acompanhe o blog
nas redes sociais

2.11.16

Aonde Quer Que Eu Vá [Beatriz Cortes]

Beatriz Cortes
Ed. Novo Século, 2016 - 320 páginas:
      A Confederação Brasileira de Ginástica a escolhe como representante nacional nos Jogos Olímpicos em Sydney, 2000. Ester vivencia um paradoxo entre o caos de um campeonato mundial e seu amor incondicional pelo esporte, tendo que vencer seus próprios medos e conflitos longe de sua família. O pior acontece; a ginasta, abalada, volta ao Brasil, onde um reencontro inesperado renova sua esperança. Mas será o amor a força suficiente para mover não apenas seu corpo, mas todo seu coração? Tocante e profundamente sensível, este romance irá te emocionar e te fará enxergar que a felicidade é possível mesmo diante das incompreensíveis surpresas do destino.

Onde comprar:



Quando iniciei a leitura de Aonde Quer Que Eu Vá de Beatriz Cortes não sabia absolutamente nada sobre seu enredo e pela capa julguei ser uma história onde a protagonista era uma bailarina. E para minha surpresa errei completamente. Trata-se de uma Ginasta, e como estávamos em plena Olimpíada, fiquei intrigada, pois nunca tinha lido nada sobre estes admiráveis atletas.

Ester é uma jovem de dezenove anos que alcança seu maior sonho, que é participar das olimpíadas de Sydney, representando o Brasil. Mas para atingir este objetivo, Ester leva uma vida bem difícil, acorda muito cedo todos os dias para treinar e depois do treino sente muitas dores musculares, não pode sair para balada como as meninas da sua idade, precisa ter uma alimentação regrada para não engordar, e todos estes sacrifícios são realizados com um sorriso no rosto e um coração cheio de esperanças em ganhar uma medalha nas olimpíadas.

E se não bastassem todas as dificuldades já vividas por uma ginasta, Ester ainda sofria com a sua treinadora que mais parecia uma carrasca. E nas vésperas da tão sonhada olimpíadas, uma amiga se machuca, deixando as meninas da Confederação Brasileira ainda mais nervosas. Ester é então escalada para substitui-la, aumentando ainda mais suas responsabilidades.

Chegando na Vila Olímpica, Ester e sua amiga de quarto vão a uma festa (escondidas da treinadora, é lógico) oferecida para os atletas. Lá ela conhece Bruno, um jovem psicólogo irmão de um dos ginastas brasileiros. Ester e Bruno criam em uma só noite uma conexão muito forte, deixando claro para os dois que aquilo que estava nascendo entre eles era algo especial. Porém sabiam que no dia seguinte Bruno voltaria ao Brasil e Ester iria começar sua jornada para a conquista da tão sonhada medalha de ouro.

"Eu precisava colocar minha cabeça no lugar e me conter. Precisava daquela medalha não só para mim, não só para meus pais, mas para o Brasil inteiro. Era nisso que tinha que fixar meus pensamentos. Era essa a verdade dali para frente."

Beatriz alterna capítulos com a narração de Ester e Bruno, mostrando o ponto de vista de cada um destes personagens. O primeiro capítulo do livro já nos dá uma pista de como será seu desfecho, mas não de modo claro, deixando um suspense no ar durante toda a leitura.

O livro é interessante, pois retrata as dificuldades físicas e emocionais dos atletas olímpicos, toda a pressão que sofrem ao representarem nosso país nos jogos, e como uma derrota pode abala-los tão profundamente, caso não estejam muito bem preparados psicologicamente.

"Por isso eu amava tanto o Brasil. Quando achei que todo mundo iria criticar a Confederação por causa de um erro de Isabela, eles sorriram e aplaudiram."

É além de tudo uma bela história de superação, envolta pelo romance entre Ester e Bruno. Mostra que a vida mesmo quanto tira tudo de nós, sempre nos dá algo em troca.

"Estar com ele me fazia bem. Independente de qualquer outra coisa, era o que eu queria. Ele. somente ele. Havia descoberto algo para amar mais ainda do que a ginástica em minha vida."

Apesar de sua narrativa linear, tiramos da história uma bela lição de vida.

 Cortesia da Editora Novo Século
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

24 comentários em "Aonde Quer Que Eu Vá [Beatriz Cortes]"

  1. Pela capa também julguei que a protagonista fosse uma bailarina, fiquei bem surpresa ao saber que é uma ginasta. Eu estou com um projeto de livro com esse tema, pois pensei que realmente não tem muitos que falam desse tipo de esporte. Gostei muito de saber do enredo e que a personagem consegue superar as dificuldades. No entanto, fiquei curiosa por você ter dado apenas uma nota mediana.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Pela capa eu também pensei que seria uma história onde a protagonista seria uma bailarina, gostei muito de ela ser uma ginasta pois isso é algo novo para mim também. Gostei do romance criado e dos livros apresentar capítulos alternados. Gostei muito da resenha e dica.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  3. GI!
    Livros de desportistas são sempre instigantes e aqui me parece que conheceremos um pouco mais da luta diária de uma ginasta e da possível descoberta de um ammor... Já estou até suspirando para ler...
    “A missão suprema do homem é saber o que precisa para ser homem.” (Immanuel Kant)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gi. Confesso que pouco me interessa a história, eu acho até interessante a autora abordar os bastidores da vida dos atletas que realmente nunca é fácil, mas é nada mais que isso. Eu não consigo sentir atração por esse livro, o que é uma grande pena porque parece ser bem legal.
    Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oii Gi! Já me emocionei só com a sua resenha, adorei o enredo, parece msm uma grande lição de vida realmente...Vou qrer ler com toda ctz!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Nossa! Parece ser muito emocionante essa história!
    E parece que vou chorar muito.........GOSTEII!
    KKKKKKKKK
    amo livros emocionantes.
    Tenho que ler esse.
    Bela resenha!

    ResponderExcluir
  7. Oi,Gisela! Gostei bastante da premissa desse livro. Que eu lembre nunca li nenhum livro que tivesse atletas. Achei bem interessante por trazer um pouco de como é a rotina deles e gostei de a autora ter criado tudo isso com o romance dos dois protagonistas. Apesar de parecer um romance clichê, acredito que valha a pena a leitura.

    ResponderExcluir
  8. que interessante Gi, e olha que teve um caso parecido com este na vila olímpica que deu o maior rebuliço. na verdade, muitas coisas acontecem por lá, já vi a horencia falando sobre isso, mas nunca é divulgado. só que desta vez foi e criou um climão entre as atletas dos saltos ornamentais. por isso este livro tem temática atual, pode até ser clichê, mas quando há um pinguinho de realidade a coisa muda de figura. gostei!

    ResponderExcluir
  9. Oi Gi.
    Gostei da premissa do livro, é sempre bom saber o que está por trás da vida dessaa atletas os sacrifícios que precisam fazer e tudo mais, adorei espero que o casal se reencontre, adorei.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Gisela...
    Pela capa jurei que a protagonista seria uma bailarina, assim como você... rs... Livros que mostram o dia a dia de atletas, sempre trazem muitas lições pra nós, pois nos mostram um pouco do que eles passam em busca de seus objetivos... Gosto de livros onde os capítulos da narrativa são intercalados entre personagens... Fiquei bastante curiosa em ler esse livro que promete me emocionar muito!!!
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  11. Pela capa,minha primeira impressão era de uma história sobre bailarina também.
    Nosso país não costuma valorizar esses atletas,interessante ver que o enredo abordou a trajetória de uma ginasta.

    ResponderExcluir
  12. Obrigada pela resenha, flor! Fico feliz que tenha gostado <3

    ResponderExcluir
  13. Olá, Gisela.
    Fico interessado pelo livro em parte.
    Esse lado do cotidiano dos atletas parece-me bem interessante e eu acredito que iria gostar bastante. Nunca li uma obra que mostrava essa perspectiva.
    Em relação ao romance, por outro lado, me pareceu ser bem algo no estilo mais do mesmo.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de novembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
  14. Nunca tinha ouvido falar desse livro, e a capa realmente faz parecer que seria sobre uma bailarina. De qualquer forma, parece que a história é bem legal, mesmo mostrando as dificuldades que os atletas passam, dá a impressão de que é um livro mais leve, que dá pra ler rápido e que nos faz gostar dos personagens. Fiquei bem curiosa e quero ler com certeza.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  15. Oi!!
    Acho que nunca li nenhuma história igual a essa!! É um livro muito interessante e gostei muito de conhecer!! Também adorei a capa que é bem bonita e sua resenha foi maravilhosa!! Espero ter oportunidade de ler.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  16. Oi Gisela,
    Não conhecia esse livro, é a primeira resenha que leio, mas já está adicionado na minha lista de futuras leituras. Gostei da proposta do livro, sou muito fã de esportes mas até hoje não li nenhum livro com esse enredo, ainda mais focando em uma Olimpíada. Gosto de histórias que são narradas sob o ponto de vista de cada um dos protagonistas, e espero me envolver especialmente com a jornada da Ester, acredito que vai ser bem emocionante acompanhar sua vida como uma atleta olímpica.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bom?
    Eu já li um livro da autora e amei, como você quando vi a capa achei que se tratava de uma bailarina, creio que porque não se é comum ver livros com ginastas né, fiquei interessada na leitura.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  18. Oii!
    Só pela capa eu também pensei que seria uma história onde a protagonista seria uma bailarina.
    Gostei muito de ela ser uma ginasta pois isso é algo novo para mim também.
    Gostei do romance criado e dos livros apresentar capítulos alternados. Gostei muito da resenha e dica.
    Tchau!

    ResponderExcluir
  19. Pela capa também julguei que a protagonista fosse uma bailarina, fiquei bem surpresa ao saber que é uma ginasta.
    Eu estou com um projeto de livro com esse tema, pois pensei que realmente não tem muitos que falam desse tipo de esporte.
    Gostei muito de saber do enredo e que a personagem consegue superar as dificuldades.
    No entanto, fiquei curiosa por você ter dado apenas uma nota mediana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hérica, dei uma nota mediana pois achei a história muito linear, sem aqueles picos de adrenalina. Eu já imaginava o final, pelo inicio do livro, então nada me surpreendeu muito. Foi por isso.
      abraços
      Gisela

      Excluir
  20. Acompanhei o lançamento do livro e fiquei curiosa para conhecer a historia. Sempre li livros onde os protagonistas praticam algum esporte, mas nunca livros que o foco fosse as dificuldades da pratica. Acho a ginastica um esporte lindo e é interessante poder conhecer os bastidores. O romance parece fofo. A capa do livro é linda.

    ResponderExcluir
  21. Oi!
    Faz um tempo que estou querendo ler esse livro, gostei muito da historia e principalmente desse cenário, também nunca li nada que se passa em uma olimpíada ainda mais pela o olhar de uma atleta, esse parece ser uma livro lindo e muito emocionante e com certeza irei ler essa historia !!

    ResponderExcluir

  22. Oi, Gi!
    Imaginei que você tinha dado uma nota mais baixa pelo livro ser previsível, já que pela sinopse já dá pra ter um bom palpite de como a história vai se desenrolar. Achei que o livro propõe um romance bonitinho com um pano de fundo não tão comum que no caso são as Olimpíadas, mas nada que me despertasse muita atenção.

    ResponderExcluir
  23. Ei Gisela!
    Assim como a maioria pelo que observei nos comentários, julgaram ser uma bailarina, haha. Mas adorei a resenha, e irei procurar mais sobre o livro. ^^
    Beijos

    Talita Santana
    https://aboutlovess.com.br/

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir