acompanhe o blog
nas redes sociais

28.11.13

Na Companhia das Estrelas [Peter Heller]

Na Companhia das Estrelas [Peter Heller]
Ed. Novo Conceito, 2013 - 352 páginas:
       Em um mundo devastado pela doença, Hig conseguiu escapar à gripe que matou todo mundo que ele conhecia. Sua esposa e seus amigos estão mortos, e ele sobrevive no hangar de um pequeno aeroporto abandonado com seu cachorro, Jasper, e um único vizinho, que odeia a humanidade, ou o que restou dela.
Mas Hig não perde as esperanças. Enquanto sobrevoa a cidade em um avião dos anos 1950, ele sonha com a vida que poderia ter vivido não fosse pela fatalidade que dizimou todos que amava. Hig é um guerreiro sonhador. E tem uma imensa vontade de gente, apesar da desilusão que se abateu sobre ele. Por isso é capaz de arriscar todo seu futuro quando, um dia, o rádio de seu avião capta uma mensagem...

"Às vezes, um bom coração é tudo de que um homem precisa"

Hig e seu cachorro Jasper perderam tudo o que tinham quando o mundo foi devastado por uma doença. Eles se abrigaram em um hangar abandonado. Seu único vizinho era Bangley, um revoltado, que manda muito bem com qualquer tipo de arma ou estratégia de guerra, em outras palavras um sobrevivente sem piedade.

A vida após o ”fim do mundo” se tornou difícil e em muitos momentos, Hig se pega relembrando momentos passados. Ele  era apaixonado por sua esposa, a qual ajudou a encerrar seu sofrimento com a doença sufocando-a com o travesseiro do hospital. Desde então vem convivendo com a dor e a solidão.

“É possível amar de maneira tão desesperada que a vida se torna insuportável? Não falo do amor não correspondido, quero dizer estar amando. Estar vivenciando o amor e sentir-se desesperado. Por saber que acabará, pois tudo acaba. Um dia.”

Hig conseguiu manter um avião de pequeno porte, que usa pra fazer uma sonda aérea e manter longe da base do hangar qualquer perigo. Ele costumava sair para caçar nas montanhas onde ainda havia bichos como cervos, mas o que ele mais gostava de fazer era pescar acompanhado pelo Jasper.  O cão porem já estava idoso, fraco e surdo. Para saber exatamente o que acontece ao Jasper em uma dessas viagens, você leitor terá que ler essa história de sobrevivência. Vale lembrar que não irá encontrar aqui as mais comuns das histórias de zumbis, já digo que nesse contexto, quem devastou a vida humana foi uma gripe em junção a uma doença sanguínea.

Confesso que fiquei meio perdida no inicio, pois o autor descreve alguns tipos de armas usadas por Hig e Bangley que eu sinceramente desconheço, mas com o desenrolar da história fui me apaixonando pelo coração puro de Hig, que mesmo dentre tantos problemas e pessoas tentando lhe matar, ainda assim arruma espaço e coragem para cuidar das famílias doentes, sendo a doença contagiosa. É com essa coragem que ele enfrenta uma nova aventura em seu avião, na procura de um sinal que há quatro anos havia ouvido e acaba conhecendo Cima e Papi. Te convido a descobrir como foi esse encontro e até onde eles foram.

Cortesia da Editora Novo Conceito


Resenhado por:
Luana Miranda Rodrigues Analista de Sistemas – “Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história”. Bill Gates tem toda razão.

comentários pelo facebook:

12 comentários em "Na Companhia das Estrelas [Peter Heller]"

  1. Eu pensei que o livro fosse bem mais envolvente, mas mesmo que não seja, tenho a sensação de que ele trata de coisas mais profundas do que o que vemos na maioria dos livros e por isso quero tanto ler.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Me interessei pelo livro após ler a resenha, porém a minha lista está tão grande que decidi não adicionar mais nenhum livro a lista.

    ResponderExcluir
  3. Estou com esse livro aqui pra ler e sempre acabo adiando a leitura. A resenha me fez ficar animada, apesar de ter bastante descrição, o que realmente torna o livro um pouco cansativo. Mas tenho certeza de que o livro passa uma mensagem muito bonita. E já gostei de Hig só pelo que você falou!

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho o livro mas ainda não li. Já ouvi falar que le tem um estilo de escrita diferente, mais denso, mais contemplativo até. Acho que é uma leitura para a qual se deve estar preparado e não apenas para passar o tempo.

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho uma curiosidade imensa de ler esse livro, ele me parece que traz bastante reflexões né? e eu amo livro assim. E cá entre nós, fiquei besta com o que ele fez (asfixiar a própria mulher, pra ela não sofrer mais). ;/ Espero ter oportunidade e dindin rs pra lê-lo logo!

    ResponderExcluir
  6. Eu costumo gostar desse tipo livro e adoro livros com a escrita mais filosófica e reflexiva. Mas eu não curti a sinopse, não foi atrativa e a escrita pareceu ser maçante. De qualquer maneira, só lendo para ter certeza.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro me passa a impressão de ser um pouco monótono demais. Mesmo assim, me parece ser uma bela história. Acho que vale a pena sair um pouco da minha zona de conforto, e dar uma conferida nesse livro.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Desde o lançamento tinha curiosidade com essa trama, por causa da sinopse.
    Mas algumas resenhas me desmotivaram... darei uma chance a leitura, pois sua resenha foi bem detalhada e deu para perceber aparentemente que o livro tem uma leitura mais lenta!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  9. Sério que não é tão bom assim? Poxa, eu estava até com vontade de ler esse livro, mas agora percebi que tem um cachorro na capa - e na história, dã - e detesto história com cachorro t,t sei lá porque, só não me atrai.

    ResponderExcluir
  10. Adoro essa tipo de ficção.
    Não tinha lido nada sobre esse livro, mas já o vi bastante por aí e acho a capa linda!
    Acredito que também ficaria perdida com a descrição de armas que você mencionou que há no começo da leitura, mas quando nos apegamos aos personagens, não há como largar a história.
    Que pena que não foi uma graaaande leitura pra ti, mas tenho certeza de que vou gostar muito.

    ResponderExcluir
  11. Não é o tipo de livro que me atrai. Eu meio até que fiquei aliviada quando não fiquei com ele na promoção kkkk

    ResponderExcluir
  12. Não gostei da trama e o livro não faz meu estilo de leitura. Achei a capa bonitinha.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir