acompanhe o blog
nas redes sociais

6.1.16

O Nome da Estrela [Maureen Johnson]

Ed. Rocco, 2015 - 392 páginas:
      No mesmo dia em que o primeiro de uma série de assassinatos brutais acontece em Londres, a norte-americana Rory Deveaux chega à cidade para começar uma nova vida em um colégio interno. Os crimes hediondos parecem imitar as atrocidades de Jack, o Estripador, praticadas há mais de um século. Logo a febre do Estripador toma conta das ruas de Londres, e a polícia fica desconcertada com as poucas pistas e a ausência de testemunhas. Exceto uma. Rory viu o principal suspeito no terreno da escola. Mas ela é a única pessoa que o viu – a única que consegue vê-lo. E agora, Rory se tornou seu próximo alvo. Neste thriller envolvente, cheio de suspense e romance, Rory descobre a verdade sobre suas novas e chocantes habilidades e os segredos das Sombras de Londres... 

Veja o preço:

Alguns nomes impressos em capas de livros, às vezes, nos chamam mais atenção do que a própria capa. Foi justamente o que aconteceu com esse. Não estou falando do nome da autora, mas sim, do lendário assassino: “Jack, o Estripador”. Por ter pouco conhecimento em relação a ele, decidi me jogar nessa leitura sem nem ler sinopse ou informações adicionais, então, acabei me sentindo um pouco frustrado com o resultado.

A trama conta a história de Aurora (Rory), uma adolescente norte-americana, que muda-se para finalizar seu Ensino Médio em um colégio interno em Londres. Após um breve período de adaptação, vê, não apenas a sua, mas a rotina do colégio e de toda a cidade mudar, devido a uma série de assassinatos inspirados no lendário assassino, Jack, o Estripador. A partir daí, começam as investigações e buscas a procura do responsável por tamanha crueldade.

A narrativa é feita em primeira pessoa através da Rory, ou seja, temos uma visão um pouco limitada dos acontecimentos, pois, vamos descobrindo todo o desenrolar junto com ela. Em contrapartida, um ponto positivo que destaco é a escrita da Maureen Johnson. É rápida, simples e fluida, mesmo que, em alguns momentos, seja descritiva demais.

A capa está muito bonita. Tem um clima sombrio na medida certa. A diagramação interna, apesar de ser simples, também está bem legal. Os únicos detalhes que encontramos são bordas que colocaram em cada primeira página dos capítulos. Já a revisão está perfeita. Se existe algum erro, não o encontrei.

Minha frustração ficou por conta da maneira que a autora usou pra desenvolver a trama. O início parecia mais uma espécie de “diário” da Rory. Ficamos acompanhando toda a sua adaptação a nova vida durante um longo período (quase metade do livro). Também me incomodou a falta de algo mais sombrio, misterioso e, principalmente, do assassino impiedoso. Acho que se a narrativa fosse dividida entre mais personagens, seria perfeito. Ou então que fosse narrado em terceira pessoa.

Finalizo a resenha indicando pra quem gosta de sobrenatural com pitadas de suspense, e uma narrativa leve e simples.

https://www.skoob.com.br/o-nome-da-estrela-528325ed536455.html

 Cortesia da Editora Rocco
Nardonio Almeida
Pernambucano, formado em Artes Cênicas e apaixonado por teatro e livros. Descobriu-se leitor depois de um empurrãozinho de uma amiga. Virginiano, pé no chão e que adora a calmaria. Leitor de quase todos os gêneros literários. Afinal, quando a trama é boa, o gênero é o que menos importa.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

22 comentários em "O Nome da Estrela [Maureen Johnson]"

  1. Quando o livro foi anunciado fiquei bastante interessada, a menção a Jack, o Estripador é algo que chama muito a atenção do leitor, afinal, duvido que alguém não tenha ouvido falar desse serial killer.
    A proposta do livro me deixa curiosa e meio que em dúvida, pois fico imaginando como a autora desenvolveu a ideia que possui. Não sou a maior fã do mundo sobrenatural e portanto, nem sempre os livros que o abordam me encantam. Um fator que pesou muito no meu interesse por O Nome da Estrela foi o fato de já conhecer um pouco da escrita da autora, que conheci a partir de seu conto publicado em Deixe a Neve Cair, esse qual foi o meu favorito dos três encontrados no livro.
    Não criei muitas expectativas quanto ao livro, o que talvez possa evitar uma futura decepção.
    Não sei quando terei chance de conferir a história, mas espero que os próximos volumes superem este primeiro. É desanimador ver uma série que perde o rumo a partir do segundo volume.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Oi Nardonio! Gosto muito de tudo que envolva suspense, mistério, investigação, etc. Essa história de assassinatos em série realmente chamou minha atenção. A premissa me lembrou do Chuck, não sei por que, hahaha. E adorei essa capa, deu um ar bem sombrio. Espero poder lê-lo em breve. Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Já li 'Deixe a neve cair' e adorei os contos do livro. Fique curiosa para saber mais sobre este livro, até porque gostei muito do conto de Maureen Johnson em 'Deixe a neve cair'. O fato de o livro misturar sobrenatural e policial me deixou mais interessada em lê-lo ;)
    Acompanhar os acontecimentos juntamente com Rory é algo que pode nos deixar aflitos em querer saber mais antes do personagem, mas gostei muito da resenha e da sinopse e irei adicioná-lo a minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro está na minha lista. Até comecei a ler um tempo atrás, mas parei por falta de animação. Talvez volte a ler mais para frente.

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros sobrenaturais com muio suspense e é interessante o fato de irmos descobrindo pistas e as decifrando junto a personagem principal. Pena que o livro não é tão sombrio quanto aparenta, ou eu ia ler agora mesmo, mas quem sabe quando eu estiver querendo uma leitura mais simples não o leia?
    Adorei a resenha, me informou muito.
    Abraços :)
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Nard:onio, uma pena que tenha tido esta enrolação, se é que posso falar assim, no início da trama. Concordo contigo, a capa é bonita. Não sei se vou ler ainda.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  7. Olá Nardonio!!
    Já passei por isso algumas vezes, algo na capa me chama atenção e acabo me decepcionando com o resultado, mas me chamou muita atenção este livro pela sua descrição, mesmo com as ressalvas da "enrolação" inicial!! Abraços

    ResponderExcluir
  8. A primeira impressão do livro despertou muito minha vontade de ler,mas vendo a resenha é bem diferente do que imaginava,uma linha mais juvenil.
    Não me atraiu a narrativa parecer uma espécie de diário da Rory,queria algo mais sombrio,afinal é o "Jack,o Estripador",mesmo assim O Nome da Estrela não é uma leitura que recusaria.

    ResponderExcluir
  9. Sou completamente apaixonada por romances policiais sangrentos kkkkkkk assim como você, também me senti muito atraída pela premissa da autora em atrair Jack o Estripador para o enredo, espero que ela tenha feito isso com bastante maestria, visto que muitos outros autores já tentaram fazer o mesmo, mas falharam. De qualquer forma, sua resenha despertou muito minha curiosidade e, apesar de você ter se decepcionado um pouco com o livro, creio que vale a pena dar uma chance a ele.

    ResponderExcluir
  10. Sou completamente apaixonada por romances policiais sangrentos kkkkkkk assim como você, também me senti muito atraída pela premissa da autora em atrair Jack o Estripador para o enredo, espero que ela tenha feito isso com bastante maestria, visto que muitos outros autores já tentaram fazer o mesmo, mas falharam. De qualquer forma, sua resenha despertou muito minha curiosidade e, apesar de você ter se decepcionado um pouco com o livro, creio que vale a pena dar uma chance a ele.

    ResponderExcluir
  11. Poxa que pena que o livro não correspondeu às suas expectativas, é muito chato quando isso acontece e eu sei como é. Eu oncordo com você sobre a narração de vários pontos de vista ou em terceira pessoa para tramas como O Nome da Estrela (confesso que eu não conhecia sobre este livro) porque é a melhor forma para se trabalhar o enredo e dar mais verossimilhança. Adoro o gênero e por isso sou muito exigente nesse quesito rs.

    http://www.mundosilenciosoblog.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Gosto de sobrenatural com pitadas de suspense, mas narração em primeira pessoa junto com narrativa as vezes discritivas demais não rolam pra mim. Também acho que toda essa parte da adaptação da nova vida da Rory algo dispensável. Enfim, é uma pena que o livro deixou a desejar pois pela sinopse parecia valer a pena...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Dom!
    É verdade... um livro de mistério, onde se tem que descobrir um assassinato, narrado em primeira pessoa fica bem limitado, embora goste dos livros narrados em forma de diário.
    “Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Já ouvi tantas referencias a Jack o Estripador que concordo que quando vemos seu nome logo o livro nos chama atenção e gostei da historia sendo um gênero que gosto muito, mais acho que pelo nome também esperava algo mais sombrio, mas quero da uma chance ao livro para ver se gosto !!

    ResponderExcluir
  15. Amo livros sobrenaturais, suspense, talvez seja meu gênero favorito.Quando foi lançado fiquei morrendo de vontade de comprar , não sei porque não o fiz até hoje, mas enfim hahah . Quero muito lê-lo o mais depressa possível.

    ResponderExcluir
  16. Amo livros sobrenaturais, suspense, talvez seja meu gênero favorito.Quando foi lançado fiquei morrendo de vontade de comprar , não sei porque não o fiz até hoje, mas enfim hahah . Quero muito lê-lo o mais depressa possível.

    ResponderExcluir
  17. Eu não entendi no início o porque da relação com o Jack Estripador na história com uma garota, Rory, do ensino médio. Mas tudo começou a funcionar quando os assassinatos começa e tudo parece mudar tal drasticamente que me deixou um pouco perdido. É muito bom saber sobre a escrita ágil da autora, mas não me agradou por completo.

    ResponderExcluir
  18. Amooo histórias sobrenaturais! E com toda ctz esse livro me chamou mto atenção, qro mto ler!
    Abç!

    ResponderExcluir
  19. O pouco suspense e mistério no livro me deixou apreensiva, mas também um pouco desempolgada com toda a construção da história. O Nome da Estrela me deixou em dúvida todo o momento sobre a decisão de leitura, o livro não me agradou em muitos pontos, como a repentina mudança da cidade, o assassino também repentino. Não sei se leria.

    ResponderExcluir
  20. A premissa é bacana.
    Gosto muito de suspense.
    Achei legal a trama pela visão da personagem mesmo que isso deixe muito simples e não tão misterioso e detalhado em relação ao que de fato acontece na investigação dos crimes.
    Acho que vale a pena ler.
    Talvez fosse melhor mesmo em 3 pessoa, eu prefiro narrativas assim.

    ResponderExcluir
  21. O Nome da Estrela me deixou curioso por sua referência com Jack, o Estripador e seus assassinatos. Outro ponto muito forte do livro é seu gênero de terror, horror e suspense, claro. Mas, o livro adquire mais um ponto na maestria da construção de Aurora, com características ímpares e agradáveis. Apesar de você não indicar por completo, gostei.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir