acompanhe o blog
nas redes sociais

21.4.14

A Menina que Semeava [Lou Aronica]

     
A-Menina-que-Semeava-Lou-Aronica
Ed. Novo Conceito, 2013 - 416 páginas:
      Chris Astor é um botânico bem-sucedido, mas, especialmente, um pai amoroso. Sua filha, Becky, é seu maior e melhor projeto. Mas a garota, tão amada, tem câncer. O que pode um pai quando sua filha foi acometida por uma doença assim, nociva? Como diminuir o sofrimento de uma criança tão amada? Apesar de sua agonia, Chris encontra uma maneira mágica de acolher sua menininha. Para que ela se recupere bem, ele cria um mundo paralelo, cheio de fantasias e personagens maravilhosos que parecem ter o poder milagroso da convalescência. E nada no mundo, nem sua sanidade, nem seu trabalho, nem mesmo sua mulher serão obstáculos para a determinação deste pai que só tem o propósito de ver sua filha feliz.

Onde comprar:

Este livro me surpreendeu muito pois não esperava me emocionar e até mesmo chorar assim. Eles nos traz a história de Chris e sua filha Beck. Quando Beck era criança, há alguns anos atrás, ela teve câncer. Para ajudá-la com todo o tratamento, Chris contava histórias de mundos imaginários fantásticos, e assim eles criaram Tamarisk, um lugar mágico onde a terra é azul e os pássaros cantam belas canções, um reino incrível onde vive a princesa Miea, uma adolescente bonita, forte e inteligente.

Quando Beck entra em remissão, sua mãe Polly pede o divórcio, e Chris, mesmo não querendo se separar da filha, aceita o fim do casamento, ao contrário de Beck que culpa o pai por sair de casa e pede para nunca mais falar em Tamarisk. Mas agora o câncer voltou e Chris não sabe como lidar com isso. Tamarisk se torna o único consolo deles quando Beck descobre que é real e está com graves problemas.

A narração que é conduzida ora por Beck, ora por Chris, ora por Miea, nos mostra todos os lados desta incrível história.

Apreciei a narrativa do autor, Lou Aronica, a forma como ele joga com os pares Drama x Fantasia e Realidade x Desejo. Gostei muito do livro no geral, onde os personagens são cativantes e envolventes, mesmo não gostando da Polly, achei-a muito insensível e egoísta, só lembrava das dificuldades que teve durante o fim do casamento e a doença da filha, esquecendo que o Chris também teve sua carga de dor e sofrimento, e também ama muito a Beck.

"Uma história sobre desespero, esperança, invenção e descoberta que ultrapassa qualquer razão, qualquer limite, enquanto você revê tudo aquilo em que acredita."

Cortesia da Editora Novo Conceito


Resenhado por:
Stephania Ferreira , Nascida na Bahia, veio para Vitória estudar Arquitetura. Ler é sua segunda paixão.

comentários pelo facebook:

19 comentários em "A Menina que Semeava [Lou Aronica]"

  1. Oiee,
    Esse livro sempre me atraiu, desde que vi essa capa belíssima fiquei com vontade de lê-lo. Apesar disso nunca fui me informar sobre o que ele tratava, então sua resenha é a primeira que leio sobre ele e me encantei com o tema e os personagens.
    Se antes eu o queria, agora quero mais ainda.

    ResponderExcluir
  2. Tenho o livro e ainda não li. Já tinha lido comentários positivos sobre a narrativa e sua resenha veio reforçar que a leitura vale a pena.
    Sei q vou chorar litros, é muito fácil me comover, especialmente nesse drama entre pai e filha...
    Valeu, Stephania, vou ler em breve.

    ResponderExcluir
  3. Li bastante coisa sobre o livro e confesso que tenho muita curiosidade. Gosto dessa mistura de realidade/ficção com um certo drama, mas acima de tudo, gosto de histórias que envolvem família. Acho que vou me emocionar muito com a trama.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Ai, gente. Acabei de perder uma amiga com câncer e este tema sempre me comove, já que minha mãe tb teve em 2010. Graças a Deus está bem...
    Adorei saber o quão bom é este livro; eu tenho, mas ainda não tive oportunidade de ler.
    Obrigada pela dica. Adorei a resenha...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Stephania, eu não estava muito empolgada com o livro, mas acho que vou dar uma chance a ele.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  6. Sempre vi a capa desse livro mas nunca imaginei que o enredo seria assim.
    Achei emocionante o enredo, acho que é o tipo de livro que nos deixa uma mensagem de vida. Espero me emocionar tanto quanto você se emocionou!

    ResponderExcluir
  7. A capa do livro em si já cativa. O enredo não deixa pra trás. Mas nunca achei que ele seria assim, sempre pensei que fosse um sobrenatural daqueles, voltado pra mocinha conseguir chegar em algo. Enfim, mas gostei do enredo. Espero ter oportunidade de lê-lo, livros que fazem chorar e emocionantes são comigo mesmo!

    ResponderExcluir
  8. Morro de vontade de ler "A menina que semeava" porque já ouvi falar demaaaaaaaais desse livro, a sinopse é bem cativante então, tenho muita curiosidade por esse livro.

    ResponderExcluir
  9. Oie :)
    Só a capa já deixa qualquer um babando!!!!
    Tenho super curiosidade em ler!! Parece ser ótimo ♥
    Amei a resenha!!!!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. aaain, que lindo . Já me emocionei apenas lendo essa resenha . Imagina com o livro ?? Meu Deus gente *o* quero leeeeeeeeeeeer !
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  11. Sou louca pra ler esse livro. A estória parece ser incrível. Tocante e profunda.
    Sou sensível, mas é difícil um livro me tocar a ponto de me levar as lágrimas, então também fico curiosa e apreensiva para saber se esse irá me emocionar a esse ponto.
    A enredo me lembra um pouco o filme Ponte para Terabitia, por causa desse reino imaginário criado por eles.

    ResponderExcluir
  12. Tenho uma grande vontade ler esse livro, ainda não tinha visto a sinopse, mas a capa me conquistou instantaneamente. Pela sua resenha eu já me apaixonei um pouquinho mais. Tome cuidado ao citar nomes. Falou sobre Miea, uma das narradoras e não quem é. E citou Polly que tive que descobrir, lendo o resto da resenha, que é a mãe de Beck.

    ResponderExcluir
  13. Confesso que não imaginava que esse livro tinha essa carga dramática tão forte. Não sou muito fã de dramas, mas uma coisa que gosto é quando a história é contada por vários pontos de vistas diferentes, pois assim, podemos conhecer um pouco mais das personagens, e ter uma visão mais ampla dos acontecimentos.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  14. Nossa... já estava com vontade de ler esse livro. Agora estou ansiosa.
    Deixei um pouco esse gênero, mas vou dar oportunidade a esse livro em breve.

    ResponderExcluir
  15. Logo que o livro foi lançado, fiquei bem interessada pela história, mas depois fui lendo umas resenhas não tão positivas e fui deixando de lado. Agora usa resenha foi mais positiva então quem sabe mais pra frente eu tenha a disposição para encarar essa história, que parece ser bem emotiva.

    ResponderExcluir
  16. Eu sempre via a capa desse livro e imaginei que fosse uma fantasia com fadas, rs, só que eu nunca havia parado para ler a sinopse e nem uma resenha dele e a premissa parece ser bem diferente do meu pré-conceito, só que não me interessei por ele.

    ResponderExcluir
  17. Já estava interessada neste livro, mas não havia lido nenhuma resenha dele antes. Gostei do tema, quem sabe ainda leio este.

    ResponderExcluir
  18. Eu gostei muito da essência de Tamarisk que vem com o livro, mas pela sua resenha o livro não faz meu estilo mesmo.

    ResponderExcluir
  19. Estou super ansiosa para ter esse livro na minha estante *-* rs. Gostei muito da resenha, Com certeza leria esse livro!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir