acompanhe o blog
nas redes sociais

23.10.14

Outono de Sonhos, Vol. 01 - Série Foi Assim que te Amei [Adriana Brazil]

Ed. Novo Século, 2011 - 312 páginas:
      Helen é uma jovem cheia de sonhos e objetivos a conquistar, filha única de uma família estruturada e feliz. No início da trama ela se vê envolta à expectativa do primeiro dia de aula na faculdade de Letras da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina. O talento para escrever rende a Helen o convite para dar continuidade a um projeto parado na faculdade: terminar um conto de amor entre um príncipe e uma plebeia, iniciado pelo escritor e estudante de teatro, Andrew Gamberini, que sofreu um acidente há um ano e abandonou a faculdade. Na medida em que entra em contato com a trama, Helen descobre-se apaixonada pelo seu autor e viverá intensamente um romance pelas quatro estações do ano. 

Onde comprar:
Novo Século, Submarino, Saraiva, Fnac, Travessa, Cultura

Para uma romântica inveterada como eu, Outono de Sonhos foi um prato cheio: romântico e adorável, a autora conseguiu tocar meu coração.

Helen é a filha que todo pai sonha em ter, bonita, educada, estudiosa, centrada, carinhosa, religiosa, podia continuar o dia inteiro aqui descrevendo suas qualidades, de tão boa moça esta jovem é. Sua história se inicia no primeiro dia de aula na faculdade de Letras da UFSC – Universidade Federal de Santa Catarina, onde já deduzimos então que a trama se passa em Florianópolis. Helen foi criada por pais estruturados e religiosos, que lhe educaram com bons conselhos voltados para os princípios morais, éticos e religiosos.

"- Tudo isso é apenas o começo, filha - notou ele. - Creio que chegará a lugares maiores. Vá, faça diferença onde passar"

Sendo uma menina tão meiga, logo faz verdadeiros laços de amizade na UFSC e seus novos amigos também são ótimas pessoas, se destacando Sarah, que se tornou sua melhor amiga. Por ser muito bonita, logo chamou a atenção de um dos gatinhos da turma, Álex, que se interessou imediatamente por ela.

Helen também se destacou em sala de aula, sua redação foi muito elogiada pela professora, sendo assim, foi convidada a participar da retomada de um projeto, sobre uma história de amor chamada "O príncipe e a Plebeia" contata em capítulos numa revista estudantil, que fez um sucesso estrondoso entre os alunos, mas que foi abandonado, pois o escritor responsável, chamado Andrew Gamberini, sofreu um acidente e deixou a universidade.

Assim que lê os textos do Andrew, para se contextualizar e poder continuar de onde foi interrompido, Helen se identifica profundamente com o rapaz, levando-a a querer saber mais sobre ele. Quanto mais Helen vai descobrindo sobre Andrew, mas ela vai se interessando, chegando a sentir até uma certa paixão pelo mesmo, apesar de nunca te-lo conhecido pessoalmente.

Andrew, antes de se acidentar, era uns dos jovens mais bonitos da universidade, mas além de sua beleza descomunal, ele também era muito inteligente, escritor talentoso, jogador do time de futebol, ator e diretor de peças de teatro, enfim, o sonho de consumo de todas as garotas da UFSC.

Quando os melhores amigos do garoto descobrem que Helen vai retomar com o projeto por ele abandonado e que está interessada em conhece-lo, logo dão uma forcinha para viabilizar o encontro, já que Andrew desde então vive enclausurado em sua mansão e não recebe ninguém. Eles veem nisto uma oportunidade de tirar o amigo da depressão profunda em que vive.

Helen então conhece Andrew, mas ele nem de longe é mais o jovem esplendoroso que havia sido...

Algumas partes eu achei bem forçadas, pois o conto "O príncipe e a Plebeia" é piegas e não teria aceitação numa universidade, e também não estou acostumada com jovens como Helen, que só namoram depois que o candidato pede autorização aos pais, isso está tão distante da minha realidade que achei incrível que ainda exista. Mas foi o apelo religioso da Helen, com sua inabalável fé em Deus, que aos meus olhos, foi o ponto forte do livro, nas fazendo acreditar que amor e fé podem realmente curar tanto o corpo quanto a alma.

"- Sempre sou vencida pela certeza que há na fé."

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

23 comentários em "Outono de Sonhos, Vol. 01 - Série Foi Assim que te Amei [Adriana Brazil]"

  1. Oiee.
    Achei esse livro meio clichê, eu também sou uma romântica incurável mas esse livro não me conquistou, achei tão sem graça :/
    Pois é, isso de pedir permissão aos pais para namorar ainda existe por aqui onde moro, mas só para as menininhas, e Helen já está na faculdade, pelamour acho isso forçado demais.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Tenho vontade de ler esse livro pela sensibilidade da história. Mas confesso que acho a premissa clichê (e talvez a trama também seja).
    O bacana é que, apesar disso, e mesmo discordando ou tendo uma realidade diferente, o leitor consegue criar empatia com os personagens e com suas histórias de vida e de superação. E disso eu gosto muito!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Que capa linda! Me deixou curiosa pra ler, parece ser um romance muito lindo! Que chato que tem partes forçadas :/ não gostou de coisas piegas não... mas mesmo assim me interessei pelo livro.
    Beijos

    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Observando sua resenha e outras que vi, também acho que deva ser bem forçado, se o livro é ambientado no Brasil tem que condizer com as coisas que acontecem aqui "já que Andrew desde então vive enclausurado em sua mansão e não recebe ninguém..." tudo isso me soa meio fora do lugar, não senti muita vontade de ler não, mas sua resenha está bem escrita e foi bem sincera e adoro esse tipo de resenha, da prazer em ler!

    http://www.estandybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. querida... tenho uma frustração enorme com relação a "outono dos sonhos", explico: participei de uma promoção como um desvairado. acabei ganhando o livro. o blog não enviava de jeito nenhum, passou um tempão e a coordenadora do blog disse que havia entrado em contato com a autora e blá blá blá. deixei pra lá. um belo dia chega um monte de folhas, sem encadernação. era o livro impresso em folhas a4 (e a impressora não estava legal, várias falhas). fiquei revoltado, sei que não deveria, mas fiquei. entrei em contato com o blog e a dona disse que a autora em resposta disse que sempre enviou livros dessa forma. então não li, emburrei igual criança. um belo dia contei esta saga em outra resenha no blog de uma outra amiga e ela disse que me enviaria o livro pra que eu lesse, porque era muito bom e para sanar este desencontro. estou esperando o livro até hoje. :(
    sou romântico ao extremo, adoro textos melados, lidos com cisco no olho, acho que iria adorar a leitura do livro, mas por enquanto tô magoado!

    ResponderExcluir
  6. Achei meio comum a protagonista, e não vi muita coisa que a difere das outras. A capa é bonitinha, não gosto de livros que falam muito de religião, mas adoro romances e eróticos. Acho que não é meu tipo de leitura favorita, mas eu pegaria pra ler..
    Beijos Gisela, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  7. Adoro ler romances, mas esse não me interessou muito, mesmo assim não descarto a ideia de um dia lê-lo.

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro o gênero, mas essas partes forçadas achei meio assim... sabe? não sei explicar. Acho que nem por conta de algo religioso só se namora depois de pedir aos pais. Está bem longe de ser uma realidade do momento. Mas tirando isso o enredo parece ser bem legal.
    Fiquei curiosa pra conhecer mais da história do Andrew, pra ele ficar só e enclausurado deve ter sido algo bastante "impactante" pra ele.
    Se tiver oportunidade, lerei sem dúvidas. Todo mundo fala bem da autora, tenho curiosidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. A capa do livro não é uma das mais bonitas que eu já vi, confesso, e assim como tu achei as coisas um pouco forçadas demais. Gostei da sinopse, acho que o romance foge aquela linha que estamos acostumados, e eu preciso disso para realmente criar coragem de ler um romance. Gostei da personagem da Helen, me identifico com ela em muitos aspectos, portanto acho que eu a compreenderia de uma maneira fácil. Acho interessante a forma como a autora se desenrola, e alguma coisa no livro me lembrou A Bela e a Fera, não sei porque rs

    ResponderExcluir
  10. Ah eu li e amei!
    Gostei de todos os personagens, a amizade deles é muito legal!
    Também já li Inverno de Cinzas e não vejo a hora de ler Primavera de Cores.
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Estava louca para ler uma resenha sobre esse livro. Vi ele e os outros da série em promoção na saraiva e fiquei interessada, mas não tinha lido resenha alguma sobre ele, não sabia o que esperar. Agora que li a resenha com certeza será ele será uma das minhas próximas aquisições. Adoro romances melosos.

    ResponderExcluir
  12. O romance e os personagens parecem ser bem diferente da realidade de hoje em dia, tudo muito perfeito, não convence, mas ainda assim creio que seja uma história gostosa de ler.

    ResponderExcluir
  13. Achei a estória bem clichê, estilo filme sessão da tarde... mas daquele tipo "de repente 30", que eu amooooo ♥
    Adorei a premissa e fiquei ao ler imaginando como "estaria" Andrew depois do acidente, fiquei imaginado que ele tivesse fica com sequela, mas parece que não...
    Terei que ler para conferir ;)

    ResponderExcluir
  14. Adorei a sinopse desse livro, e por se tratar de um romance bem puro e realista, fiquei ainda mais interessada. E a resenha, despertou em mim uma curiosidade enorme, fiquei com uma imensa vontade de ler esse livro. Parece ser tão encantador, eu já tava querendo começar logo essa série, agora não posso deixar pra depois.

    ResponderExcluir
  15. Realmente, Gisela! Achei essa questão de só começar um namoro depois de pedir permissão aos pais uma coisa bem distante na nossa realidade atual. Talvez isso ainda aconteça em cidades do interior, mas em uma Universidade?!?! E também achei legal a autora trazer a fé para suas páginas, pois não vemos muitos livros com essa característica.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  16. Confesso que ouvi falar pouco desse livro, mas sempre foi bem. Pela sua resenha ele parece valer a pena. Como lemos muito as histórias começam a ficar previsíveis ou forçadas. Algumas coisas que você disse até entendo. A Helen teve uma criação diferente, bem voltada para uma doutrina religiosa. Foi uma das coisas que gostei. Li poucos livros com essa visão. Com certeza leria Outono dos sonhos.

    ResponderExcluir
  17. Eu não conhecia os livros, me parecem ter uma história muito bonita, encantadora até.
    Mas não me desperta aquela imensa vontade de ler os livros.
    Essa parte envolvendo religiosidade é o que me queimou o filme, rsrsr
    Bjo, ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
  18. Romance... Deixei um pouco esse gênero de lado e não tenho tido vontade de ler. Sei lá... ultimamente tenho achado tão sem graça esse tipo de livro e esse da resenha não fez ter vontade de ler.

    ResponderExcluir
  19. Parece ser um livro bem clichê, mas ainda assim eu amo livros assim... Fiquei curiosa pra saber como vai ser esse encontro dos dois e se ele vai deixar ela entrar tanto assim em sua vida... Essas partes que você falou também me soaram muito forçadas, e principalmente a personalidade do Andrew antes do acidente, pois não acredito que alguém fosse tão "perfeito" assim... Ainda assim, gostei bastante da premissa do livro, e vou procurá-lo para ler...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  20. Como vc sou uma romântica incurável rsrsrs e pela resenha que vc escreveu sei que iria ler suspirando! Por enquanto minha lista de leitura está giganteeee, mas não vou abonar a idéia de me aventurar nessa história!

    ResponderExcluir
  21. Uau o livro parece ser realmente fantástico!
    Preciso lê-lo o mais breve possível.... não achava que tinha uma protagonista tão bem desenvolvida e cativante e um conteúdo tão lindo assim... minha vontade de ler só aumentou =)

    ResponderExcluir
  22. Mesmo com umas partes um tanto forçadas eu adoro uma boa história de amor capaz de superar as feridas da alma.E eu adorei essa protagonista toda centrada e certinha, Andrew também parece ser incrível.Estou cada vez mais apostando nesses nacionais e até agora nenhum me decepcionou.Só não curti muito o fato de haver continuação.

    ResponderExcluir
  23. Eu tenho q prova desse livro e vou ler. Mas essas situaçõe forçadas são tensas. Fica difícil se conectar com algo incomum como isso do namoro hoje em dia.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir