acompanhe o blog
nas redes sociais

27.4.15

A Transformação de Raven, Vol. 1 - Série Noites em Florença [Sylvain Reynard]

Série Noites em Florença Sylvain Reynard
Ed. Arqueiro, 2015 - 448 páginas:
      A doce Raven muda-se para a cidade de Florença na tentativa de esquecer os traumas do passado e se dedicar à sua maior paixão - a restauração de pinturas renascentistas. Um dia, voltando para casa sua vida muda para sempre. Ao tentar evitar o espancamento de um sem-teto, Raven é atacada. Sua morte parece iminente, mas seus agressores são impedidos e brutalmente assassinados. Ao despertar, Raven faz duas descobertas perturbadoras - uma semana se passou desde o ocorrido e ela se transformou por completo. Quando volta ao trabalho, mais uma surpresa - alguém roubou a coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia. Em busca da verdade, Raven cairá diretamente nos braços do Príncipe de Florença - tão belo quanto poderoso, tão sedutor quanto maligno, que lhe apresentará um submundo de seres perigosos, cujas leis ela precisa aprender depressa se quiser se manter viva e salvar os que a cercam. 

Onde comprar:

A Transformação de Raven é o primeiro livro da série Noites em Florença (já foi resenhado aqui o conto de introdução a série: O Príncipe das Sombras). O livro foi tudo o que esperava depois de ter lido o conto, uma fantasia urbana imperdível.

O Príncipe (vou me referir a ele assim pois só depois da metade do livro é que vamos conhecer seu nome verdadeiro) é um vampiro que vive e reina a mais de setecentos anos em Florença na Itália. Nesta série, governantes secretos e seus conselheiros controlam a população sobrenatural dentro de fronteiras específicas, em geral cidades. Dentro dos limites de Florença, o Príncipe detém o poder absoluto.

Raven é uma humana que vive e trabalha em Florença como restauradora na Galleria degli Uffizi. Certa noite, ao voltar para casa, acaba vendo um mendigo amigo seu sendo brutalmente agredido por três homens. Devido à sua natureza altruísta, Raven mesmo sabendo que o melhor seria se afastar, acaba tentando salvar seu amigo. Os homens partem para cima dela e a machucam antes de iniciar sua violação. Possuidora de um sangue considerado muito atraente aos vampiros, seu cheiro acaba atraindo alguns desta espécie ao local. O primeiro a chegar é o Príncipe que a toma para si, matando os homens e levando-a para longe. Assim os caminhos de duas pessoas de naturezas tão distintas se cruzam pela primeira vez.

Ao acordar em sua cama, Raven percebe que se passou uma semana e que ela não se lembra de nada que ocorreu depois do incidente com o sem teto. De volta ao trabalho também descobre que a coleção de ilustrações de Botticelli sobre A divina comédia, pertencente ao professor Gabriel foi roubada da Galleria degli Uffizi (aqui novamente temos a participação especial dos Emersons (O Inferno de Gabriel), e se você ler o conto O Príncipe das Sombras vai entender como as histórias se cruzam). Raven logo se torna uma suspeita do crime pela polícia, já que desapareceu do trabalho desde o dia em que as ilustrações foram roubadas. Numa tentativa de descobrir quem roubou as ilustrações, sua vida se cruza mais uma vez com o enigmático Príncipe de Florença e desta vez ele não está mais disposto a deixa-la ir impunemente.

Raven tem um coração misericordioso, é bondosa com os seus, age de maneira sempre altruísta e ama a arte. Ela possui sérios problemas familiares e se considera indigna de ser amada, pois não é bonita. O Príncipe age conforme suas próprias leis e seu maior orgulho é exercer seu poder sem misericórdia, julga a si próprio e os de sua espécie incapazes de amar. Eram o mais improvável dos casais, e mesmo assim começa a ser desenvolvido um romance, não desejado por ambas as partes, mas que acaba se tornando irresistível.

"Ele traçou um círculo na sua bochecha com o polegar antes de tocar seu maxilar. 
- Você é minha maior virtude e meu vício mais profundo."

O ponto forte do livro são as atitudes do vampiro, que, sem saber como, estava se importando com  o bem estar de uma humana e a despeito de sua própria vontade, passa a protege-la, não entendendo o porquê de suas atitudes. Os diálogos entre estes personagens são interessantes, já que o Príncipe muitas vezes não entende o que Raven está dizendo, pois não convive a muitos anos próximo a raça humana e seu jeito de falar e se expressar ficou bem condizente a um vampiro de setecentos anos.

"Verdade seja dita, a reação dela o havia pegado totalmente desprevenido. Ele não tinha inteligência emocional nem experiência que lhe permitissem desarmar aquela situação."

Também gostei como a relação dos dois foi desenvolvida, nada de "eu me apaixonei na primeira vez que te vi", foi descrita de maneira acreditável, mesmo se tratando de um romance entre um vampiro e uma humana.

"Para ser mais exata, não podia se permitir sentir atração por um criminoso. Independentemente de qualquer outra coisa."

Raven não é linda de morrer, pelo contrário, está acima do peso e tem uma perna defeituosa, tornando-a levemente deficiente. Mesmo sendo o Príncipe um tipo belo e sedutor, as características físicas de Raven fora do padrão já ganharam ponto comigo, isso sem dizer que ela tem trinta anos e é muito inteligente.

Tantos pontos positivos me conquistaram, tornando a leitura mais que prazerosa.

Cortesia da Editora Arqueiro

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

18 comentários em "A Transformação de Raven, Vol. 1 - Série Noites em Florença [Sylvain Reynard]"

  1. Olá, Gisela!
    O trecho da resenha “começa a ser desenvolvido um romance, não desejado por ambas as partes, mas que acaba se tornando irresistível” já me conquistou, amo livros assim, é bastante divertido ver os personagens tentando resistir a paixão e é claro, fracassando rsrs.
    As características físicas fora do padrão da protagonista é bastante interessante, não se ver muito isso nos livros. Valeu pela dica!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  2. Olá, a resenha ficou muito boa, me deixou interessada no livro, nunca li nada do autor, mas sempre me falam de o inferno de gabriel, nunca tinha visto outras obras dele. Fiquei interessada, vou tentar adquirir!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  3. cara Gi, eu já estava de olho na série "inferno de gabriel" e não é que a coisa toda se desdobrou? o pior é que esta saga paralela me parece melhor ainda (o pior é que parece melhor ficou estranho, mas é isso mesmo). assim como você, fico encantado quando uma personagem não é tudo aquilo (pele de seda, lábios vermelhos, corpo escultural), é apenas uma pessoa comum, fora dos padrões de beleza. e se ela se torna protagonista o livro começa a se tornar obrigatório. j
    já que o livro é 5 estrelas lá vai para meus desejados! excelente resenha, daquelas que nos faz comprar um livro!

    ResponderExcluir
  4. Gosto desses livros em que os protagonistas fogem um pouco do padrão de beleza imposto pela sociedade. Esse fato já ganhou pontos comigo também. Outra coisa é que a trama me atraiu muito (mesmo tendo um vampiro no meio). A parte do surgimento do amor entre eles também foi legal, pois foi no tempo certo. Odeio tramas em que os amores são instantâneos.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Não curto esse tipo de livro. A estória me parece ser bem legal, mas não sei se gostaria da leitura.

    ResponderExcluir
  6. Não gosto nem um pouquinho de vampiros, mas o que gostei aqui foi exatamente esse evoluir progressivo do relacionamento dos personagens. Acho que falta muito disso nos livros atuais, as coisas são muito rápidas e nada críveis.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Ai que capa mais linda. Amo histórias vampirescas e esta me parece ser bem legal. Apesar de que eu acho que agora tão surgindo muitas histórias assim. Acaba cansando um pouco.

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Achei a história bem bacana,quero muito ler O príncipe das Sombras pra dar inicio nesse livro.Adoro quando não acontece aquele amor a primeira vista e a relação vai se construindo e desenvolvendo aos poucos.tenho um pé atrás com relacionamentos entre vampiros e humanos mas o clima desse livro parece proporcionar uma ótima leitura.
    beijos

    ResponderExcluir
  9. Gisela!
    Enredos com vampiros sempre me conquistam, não consigo me cansar deles e saber que se apaixonou por Raven, mesmo sendo 'fora dos padrões' DE BELEZA QUE SE É EXIGIDO PELA SOCIEDADE, principalmente por seres tão sedutores quanto os vampiros é demais. Abaixo o preconceito.
    A série deve ser ótima.
    “Acredite na justiça, mas não a que emana dos demais e sim na tua própria.” (Código Samurai)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Chamei o livro bem curioso, a Raven me pareceu uma personagem bem corajosa e valente mesmo sendo um livro de vampiros temos uma narrativa bem interessante e adorei o fato de acontecer em Florença !!!

    ResponderExcluir
  11. O livro chama-se a transformação... então, Raven se transforma em vampira ou não??
    Eu não curto estórias que tenha como protagonista um vampiro... a essência vampiresca já tá manjada demais, mas eu curti a premissa deste livro.
    Raven é uma guria normal, como muitas meninas bonitas que conheço por ai, mesmo não seguindo "o padrão" e a pequena deficiência não acrescenta ou tira beleza...
    Eu curti a forma como vampiro e humana se conhecem e como o romance surge.
    Pena que tem continuação, affff, to cansada já, hehe.
    Mas pretendo ler. Gostei da resenha e muito!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Uma protagonista fora dos padrões de beleza é algo BEM inusitado.
    Se a trama não fosse vampiresca, até poderia me aventurar a lê-la...

    ResponderExcluir
  13. Gosto de livros de romance desse tipo, mas vampiros já está bem batido...

    ResponderExcluir
  14. Há uma sequência para A transformação de Raven... é uma trilogia, visto que esse é o Livro 1?

    ResponderExcluir
  15. Há uma sequência para A transformação de Raven... é uma trilogia, visto que esse é o Livro 1?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, este é o primeiro livro da trilogia e os outros dois ainda não foram lançados.
      Mas existe um livro conto anterior a este, que é bem interessante mas não é leitura obrigatória

      Excluir
  16. Oi Mayra
    Infelizmente ainda não foi lançado. Estou aguardando também.
    Gisela

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir