acompanhe o blog
nas redes sociais

2.10.14

Scarlet, Vol. 2 - Série Crônicas Lunares [Marissa Meyer]

Scarlet, Vol. 2 - Série Crônicas Lunares [Marissa Meyer]
Ed. Rocco, 2014 - 480 páginas:
      Criada em Rieux, na França, pela avó Michelle Benoit, Scarlet levava uma vida tranquila na fazenda da família. Quando Michelle desaparece misteriosamente e a polícia arquiva o caso por falta de provas, a neta não se dá por satisfeita e decide fazer o possível para descobrir o que aconteceu. Mas uma outra surpresa aguarda a jovem: um lutador de rua apelidado de Lobo cruza seu caminho e se oferece para ajudá-la. 

Onde comprar:



Cinder, o primeiro livro da série Cronicas Lunares, foi tão, mas tão bom, que me deixou sem palavras para uma resenha. E com Scarlet, aconteceu o mesmo, não sei se vou conseguir expressar nesta resenha tudo o que senti ao ler o livro, mas vou tentar.

O primeiro volume da série, contou a história de Cinder, uma ciborgue – meio humana, meio robô- que vive em Nova Pequim, cem anos após a terceira guerra mundial. Cinder agora é uma fugitiva não apenas de Kai, o imperador pelo qual ela se apaixonou antes de toda a revira-volta da história, mas também da Rainha Levana, que comanda o país de Luna, na Lua. Sim, na Lua.

No segundo volume da série, Scarlet procura por sua avó, que desapareceu sem deixar rastros na fazenda onde moravam na França, mas oque ela não sabia é que os homens que pegaram a sua avó não eram apenas sequestradores comuns, eles eram muito mais que isso, e Scarlet teria que os enfrentar sozinha. Bom, não sozinha, já que tinha Lobo, um cara que ela tinha acabado de conhecer, para a ajuda-la.

Um dos fatores que fez eu me apaixonar pela série foi a versatilidade e a flexibilidade do livro, além da criatividade da autora. Quem mais mesclaria ficção cientifica, distopia, contos de fadas e seres da lua em um único livro e ficaria tão bom? Cinder foi inspirado em Cinderela, e Scarlet, na chapeuzinho vermelho, outro fator que aumenta meu amor pela Marissa Meyer.

Você já viu um livro mudar de protagonista logo no segundo livro? Eu não! Meyer se arriscou e deu destaque a uma nova personagem, Scarlet, que protagonizou o livro ao lado de Cinder. De imediato, as duas não possuem nenhuma ligação ou parentesco, elas nem mesmo se conheciam até o final do livro, mas com o desenvolver do livro as peças se juntam e tudo vem a tona.

A narração é maravilhosa, daquelas que te deixam apaixonado, em terceira pessoa e dando destaque a Scarlet ou a Cinder a cada capítulo. Ambas, Scarlet e Cinder, são personagens apaixonantes.

É um livro é de tirar o fôlego, com boas cenas de ação, boa construção da história e com ótima trama e ótimos personagens. Me arrisco a dizer que é um dos melhores que já li. O terceiro livro da série, Cress, inspirado na Rapunzel, já foi lançado nos estados Unidos, e o quarto livro, Winter, inspirado na Branca de Neve será lançado em 2015. Além disso, três contos extras já foram lançados.


Cortesia da Editora Rocco

Estudante carioca de 14 anos apaixonado por livros e por séries de TV. Li 23 livros em 4 meses de 2014 e 24 em 2013. Membro da Franqueza em Divergente, morador do Distrito 12 em Jogos Vorazes, Moroi em Academia de Vampiros e Caçador de Sombras em Os Instrumentos Mortais.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

27 comentários em "Scarlet, Vol. 2 - Série Crônicas Lunares [Marissa Meyer]"

  1. Oiee.
    Confesso que livros com não humanos estão fora da minha lista, mas sua resenha me fez repensar nisso.
    Como deu pra perceber eu não li o primeiro livro, mas depois de saber que é um livro incrível eu fiquei tentada a lê-lo. Não sabia que os livros era inspirado nos contos da Cinderela e da Chapeuzinho vermelho.
    Meu Deus, depois de saber disso com certeza posso falar que quero ler, fiquei muito curiosa depois de todas essas descobertas.
    Espero gostar tanto quanto você.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  2. Samuel, depois da sua resenha vou comprar esta série. Sei que minha filha também vai gostar e eu fiquei muito curiosa com a trama. Espero que você consiga uma hora fazer a resenha de Cinder, pois na se Scarlet você consegui passar ao leitor toda sua emoção com o livro.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  3. Realmente a história parece bem dinâmica e flexível. Aliás, também nunca vi uma série mudar de protagonista de um livro para o outro. Mas achei isso bem legal e ousado da parte da autora.
    Gosto da modernidade, da ação e do tom desse livro. Espero ler um dia.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu achei interessante o enredo do livro. Eu acho que eu já vi nesses romances históricos mudarem os protagonistas, mas algo que eu não vi foi que as personagens não se conheciam. Mas que as peçam se juntam no final das contas. Fiquei bem curiosa mesmo pra conhecer a série. Quero muito ler, adoro tramas de tirar o fôlego! haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia essa série e Puxa fiquei muito interessada.
    A Maneira que você descreveu o desenrolar do enredo dos livros, mexeu com a minha imaginação
    e despertou muito meu interesse. Curti muito a ideia de mudar de protagonista no segundo livro e a unir à protagonista do primeiro, isso é ousado e ao mesmo tempo uma cartada de mestre. Pois vai despertar muito o gosto de leitores que gostam de fugir de leituras "Lugar Comum".
    Se eu tiver a oportunidade, vou sim ler essa série.
    Beijos
    ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
  6. Li apenas 1 distopia na vida, O Circo Mecânico e gostei muito. Já ouvi falarem muito bem de Cinder mas nunca me interessei em comprar, ainda não sei se é meu tipo de livro. Acho que irei gostar, vou esperar uma promo. Adorei a resenha.
    As capas desses livros são lindas demais <3


    Beijo
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto esse livro mas não sabia que tinha um antes. Achei bem interessante as coisas que você falou, a autora foi bem criativa em misturar todo esses elementos em uma única história, isso poderia ter feito o livro ser péssimo mas pelo que você disse ela acertou em cheio. Fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  8. Samuel, meu amigo, você me encanta com suas resenhas verdadeiras, posso sentir sua empolgação pelos livros que lê. Que bom! E sua análise da leitura está cada vez melhor e mais madura, às vezes até esqueço que você tem a idade do meu filho. Parabéns!
    Gostei quando você capturou a versatilidade da escritora, nessa mescla de estilos que construiu uma narrativa envolvente. Bons personagens são essenciais para uma boa trama, não é?
    Adorei e você é sempre preciso nas resenhas. Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Sou louca para ler Cinder e Scarlet, mas sei que terá continuação, então estou aguardando a publicação final da série, e confesso, sempre que vejo as capas, que são lindas, sem contar as resenhas e elogios que as pessoas dão aos livros, fica difícil não querer adquiri-los e ler imediatamente.

    ResponderExcluir
  10. Eu não canso de dizer! este tipo de livro é tudo de bom!
    Você tem a mesma sensação de acompanhar um filme, ou uma novela. Uma reviravolta a cada página.

    ResponderExcluir
  11. @Ler para Divertir Gisela, que bom saber que eu fui bem na missão de escrever esta resenha. Sou melhor com críticas do que com elogios. Espero que a sua filha goste.
    Até mais!

    ResponderExcluir
  12. @Manu Hitz
    Manu, muito obrigado!
    Fico muito feliz por ter gostado.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante da proposta de inspiração em contos de fadas, sou apaixonada por eles, e sempre curto ler algo que modernize-os de alguma forma. Gostei bastante da capa, achei muito bem feita e impecável. Além disso é bastante interessante o modo com a autora se arriscou, mudando de personagem, principalmente por se tratar de uma série. Acho que leria o livro só pra saber se deu certo a coragem e ousadia que ela teve.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Samuel. Parece uma incrível obra. Fiquei fascinada com a ideia de meio homem e meio robô. Algo totalmente fora do comum e que me chamou a atenção, ainda mais por mesclar ficção cientifica, distopia, contos de fadas e seres de lua.

    ResponderExcluir
  15. Cinder já está entre minhas metas de leitura desde seu lançamento, mas infelizmente ainda não li. A ideia do livro me chamou a atenção logo de cara. Achei super diferente e tendo distopia no meio entra nos meus desejados. Com Scarlet não poderia ser diferente. Tenho lido comentários muito bons sobre essa série. Espero poder lê-los em breve. Sua resenha só aumentou minha vontade.

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia a série, e imaginei que não fosse gostar ao ver a capa, mas depois que li a sua resenha tudo isso modificou... Não costumo ler livros como esse, mas já me apaixonei por ele só depois de ter lido as coisas aqui... Amo demais histórias que são baseadas ou recontam os contos de fadas, e essa pelo visto faz isso muito bem... Já vou procurar este e o anterior pra comprar, além de esperar ansiosamente pelos próximos *-*
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  17. Quando Cinder foi lançado e adorei a capa, mas não tive muita vontade de ler, mas agora, lendo sua resenha, a serie me despertou uma curiosidade e interesse gigante! Parabéns pela resenha e saiba que vc mudou minha opinião! XD

    ResponderExcluir
  18. A história me lembrou baste o livro Ratos, tive a mesma sensação de quando estava lendo-o, achei incrível a parte de um lutador ajudá-la. Mesmo sendo sobre robôs ainda consegui sentir uma semelhança entre os 2, não conhecia a série, mas já me deu umas pistas de como é seguido o enredo e os personagens e vejo que bastante gente aguarda ansiosamente pela continuação da série o que me dá expectativas para ler.
    Beijos, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Eu amei Cinder e adoro estas releituras de contos de fadas...
    Estou ansiosa para ler este livro, mas eu achava que continuava com Cinder e sem mais personagens principais; fiquei surpresa com a resenha... se for como a saga encantadas ela aparece e continua a estória e espero algo maravilhoso.
    Gostei da sua resenha, vc demonstrou o quanto gostou, mas nada de detalhes. Espero que a Chapeuzinho encontre sua avó, que o lobo não atrapalhe e de quebra ela ajude a pobre da Cinder, hehe!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Li muitos elogios de Cinder, mas essa é a primeira resenha que leio de Scarlet.
    Realmente parece que a autora foi bem criativa nesse enredo tão mesclado.

    ResponderExcluir
  22. Para ser bem sincera não costumo dar muita importância para livros com tema de ficção científica e distopia, mas ao saber que os livros da série eram inspirados em contos de fadas (adooooorooo), fiquei bem interessada em ler.

    ResponderExcluir
  23. Gostei da premissa do livro. Gosto da nova roupagem que determinados clássicos têm recebido, acho que aproxima bastante os jovem da literatura, Esse me pareceu bem autêntico e interessante, fiquei bastante curiosa pois esse gênero me agrada muito. Ainda não li o primeiro, mas farei isso em breve.

    ResponderExcluir
  24. Achei a mistura desses gêneros bem ousada, e fico feliz em saber que deu certo. Em relação aos protagonistas diferentes em cada volume, já vi na "Saga Encantadas", que também é uma releitura dos Contos de Fadas clássicos.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  25. Não curto muito esse tipo de livro, mas esse me despertou curiosidade. Ouvi muitos elogios e talvez leia.

    ResponderExcluir
  26. Oiee
    Eu não sou muito fã de Cinder mas esse livro parece ser melhor que o primeiro,e como para entender a história eu iria ter que ler Cinder primeiro acho que não vou me aventurar nessa série.Mas que bom que tu gostou e também achei brilhante essa mistura de temas que a escritora fez,e só agora fui me tocar que eles são baseados na Cinderela e Chapeuzinho Vermelho.

    ResponderExcluir
  27. Wow, como é bom quando o segundo livro é tão bom como o primeiro, né?
    A história me chamou bem a atenção, parece bem diferente e isso é muito bom.
    E saber que é tão envolvente e tão bom assim... me faz querer conferir.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir