acompanhe o blog
nas redes sociais

1.8.14

O Visconde Que Me Amava, Vol. 2 - Série Os Bridgertons [Julia Quinn]

Ed. Arqueiro, 2014 - 304 páginas:
      A temporada de bailes e festas de  acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva. Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela. Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.  

Onde comprar:


Primeiro preciso confessar que já me apaixonei pelo Anthony no primeiro livro da série, então esta resenha pode ser um pouco imparcial e bajulativa. 

Não espere de O Visconde que me Amava mais do que um romance de época, pois ele é simples assim. Mas para quem gosta do gênero, é impossível não se apaixonar pelos Bridgertons. Eles são tudo que uma família deveria ser: irmãos, amigos, confidentes, cúmplices e acima de tudo, tratam uns aos outros com muito o senso de humor.

"Colin virou-se do irmão para Kate:
- Acho que preciso de outro copo de limonada - disse com um suspiro.
- Ou talvez algo mais forte - completou Anthony. - Que tal cicuta?"

Neste livro, a vez é do irmão mais velho e responsável pela família: Anthony (aquele que confessei ter me apaixonado). Pensem em tudo de bom, pois bem, este é o Anthony. Carinhoso, protetor, respeitador... Ele tem todos os ingredientes para ser um maravilhoso marido, se não fosse por um detalhe: ele não quer se apaixonar. Há, mas não é porque seja um canalha mulherengo, como a maioria das pessoas acreditam, pelo contrário, Anthony acredita no amor....

Tudo mudou na vida de Anthony depois da morte prematura de seu pai. Edmund Bridgerton era simplesmente o centro do universo do filho mais velho, ele ensinou Anthony a cavalgar, a atirar, a nadar, levou-o pessoalmente ao colégio, e então um dia tudo mudou. Aconteceu quando Anthony tinha 18 anos e foi passar as férias de verão em casa, e soube pela irmã que seu pai estava morto, tinha sido picado por uma abelha. Neste momento, Anthony percebeu que iria morrer cedo.

"Seu pai faleceu com 38 anos e Anthony simplesmente não podia se imaginar superando-o de forma alguma, nem mesmo em idade."

Desde então, este rapaz encantador resolveu que não iria amar e principalmente, deixar-se amar, pois não queria o sofrimento de uma esposa com sua morte prematura. Passou seus melhores anos aproveitando a vida e tornando-se o "Libertino" mais charmoso de Londres. Até que a responsabilidade de gerar um herdeiro o fez decidir que era hora de se casar.

Anthony escolheu a debutante mais bonita da temporada, Edwina Sheffield, uma menina linda e doce, com todas as qualidades que achou necessárias a uma boa esposa. Só não esperava encontrar uma pedra no seu caminho, a irmã super protetora de sua escolhida, Kate Sheffield, que está determinada a impedir que sua afetuosa irmã se case com um dos maiores "libertinos" da Inglaterra, e acreditem, essa dama é um osso duro de roer... Kate fará de tudo ao seu alcance para impedir que este casamento se realize.

Julia Quinn já entrou na minha lista de escritoras preferidas, sua maneira gentil, sutil e amigável de descrever a família Bridgerton me conquistou. Sua escrita é leve, romântica, sem vilões e grandes maldades, apenas com personagens normais, ela consegue construir um livro encantador, de leitura mais que prazerosa. Escrever é mesmo uma arte a ser admirada.

Livros já lançados da Série Os Bridgertons:
  1. O Duque e Eu
  2. O Visconde que me Amava
  3. Um Perfeito cavalheiro
  4. Os Segredos de Colin Bridgerton

Cortesia da Editora Arqueiro

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

24 comentários em "O Visconde Que Me Amava, Vol. 2 - Série Os Bridgertons [Julia Quinn]"

  1. Eu já li O Duque e eu e realmente não tem como não deixar de gostar do Anthony! haha Ainda não li esse, mas estou louca pra ler. Parece ser bem gostoso e até melhor que o primeiro livro. Já adorei o desenrolar da trama, a Kate que não quer o Anthony como cunhado... hauah E aí todos já sabem o que acontecem, mas acho isso tão legal em romances de época, essa previsibilidade. Porque quando um autor é bom, sabe diferenciá-lo e torná-lo uma leitura gostosa e adorável. E a Julia Quinn sabe fazer isso bem né?! ^^

    ResponderExcluir
  2. Não li nada da Julia Quinn ainda mas eu to doooida por essa série! Gosto muito de romances mas nunca li um romance de época. Pela sua resenha fiquei até com uma dó do Anthony, não é culpa dele ter se tornado libertinoso, era só um meio de se proteger. Assim que eu puder pretendo ter esses livros pra mim ^^

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada da Julia Quinn,mas pelo seu blog ja sei que ela somente escreve romances de época.Achei estranho o fato do Anthony ser um ex-libertino e achei super legal Kate ser a irma super protetora.

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li esse livro mas , acho que essa foi uma dica e tanta , pois adoro romances e esse livro se encaixa perfeitamente no meu estilo .
    Entao , bora lá comprar!!!!

    ResponderExcluir
  5. Concordo com cada palavra da sua resenha! *-*
    Ainda não tive o prazer de ler o livro, mas de cara me apaixonei pelo Anthony e pela forma de escrever da Julia.
    Que família encantadora e divertida. Cada um é diferente e tem suas qualidades e defeitos, mas acima disso eles se amam. É bonito de se ver!
    Acho que o mais incrível da autora é que ela consegue transformar um simples romance de época em uma doce experiência.
    Estou ansiosíssima para ler essa história!
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Até agora só li O Duque e Eu, mas como você, também me apaixonei pelo estilo da autora e pela história dessa família. O que mais gostei em O Duque e Eu foi o toque de humor, que acho que fez toda diferença. Quero muito ler O Visconde que me amava e os próximos livros da série.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li Duque e Eu, mas conferi várias resenhas e gostei muito e pretendo ler a série.
    Adoro romances de época e gostei de saber da simplicidade da escrita e da estória.
    Curto um bom romance e este parece ser.
    Espero que a irmã de Edwina não atrapalhe o romance com Anthony.
    Gostei demais da resenha e espero ter a oportunidade de ler o livro em breve.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu amo esse livro! Eu amo essa série! Anthony me encantou desde que li "o duque e eu" e nesse livro fiquei completamente apaixonada por ele! A narrativa da Julia Quinn nunca me decepciona e estou morrendo de ansiedade para ler o próximo. A coleção de "os bridgertons" é muito boa e indico com toda certeza!

    ResponderExcluir
  9. Confesso que meu primeiro contato com a literatura vem dos romances de época da Harlequin, mas não sei o que me dá a impressão de que estes que estão sendo discutidos aqui são bem diferentes. Eles me parecem mais românticos, e com mais conteúdo. Sempre tive vontade de ler Julia Quinn, acho as capas lindas e as histórias interessantes, apesar de romance não ser atualmente meu gênero literário preferido. Adorei a resenha, e deu para perceber que tu é uma exímia defensora do Anthony hahaha enfim, lerei assim que tiver oportunidade! Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Fiquei com muita vontade de ler essa série desde que li a resenha " O Duque e Eu, também gostei muito da resenha, "O Visconde Que Me Amava" e já fiquei ansiosa para lê-lo rsrsrsrsrsrs. Esses livros parecem apaixonantes, bem a minha cara.

    ResponderExcluir
  11. Eu sou louca para ler essa série, eu sou apaixonada por romances de épocas, e esses livros me trazem uma curiosidade tão grande! Sem contar que eu acho as capas lindas demais, mas nunca consegui nenhum para ler u.u , um dia eu terei minha coleção rs

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nada da Julia Quinn mais a série parece ser bastante bacana...e alem do mais é o estilo literário que eu mais gostoo ..romanceee neh? ksksksk
    Bom perceber na escrita os vários defeitos das pessoas ..principalmente na família..mais acima de tudo o amor que eles tem um para com os outros..
    adorei b..beijos

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nada dessa autora mas vejo que preciso!!! Adoro romances de época.. e ele parece estar bem detalhado a respeito das características da época.. e esse Anthony... preciso conhecê-lo !

    ResponderExcluir
  14. querida Gi, fiquei curioso com suas palavras: "...sem vilões e grandes maldades, apenas com personagens normais, ela consegue construir um livro encantador, de leitura mais que prazerosa."
    um livro sem vilões foge ao paradigma atual, então já é um livro para se deixar separado e se possível lê-lo com uma certa urgência, já que sempre estamos em busca de algo diferente e prazeroso.
    bela resenha como sempre, deixando-nos coçando pra adquirir o livro :D

    ResponderExcluir
  15. Já li esse livro, na verdade foi o primeiro e único livro da série, e eu gostei bastante, e como você, me apaixonei pelo Antony, maaaaas... Toda essa história do pai e esse medo da morte eu achei muita ingenuidade da parte do Antony (para não falar burrice). Mas apesar disso eu gostei, adorei a Kate e o jeito como ela lida com a sociedade irritante da época, me lembrou muito os romances da Jane Austen.

    ResponderExcluir
  16. Já tinha lido Duque e eu e posso dizer que adorei a escrita da Julia Quinn, não tem como não gostar dos irmãos (e da mãe! Meudeus a mãe deles é muito engraçada xD), e eles são exatamente tudo isso: carinhosos, protetores, engraçados... Principalmente o Anthony *--* mas tbm os acho meio cabeça-dura.
    Ele e o Simon.

    Acho que a autora, nesse quesito, podia ter melhorado: custava ter criado um motivo mais forte?
    Claro que, pra quem leu sabe que o Anthony era bem apegado ao pai, mas ele morreu por causa de uma abelha, não significa que ele vá morrer do mesmo jeito, com a mesma idade ¬¬ Isso não é maldição.
    E mais, sabia que um dia teria que se casar, ainda mais como sendo o responsável pela família.

    No mínimo, ingenuo. Fofo :3


    ResponderExcluir
  17. Não conhecia essa série, mais me apaixonei pela capa, pois amo romances de época, eles são simples, sinceros e ~normalmente~ sem putaria u.u..... Mas fiquem com muita dó do Anthony, porque convenhamos, ter uma cunhada chata no seu pé deve ser o óh né. Será que ela irá conseguir entender que ele só entrou nessa vida por causa da perda do seu pai? :'(

    ResponderExcluir
  18. Gi, confesso que sou apaixonada pelos livros da Arqueiro. Eles simplesmente tem um Q de carismático.
    Assim como você, também fiquei vidrada. O Anthony é carismático, realmente, chama a atenção.
    Ainda não li a continuação, mas quero adquirir. Adoro romances de época e esse está incrível.

    ResponderExcluir
  19. Preciso ler essa série já! Adoro séries que é sobre irmãos , sendo de época então perfeito.Tenho sempre uma caidinha por irmãos mais velhos. Tenho certeza que Anthony vai ser meu favorito!

    ResponderExcluir
  20. Gi, simplesmente adorei... já havia me encantado pela série só pelo simples motivo: época, agora com todo esse enredo romântico, sem ser meloso, uma irmã "osso duro de roer", agora é que eu quero essa série mais do que tudo.... Belíssima resenha.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  21. Oie...
    Ainda não li o primeiro livro, mas só pela sua resenha também já estou apaixonada pelo Anthony kkkkkk
    Gosto bastante de romance de época e fiquei com muita vontade de ler os livros da série.
    Sou apaixonada pelos livros da Arqueiro, sempre são muito bons e acho que esses não serão diferentes! Louca para ter o primeiro livro.

    ResponderExcluir
  22. Só leio elogios em relação aos livros da Julia Quinn. Mas também é bem compreensível, pois me parece que ela tem suas tramas e personagens em suas mãos desde a primeira página até a última. Acho que o grande segredo são essas personagens mais normais.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. Ainda não li os livros dessa autora, mas sempre que leio uma resenha sobre seus livros minha vontade de começar a lê-los só aumenta. Já li outros livros de época e eles são tão bons. Podem ser previsíveis e basicamente contem a mesma história (os personagens se odeiam até que percebem que não podem mais viver sem o outro, então enfrentam desafios para ficarem juntos), ainda assim são ótimos. Já estou apaixonada por todos os Bridgertons.

    ResponderExcluir
  24. Oieee
    Adoro a Julia e olha que só li o primeiro volume de "Os Bridgertons" ainda.Toda essa grande e atrapalhada família me encantou,quero muito ler esse livro e o quarto,pelas minhas pesquisas eles são os melhores.Já estou apaixonada pelo Anthony <3,não vivo sem romances de época.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir