acompanhe o blog
nas redes sociais

24.12.14

Charlotte Street [Danny Wallace]

Ed. Novo Conceito, 2012 - 400 páginas:
      Tudo começa com uma garota... (porque sim, sempra há uma garota...) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo... E agora Jason — ex-professor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder... É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam... 


Onde comprar:



Charlotte Street foi lançado em 2012 e pelas críticas que li na época de seu lançamento acredito que não foi muito bem visto pelos blogs em geral, mas depois de lê-lo, o vi sob um prisma diferente e gostei bastante da leitura. O deslise na sua divulgação foi tentar vender o livro como uma história de amor, título e sinopse da capa levam o leitor a cometer este erro de julgamento. Mas o livro não é um romance e sim uma sátira ao estilo de vida inglês, e acreditem, é muito divertido. 

Ele conta a história de Jason Priestley, um cara chegando aos 30 anos que ainda não se definiu na vida. Jason levou um chute da namorada (ou noiva), não obteve sucesso profissionalmente e por isso sente vergonha perante seus amigos. Vive com um amigo que é dependente financeiramente do pai, quer dizer, outro mal resolvido, e por estes motivos, se acha um fracassado. 

Num dia qualquer, ele esbarra numa garota e acredita que ela é a mulher de sua vida. Então passa a procura-la com as poucas pistas que tem, umas fotos tiradas em um casamento pela moça, que foram reveladas de uma máquina polaroid que ela deixou cair no momento do encontrão. Mas na verdade o que ele está procurando é a si mesmo ou talvez esteja fugindo de suas frustrações. 

Jason, seu amigo e um ex-aluno formam um trio diferente, cada um com seus problemas e juntos nesta busca pelo verdadeiro amor, vão confrontando as verdades indizíveis sobre eles mesmos.

Recomendo a leitura, mas lembre-se, não é um livro de amor. leia pelo angulo certo que com certeza vocês vão gostar. O livro também faz referencias muito engraçadas a filmes e vários aspectos da cultura inglesa. Sei que algumas coisas devem ter passadas despercebidas por mim, mas o que pude compreender já valeu a pena.

"Olhei para ele
- Você disse que nós somos o quê?
- Uma família. Eles fizeram um preço melhor para a família. Cento e cinquenta reais.
- Mas nós não somos uma família. Se fôssemos uma família, quem Matt seria?
- Bem, diga que ele é nosso filho.
- Ah, ótimo plano! Então você e eu somos parte de um avanço médico quando tínhamos nove anos? Também ele não é meio asiático e nós dois somos homens?
- Não precisamos fingir que somos uma família tradicional. Diremos que somos de Londres, eles vão entender."

Curiosidade: Maior comunidade gay e lésbica da Europa vive na capital britânica. O evento do Orgulho Gay é, portanto, um dos maior do mundo, mas os milhares de visitantes gays também contribuem para a diversão. 

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

22 comentários em "Charlotte Street [Danny Wallace]"

  1. Dei um tempo nesse tipo de livro e não me vejo lendo tão cedo. Além disso a premissa não me agradou.

    ResponderExcluir
  2. O livro parece ser ótimo, super divertido, curto muito uma sátira, fiquei bastante interessada em ler!

    ResponderExcluir
  3. Acho que leria o livro se fosse um romance, mas como você já deixou claro que o livro não tem nada de romance e é uma sátira, desanimei, mesmo depois de ler sua resenha, que gostei, falando que o livro tem partes engraçadas.

    ResponderExcluir
  4. Com a capa e divulgação eu achei que fosse um romance, ou chick lit. As resenhas que li antes da sua foram bastante negativas, mas agora fiquei com vontade de ler, parece bastante interessante.
    Adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá,Gisela.

    A capa e a sinopse não conseguiram me chamar a atenção e nem depois de ler a sua resenha fiquei tentada a ler o livro. Acho que isso acontece pelo caso de eu ter muitos livros parados em minha estante.

    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gisela. Na época do lançamento deste livro, eu também vi várias resenhas negativas. Mas fiquei com vontade de ler mesmo assim, a capa dele é muito linda. Que bom que você gostou e recomenda a leitura, darei uma chance pra ele.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Eu achei a capa bem clichê, poderia ser bem mais atrativa.
    A tua resenha desperta a curiosidade de ler, eu gosto de sátiras, até porque de romance já existe tantos por aí.

    ResponderExcluir
  8. Exatamente, é preciso ler o livro do ponto de vista certo. Li várias críticas bem negativas, mas acho que, em parte, muita coisa foi por conta de uma expectativa errada. O livro fala sobre amor, mas não é sobre ele. E isso é uma das coisas que acho mais interessantes.
    Lógico que romance é legal e que me agrada, mas a autodescoberta e o amadurecimento ganham ainda mais pontos comigo!
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Gi, querida
    Este livro foi um dos primeiros wue ganhei em sorteio de blog literário. Acredite: caí tb na crença de que o livro não seria bom depois de resenhas negativas. Que pena! O livro está há mais de dois anos na minha estante e nunca tive a curiosidade de, ao menos, abri-lo...
    Vc encontrou a medida certa da diversão e da compreensão da leitura. Gosto muito da cultura britânica e ler uma sátira aos costumes será um prazer.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. O livro parece interessante Gisela, mas pra um desinformado tudo leva a crer num romance mesmo, mancada da editora isso.

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Minha amiga já leu esse livro (e eu pensava mesmo que era um romance). Agora, sabendo que não é, fiquei com bastante vontade de lê-lo também!

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Confesso que quando ouvi falar desse livro a primeira vez, ele não me chamou a atenção. Mas agora sabendo que ele está mais voltado para a comédia que para uma história de amor acho que daria uma chance ao livro. Não é que eu não goste de romance, muito pelo contrário. É que a sinopse passava uma ideia de que seria um livro bem cliche. Bom saber que ele não segue muito por esse caminho.

    ResponderExcluir
  13. Não gostei muito deste livro quando o li. Bom que você aproveitou mais do que eu.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  14. Oi, Gisela!
    Sempre li mais resenhas negativas do que positivas desse livro. Mas elas não foram suficientes para me fazer desistir da leitura. Uma das maiores motivações foi a história se passar em Londres, já que quero muito conhecer o país. E eis que me surpreendi positivamente com a leitura, pois foi bastante agradável. Mesmo tendo sido vendido como um romance, não me incomodou o rumo que a história tomou, pelo contrário!

    ResponderExcluir
  15. Quando o livro foi lançado fiquei louca para ler, justamente por vendido como uma "história de amor". Depois, li todas as resenhas negativas que você mencionou e perdi completamente a vontade... Sua resenha ficou muito boa, já que trouxe uma outra visão para a obra. É a primeira positiva que leio a respeito e agora estou reconsiderando fazer a leitura :) Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Oie,
    Quando soube que o livro iria ser lançado fiquei bastante interessada no exemplar, e ainda continuo querendo o livro muito.
    Vai demorar um pouco para eu ler o livro e compra-lo, pois tem varios desejados na frente.. rs

    ResponderExcluir
  17. Li esse livro e gostei bastante. Gostei bastante do Dev. As cenas em que ele aparece são as mais hilárias do livro. E quando eles estão juntos, é melhor ainda. Fui ler o livro sem grandes expectativas e foi a melhor coisa que fiz, pois fui surpreendido positivamente. Ele cumpre o que promete.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  18. Eu acho que o pessoal foi atrás da maioria e não percebeu a premissa do livro como vc o fez.
    Feliz 2015!

    ResponderExcluir
  19. Realmente a sinopse e a capa enganam muito... eu achei meio sacanagem vender uma ideia diferente, hehe!!
    Mas eu curti o que li pela sua resenha. Curto livros divertidos e me senti meio mal resolvida também, já que tenho 28 e sou dependente financeiramente dos meus pais :/
    Isso é mais comum do que pensamos, hehehe.
    Curti muito e pretendo ler!!

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho esse livro, mas ainda não li. Eu realmente achava que era um livro de amor. Vou me lembrar que não é assim quando lê-lo.

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Nossa, sempre achei que fosse um romance haha Que bom que foi esclarecido que não é!
    Ele parece encantador!
    Espero poder lê-lo em breve.
    Beijos
    addictionforbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Já fui doida para ler esse livro, mas vi tantas resenhas negativas que dei uma desanimada...

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir