acompanhe o blog
nas redes sociais

6.6.14

Amigas para Sempre, vol. 1 - Série Firefly Lane [Kristin Hannah]

Amigas para Sempre, vol. 1 - Série Firefly Lane [Kristin Hannah]
Ed. Arqueiro, 2014 - 448 páginas:
      Tully Hart tinha 14 anos, era linda, alegre, popular e invejada por todos. O que ninguém poderia imaginar era o sofrimento que ela vivia dentro de casa: nunca conhecera o pai, e a mãe, viciada em drogas costumava desaparecer por longos períodos, deixando a menina aos cuidados da avó. Mas a vida de Tully se transformou quando ela se mudou para a alameda dos Vaga-lumes e conheceu a garota mais legal do mundo. Kate Mularkey era inteligente, compreensiva e tão amorosa que logo fez Tully sentir-se parte de sua família. Ao longo de mais de trinta anos de amizade, uma se tornou o porto seguro da outra. Até que algo acontece para abalar a confiança entre elas. Será possível perdoar uma traição de sua melhor amiga?  


Onde comprar:

Um livro com muitos ingredientes para uma boa novela. Sem pressa, o enredo envolve o leitor que aprecia histórias de vida, com suas cores e desencantos, acompanhando as personagens desde a adolescência até a vida adulta. A partir do encontro de Kate e Tully, a autora fala sobre uma amizade que atravessa as décadas, com altos e baixos e muito aprendizado. Exatamente como é a vida.

Para os leitores que adoram fortes emoções e tensão crescente, lamento informar: este não é o livro. Apesar de ter, sim, alta carga dramática, Kristin Hannah não se vale exatamente da tensão para segurar o leitor. Ela esmiúça sentimentos, expõe as fraquezas das protagonistas, cria uma rede de amparo ao redor delas e humaniza Kate e Tully. Não há aqui mocinha nem vilã, mas mulheres e seus conflitos, um olhar sensível sobre as angústias que carregam. São verdades que, talvez, nem queremos encarar, mas que todos experimentamos, sem dúvidas. Não há pudor em despir as personagens nem a intenção de agradar... e foi exatamente isso que me encantou e indignou com a mesma intensidade: a personalidade delas.

Kate é tímida e solitária, cresceu em um ambiente familiar cheio de amor e compreensão. Sonha com um casamento feliz e filhos. Tully é ousada e carente, foi criada pela carinhosa avó porque a mãe a abandonara sucessivas vezes. A rebeldia é a sua armadura para esconder a dor e a eterna sensação de abandono que carrega.

Elas se encontram nos anos 70, quando têm 14 anos. Apesar das diferenças, uma oferece à outra aquilo que falta: Kate quer ter amigos, relacionar-se bem na escola, e Tully quer alguém que a ame e compreenda. Ambas querem dar fim à solidão. Tornam-se confidentes e entrelaçam suas vidas de forma muito intensa, mas desde o início Tully exerce seu poder de persuasão sobre Kate, que é sempre conciliadora e compreensiva. Então, a partir dessas personalidades bem delineadas, Tully arrasta Kate em seus planos de vida. Acabam cursando a mesma faculdade, morando e trabalhando juntas até que os caminhos bifurcam e cada uma segue sua própria vida (até que enfim, Kate!).

Narrando em terceira pessoa - o que amplia a percepção da história e a compreensão das personagens -, a autora oferece ao leitor um texto bonito e emocionante. Por ser um drama que atravessa décadas, há referências de acontecimentos históricos importantes, músicas e estilos próprios de cada época. As meninas crescem e realizam seus projetos de vida, há uma ligação muito forte entre Kate e Tully, mas, apesar de tudo, elas sentem falta de algo mais em suas vidas. Questionam suas escolhas. Sentimentos contraditórios são constantemente revelados. O que temos aqui, leitor, é a vida bem real.

Não posso negar que senti raiva da arrogância de Tully e da passividade de Kate, mas aos poucos compreendemos por que agem de formas tão distintas. São autênticas, todos conhecemos pessoas como elas, há algo nosso em suas atitudes e pensamentos.

Os personagens secundários enriquecem a história e são importantíssimos. O marido, os filhos e os pais de Kate, a mãe drogada e irresponsável de Tully, todos ajudam a construir vários momentos de alegrias e dificuldades. As amigas se desentendem muitas vezes ao longo desses trinta anos. Questões bem íntimas são debatidas na trama, especialmente as ligadas ao universo feminino. O drama cresce e, nos últimos capítulos, surpresas da vida colocarão essa grande amizade à prova. É angustiante e doloroso acompanhar os momentos finais.

Como me despedir de Kate e Tully? Amei este livro, uma longa história de vidas e amizade, escolhas e consequências, dores e amores, além de belas reflexões. Mulheres... No final do livro tem um alerta importante e um recadinho de Kristin Hannah, uma dose extra de comoção. Prepare-se para a dor e a emoção, leitor, para as prováveis lágrimas e, sobretudo, para arriscar-se com as protagonistas nessa aventura imprevisível e maravilhosa que é viver.

"Como podia ser assustador ver os filhos crescendo e o marido indo para o trabalho e ficar pensando no que fazer com o pedaço de vida que era seu." (Kate, p. 264)

Manu Hitz
Cearense, fisioterapeuta e mãe. “Eu não tenho o hábito da leitura. Eu tenho a paixão da leitura. O livro sempre foi para mim uma fonte de encantamento. Eu leio com prazer. Leio com alegria.” Ariano Suassuna.

comentários pelo facebook:

39 comentários em "Amigas para Sempre, vol. 1 - Série Firefly Lane [Kristin Hannah]"

  1. Esse livro realmente parece bom. Gosto demais dessa abordagem da autora, que prefere se aprofundar nos sentimentos e nos relacionamentos, e não em simples ápices sem tanto conteúdo.
    Aliás, a construção de todos os personagens parece impecável. Cada um tem seus motivos, suas vidas, sua importância na trama.
    Parabéns, Manu. Você realmente é talentosa. Fico com vontade de ler todos os livros que você resenha!! rs =)
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Só li um livro da autora, que amei. Estou com muita vontade de ler esse também, ainda mais após a leitura dessa resenha. Parece que a Tully é bem autoritária enquanto a Kate sempre fica na dela, e acaba fazendo o que manda. Dois extremos, digamos assim, então né?! Quero muito ver o decorrer da trama, pra saber mais sobre ambas. Já sei que o livro é emocionante, amo livros assim. <3

    ResponderExcluir
  3. @Ana Paula Barreto e @Kamilla Evely realmente a autora eh excelente, ja quero os proximos livros dela! Já li a continuação deste e em breve sairá a resenha. Se vocês gostam de um drama denso, leiam. Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Nossa Manu ficou muito bonita a sua resenha, bem profunda mesmo. Tenho muita curiosidade em ler algo da Kristin, já até tenho alguns livros dela aqui em casa, mas sabe aquela coisa que você vai deixando pra depois e depois? Mas acho que agora depois dessa sua resenha vou colocar um livro dela na fila de espera bem mais adiantado. As capas dos livros sempre me chamaram atenção, são muito bonitas. Parabéns pela resenha e grande abraço.

    Jean
    www.cabanadoslivros.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estou lendo esse livro e me apeguei a TullyKate. Ele é bom, mas tem uma parte muito triste, ontem chorei rios. Fico imaginando como será o próximo "Por Toda a Eternidade". Espero que seja tão bom quanto "Amigas para Sempre".

    ResponderExcluir
  6. eiiii Manuh, mais uma de suas resenhas demolidoras. essa sua capacidade de se tornar parte da história é algo que realmente me encanta. certamente nos encantamos ou nos distanciamos de um personagem quanto mais ele se parece conosco, por suas qualidades e/ou defeitos. sempre tem um pouco de mim neles e tento resolver seus dilemas me espelhando nas atitudes que eu mesmo teria. mas quando um deles sai da linha ou faz algo que eu não faria está criada a empatia. coloco-me no lugar dele e enfrento sem medo as consequências. parece loucura não é mesmo? mas é assim que sinto você em cada resenha, uma coautora de peso, de importância, alguém que poderia nos arrastar pra dentro do livro contigo. então como não gostar de suas resenhas, como não se emocionar com suas palavras, sejam elas de dor ou de amor?
    é querida você sempre me ganha pelo que diz e sei que este livro ficará impresso em minha memória, aquela vontade louca de lê-lo pra poder compartilhar com outros leitores o pouco do muito que você vivenciou. e quem seria você além de Manuh? Tully ou Kate?

    ResponderExcluir
  7. oi Manu, Kristin é diva em me fazer chorar. tenho por toda a eternidade mas como não tenho esse livro estou na espera!
    acredito que a personalidade das duas amigas seja um misto de nós mesmo, acredito que a história irá emocionar pelos elementos certos!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Mesmo as duas amigas sendo tão diferentes a amizade é algo tão comovente de se ler.
    Eu já li tanta coisa sobre o livro que acho que to sabendo demais... to sabendo demais mesmo, já li a sinopse de "Por toda a eternidade" e por isso ainda não me aventurei neste livro.
    Estou muito curiosa para saber o que aconteceu para abalar a amizade... e não sei se teria paciência com Tully... Não gosto muito dela não, mas preciso ler para tirar melhores conclusões.
    Saber o quanto a estória é tão intensa em sentimentos e o fato de que te agradou me deixou com gostinho de quero mais.
    Bjs, Manu!!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro é muito bom, quase choro lendo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oi Manu!

    Adoro livros assim, em que a gente acompanha as personagens por um longo tempo... tenho certeza que essas questões da arrogância da Tully e da passividade da Kate vai me irritar bastante também! rs... Mas a alta carga dramática vai compensar! Aposto que vou chorar quando ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Não li nada dessa autora ainda, mas pretendo. Esse livro me parece bem legal e talvez eu leia em breve.

    ResponderExcluir
  12. Gosto de livros que trazem esse ar de vida real e passam uma mensagem que nos faz refletir. É bom viver no mundo da fantasia, das distopias, dos vampiros ou lobisomens, mas também é importante ler algo que nos remete a fatos que podem acontecer com a gente ou com alguém próximo. Fiquei bem curiosa para saber o que aconteceu para abalar essa amizade. Ainda não li nenhum livro dessa autora. Essa pode ser uma boa oportunidade de começar.

    ResponderExcluir
  13. Oi Manu! Este foi o terceiro livro da autora que li, embora ame Jardim de Inverno e O caminho para casa, Amigas foi meu preferido, em todas as obras os dramas são fortes e as protagonistas femininas impressionam, mas a diferença aqui foi que o passar dos anos foi tão completo, sem ser cansativo e sempre impressionante por estar tão perto da realidade, que me vi assistindo a vida de suas pessoas de verdade, não apenas uma obra de ficção. Eu chorei muito, e ainda não criei coragem para começar Por toda a eternidade, meu coração precisa se recuperar.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  14. Oi, Manu! Tenho alguns livros da autora mas ainda não me arrisquei a ler nenhum deles, talvez até por saber de toda essa carga emocional que ela coloca em suas histórias. Mas como excelente resenhista que você é, sempre que leio suas resenhas fico tão envolvida que me pergunto o porquê de não ter lido ainda tal livro. Acho que você destacou muitos pontos importantes, como o fato de não se esperar por uma série de acontecimentos vertiginosos, mas sim, se preparar para um mergulho em uma história mais lenta, mas cheia de emoções e sentimentos. Parabéns mais uma vez pela resenha, Manu!

    ResponderExcluir
  15. Um ponto muito importante é o enredo envolver o leitor, se esse livro envolve, com certeza é muito bom! Gosto bastante quando os personagens secundários fazem parte da história, ou seja, são importantes na trama! Amei a resenha!
    Beijos... Samantha Culceag.
    sopramenores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Amei a premissa, ainda mais com esta resenha muito bem feita, minha vontade de conhecer esta historia só aumenta

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pela linda resenha , adorei e já quero ler o livro.

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi!!! Amei sua resenha , foi espetacular tenho que constatar :)
    Eu já li um livro da Kristin (Jardim de inverno) e já vi como ela gosta de destruir nossos corações com histórias extremamente comoventes e dolorosas , estou muito curiosa quanto a esse livro visto o quanto eu amei o primeiro livro que dela que eu li :)

    ResponderExcluir
  19. Oi Manu, gosto de livos assim, que nos tocam o coração, que deixam gostinho de quero mais, e que nos fazem pensar e refletir sobre nossos sentimentos e emoção. Ainda mais em um livro que seja focado na amizade, algo que considero muito importante em nossas vidas.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, Manu
    Quero muito ler esse livro. Gosto muito de histórias que destacam a amizade. Ainda não li nenhum livro da autora, mas sei que ela é bem conceituada. Gostei das diferenças entre as duas amigas e quero descobrir como elas vão se complementar.

    ResponderExcluir
  21. Manu sou fã da Kristin Hannah, mas confesso que Amigas para Sempre não foi um dos meus livros preferidos da autora, achei ele bastante enrolão levando se em consideração o tempo que demora para as coisas se desenvolverem. No entanto lendo sua resenha compreendo o porque de você ter gostado tanto, realmente o livros passa todas essa sensações, as personagens são humanas e cada atitude, pensamento e vivência de ambas é importante para o desfecho. Enfim, você até me convenceu de que eu possa ter sido um pouco dura com a narrativa, no entanto ainda não é um dos meus favoritos. Obrigada pela visita e pelo comentário ♥ http://blogliterata.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Manu! Essa parece ser uma leitura marcante, acho que qualquer mulher que tenha uma "amiga para sempre" se identificará de alguma forma. A vida não é perfeita, e a autora parece ter captado perfeitamente esses altos e baixos através da dupla protagonista. A resenha está super envolvente, parabéns!
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  23. Oiee Manu!
    Nossa, adorei a resenha. Já tinha lido algumas sobre o livro, mas não com sua percepção mais detalhada dela. Acredito que esse toque "real", misturando sentimentos e momentos comuns a todos dá mais vida ao livro. Entendo perfeitamente como é ter uma amiga persuasiva e outra mais complacente.
    Adorei a resenha! Quero ler também!
    Beijos
    Danni - http://www.garotaselivros.com/

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Que resenha incrível! Não conhecia o título, mas fiquei super interessada! Me envolvi nessa resenha e fiquei curiosa quais são essas questões íntimas ainda mais sabendo que tem um toque de realismo!
    Acho que toda mulher tem uma amiga para sempre e normalmente essas amizades são as mais conturbadas!

    um beeijo Lara
    http://meusmundosnomundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Li várias resenhas positivas e uma negativa, dizendo que era clichê. Até pode ser, mas como não se emocionar com um tema tão próximo de nós, ainda mais trabalhando com sentimentos femininos? Impossível. Esse está na ista de desejados só pela sinopse.
    Eu ainda não era parceira da NC quando lançou esse livro, então não o recebi. Mas gosto de infantojuvenis, e gosto ainda mais quando o livro passa uma lição tão profunda a ponto de atingir qualquer faixa etária. Se tiver promoção, vou comprá-lo.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  26. Oi Manu, acabei lendo o livro 2 antes deste, mas não tive problemas com a leitura, pelo contrário, só me deixou ainda com mais vontade de ler este livro que pelo visto é tão emocionante quanto o segundo.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  27. Manuuuu que resenha linda!! A melhor que já li deste livro!!
    Mas pelo que me disseram, tem uma continuação, ou alguma coisa assim. Então se for isso mesmo, você não precisa se despedir!!! Ahaha!! Tem uma chance de você rever os personagens!!

    Amei mesmo!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Ah... deve ser uma leitura bem agradável de fato!
    Livros assim são difíceis de se despedir mesmo, de abandonar, dizer adeus...rs
    Gostei da ressenha e do blog! seguindo...
    BJs, Lu
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Já li outro livro da Kristin e ela, realmente, sabe como envolver o leitor em um enredo dramático.
    A sua escrita é muito boa e sem fantasias. Seus personagens são reais como se fossem pessoas normais que conhecemos no nosso cotidiano.
    Parabéns amiga, bj!

    ResponderExcluir
  30. Estou meio receosa em ler esse livro pois confesso que não sou muito de narrativas mais lentas, sabe? Mas como ganhei o segundo livro irei ler esse antes e espero gostar. Uma amiga leu e achou o livro muito lindo e emocionante, então espero também me encantar com a história dessas duas amigas.

    ResponderExcluir
  31. Manu!!
    Por sua resenha percebo que o livro é realmente envolvente e tocante.
    Dizem que a autora traz muito na escrita uma realidade próxima a nossa, o que faz com que os leitores se aproximem e apreciem a leitura.
    Tomara que seja assim mesmo.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  32. Manu,
    Fico muito contente que você tenha tido todas essas boas impressões deste livro! Com certeza você não encararia o segundo da mesma forma se não tivesse lido o porque de tudo!
    É exatamente isso que você falou, elas são mulheres de verdade e isso que enriquece o cenário criado pela Kristin. Dramas que muitas de nós vivemos a cada dia e isso que a torna ainda mais especial!
    Eu adorei, me vi muito e em muitas coisas e decisões da Kate. Também por muitos momentos detestei a Tully, mas ao final, fazendo um balanço, tudo tem um porque, consegui perceber como pequenas atitudes de nossa infância atormentam nosso futuro. A nuvem foi muito negligente, mas quero conhecer a história e os porques dela também, afinal, ninguém é como é, simplesmente porque nasceu assim.
    Adorei a resenha, que fica mais perfeita a cada dia. Você captou a essência desse livro e colocou em suas palavras, principalmente quando fala: "Sem pressa, o enredo envolve o leitor que aprecia histórias de vida, com suas cores e desencantos, acompanhando as personagens desde a adolescência até a vida adulta".
    Parabéns, amiga!

    Beijos
    Chrys Audi
    blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  33. Oi Manu!
    Eu adorei o livro exatamente pelo que você tão belamente destacou: a realidade e a humanização das duas. Eu adorei a maneira de como elas são compostas por sentimentos tão contraditórios e a maneira de como isso é real em todo mundo.
    Sem dúvida alguma, sou fã de carteirinha da autora e, em "Amigas Para Sempre", mais uma vez ela fez um excelente trabalho em esmiuçar a alma feminina!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  34. Nossa Manu. Que resenha perfeita.
    Só aumentou a minha vontade de ler este livro.
    Dei uma lidinha breve nele em um dia desses, quando fui na livraria Saraiva. Logo de cara, percebi como a Kristin tem uma escrita envolvente.
    Obrigada por confirmar isso.
    Bjss, Virgínia.
    Obs: ah, e espero mais resenhas dos livros dela. ;)

    ResponderExcluir
  35. Oi Manu, ainda não tinha lido nenhuma resenha desse livro. Eu tenho esse livro mas não sabia que ele era narrado na terceira pessoa. Pensei que ele fosse narrado pelo ponto de vista das duas amigas. Mas ele esta na lista dos próximos livros a ser lido. Espero gostar igual vc gostou.
    Bjss

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Uau! Parece incrivelmente maravilhoso ^^ eu gosto muito quando os autores trabalham com os personagens secundários, acho que fica mais real e compreensível, gostei muito do livro e quero tentar entender o motivo do comportamento distinto das meninas.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  37. Que resenha maravilhosa, Manuh!!! Como você sabe, livros com essa pegada não faz muito o meu estilo. Mas, como tenho ele aqui em casa, com certeza irei lê-lo. Só não sei quando, pois como é uma leitura mais densa, temos que aguardar o momento certo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  38. Gostei muito da sua resenha, a forma como você fala da escrita da autora, mas ainda assim acho que o livro não faz meu estilo. Adorei essa capa.

    ResponderExcluir
  39. Apesar de parecer uma história legal, não é pra mim. Sou mais fantasia e ficção, lutas, crise... Heróis, vilões...

    Elisa

    www.leituradelicada.com.br

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir