acompanhe o blog
nas redes sociais

4.11.15

Encontrando-me [Cora Carmack]

Cora Carmack
Ed. Novo Conceito, 2015 - 288 páginas:
      Kelsey Summers está no melhor momento de sua vida, pelo menos é o que continua a dizer a si mesma. Tentar descobrir quem realmente você é pode ser um negócio complicado, especialmente quando se está com medo de não gostar do que vai descobrir. Bebidas e festas não são suficientes para afastar a solidão de Kelsey, mas talvez Hunt possa ajudá-la. Depois de alguns encontros casuais, eles embarcam em uma aventura pelo continente. A cada nova cidade, uma experiência. A mente de Kelsey torna-se um pouco mais clara e cada vez mais seu coração deixa de pertencer somente a ela. Hunt a ajuda desvendar seus próprios sonhos e desejos. No entanto, quanto mais ela aprende sobre si mesma, mais percebe o quão pouco sabe sobre Hunt. 

Onde comprar:


"O melhor da Vida é aquilo que não podemos planejar. Qual era o meu problema? Hunt era só um cara qualquer. Homens nunca foram um problema pra mim... Ou pelo menos não eram fazia muito tempo. Mas aquele homem... Ele me deixava confusa sem nem mesmo tentar."'

Esse é o primeiro livro da Cora Carmack que leio, e estou simplesmente encantada com a forma como ela escreve. Em Encontrando-me, Cora narra a história de Kelsey, uma jovem de 22 anos, recém-formada na faculdade de Artes cênicas (que por sinal foi meu sonho de adolescente), que tem uns problemas desde a infância com os pais, não vou te dizer o que é exatamente, porque senão acabaria indicando o porquê dela ter um comportamento tão revoltado.

Kelsey é de família rica e sempre teve tudo que desejava, até que formou-se na faculdade e resolveu fazer o que toda moça de 22 anos sonha em fazer (pelo menos era o meu sonho, rsrs), uma viagem pelo mundo de mochileira. Ela foi para a Europa ocidental e lá conheceu muitas pessoas, bebeu muito, gastou muito o dinheiro do pai e o deixou louco, como desejava, mais nada era o bastante para diminuir o vazio que ela carregava...

Kelsey só não esperava encontrar nessa viagem um príncipe encantado (também acho que ele não existe, mais nesse caso o cara é), um ex-militar lindo que ela viu num bar em Budapeste num momento um tanto quanto bizarro; O cara viu o pior beijo que ela havia dado em toda a viagem e ainda riu da cara dela, dá pra imaginar o quanto ela ficou brava com ele né, mais quem resiste a um homem lindo, sedutor, e ainda por cima um cavalheiro de mão cheia ??? Difícil, bom depois de alguns drinks ela começou a passar mal e ao sair do bar para tomar um ar fresco adivinha quem vai atrás dela?? Sim ele, e depois de muito papo e alguns foras ela “aceitou” que a acompanha-se até o albergue, no caminho até acabou tirando do então estranho o nome, Hunt.

Esse homem fez o que nenhum outro havia feito, ele conseguiu deixa-la totalmente perdida. Kelsey não conseguia seduzi-lo como vinha fazendo durante toda a viagem com outros ao qual tinha interesse, o que deixou a relação deles ainda mais intensa durante o decorrer do livro.

Não vou dar detalhes de nada, apenas digo que, pra variar, nem tudo é um conto de fadas e não existe homem perfeito. Super indico a leitura, é uma narrativa leve e com um dedinho picante em alguns momentos, e, para mim, foi um livro de praticamente um dia de leitura, pois não consegui me desgrudar dele.

Boa leitura.

 Cortesia da Editora Novo Conceito
Luana Miranda Rodrigues
Analista de Sistemas, "Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história". Bill Gates tem toda razão.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

17 comentários em "Encontrando-me [Cora Carmack]"

  1. Já ouvi falar muito bem da autora, tanto que estou com muita vontade de ler os outros dois livros que fazem parte da série desde, Perdendo-me e Fingindo. Li tantas resenhas positivas dizendo que a narrativa da autora é leve e viciante, que fica impossível não querer conferir, além de que os casais parecem conquistar o leitor com facilidade.
    Acho que se não fosse por outros resenhas que li, consideraria a protagonista alguém fútil e talvez fosse, mas ela parece ser bem mais que isso.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karina, ela de certa forma pode ser fútil, se você olhar a grana que ela tem não teria necessidade de fazer tanta besteira, mais pra quem resolve ver o lado humano dela logo nota que ela é apenas carente de amor familiar do que adianta ter tudo o que quer se não tiver o mais importante. :)

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Oii!
    Já li o livro Perdendo-me desta autora e simplesmente adorei, é uma leitura rápida, dei boas risadas a autora me prendeu facilmente no livro, ainda não tive tempo de ler os outros livros mas amei a resenha que me interessei ainda mais que acho que vou ler encontrando-me logo logo....
    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Luana!
    Meu exemplar chegou ontem e já quero ler, mas como estou terminando dois livros, acho que só lá para sábado começarei a leitura.
    Como li os outros, quero ver o que vem por aí nesse...
    Muito boa sua resenha.
    “Reflexão de Lavoisier ao descobrir que lhe haviam roubado a carteira: nada se perde, tudo muda de dono.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Não fico muito ansiosa para ler esse ( apesar de já ter comprado) ele está na minha estante, comprei por várias resenhas que li umas achavam interessante e outra achava a protagonista fútil e imatura infelizmente estou no time 2 li só as primeiras páginas e já me peguei odiando o livro tanto que só lembrei dele agora :D mas vou tentar dar mais uma chance avançando a leitura para ver se ela me intriga e me impressiona tanto de quanto dizem :D

    ResponderExcluir
  5. Não gostei da sinopse do livro e lendo a resenha não me animei nem um pouco. Romance não me atrai com antes e se for livro nesse estilo de escrita não me anima a ler. Mas para quem gosta desse tipo de livro acho válido a leitura.

    ResponderExcluir
  6. Não li nada da autora ainda,e estou curiosa, até por conta das inúmeras resenha que já li desta série. Mas não é uma coisa que eu queira para ontem, mesmo assim esta na lista.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Os pontos positivos são os cenários,o clima de viagem,albergues,fazer uma viagem pelo mundo é um sonho!
    Mesmo assim não me atiçou a ponto de querer saber porque não existe homem perfeito e o que aconteceu no passado do Hunt,por enquanto o livro não vai pra minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro, mas lendo a sinopse e sua resenha, fiquei bem curiosa em relação a história, como gosto de romances, acredito que irei gostar desse livro, mas no momento fiquei em dúvida se o leria ou não, quem sabe futuramente.

    ResponderExcluir
  9. Fiquei com vontade de comprar ele quando eu vi o lançamento ( mas ainda não comprei). Fique mais curiosa agora que você deixou várias coisas no ar. Quero ler o mais rápido possível.

    ResponderExcluir
  10. O mês começou bem por aqui.
    Só livros com nota máxima, uhuu.
    Este nunca esteve na minha lista de interesses, nem minimo.
    Agora deu uma vontade. Não morri de amores pela premissa, já que me pareceu bem com algo que já li.
    Espero que Kelsey se encontre e que não seja um homem que mude a sua vida, hahaha.
    A questão familiar e saber o que aconteceu entre ela e a família me deixou curiosa. Acho que vou ler para descobrir.

    ResponderExcluir
  11. Oi Luana!
    Confesso que romance não é o meu gênero literário preferido, de forma que não fiquei muito interessado. Ainda não li nada da autora também. Quem sabe um dia eu dê uma chance, né? Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Oi Luana :)
    Recentemente ouvi falar muito sobre esse livro e como adoro o gênero já gostei bastante. Não li nada da autora e nem a conhecia, muito menos lido sobre ela, por causa disso fiquei com um pé atrás em relação a leitura porque não sabia como era a escrita da autora. Agora lendo a resenha já fico mais tranquila em ler, pois tenho uma opinião muito boa em relação ao livro e a escrita da autora ;) Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Luana. Encontrando-me me pareceu apenas um livro com gênero erótico. Mas, enganei-me, gostei de toda a história escrita por Cora Carmarck. Identifiquei-me com a personagem Kelsey por querer viajar o mundo, e gostei de sua personalidade, mesmo que revoltante às vezes. Gostei também da história dela com o ex-militar, o que diferenciou o livro, tornando-o uma comédia romântica.

    ResponderExcluir
  14. Pra falar a verdade não sou esse tipo de leitora que costuma ler livros direcionados aos gêneros românticos devido a isso e a outros fatores, infelizmente o livro não me fisgou apesar do exemplar ter diversos pontos que gosto bastante. Quem sabe um dia eu me interesse pelos livros da Cora né!?.

    ResponderExcluir
  15. Bem, apesar da protagonista ser formada no mesmo curso que eu, confesso que não me interessei muito pelo livro. Achei a trama um pouco clichê e previsível. Pode ser que não seja, mas me passou essa impressão. Então, esse eu passo!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir