acompanhe o blog
nas redes sociais

20.9.17

O Príncipe Corvo, Vol. 01 - Trilogia dos Príncipes [Elizabeth Hoyt]

Ed. Record, 2017 - 350 páginas
- Anna Wren está tendo um dia difícil. Depois de quase ser atropelada por um cavaleiro arrogante, ela volta para casa e descobre que as finanças da família, que não iam bem desde a morte do marido, estão em situação difícil. Em que ela deve fazer o inimaginável... O conde de Swartingham não sabe o que fazer depois que dois secretários vão embora na calada da noite. Edward de Raaf precisa de alguém que consiga lidar com seu mau humor e comportamento rude. E encontrar um emprego. Quando Anna começa a trabalhar para o conde, parece que ambos resolveram seus problemas. Então ela descobre que ele planeja visitar o mais famoso bordel em Londres para atender às suas necessidades “masculinas”. Ora! Anna fica furiosa — e decide satisfazer seus desejos femininos com o conde como seu desavisado amante."

Onde comprar:

O Príncipe Corvo é o primeiro volume da Trilogia dos Príncipes e Elizabeth Hoyt, em seu primeiro livro, já entrou no hall de minhas escritoras favoritas, por misturar dois dos meus gêneros preferidos, romances de época e erótico.

Quem já é acostumado a ler romances de época sabe que atualmente todos têm uma ou duas cenas bem quentes, isso é normal no gênero, Elizabeth Hoyt só apimentou um pouquinho as suas, sendo mais explicita nas suas descrições.

Romances de época geralmente passam no século XIX, porém esta trilogia é do século XVIII, mas precisamente de 1760. Se as coisas eram difíceis para as mulheres no tempo da Jane Austen imagina uns 50 anos antes... Pois é, a vida não era fácil para Anna Wren, uma viúva de trinta de um anos, que vivia com sua sogra num pequeno chalé. A pensão deixada pelo marido não era suficiente para sustenta-las e Anna decidiu que deveria arrumar um trabalho.

Anna é uma moça bem educada e pensou que poderia se candidatar a preceptora de crianças ou algo do gênero, mas logo percebeu que não seria nada fácil. Quando esbarrou com o administrador do Conde de Swartingham, que havia acabo de retornar para sua propriedade em Little Battleford, e percebeu sua urgente necessidade de arranjar um secretário para o Conde, já que seu último largou o emprego por não aguentar o mau-humor e as rosnadas do patrão, Anna não pensou duas vezes, se candidatou ao cargo, quase que coagindo o pobre do administrador, pois naquela época este tipo de trabalho era destinado apenas aos homens.

Edward de Raaf, o Conde de Swartingham, considera-se um homem muito feio, pois teve varíola na sua juventude e tem a pela marcada pela doença, que matou todos os seus familiares e a qual somente ele sobreviveu. Sua primeira esposa o achava asqueroso e ele só pretende se casar novamente, pois necessita de um herdeiro.


No momento que esse rabugento conde descobre que sua nova secretária é a uma mulher, que mesmo não sendo muito bela, tem alguns atrativos que o deixam pegando fogo, resolve ir logo a Londres, tratar do seu casamento arranjado e se "aliviar" num famoso bordel. Anna, por sua vez, sente uma atração irresistível por aquele homem grande e forte, que possui uma presença arrebatadora. Ela sabe que não é adequada para ser esposa de um conde, mas mesmo assim anseia, pelo menos uma vez, sentir o prazer de estar nos braços de alguém que tanto deseja.

Quando de repente a oportunidade de estar nos braços do conde, anonimamente, se apresenta para Anna, ela não pensa duas vezes e se joga de corpo e alma nesta que será sua grande e única aventura.

"Raiva. Anna sentiu raiva. A sociedade poderia não esperar o celibato do conde, mas certamente esperava isso dela. Ele, por ser homem, poderia ir a casas de má reputação e aprontar por toda a noite com criaturas sedutoras e sofisticadas. Enquanto ela, por ser mulher, deveria ser casta sem nem ao menos pensar em olhos escuros e peitos cabeludos. Simplesmente não era justo. Nem um pouco justo."

Elizabeth Hoyt tentou fugir de alguns dos clichês do gênero, seus personagens principais não se encaixam no padrão de beleza característico. Anna tem uma personalidade forte para a época em questão, sem mimimi, o que agrada bastante sendo impossível não torcer por ela. Já o conde é realmente um homem rude, mas devido ao grande sofrimento que o afligiu desde menino, nada que um pouco de amor não cure. E até os personagens principais me divertiram, o administrador do conde e a sogra de Anna são uma diversão a parte.

A escrita é fluida e bastante engraçada em alguns pontos, as cenas eróticas são muito bem escritas. E toda a trama, mesmo com o final já esperado, cumpre muito bem sua função. Aprovo e Recomendo.


Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
Cortesia do Grupo Editorial Record
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

16 comentários em "O Príncipe Corvo, Vol. 01 - Trilogia dos Príncipes [Elizabeth Hoyt]"

  1. Olá Gi!!
    Estou fascinada com as resenhas que acompanho desse livro...Estou louca pra conhecer viu.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Gisela! Tudo bem?

    Romances de épocas me parecem ótimos, e este em especial em aspectos físicos e atrelado a premissa me parecem bons, mas ainda não havia visto em lugar algum.

    Gostei da resenha!

    Grande abraço!
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Gisela, o termo mulher a frente de seu tempo se aplica bem a Anna e curti isso nela, o fato dela não ficar de "mimimi", de correr atrás do que quer e enfrentar as mais diversas situações de cabeça erguida e ser uma boa pessoa a ponto de acolher uma mulher doente de má fama, o que deveria ser considerado um escândalo na época. A escrita da autora é muito fluida e quando nos damos conta a história já acabou e foi muito boa de acompanhar. As capas dessa trilogia estão lindas e amei a resenha, espero poder ler o próximo logo logo *__*

    ResponderExcluir
  4. GI!
    Já gostei porque é um romance de época.
    A capa está linda!
    A varíola arrasou muitas famílias na época e deixou muitas sequelas.
    O Conde Eduward tem vários motivos para ter seu humor alterado, temos de entendê-lo.
    Ana parece uma protagonista forte, que não se entrega as ‘dores’ e sofrimento e vai em busca de resolver seus problemas.
    Bom ver que o livro apesar do que é esperado, traz muitas novidades.
    Adoro quando os livros trazem esse lado mais aprimorado sobre a personalidade das personagens.
    O bom de ler um romance é justamente o prazer que ele nos dá.
    Adorei!
    “Inteligência não é não cometer erros, mas saber resolvê-los rapidamente.” (Bertolt Brecht)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Oi Gisela,
    Acredito que ser uma viúva com problemas financeiros em uma época onde a mulher não era valorizada e considerada para empregos deveria ser bem complicado. Anna acha uma saída para seus problemas, mas sinto que na verdade ela vai arranjar mais deles ao lado do conde. Acho que Edward é o típico personagem carrancudo, mas que acaba demostrando compaixão e bom coração ao longo da trama ou conforme vamos entendo sua história. A edição do livro está linda e remete muito a livros antigos e a cada nova resenha que leio minha vontade de conhecer a escrita de Elizabeth Hoyt só aumenta.

    ResponderExcluir
  6. Oi Gisela!
    Li esse livro recentemente e adorei a leitura. Realmente a autora tenta fugir dos clichês e foi muito feliz na construção da protagonista, aliás de todos os personagens, que são todos bem cativantes.
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Gi.
    Eu concordo com você, a autora realmente fugiu dos padrões nesse livro, o fato de que ela tem uma personalidade forte e que não é cheia de frufru já melhora tudo, em relação a aparência deles também, já que nenhum dos dois tem lá uma beleza divina, enfim eu já li o segundo, mas estou ansiosa pelo terceiro.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  8. Estou doida para ler esse romance. Adoro livros de época e esses é um dos mais desejados do ano!
    Quero comprar e ler o mais rápido possivel. Vi várias resenhas positivas desse livro e a cada vez eu fico com mais vontade. Beijosss.

    ResponderExcluir
  9. Essa trilogia esta na minha listinha de compras, ainda não li nenhum livro da autora e gostei por saber que os personagens não seguem o padrão de beleza imposto ela sociedade. Gostei muito da personagem por ser decidida e vai atrás do que quer, muito diferente das mocinhas dessa época.

    ResponderExcluir
  10. Oi,Gi
    Essa capa..to encantada com esse charme de capa!
    Hum,é mais hot,interessante,essa trilogia chamou minha atenção,bom ver a resenha positiva,com a descrição dos personagens tão tangíveis.

    ResponderExcluir
  11. Não curto esse tipo de livro. Romance de época não é na minha praia.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nenhum livro da Elizabeth Hoyt, mas como gosto de romances de época já fiquei interessada por O Príncipe Corvo; gosto de mocinhas como a Anna, com personalidade forte para a época em questão e sem mimimi, e de mocinho rude igual ao Edward que precisa apenas de um pouco de amor para cura-lo... Enfim, valeu pela dica, espero ler O príncipe corvo em breve!

    ResponderExcluir
  13. Adoro romances de época, ainda mais quando tem Conde, ainda mais um rabugento haha
    A capa está maravilhosa e eu estou louca para ler o livro.
    Não sou fã de livros eróticos com muito excesso, mas pelas resenhas esse parece ser muito bem escrito.

    beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Gi!!
    Finalmente vou conseguir ler esse livro!! O comprei esse livro mas infelizmente ele demorou muito para chegar e acabei começando outra leitura. Adoro livro de época esse da Elizabeth Hoyt é maravilhoso!! Amei a resenha!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  15. Essa é a segunda resenha que leio do livro e a vontade de ler ele só esta aumentando, amei saber que a autora tenta fugir um pouco dos padrões, acredito que dá para se divertir muito com esses dois, ainda mais com nossa mocinha ai resolvendo fazer as coisas as escondidas para ter o homem que quer.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Confesso, me apaixonei pela capa é muito maravilhosa. A trama do livro é bem interessante, vemos um romance de época muito maravilhoso, onde vemos uma atração entre esses casais super fofos, como dizem os oposto se atraem, eu particularmente já amei a historia e estou desejando querer ler.!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir