acompanhe o blog
nas redes sociais

2.6.14

A Filha do Sangue - Trilogia das Joias Negras, Vol. 1 [Anne Bishop]

 A Filha do Sangue - Trilogia das Joias Negras, Vol. 1 [Anne Bishop]
Ed. Saída de Emergência, 2014 - 432 páginas:
      O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influenciada e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos - inimigos viscerais - sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável.

Onde comprar:


 A Filha do Sangue ultrapassou todas as minhas expectativas. Ao ler a sinopse e ver esta capa, achei que seria mais uma das histórias de fantasia que leio e gosto muito. Mas o livro é ... sem palavras... diferente do que eu imaginava, e apesar de ficar quase que chocada a cada capítulo que lia, fui totalmente surpreendida pela complexa história de Anne Bishop e como resultado, só podia mesmo ficar admirada. Anne provou que livros de fantasia ainda podem sair da mesmice e embasbacar o leitor.

A trama se passa num mundo de sociedade matriarcal e dominado pela magia. A magia é proveniente de joias que são atribuídas a algumas pessoas, que fazem parte de uma casta superior chamada os Sangue. Estes indivíduos, possuidores das joias e portanto, senhores da magia, deveriam ser os protetores do reino, mas a sociedade está totalmente degradada por várias gerações de rainhas corruptas, que escravizam os machos para servirem aos seus malignos desejos. Um universo onde o poder é sinônimo de crueldade e ganância.

Nas primeiras páginas, a autora faz um resumo dos protagonistas, para situar o leitor, pois como já disse, a trama é complexa, precisamos prestar bastante atenção aos detalhes. Também explica a ordem de poder das joias pelas suas cores (exemplo, branca tem o menor poder e a preta o maior de todos) e a hierarquia dos Sangue / Castas de machos e fêmeas.

Logo no prólogo, uma feiticeira anuncia em um banquete o nascimento de uma nova Rainha, destinada a transformar este reino de pesadelos, cobrando a dívida dos Sangue, que terão de responder por aquilo que se tornaram. os presentes não prestam atenção a feiticeira que também é considerada meio maluca, mas Daemon, o sádico, um homem lindo, frio e cruel, desejado por todas as mulheres e escravo de sexo da Rainha Dorotheia, a ouve e guarda uma esperança no seu coração.

Setecentos anos depois deste anuncio profetizado, Daemon ainda aguarda a chegada da grande Rainha, ele odeia as mulheres as quais tem que se submeter sexualmente e acredita que nasceu para servir a esta que ainda vai chegar.

"Porém, já sabia. Antes mesmo de Jaenelle caminhar até ele e olhá-lo, antes mesmo de vislumbrar a inteligencia selvagem naqueles olhos azul-safira antigos e perturbadores, já sabia. Terrível e bela, Humana e Outra. Dócil e violenta. Inocente e Sagaz."

Lucivar, irmão de Daemon, sofre nas garras de uma Senhora sórdida e arrogante, e também sonha com a vinda desta que será a grande Rainha. Até que conhece Jaenelle, uma menina de 5 anos, e logo percebe então que a Feiticeira já caminha neste reino.

"Ainda que uma única vez, gostaria de servir a uma Rainha que respeitasse, alguém em quem realmente pudesse acreditar. Uma rainha poderosa que não temesse minha força. Uma Rainha a quem pudesse também chamar de amiga."

Saetan, Senhor Supremo do Inferno, pai de Daemon e Lucivar, conhece a menina Jaenelle e se surpreende com todo o poder que a mesma carrega com tão tenra idade.

"Com esforço, Saetan estabilizou a respiração. Poderia aceitá-la. Poderia amá-la. Ou poderia temê-la. A decisão cabia a ele, e o que quer que decidisse aqui e agora seria uma decisão com a qual teria que viver."

Para estes três homens, Jaenelle é a única esperança de mudança e justiça numa terra castigada por rainhas cruéis, além do mais, quem controlasse Jaenelle, teria o domínio sobre o mundo.

Não pensem que eu contei muito, pois o que falei acima não é nada perto de toda a surpreendente história contada no livro. E neste degradado mundo, os machos, desejosos de desforra, subjugam e castigam fêmeas de baixo poder como vingança por tudo que sofrem nas mãos das poderosas.

Por conter cenas fortes de violência e degradação, não aconselho para os mais jovens. Mas não se assustem, tem muitos personagens bons que nos encantam, principalmente a doce Jaenelle. Enfim, para quem gosta do gênero, eu garanto que nunca leram nada parecido, por isso recomendo muito a leitura.

Cortesia da Editora Saída de Emergência
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

comentários pelo facebook:

23 comentários em " A Filha do Sangue - Trilogia das Joias Negras, Vol. 1 [Anne Bishop]"

  1. Eu gosto do gênero, mas quando li a sinopse não pensava que seria tão assim. A autora realmente saiu da mesmice, nunca vi livro nenhum com um enredo desses. Os machos sendo usados, inédito mesmo. hahaha XD Putz, Gisela, fiquei morrendo de curiosidade por esse livro! Quero muito, preciso. Necessito. Me senti fisgada pela leitura da resenha, imagine quando ler o livro?!

    ResponderExcluir
  2. Gisela!
    Realmente parece que o livro é diferenciado dos outros de fantasia que muito me agrada.
    Um livro dominado pelas mulheres? Acho que paira em nosso inconsciente.kkkkk Gostaria muito de apreciar essa leitura dura e cruel e ver como os homens poderão ser salvo através de Jaenelle.
    As capas e diagramação dos livros da Saída de Emergência são lindos e chamativos, espero que esse também.
    Ótima resenha, gostei de verdade.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Parece um bom livro.
    Pela sinopse já tinha gostado. O seu comentário me animou mais a ler.

    Beijos,
    http://4boysngirls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. cara Gi, o título não me agradava, a capa também não, até que você chega e subverte tudo o que eu tinha comigo sobre este livro. sem palavras, ele é a minha cara. fantasia com pitadas de violência e sexo, por que não. agora ele está entre meus desejos secretos, cobiçado! bom... é uma saga e ultimamente tenho fugido delas, mas quanto a esta não há como, você me ganhou completamente. quero este livro já!

    ResponderExcluir
  5. Gi, minh querida... taí um livro que poderei ler, apesar de sair da minha acomodada predileção por dramas. Só porque você citou bem assim: "eu garanto que nunca leram nada parecido". De fato não leio livros assim, mas esse me fez curiosa exatamente por experimentar algo inusitado que vai além, é diferente do que já foi escrito. Gostei. Até as cenas fortes me deixaram previamente perturbada pela curiosidade...
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Já li várias resenhas desse livro e não fiquei interessada, mas lendo a sua fiquei curiosa. Talvez leia.

    ResponderExcluir
  7. Gosto de livros que vem um resuminho das características do personagem, facilita para montarmos uma imagem dele na nossa mente! Já li resenhas falando muito bem do livro, a sua só aumenrou mais minha curiosidade. A capa, o nome, a sinopse <3333
    beijos ♥
    likearocklikearoll.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Como gosto muito de livros de fantasia creio que vou esperar bastante desse. A capa é bela, e ter uma história assim me faz querer lê-lo muito em breve.

    ResponderExcluir
  9. Ual que resenha, eu quero muito ler o livro, adoro um bom livro de fantasia, eu achava que este livro era mais adolescente..rs, mas acredito que seja mais adulto, se entendi bem rs.
    Deve ser um livro mais denso de ser lido o que é muito bom, a parte do escravo me deixou intrigada..ele sera passado para a proxima rainha?
    pretendo le lo logo, quero saber como sera este universo.
    beijos.

    ResponderExcluir
  10. Amo estórias de fantasia e sua resenha me deixou com muita vontade de ler o livro, fiquei curiosa. Mas ainda estou na dúvida pois não gosto de violência.

    ResponderExcluir
  11. O que me fez desistir completamente do livro foi o fato de conter cenas fortes de violência... não gosto nem um pouco de cenas assim, fico meio aterrorizada, até... então, realmente não lerei esse livro.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Eu estou perdidamente louco de vontade de ler esse livro... sua resenha me deixou com mais ganas ainda...

    ResponderExcluir
  13. Oi, Gisela
    Quero ler este livro desde o seu lançamento. Adoro livros de fantasia e este parece ser perfeito. Só leio resenhas positivas sobre ele. A capa é maravilhosa. Espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  14. Sempre comento que não curto muito esse estilo, e dessa vez não foi diferente.
    Mas gostei de ver uma trama mais forte, com um conteúdo mais "pesado". De fato, não me parece uma história adequada para pessoas mais jovens.
    bjs

    ResponderExcluir
  15. .-. acho que é aquele momento que eu adiciono um livro a minha lista de 'livros pra ler''

    ResponderExcluir
  16. Gisela, esse livro parece ser bem diferentes mesmo. Quando você me disse e agora lendo sua resenha percebo que passou bem longe do que eu imaginava quando vi a capa. Esperava algo bem mais "fofo", se assim posso dizer. Só não gostei muito de saber que tem cenas bem fortes de violência e outras coisas. Mas tirando isso fiquei bem curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  17. Se tem um estilo que eu gosto muito é sobrenatural e fantasia e pelo visto essa história é excelente! Para falar a verdade, eu não imaginava que sairia tanto assim do lugar-comum, que teria tantos elementos diferentes. Agora estou muito ansiosa para conhecer essa história, até porque sua resenha não deixou nenhum espaço para duvidar do quanto a história é boa.

    ResponderExcluir
  18. O livro parece ser incrível! A capa é lindissima!

    ResponderExcluir
  19. Quando eu vi a capa do livro não imaginei que poderia haver tanta complexidade nele . Assim como você também pensei que fosse apenas mais um dentre tantos outros de magia que já existem por ai, mas realmente me surpreendi com sua resenha :)

    ResponderExcluir
  20. De todas as resenhas que li desse livro, essa foi a mais explicativa. Eu fiquei em dúvida se iria lê-lo ou não, pois mesmo gostando de fantasia são poucos livros do gênero que me atraem logo pela sinopse e fiquei bem em dúvida com esse livro, sem falar que é uma série (e ando fugindo delas ultimamente, rs). Enfim, irei ler A Filha do Sangue e espero não me decepcionar.

    ResponderExcluir
  21. Uma sociedade matriarcal, dominada pela magia e tudo mais, é muito divo esse livro (além da capa ser maravilhosa), mesmo contendo cenas fortes, é uma leitura que eu pretendo me deliciar ^^
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  22. Essa capa engana qualquer um, hein?!?! Pensei que se tratava de uma trama mais leve. Vi que estava completamente enganado. Que legal que a autora resolveu ousar bastante nessa trama. Já fico imaginando o quão fortes e tensas algumas cenas devem ser.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. olhos azul-safira e provavelmente loira e isso e akilo e todo mundo deseja...afffff isso é tão repetitivo e fultil q me enoja. esses autores acham q o mundo é feito de loiras...

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir