acompanhe o blog
nas redes sociais

23.12.15

Supernova - A Estrela dos Mortos - Vol. 2 [Renan Carvalho]

Renan Carvalho
Ed. Novas Páginas, 2015 - 480 páginas:
      Após deixar sua cidade natal, Leran está perdido em busca de uma pessoa que possa ajudar sua irmã Luana a controlar seus poderes. Enquanto foge de caçadores colocados em seu encalço, o arqueiro conhecerá novos lugares e aliados para sua jornada. Ao mesmo tempo, Tlavi, a jovem Estrela da Cura, tenta desvendar os mistérios de um criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central. O caminho desses personagens está ligado pelo destino. Será que poderão lutar juntos para descobrir como vencer os novos inimigos? Conseguirá Luana despertar sua verdadeira força? Como Leran agirá diante da evolução dos poderes da irmã? É o que você vai descobrir em Supernova: A Estrela dos Mortos.

Onde comprar:


Fiquei interessada na leitura de Supernova quando vi o lançamento do primeiro livro "O Encantador de Flechas", mas somente fui lê-lo agora, quando recebi "A Estrela dos Mortos" para resenhar. O que mais me encantou no primeiro livro foi a sabedoria que um autor tão novo teve para transmitir. Sendo uma obra voltada ao público jovem, Renan Carvalho conseguiu através de seus personagens adolescentes e um novo mundo onde a magia existe, abordar temas sociais significativos, através das dificuldades que dois jovens enfrentam ao viver numa cidade onde a ditadura predomina.

"Para muitos, especialmente para os mais pobres, a guarda real é uma excelente oportunidade de futuro. Ver o líder do exército deve ser inspiração para eles. Já somos lobotomizados desde crianças para aceitar o governo e suas regras, mas aqueles que entram no exército sofrem uma lavagem cerebral ainda maior."

É nesse clima que conhecemos Leran, um garoto de 17 anos que está terminando o que seria o ensino médio. Leran é órfão de pai, mora com sua irmã mais nova, Luana e com a mãe. Na escola sempre gostou das aulas de arco e flecha e é considerado um exímio arqueiro. Depois de terminado os estudos, Leran pensa em trabalhar com seu avô paterno, que nas horas vagas, lhe ensina alguns truques de magia. O problema é que o uso da magia é extremamente proibido em Acigam, cidade em que vive e de onde seus cidadãos são proibidos de sair. Tudo que Leran sabe sobre o resto do mundo, conheceu através das histórias que seu avô lhe contou, quando este viajava para fora, antes do fechamento das fronteiras.

Em Acigam existem guardas especiais chamados de silenciadores. Eles fazem parte de um grupo de elite do exercito, especializado em capturar os considerados magos. Mas nada disso tinha muita importância na vida deste jovem arqueiro, ele estava feliz porque conheceu uma garota, Judra, ao qual estava se apaixonado, quando de repente seu mundo desmorona. Uma sucessão de acontecimentos levam Leran e Luana a serem perseguidos pela polícia, acarretando em sua união a rebelião dos magos contra o governo.

Em A Estrela dos Mortos, Leran e Luana conseguem fugir de Acigam e partem para procurar alguém que possa ajudar Luana a controlar os imensos poderes que a menina descobriu possuir. Logo no inicio da jornada os dois irmãos percebem que não vai ser nada fácil, pois já são atacados por caçadores de recompensa. Em contrapartida a trajetória dos dois irmãos, conhecemos Tlavi Hur, uma paladina especializada em combater as artes das trevas. Tlavi é uma estrela que representa a cura e possui grandes poderes. Quando Tlavi descobre que o culto as trevas estava ressurgindo, quase ninguém acredita nela, mas com obstinação, Tlavi luta pelo que acredita ser o certo e tenta a todo custo desvendar o mistério deste criminoso capaz de erguer as forças das trevas no território pacificado do Reino Central.

O livro é dividido em partes, onde cada uma delas é contada pela visão de um personagem, e aos poucos, o mundo de Tlavi vai se entrelaçando com o de Leran e Luana. Existem também algumas ilustrações bem legais de algumas cenas do livro.

Mas uma vez fiquei encantada com Renan, gostei da maneira como ele descreve a trama, mostrando sempre um pouco do interior dos personagens e principalmente como retrata os adolescentes, com suas atitudes curtumeiras, mesmo sendo eles uns dos heróis da história. A imaginação também rola solta, os inimigos são muito bem caracterizados e ação e adrenalina andam lado a lado nesta aventura juvenil.

"Minha fé não está em deus algum. Ela está entre os humanos. São eles que podem mudar as coisas, que escolhem fazer o bem ou fazer o mal. E, entre todos, tenho mais fé nos que se mostram amigos, pois são esses os que me fazem sentir-me em casa."

Não deixem de conhecer esta entusiasmante obra de um jovem talento nacional.


 Cortesia da Editora Novo Conceito
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

12 comentários em "Supernova - A Estrela dos Mortos - Vol. 2 [Renan Carvalho]"

  1. Oi, Gisela! Eu não sou fã de livros com magia, mas Renan Carvalho prendeu a minha atenção come sta premissa. possuo O Encantador de Flechas e estou em busca de A Estrela dos Mortos para começar a leitura. O que mais se destaca na história do autor e chama bastante a minha atenção é a relação dos personagens com os problemas sociais. Além disso, a aventura em que todos se arriscam é sensacional. Ótima recomendação!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gisela! Amo livros com magia, desde que li Harry Potter haha. Esse universo me fascina em cada detalhe. Fiquei bastante interessado por esse livro, adoro quando os personagens alternam o ponto de vista. Permite que tenhamos uma visão multifocal da história e possamos, assim, compreendê-la bem melhor. Excelente indicação, vou colocar nos meus desejados. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Já tinha acompanhado a resenha do primeiro livro e pretendo ler essa série, como gosto de fantasia acredito que irei gostar muito da história desse livro e isso me levou a lê-lo. Sua resenha está muito boa e pretendo começar a ler a série em breve.

    ResponderExcluir
  4. cara Gi, esta saga também está em minha mira. o que me chamou a atenção num primeiro momento foi o belo título do primeiro livro: "o encantador de flechas". porém, voltando à sua resenha, o trecho que retirou: "Para muitos, especialmente para os mais pobres, a guarda real é uma excelente oportunidade de futuro." fez toda a diferença. e não é assim hoje em dia? vejo inúmeros jovens aqui de meu estado se esforçarem para entrar na força policial militar, em sua grande maioria por causa do salário e da garantia do emprego vitalício. a aptidão fica em segundo plano. o ingresso depende de uma avaliação rigorosa, ainda assim muitos não se adaptam à vida militar. daí sua resenha já havia me pegado de jeito, coisa que você faz como poucos! renan me parece ser maduro o suficiente para nos mostrar todas as angústias das personagens, por isso ponto para ele, quero ler a saga também. obrigado por me abrir os olhos mais uma vez para uma saga especial de um autor brasuca!

    ResponderExcluir
  5. O livro não me atrai muito, apesar de ter começado a me interessar mais por livros com enredos mais puxados para a fantasia, por enquanto essa série não conseguiu me motivar a dar uma chance a ela, apesar das diversas resenhas positivas.
    Os personagens parecem ter sido bem construidos pelo autor e a trama parece garantir muita emoção para os fãs do gênero, não pretendo embarcar nessa leitura, mas certamente indicarei.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã desse tipo de livro. Já li alguns e sempre fico entediada. Prefiro não ler.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Gi.
    Gostei muito da sua dica.
    Não conhecia as obras nem o autor ainda.
    Super orgulho de perceber mais a cada dia que os autores nacionais estão escrevendo livros tão bons.
    Eu adoro fantasia, e gostei muito de conhecer estes livros.
    É quase uma distopia por causa do autoritarismo...
    Fiquei super a fim de ler essa super aventura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Renan Carvalho consegue transmitir uma história muito boa em Supernova. Eu não terminei de ler o primeiro volume ainda, mas estou gostando muito. A Estrela dos Mortos parece continuar com toda a história de proibição à magia, o que deixa os personagens em risco e nos envolve muito. Leran e Luana são encantadores juntos. Gostei!

    ResponderExcluir
  9. Bom ver a resenha positiva do segundo livro,é um mundo mágico,o post mostrou bem o clima dos guardas e magos onde a trama se desenrola.
    Adoro magia,interessante o autor abordar temas sociais através dos personagens no decorrer da história.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Desde que li uma resenha do primeiro livro, gostei muito da historia e fiquei com vontade de começar a ler mas acabou que li e lendo a resenha da continuação e vendo que a serie realmente e boa tenho que ler, gostei muito da historia e dos personagens e não sabia que o autor aborda temas mais profundos na obra o que para mim só deixa a historia mais interessante !!

    ResponderExcluir
  11. Oi Gi!
    É a primeira resenha que vejo de algum livro dessa série e confesso que não botava muita fé na história mas pela sua resenha me interessei. Gosto muito dessas histórias de aventura e magia e a capa é bem bonita.

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. As capas dessa série são simpáticas, mas se algum dia eu for ler vou esperar terminar de ser publicada. Gosto de aventuras juvenis e espero não me decepcionar tanto nessa.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir