acompanhe o blog
nas redes sociais

4.8.16

A Garota do Calendário - Janeiro [Audrey Carlan]

Audrey Carlan
Ed. Verus, 2016 - 127 páginas:
      Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal. Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato. A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.

Onde comprar:

Mia Saunders é uma garota que já sofreu algumas desilusões amorosas, e agora acredita que o amor verdadeiro não existe. Sua mãe abandonou a família e ela vive desde então somente com o pai e a irmã mais nova. O pai de Mia aparentemente nunca se recuperou do abandono, dedicando-se a jogos e bebidas. Eles moram em Las Vegas, lugar bem propício aos seus vícios e assim, seu pai conseguiu uma dívida de um milhão de dólares com um dos perigosos agitas da cidade, que por acaso, é um dos ex-namorados de Mia.

Por não poder pagar a dívida de jogo, seu pai levou uma surra que o deixou em coma no hospital, mas Mia precisa liquida-la, senão eles irão mata-lo definitivamente. Mia, que a propósito é linda, mas não sabe disso, decide procurar a ajuda de sua tia Millie, irmã de sua mãe, que é proprietária de uma agencia de acompanhantes de luxo. Para conseguir o montante necessário, ela deverá trabalhar como acompanhante de um novo homem a cada mês, e, se transar com ele, ganhará vinte por cento a mais.

"- Vou agendar você por mês. Essa é a única maneira de conseguirmos um cheque mensal de seis dígitos. - Você vai ser enviada para onde ele estiver e ser tudo o que ele precisar durante o mês. Mas eu não vendo sexo. Se você dormir com eles, vai ser uma decisão sua."

As regras de seu novo trabalho eram muitos simples:

1. Esteja sempre com a melhor aparência possível;
2. Sorria constantemente;
3. Não fale, a menos que falem com você;
4. Esteja disponível o tempo todo;
5. Sexo com o cliente não está incluído no contrato.

O seu primeiro trabalho, em Janeiro, será com Wes, roteirista de Malibu e um dos homens mais insuportavelmente lindo que ela já viu. Ele não é o tipo de homem que precisa contratar uma acompanhante, parece mais o tipo de cara por quem as mulheres ficam loucas de desejo. E Wes é bem mais que um homem bonito, é maduro e inteligente. Mia percebeu que seria um dinheiro fácil, ela só teria que blindar seu coração para não se apaixonar.

Realmente não sei o porquê de esta série ter virado um grande sucesso, a escrita de Audrey Carlan é rasa, as cenas de sexo são fraquinhas, o livro é bem curtinho e não muito empolgante. Mas de qualquer forma, fiquei bastante curiosa, querendo saber aonde a autora pertente chegar com essa história, já que acredito que Mia não vai poder se apaixonar por doze homens diferentes, um a cada mês. Mas o que mais me incomodou nisso tudo é a ilusão que a autora cria de que este tipo de trabalho é fácil, e até mesmo, pelo livro, um sonho, já que os contratantes de Mia são homens maravilhosamente lindos, inteligentes, milionários e incrivelmente bons de sexo. Nossa, é de deixar qualquer mulher sem fôlego.

Não sei se esse livro pode ser classificado como erótico, acredito que é mais um romance com uma pegada mais sensual. Considero a série um conto de fadas moderno, com a tia de Mia sendo sua fada madrinha, seus contratantes os príncipes encantados, e Mia, a plebeia, que irá virar princesa depois de escolher um entre os doze príncipes. E talvez esse ainda seja o sonho das mulheres atuais...

 Cortesia do Grupo Editorial Record
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

20 comentários em "A Garota do Calendário - Janeiro [Audrey Carlan]"

  1. Realmente essa realidade é um pouco fantasiosa, porque dificilmente uma mulher que trabalha dessa forma iria esbarrar somente com homens bons. Mas estou curiosa para ler esse livro. Bjos!

    http://blogliterariodois.blogspot.com.br/2016/08/resenha-para-ella-com-amor.html?m=0

    ResponderExcluir
  2. Olá, Gisela.
    Confesso que esse livro não me ganhou. Como você bem disse, a protagonista é rara e o livro é bem mais ou menos. Como não curto o gênero, acabei detestando.
    Não tinha esse lado. Realmente o livro parece um tanto com a estrutura de um conto de fadas mais moderno. Ótima observação.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de agosto. Serão dois vencedores e um deles levará um vale compras!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Gisela.
    Primeiro livro "hot" que leio e já me decepciono amargamente. Quero ler o livro de Fevereiro, confesso, mas é mais por curiosidade do que vontade. Comprei os 4 primeiros da série e se o segundo for igualmente ruim, vou abandonar.
    De fato, se parece bem com um conto de fadas moderno. Não tinha pensado nisso. Minha teoria é que no fim dos 12 meses ela fica com o Wes haha

    Beijos,
    Kemmy|Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  4. Gi!
    Pois é... tenho visto em muitos blogs bons comentários, mas pelo visto, é apenas uma leitura mediana.
    Não que não queira ler, não é isso, mas não entendo porque fazem um bummmm de um livro que não é lá essas coisas todas....
    “Terei toda a aparência de quem falhou, e só eu saberei se foi a falha necessária.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de agosto com 3 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. OI Gisela!

    Eu também não considero erótico e nem sei se é um romance mesmo rsrsrs mas de qualquer forma eu gostei do livro.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Na época do lançamento eu queria muito ler o livro, mas confesso que estou vendo tantas resenhas negativas que estou até perdendo a vontade de ler.

    ResponderExcluir
  7. Oi Gii!
    Mesmo com a escrita rasa e cenas de sexo fraquinhas, estou bastante empolgada pra ler essa série. Estou aguardando mais livros serem lançados pra poder comprar e não ficar muito ansiosa pela sequência. Acho que a nossa curiosidade em saber o que vai acontecer com a Mia e quem ela vai escolher no final da série é o que a tornou um grande sucesso, hahaha. Também achei interessante a proposta do livro e a Mia ser uma acompanhante de luxo, realmente me intrigou.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Oiiee,
    Eu havia visto várias resenhas positivas, pena que o livro não funcionou muito com você, eu fiquei curiosa para ler, pois pensei como você, ela não pode se apaixonar por 12 homens diferentes, a minha curiosidade maior é saber onde isso vai dar no final, e realmente o trabalho que ela leva não é fácil, pois nunca se sabe quem se irá acompanhar, mas a tia dela, pelo visto cuidou para que ela só tivesse que acompanhar caras maravilhosos hahahah.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oii Gi!
    Nem preciso dizer que eu gostei e tô louca pra ler né?!
    Tdos os livros desse gênero que eu já li começam assim, desastres amorosos, desastres na vida por algo ou por alguém...Essa pegada d românce dão um toque á mais!
    Eu adorei! Qro ler pra ontem!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  11. cara Gi, este tal de "sonho das mulheres atuais" é que traduziu de forma consistente suas palavras sobre o livro e de alguma forma isso me deixou pensativo. não sei se me senti incomodado, mas definitivamente, isso me tocou. a busca pela cara metade, idealizada - bonita, gentil e boa de cama - sempre leva a um caminho sem saída, porque isso não existe e se por acaso existir, será efêmero. fiquei curioso, mas com ressalvas :)

    ResponderExcluir
  12. Achei esse enredo muito sem sentido. Não é possível que a garota vá se apaixonar por todos os contratantes, como você disse na resenha. Eu não fiquei com nenhuma vontade de ler. Só leria se ganhasse o livro. Mas enfim, a resenha ficou muito boa.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  13. Nossaaa, tô com muita vontade de ler esses. E acho as capas maravilhosas! O ruim é que eles são muito fininhos.. Mas devem ser ótimos.. 😍

    ResponderExcluir
  14. Olá, Gisela! Não me senti nem um pouco empolgada com essa série. Não é o tipo de leitura que me agrada e os comentários que li até aqui me deixaram desanimada. Lendo sua resenha, fica claro que a autora pecou em vários aspectos, sobretudo no modo como aborda o trabalho da protagonista. Poderia ter desenvolvido melhor o tema.

    ResponderExcluir
  15. Oi Gi.
    Você descreveu meus sentimentos sobre esse livro, eu também não penso que ser uma acompanhante é algo bom e maravilhoso, que os homens serão todos lindos, ricos e Deus do sexo, ela simplesmente não pode se apaixonar por todos, confesso que é Isso que me deixa relutante em relação a premissa em si.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Que ótima sua resenha! Muito bem elaborada e define a historia dos livros com muita sinceridade. Não sou muito chegada nesse gênero, então não li os livros da série e não pretendo, pelo menos por agora. Talvez um dia, por curiosidade. A premissa não me atrai, não tem uma mensagem bonita e cativante. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi tudo bem..
    Ainda nao li os que foram lançados mas ja li muitos bons comentarios e resenhas em relaçao a eles ,e essa serie ta sendo muito comentada no mundo literario que te deixa ainda mais curiosa pra ler,no inicio pensava que cada mes era com personagens diferentes,depois de ler as resenhas foi que vi que e a historia de uma personagem so,e achei bastante legal nunca tinha visto uma serie assim,mas vou esperar pra lançarem todos e ler tudo de um vez..
    Que pena que vc nao tenha gostado tanto ,espero nao me decepcionar..
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir
  18. Giselaa,achei engraçada a comparação no final com um conto de fadas,os contratantes como os príncipes XD
    Gostei dos pontos levantados na resenha,essa aura de vida fácil,só encontrando homens maravilhosos,etc,é acho que não é bem assim.
    Vou aguardar suas impressões sobre os próximos,também fiquei com uma ponta de curiosidade para ver por onde a autora vai guiar a história.

    ResponderExcluir
  19. Confesso que não me interessei por essa série e sinceramente esse detalhe em que Mia se envolve em cada livro com um cara não me agrada pois eu não curto triangulo amoro que dirá uma série onde há 12 "protagonistas" masculinos... então, esse é um livro/série que definitivamente eu não leria.

    ResponderExcluir
  20. Também não entendi o alvoroço que o livro causou. Como gosto de romance nos livros eróticos, não gostei desta parte de um por mês. Imaginei que as cenas de sexo compensaria a falta de romantismo, mas pelo visto este quesito também não é o forte do livro. Com certeza ainda vou ler pelo menos os primeiros livros da serie, quem sabe sou fisgada como muita gente foi.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir