acompanhe o blog
nas redes sociais

10.3.14

Fragmentada, Vol. 02 [Teri Terry]

Fragmentada, Vol. 02 [Teri Terry]
Ed. Farol Literário, 2013 - 424 páginas:

        Kyla não deveria se lembrar de nada que viveu antes de ser Reiniciada. Mas segredos e recordações atormentam sua mente. Presa em uma luta contra a opressão dos Lordeiros e ansiando por liberdade, Kyla vê passado e presente numa rota de colisão que ameaça sua vida. Enquanto continua sua busca desesperada por Ben, em quem ela poderá confiar em um mundo repleto de segredos e mentiras? 








Você já leu um livro em 1 dia, de um gole só? Não? Então prepare-se para Fragmentada. Assim que começa a ler só consegue largar depois de termina-lo, pois ele não sofre da síndrome do livro do meio, muito pelo contrário, veio para consolidar esta trilogia como uma das melhores do momento. A autora aumenta o ritmo de sua narrativa, fica bem mais ágil e tira literalmente o folego do leitor.

"Quando fui Reiniciada, me tornei uma página em branco. Levei nove meses no hospital para aprender a funcionar: andar, falar e lidar com meu Nivo."

Kyla é uma reiniciada, ainda está aprendendo sobre o mundo e em quem pode confiar, todos a sua volta parecem que escondem algum segredo e seu único amigo, Ben, está desaparecido. Ela se sente sozinha e acaba descobrindo que seu novo professor de biologia, Nico, conhece mais do seu passado do que ela mesma. Kyla convive com seu tormento interior, sempre tem sonhos que parecem realidade e, mais do que nunca, quer saber quem é o seu verdadeiro "eu".

"- Funcionou? Nico, por favor. Me explique. Me lembro de coisas fragmentadas, mas é tudo muito confuso. Não compreendo o que houve comigo."

Neste segundo volume a autora esclarece muitos dos enigmas da trama, por isso tem uma narrativa tão envolvente e eletrizante. Novos personagens aparecem e alguns tem suas histórias mais desenvolvidas, como a Dr. Lysander e a própria mãe de Kyla. Os laços afetivos são um ponto forte e fica mais evidente também a opressão que a sociedade londrina está vivendo com este regime totalitário.

"Vejo os sinais de conflito: janela lacradas, prédios destruídos... E acima de tudo, vejo os danos reais, os olhos de um povo massacrado"

"Aquele que está no poder muda a história para que sirva aos seus interesses"

Mas nossa heroína, apesar de jovem, é uma guerreira e enfrenta com seu instinto humanitário as diversas situações em que é manipula pelos dois lados desta guerra, onde quem perde, como sempre, é o povo. Ela tem que fazer escolhas muito difíceis e só pode contar consigo nesta luta entre o bem e o mau.

"Em algum lugar dentro de mim há um pequeno brilho, um sentimento. É quente e estranho, e eu o seguro, o abraço apertado.
É a esperança."

Como todos os livros da Editora Farol, o acabamento é impecável, capa linda, letra de um tamanho legível e não cansativa (hoje isto não é mais um detalhe para mim) e ótima diagramação. Leitura recomendadíssima.

Cortesia da Editora Farol Literário


comentários pelo facebook:

24 comentários em "Fragmentada, Vol. 02 [Teri Terry]"

  1. Já peguei alguns livros da Farol na livraria. E são realmente lindos! Nenhuma capa de algum livro deles é feia.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Gisela
    Adorei a resenha do livro, me parece bem interessante... Livro bom é assim, que a gente pega e só solta na última página.
    Bjos e uma boa semana.
    Parabéns pelo blog.
    Sheyla.
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/2014/03/sheinside.html

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li Reiniciados, mas estou muito interessada nesse livro. O problema é que estou tentando evitar o máximo que posso séries e trilogias. Mas esses livros parecem ser muito bons para ter tantas críticas positivas. Vou ver se me decido.

    ResponderExcluir
  4. Eu pensei que talvez Fractured pudesse passar pela maldição do segundo livro, mas vi que me enganei - e feio! Se em Reiniciados eu senti uma ligação especial com a série, no segundo volume eu pude ver que me tornei fã da autora. Achei o máximo o que ela fez com a história. Só me mostrou mesmo que esta tem potencial pra ser uma das melhores séries distópicas que já li.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Essa série está na minha lista há um bom tempo. Gosto de ver que a autora soube aproveitar os mistérios levantados no primeiro volume e também conseguiu desenvolver muito bem a personagem principal!
    Espero ter a chance de ler os dois livros um dia!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá!!
    Adorei a resenha e ela só reforçou a minha vontade de ler esse livro. Vou ler em breve.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi Gisela!
    Achei esse segundo livro bem mais dinâmico que o primeiro e realmente a autora não economizou nas surpresas, mesmo sendo o livro "do meio", mal posso esperar pela conclusão da trilogia =)
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  8. Eu com certeza preciso ler esses livros, e ja faz algum tempo que quero ler reiniciados , mas ainda não tive possibilidade! Até o momento só vejo elogios dessa história!

    ResponderExcluir
  9. nuuuuuussa querida Gi, eu já estava com um destes comichões que nos ataca quando nos deparamos com um livro diferente. esperei pra ler um pouco de resenhas, sondar mais um tiquinho. e não é que a curiosidade tomou forma desproporcional? pois é, muitos livros YA saíram em 2013 e 2014 me parece ir pelo mesmo caminho, com a qualidade no texto derrubando classificações.
    ponto para este no quesito "livro do meio", que como sabemos é sempre um livro de passagem, uma ligação entre o novo e a resolução de tudo. se este saiu da mesmice, melhor ainda.
    é Gi, haja dindim pra tanto desejo né?

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li o primeiro livro, mas quero muito conhecer essa trilogia. A protagonista parece ser forte, destemida, adoro personagens assim. E o enredo em si dos livros já fisga qualquer leitor né? quero muito ler. Só falta verba pra isso. haha E ah, amei os quotes!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li Reiniciados, mas me disseram muito bem do livro. Estou louca para comprá-lo e poder me apaixonar pela história.

    ResponderExcluir
  12. Pena que ainda não li o livro 1...
    Queria saber mais, mas não posso :/
    Pelo menos saber que este livro é ótimo e que consolida a estória... me deixa mega feliz.
    Nunca tinha ouvido/lido sobre "a síndrome do livro do meio".
    Adoreeeeei

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li o volume um da trilogia, por isto não posso falar muito.
    Também tomei cuidado ao ler a resenha pra não pegar spoiler, mas adoro quando dizem que a editora tem cuidado com a edição do livro. Já virei fã da Farol!

    ResponderExcluir
  14. Tenho muita vontade de ler essa série, tenho os dois livros aqui em casa e nem sei por que não peguei para ler ainda. Fico feliz em saber que o ritmo da história melhora no segundo volume, acho que vou amar!
    Parabéns pela resenha!
    sopramenores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Tenho muita vontade de ler esse livro, só que tô com uma lista enorme de livros pra ler antes. É uma trilogia né? Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  16. Estou louca para ler o primeiro livro, as capas dessa série é linda *--*

    ResponderExcluir
  17. Acho as capas de um capricho! E foi bom vc citar que a letra tem tamanho confortável, tb prefiro assim.
    Não é meu estilo de leitura, sou dos dramas reais e romances possíveis, rsrs. Mas acho que vc tocou num ponto fundamental de uma trilogia ou de uma série: os livros do meio sempre correm o risco, são infelizes por fazer a 'ponte' entre a estreia, que tende a ser instigante, e o final, que deve ter um desfecho que deixe o leitor, no mínimo, satisfeito.
    Bom saber que aqui o livro do meio se livra do estigma e apresenta soluções que vão enriquecer mais a trama e saciar o leitor de suas dúvidas. Sucesso!

    ResponderExcluir
  18. Ainda não li Reiniciados, mas será uma das minhas próximas leituras. Bom saber que esse segundo volume manteve o ritmo e a qualidade do primeiro. Acho que essa série deve se consolidar como umas das melhores séries de distopia e pretendo conferir em breve!

    ResponderExcluir
  19. Foi exatamente essa sensação que tive quando comecei a ler o livro. Pela quantidade de páginas, não consegui ler em um dia só, mas a vontade era devorá-lo em uma sentada, rs.
    Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  20. Ainda não li o primeiro, mas tenho vontade e fiquei ainda mais animado agora em saber que a continuação não sofre dessa sindrome haha Pelo jeito essa trilogia é realmente muito boa, parece ter bons personagens e pelo jeito não é enrolada, já que a autora já desvendou vários misterios!

    ResponderExcluir
  21. Oi Gisele, eu tenho o primeiro volume, mas ainda não tive tempo de ler, e a cada resenha que leio, não só do primeiro volume, como deste segundo, minha curiosidade só aumenta.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  22. Eu sempre achei que a premissa dessa trilogia era uma das mais criativas que apareceram nesses últimos tempos. Legal saber que, mesmo sendo o "livro do meio", a autora conseguiu imprimir um ritmo super interessante na trama. Isso acaba nos deixando cada vez mais curiosos pra saber do desfecho dessa história. Enfim, "Fragmentada" já está na minha listinha de leitura.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. não conhecia nem o primeiro nem o segundo, e não gostei muito da história.. A capa é atraente, mas mesmo assim.. deixo pra quem gosta.
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  24. Ainda não li o primeiro, mas com certeza os dois estão em minha lista, e pretendo lê-los em breve.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir