acompanhe o blog
nas redes sociais

13.5.16

Alma Gêmea [Ana Ferrarezzi]

Ana Ferrarezzi
Ed. Autografia, 2016 - 296 páginas:
      Lá, no meio da Floresta Amazônica, há uma tribo legendária – A Tribo Curupira. Joaquim acaba se deparando com um membro dessa tribo, em uma de suas expedições. Após muito esforço, convence o pajé a lhe dar uma amostra dessa planta. O pajé o alerta sobre o risco. Joaquim, aceita a responsabilidade. Com o tempo, Joaquim descobre o verdadeiro sentido das palavras desse sábio Pajé. Letícia encontra uma erva com cheiro de canela no seu Consultório de Psicologia. Decide tomá-la. Cai no sono. Então acorda em um corpo diferente em 1906. Ela não sabe como veio parar nesse corpo, nem tampouco entende como veio parar na França, testemunhando o vôo de consagração de Santos Dumont. Mas as circunstâncias a leva até Joaquim; o homem de seus sonhos. É uma bela história sobre o poder do encontro entre duas almas gêmeas, que vivem em épocas diferentes, que rompem a barreira do improvável para perceber que o sentimento que os une jamais pode ser quebrado.

Onde comprar:

"Autora une folclore brasileiro e fatos históricos para criar história inovadora."

Letícia é carioca, tem 23 anos e é recém-formada em psicologia, casou-se com Glauber após ficar gravida “acidentalmente”. Glauber é um cardiologista renomado, e o mesmo, após ver Letícia sofrer um aborto espontâneo durante sua lua de mel, tentou ajuda-la sozinho, o que custou caro para Letícia, que agora não pode ter mais filhos. Após todos os acontecimentos e com o passar do tempo, ela viu que nunca amou seu marido e resolve pedir o divórcio, mais antes resolve pedir a opinião da “amiga” Gisele.

Ela sai de casa certo dia para arejar a cabeça e pensar sobre o divórcio e, distraída, esbarra num rapaz enquanto fala ao telefone com Gisele, aceita o pedido de tomar café do mesmo, acabando no divã do escritório dela, com uma seção de prazer e sexo. O que Letícia não esperava era ver sua vida totalmente fora dos eixos pouco tempo depois...

Sabe quando você sonha e acha que foi real? Pois bem, Letícia começou a vivenciar uma coisa estranha nos sonhos, ela sempre voltava à mesma época, em um país diferente, e num corpo totalmente diferente. Conheceu Joaquim nesse sonho e se apaixonou por ele. Só que não dá para viver no passado pra sempre né... ops falei demais...

Então Letícia, Anabelle (Suposta irmã de Clarice, ou melhor, Françoise, ou melhor, Letícia), Joaquim (filho de nobres Portugueses nascido em 1876) e Fernando (primo de Joaquim) vão viver umas tremendas loucuras nesse livro.

O livro é muito envolvente e animado, alternando presente e passado. É um livro fácil e leve de ser lido e como fiquei presa a leitura, fluiu muito rápido. Algumas passagens são bem viajantes, a Ana teve muita imaginação ao escrever esse romance, nunca imaginei que na tribo Curupira tivesse coisas tão loucas.

Gostei do livro, achei bem legal a autora abordar nossa cultura, que foi descrita de forma bem divertida, bem como talvez seria se os curupiras existissem.

SOBRE A AUTORA

Escrever histórias é um hobby para Ana Ferrarezzi, que deseja que seus leitores se divirtam tanto quanto ela lendo seus livros. A autora se inspira principalmente em lendas urbanas e no folclore brasileiro para criar seus enredos e, com isso, quer fazer com que o povo brasileiro se interesse mais por sua rica cultura. Além de escritora, Ana Ferrarezzi é psicóloga e artista plástica. Para mais informações sobre a autora, visite o site www.anaferrarezzi.com.br.

 Cortesia da Editora Autografia
Luana Miranda Rodrigues
Analista de Sistemas, "Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história". Bill Gates tem toda razão.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "Alma Gêmea [Ana Ferrarezzi]"

  1. Oii Luana!
    Mtoo bacana o livro, achei mto interessante o tema que a autora escolheu pra abordar, gosto de livros que nos levam além da imagnção, parece ter descrevido uma viagem msm ao passado...
    Adorei!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Essa temática de vidas passadas, alma gêmea, é algo que desperta minha atenção. Mas não sei, achei essa história um pouco confusa demais. rs Leria se tivesse uma oportunidade.

    ResponderExcluir
  3. Hey, tudo bom?
    O livro parece ser ótimo, super chamou minha atenção. Adoro livros com essa temática de passado e presente. Espero ter a oportunidade de ler o livro em breve.

    ResponderExcluir
  4. Oi Luana.
    O livro tem uma premissa muito interessante, confesso que não sou muito fã do gênero não, mas fiquie muito curiosa, o livro tem alguns detalhes que não gostei mas que também não vou citar, porém não irei julgar sem ler.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  5. Alma gêmea,o nome do título remete a algo tão sonhador,gosto do tema~
    Fatos históricos e folclore,são elementos interessantes.

    ResponderExcluir
  6. Achei bem legal a autora ter utilizado nossa cultura em seu livro. Gostei da premissa, e apesar da história parecer meio confusa, fiquei bem curiosa para ler. Adoro histórias que envolvem tempos diferentes, e espero não me decepcionar com essa.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  7. Olá, Luana.
    O aspecto que mais me chama a atenção no livro é a utilização da nossa cultura para desenvolvimento da obra. Isso, sem dúvidas, é um ponto bem positivo.
    Vou querer ler a obra.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  8. Fiquei bem curiosa quanto a esse livro, fatos históricos me chamam atenção e a utilização de um pouco da cultura brasileira é bem curioso. Passagens que se alternam entre o passado e o presente normalmente me agradam bastante.
    Adorei a resenha.
    Abraços

    ResponderExcluir
  9. adorei o fato dela abordar a nossa cultura, tudo bem q achei meio viagem. não o fato de ter pedaços no passado e no presente, mas o dos personagens acordarem em outro tempo.
    fiquei super curiosa com relação a esse livro! boa sorte para a autora

    ResponderExcluir
  10. O livro tem uma premissa muito interessante, confesso que não sou muito fã do gênero não, mas fiquei muito curioso, apesar do livro ter alguns detalhes na história que não gostei. Soube dos erros de grafia na revisão do livro, que horror.

    ResponderExcluir
  11. Preciso dizer que adorei sua resenha. Não pelo livro em si, embora tenha sim ficado curiosa para conhecer, pela história inusitada que ele mostra. Mas o que gostei principalmente, foi sua sinceridade ao expressar sua opinião.

    ResponderExcluir
  12. A resenha ficou ótima! Diverti-me horrores com a tribo tentando colocar algum defeito em Joaquim. No entanto, li até aí, ainda estou na metade do livro, vou terminar de ler essa semana e quero comentar mais, ansiosa para ver o desfecho!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir