.com.br

*Texto de divulgação enviado pelo Autor.

comentários pelo facebook:

23 comentários em "O Namorado do Papai Ronca [Plinio Camillo]"

  1. Oi Gi :)
    Que legal sua resenha! Ainda não conhecia esse livro, mas já vou procurar pra ler.
    O assunto é muito interessante e atual, quero ler tudo!
    Amei o quote que vc pôs, ilustra bem a postagem :)
    Beijos amore, ótima semana =*

    @morenalilica
    Doce Insensatez

    ResponderExcluir
  2. Que coisa boa deve ser esse livro! Eu fico imaginando a cena onde o filho pergunta isso ao pai! Vou ficar de olho porque quero saber mais o/

    Beijão
    Michelle Boyd
    Little Things

    ResponderExcluir
  3. Que legal esse livro, nem conhecia e gostei do que vi. Vou procurar saber mais, é bem legal.

    ResponderExcluir
  4. Quanto mais livros sobre a questão homoerótica tiverem, melhor. Fui criado em um meio no qual qualquer sinal de feminilidade marginalizava o sujeito, as crianças o crucificavam, sabemos o quão cruéis elas podem ser. Não havia meios de escapar, o cara ficava marcado, a palavra "bullying" nem passava pela cabeça dos psicólogos e psicoterapeutas de plantão. Imagino que hoje a coisa seja um pouco diferente, a informação é rápida e a disseminação é massiva. Portanto, vamos discutir com todos e principalmente com as crianças todas as questões, sem medo, sem preconceito.

    ResponderExcluir
  5. Bacana a proposta do livro, discutir um tema que ainda é bem polêmico de forma sincera e fluida. Ainda mais legal é a história envolver um personagem adolescente, cheio de dúvidas naturais da fase.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro, aliás não conhecia nenhum livro com essa temática. É válido porque é um tema atual e ainda não é bem aceito.

    ResponderExcluir
  7. LOL'
    Nunca li nenhum livro com essa temática , mas gostei muito ! :D

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o autor ou o livro, mas gostei da temática, vou tentar conhecer um pouco mais sobre a obra.

    ResponderExcluir
  9. O assunto é muito interessante e atual, bacana para esses tempos...pretendo ler!

    ResponderExcluir
  10. Acho que o tema precisa ser abordado, sim, de forma coerente e justa, respeitosa e dando o enfoque nas novas possibilidades de formação familiar - cada vez mais comuns. E um casal homossexual é uma dessas realidades que as crianças e jovens precisam saber lidar, sem tabus e com respeito ao ser humano, sobretudo.
    Palmas para o autor!

    ResponderExcluir
  11. Achei interessante o tema tratado no livro. É algo a se pensar. Creio que apresentando dessa forma para os mais jovens, eles possam no futuro tratar o homossexualismo com mais respeito. Fiquei curiosa para ler! =)

    Bjs
    @Tibiux

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro e nem curto muito leitura infanto-juvenil, mas achei esse o máximo! Parece ser bem divertido e uma forma mais leve de tocar no assunto com os leitores mais jovens. Adorei o quote rsrs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  13. OI Gi!
    É a primeira resenha desse livro que leio. Não o conhecia. Com certeza a proposta é interessante e original. Gostei do título, realmente é curioso e faz sentido segundo a intensão do autor. Mas confesso que não gosto mto de narrativas q simulem a linguagem usual dos internautas...

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Bacanérrimo esse livro. Além de ter o enredo mega atual, apresentando uma das muitas possibilidades de novas famílias, tem leitura fácil, fluída, direta, divertida e ágil.

    ResponderExcluir
  15. Não sabia desse lançamento mas achei muito válido. Temos que tratar o assunto, já que convivemos com ele e muitas vezes não sabemos como abordar, principalmente com as crianças. bem interessante!

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia o autor e nem livro, porém gostei do tema que ele aborda que é atual, porém bem polemico. Acredito por se tratar de um livro infanto-juvenil a leitura deve ser fácil, leve e divertida vou procurar para ler.

    ResponderExcluir
  17. Olá Gisela! Nossa, achei super interessante tanto o título do livro, como a contextualização juvenil citada por você e ainda mais o enredo em si. Fiquei bastante curioso e creio que o livro tem tudo para trazer boas críticas e uma histórica interessante. O melhor de tudo é que o autor é Brasileiro! Obrigado por essa super dica. Abraços!

    www.defrentecomoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro e nem o autor, mas achei super interessante! ;) Ah, tô seguindo o blog.

    Um beijo, Karine Braschi.
    Geek de Batom.

    ResponderExcluir
  19. Nossa, não conhecia o livro.
    Mas esse diálogo que você postou, gente, muito hilário. Fiquei bem curiosa para ler.
    Parece ser bem interessante e um tema bem atual.

    ResponderExcluir
  20. Eu não conhecia o livro achei o quote super interessante. Adorei.
    Não é um livr que entraria na lista das minhas próximas leituras, mas entraria mais adiante. Ruim, ele não deve ser.

    ResponderExcluir
  21. Achei interessante o autor tratar desse tema mas não tenho interesse em lê-lo. Vou guardar o nome caso precise indicar para alguém.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  22. Nossa, que livro diferente, Gisela!
    Fiquei mto curiosa agora! Nunca li nenhum livro que abordasse como tema a homossexualidade. Esse parece ser mto interessante.

    Beijao

    ResponderExcluir
  23. Temática bastante diferente, acho muito legal os autores abordarem este assunto e com descontração. Não é nenhum bicho de sete cabeças e as pessoas precisam entender isto. Adorei o titulo do livro, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir