acompanhe o blog
nas redes sociais

28.9.13

Branca como o leite, Vermelha como o sangue [Alessandro D'Avenia]

Branca como o leite, Vermelha como o sangue
Ed. Bertrand Brasil, 2011 - 368 páginas:
        Leo é um garoto de dezesseis anos como tantos: adora o papo com os amigos, o futebol, as corridas de motoneta, e vive em perfeita simbiose com seu iPod. As horas passadas na escola são uma tortura, e os professores, “uma espécie protegida que você espera ver definitivamente extinta”. Apesar de toda a rebeldia, ele tem um sonho que se chama Beatriz. E, quando descobre que ela está terrivelmente doente, Leo deverá escavar profundamente dentro de si, sangrar e renascer para a vida adulta que o espera.


A seção Recomendado pelo Leitor foi criada para  melhorar a troca de informações sobre livros e aqui posto a resenha realizada por um Leitor participante do blog. Publico exatamente o que enviam, sem alterações. Participe Também!


Quem Indicou: Rafaela Alves Cavalcante

Nota: 

Opinião:  Esse livro tem um enredo lindo. Muito poético e com analogias a cor que me encantaram, a narrativa do autor me prendeu de uma forma que foi bem difícil parar de ler. Sua escrita fluida e contemporânea instiga a leitura e vicia o leitor. O Leo é um adolescente cheio de problemas e comportamento típicos da sua idade, mas ele tem uma forma diferente de pensar sobre eles. Sua relação com o melhor amigo (Nico), com sua confidente (Silvia) e seu amor (Beatriz) é trabalhada com características próprias e mostra a importância de cada um na vida do Leo. Seus professores também são dignos de destaque, principalmente no que se refere ao Sonhador, sempre com suas aulas que fazem pensar e agir de forma diferente. Um professor que todo mundo gostaria de ter. O pai do Leo também foi outro personagem a somar boas conversas em sua caminhada. O amadurecimento do Leo frente aos acontecimentos e principalmente quando tem que enfrentar uma perda, é muito bem desenvolvido. Percebe-se claramente o que vai modificando em suas atitudes conforme ele vai buscando seus sonhos, sem deixar que sua personalidade autêntica seja alterada.

Porque indicou: As referências são ótimas! Muito engraçado ler o Leo chamando o professor de religião de Gandalf (O senhor dos anéis) e citando Harry Potter, Dante... Como ele também é muito ligado em música cita bastante os artistas italianos e o autor usa algumas letras para destacar ainda mais determinados momentos.

Pontos positivos: O intenso e singular “Branca como o leite, vermelha como o sangue“ retrata o processo de amadurecimento de um adolescente, a transição de seu espírito de insubmissão para uma condição mais madura, conquistada através da dor e do sofrimento. Léo, de dezesseis anos, era um garoto como qualquer outro até ser atingido pela ameaça da perda de sua amiga Beatriz, gravemente enferma. Em um ano de forte impacto emocional ele passa por um período de crescimento, ao longo do qual vai aprender a trabalhar suas emoções. A princípio o jovem gosta de conversar com os companheiros, jogar futebol, participar de corridas de lambreta, e está o tempo todo ligado ao seu iPod. Para ele as aulas são uma sessão de tortura e os mestres uma raça que deveria ser eliminada. Neste cenário típico da adolescência se destaca a presença de Beatriz, a qual resume seus sonhos e ideais, até o momento em que ela contrai uma grave enfermidade. Diante deste acontecimento inevitável, Leo se sente impotente e é obrigado a mergulhar em seu próprio íntimo em busca de recursos para lidar com esta situação, por mais que sangre sua alma ao longo deste processo.

Pontos negativos: O ruim do livro é que acaba muito rápido. Quando você percebe, já está se despedindo de uma história linda sobre a adolescência, a intensidade do primeiro amor e primeiras dores. Sobre os objetivos ainda não definidos. Sobre os sonhos que ainda não temos. Um livro para fazer pensar. Um livro para tingir de cores fortes o silêncio branco. Recomendo.

Público: Leitura Juvenil

comentários pelo facebook:

20 comentários em "Branca como o leite, Vermelha como o sangue [Alessandro D'Avenia]"

  1. Sou louca pra ler esse livro! *-* Esse titulo é tão tão lindooo! haahha

    ResponderExcluir
  2. Nunca me interessei por este livro, mas depois desta recomendação tão embasada, confesso que fiquei bem curiosa. Gosto muito de histórias sobre amadurecimento e esta me parece muito bem escrita, cativante e envolvente. Espero ler uma dia.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ainda não tinha parado para prestar atenção a esse livro e sempre achei que fosse alguma coisa relacionada à Branca de Neve, como uma releitura ou algo assim. Mas gostei da sua indicação, até porque foi bem fundamentada e explicada e a fase da adolescência sempre traz grandes aprendizados e rende belas histórias.

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca tinha parado para prestar atenção no livro, somente agora, rs. Bom, pela opinião da Rafaela, o livro me parece ser bem interessante. Quem sabe um dia eu leia, não é mesmo? rs. Beijos,

    http://arimaciel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Quando li o titulo do livro sempre hei que fosse a narrativa de uma mulher e imaginei uma historia completamente diferente. Acho muito legal quando é possível acompanhar o "crescimento" de um personagem. O livro parece ser cheio de referencias da literatura, cinema e arte, e é uma forma de conhecer algo novo bem interessante.
    Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  6. Sou doida pra ler esse livro, parece ser tão legal. A trama é interessante e vi ótimas resenhas dela, vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li nada do autor, mas com tantos elogios sobre seus livros fiquei curiosa. Eu gosto quando os livros mostram o amadurecimento dos personagens, é algo bonito de se ver, apesar da situação que o leva a isso. Não sabia que era pequeno assim, uma pena, quando o livro é bom a gente sempre quer mais paginas.
    Espero ler em breve.
    Bj

    ResponderExcluir
  8. Até agora só tenho lido resenhas positivas em relação a esse livro. São poucos os autores que conseguem trabalhar muito bem tramas com o universo adolescente. Se tiver oportunidade, lerei.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  9. Amei o título e o fato de ter referencias a LOTR, HP ... Curiosa pra saber qual é a doença e se a Beatriz sobreviveu.
    Boa recomendação, valeu! =D

    ResponderExcluir
  10. Eu sou louca pra ler esse livro, só por esse título. Agora que eu sei que o livro é tão bom assim, estou querendo ler mais ainda.
    Adorei a indicação
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. O título e a capa desse livro sempre me chamaram atenção, mas eu tinha dúvidas quanto a ler ele, ultimamente tenho visto resenhas dele e estou pensando em ler. Será que é semelhante ao A Culpa é das Estrelas? Se for eu vou comer o livro.

    ResponderExcluir
  12. O livro em si já me chamava atenção a bastante tempo, a capa é simples, o título é lindo. Tudo isso contribui. Fiquei com mais vontade ainda de conferir a obra sabendo do que ela realmente retrata e julgo um assunto bem interessante! Pretendo lê-lo com certeza :)

    ResponderExcluir
  13. Parece ser um livro bem intenso e emocionante e estou bem curiosa para ver como será o processo de amadurecimento de Leo e o que acontecera com Beatriz - espero que ela sobreviva e tenha um final feliz ao lado de Leo :D !!
    Não sei ao certo quando irei começar a ler, pois tenho alguns livros pendentes, mas pretendo fazer a leitura em breve!! Obrigada pela dica, Rafaela.

    ResponderExcluir
  14. Já tinha ouvido falar desse livro, mas acho que nunca li uma resenha dele que passasse essa profundidade. Mostrando que é muito mais que só um livro adolescente que vai retratar o primeiro amor. Fiquei super interessada por ele ao ler sua resenha. Espero poder lê-lo, mas antes que tenho que ler todos os outros que estão na frente.

    ResponderExcluir
  15. gosto de ler resenhas, as leio todas, nem sempre comento, me penitencio por isso, sei que quem escreve quer o feed-back. agora, quando me deparo com uma descrição tão inesperada como esta tenho que me pronunciar. rafaela você está maravilhosa, parabéns. ainda mais quando fecha com uma frase dessas; "Um livro para fazer pensar. Um livro para tingir de cores fortes o silêncio branco." vai me fazer comprar o livro por isso

    ResponderExcluir
  16. Olá meninas!!
    Já tinha visto este livro sendo indicado por uma vlogueira, e nunca me esqueci como adorou o livro, e agora lendo mais detalhes sobre o livro , fiquei mais animada pela leitura =)
    Esta capa é linda demais e o título é bem interessante.
    Bjuss

    ResponderExcluir
  17. Apesar da sua ótima resenha ainda nao senti vontade de ler esse livro. Acho que não estou no momento de ler um livro assim mas vou guardar essa dica para o futuro.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  18. Hoje estava stalkeando skoobs alheios e vi esse livro nos favoritos de uma blogueira. O título e a capa chamam muito atenção, mas mesmo assim não cheguei a ler a sinopse. Aproveitei esse post da resenha e li para saber do que se trata. Gosto de histórias que as personagens evoluem ao longo da leitura. É interessante o processo de amadurecimento, muitas vezes nos encontramos em determinadas situações citadas nos livros. Fora a capa e o título maravilhoso, o enredo em si me atraiu.

    ResponderExcluir
  19. Não fiquei com vontade de ler, essas adaptações não estão me agradando muito, li Branca de neve e o caçador e A garota da capa vermelha e não gostei de nenhum dos dois, então estou com receio de ler esse também, pois sei que não irei gostar.

    ResponderExcluir
  20. Não sabia que a trama era sobre um adolescente.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir