acompanhe o blog
nas redes sociais

7.12.17

Enraizados [Naomi Novik]

Enraizados
Ed. Fantástica Rocco, 2017 - 384 páginas
- "Autora da aclamada série Temeraire, bestseller do The New York Times, Naomi Novik introduz um mundo novo e ousado, com raízes fincadas no folclore eslavo, em Enraizados, indicado ao Hugo e vencedor do Nebula, entre outros prêmios literários. Na trama, Agnieszka e Kasia são melhores amigas e levam uma vida tranquila no vale. Mas essa tranquilidade cobra seu preço. Afinal, às margens do vilarejo onde moram fica a temida Floresta corrompida, cheia de um poder maligno desconhecido, e para impedir que ele avance para além das fronteiras da Floresta, o povo do vale conta somente com a proteção de um mago frio e ambicioso, que a cada dez anos exige que uma jovem do vilarejo seja entregue para servi-lo. Enquanto a próxima escolha se aproxima, Agnieska teme por sua bela, graciosa e corajosa amiga. Mas pode ser que ela esteja errada. Porque, quando o Dragão chegar, não é Kasia que ele vai escolher."

Onde comprar:

Em um vale que faz fronteira com uma floresta maligna, vive nossa protagonista de nome Agnieszka. Até então ela ama morar naquele vale, pois é uma vida tranquila e feliz. Todavia, os boatos dizem que a floresta sombria possui um mal terrível, e por serem vulneráveis, as pessoas temem que esse mal os acometa. Só que tudo não está perdido. Dentro da floresta existe um mago que todos chamam de Dragão, e ele é o responsável em “garantir” que nada aconteça ao vilarejo. Entretanto o Dragão cobra um preço para manter a “proteção”, que no caso os habitantes – a cada dez anos – devem entregar uma jovem como espécie de tributo. Nossa estória começa a partir deste ponto.

Prestes a acontecer uma nova escolha para o Mago, Agnieszka teme pela vida de sua amiga Kassia, pois ela é bonita, corajosa, e todos acabam achando que pode ser realmente a Kassia. Uma escolha óbvia a olho nu. Mas Agnieszka não quer que isso aconteça, ama muito a amiga. O problema não era ela ir, em parte, mas se questionava se ela voltaria mudada como acontece com todos que voltam. Não obstante, quando o Dragão chega, ele acaba levando a própria Agnieszka, contradizendo a todos e surpreendendo ela própria. Sem saber os motivos, ela é levada para a torre, e lá acaba sendo ensinada a diversas coisas, do surgimento da floresta, de como a mesma não chega a cidade, dentre outras questões sem respostas, como por exemplo intrigas de um outro reino que faz fronteira com a floresta.

“O que ela estava dizendo parecia verdadeiro demais. A saudade de casa parecia a dor da fome, como se algo em mim estivesse vazio. Sentia essa saudade todos os dias desde que atravessamos o vale, passando por cima das montanhas. Raízes... sim. Havia raízes em meu coração, tão profundas quanto qualquer corrupção.”

Que livro fod*! SÉRIO! Brilhantemente bem escrito, nos fazendo lembrar os contos de fadas quando líamos quando criança. Agnieszka é uma personagem que irrita em certo ponto. Ao lermos rola um estranhamento de inicio de leitura, que ocorre em qualquer livro até nos acostumarmos com a escrita e ambientação, algo completamente normal. Esse sentimento de deslocamento vai sendo erradicado ao longo da leitura, e até o comportamento imaturo por parte dela no inicio, torna-se aceitável. Logo percebi que estava completamente apaixonado por ela. O Dragão é uma espécie de mago, bem rabugento por sinal, ranzinza da cabeça aos pés. Começa a tratar Agnieszka de forma rude, mas logo vemos um desenrolar muito maduro entre ambos.

A Naomi escreve de forma perfeita. A narrativa de inicio é uma tanto complicada, como falei demora a nos acostumarmos, contudo vai ficando cada vez mais claro o que a autora quer dizer e para onde ela quer nos levar. A ambientação e as descrições fazem o leitor se inserir dentro da estória, abraçar de fato o que está acontecendo e isso nos deixa deslumbrado. A muito não lia um livro que conseguisse fazer isso. De me fazer entrar na historia por completo.


A trama secundária pra mim foi muito bem desenvolvida, até porque uma premissa tão simples como a que a sinopse do livro retrata, fica a desejar e não é tão convidativa, por isso confesso que quis o livro apenas pela capa. Mas o enredo do segundo reino, de como a autora o escreveu e juntou os pontos soltos, amarrando cada nó com maestria, deu ênfase ao titulo e ao que era proposto.

“Os Reis magos trouxeram o idioma do oeste mágico com eles, das terras estéreis da parte mais distante de Rosya, quando povoaram este vale. E aí a Floresta se derramou sobre eles, destruiu suas fortalezas e deixou seus campos desertos.”

O ponto negativo foi algumas coisas que a autora não deu a atenção devida. Explico. Há uma questão sobre estupro, que foi muito mal colocada e muito mal resolvida. A autora precisa urgentemente encontrar outra forma plausível para explicar aquilo, se é que existe explicação, mas pelo menos dar um fim aceitável, congruente com o que a estória estava sendo até então.

A escritora ganhou diversos prêmios, já tem outros livros publicados aqui no Brasil, e não bastasse só isso, o livro já esta sendo adaptado pela Warner Bross e logo o veremos nas telas de cinema. Estou já ansioso por isso. Estive pesquisando e não conseguir encontrar nada se haverá continuação ou não, eu só torço para que sim.

O livro termina de forma sensacional, a Naomi nos dá uma lição linda, o que torna-o uma verdadeira fábula contemporânea. Indico fortemente pois é bom, é sensacional, é espetacular.


Douglas Brandão
Geminiano, formado em Magistério e futuro professor de História. Mora na Bahia e louco por livros. Um pouco ciumento e orgulho. Fanático por Harry Potter e chegou a receber o apelido de "Vírgula" por sempre dar uma opinião ou comentário, porque sempre usa "Entretanto", "Contudo" e "Todavia" por ser sempre "Do Contra". Sincero ao extremo e venho para compartilhar meu gosto de leitura com vocês.
Cortesia da Editora Rocco
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

15 comentários em "Enraizados [Naomi Novik]"

  1. Oi Douglas.
    Eu quero muio ler esse livro, em especial depois da sua resenha, confesso que fiquei com o pé atrás a respeito do estupro e isso já me desanimou um pouco, porém, ainda pretendo ler o livro com toda certeza, achei uma pena que o livro teve alguns pontos que te incomodaram um pouco, mas infelizmente acontece, enfim, vou ler com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Confesso que já tinha olhado a capa deste livro,mas nem havia de fato parado para ler sobre o que se tratava.
    Amo livro de fantasia assim, ainda mais quando trazem dragões! Sei lá, sempre fui apaixonada por estes seres, sobre sua grandiosidade e também(em filmes) sobre sua meiguice e cumplicidade.
    Não entendi muito bem o lance do estupro em um livro de fantasia, mas espero que a autora não tenha se perdido nesse quesito.
    Muito bom saber também que já há o lance de virar filme! Sinal mais do que certo que a história merece!
    Vai para a lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Hey Douglas!
    Eu já conhecia o livro por nome, nunca tinha lido resenha dle, gostei demais do enredo, pelo que li a autora fez um excelente trabalho e é claro que qro conhecer, vai pra listinha!
    Bjs e parabéns pela linda resenha!

    ResponderExcluir
  4. Primeira vez que ouço falar desse livro e fiquei interessada, ainda não conheço a escrita da autora apesar dela já ter outros livros publicados por aqui mas achei a resenha bem animadora e a premissa da história curiosa. Gostei que o desfecho é bom e não tem continuação, apesar de você achar que merece, é bom ver um livro único de vez em quando mesmo gostando de séries e trilogias rsr ;)

    ResponderExcluir
  5. Olá Douglas! Realmente a capa é muito bonita e convidativa. Eu adoro livros de fantasia e esse já me conquistou. Só fiquei incomodada com essa questão de estupro mal resolvida. Mas a autora criou uma história bem original. Pretendo ler em breve. Beijos

    ResponderExcluir
  6. Douglas!
    Gosto de livros de fantasia e quando vem com enredo diferenciado, ainda melhor, porque é bem como falou, todos tem sido mais do mesmo.
    Esse nem tinha isto em nenhum blog, é a primeira resenha que leio dele e fiquei fascinada, primeiro pela Floresta ser um tipo de protagosnita no livro, já que tem vida própria e por causa de Dragão, fiquei cheia de curiosidade para saber quais mistérios rodam o sequestro de uma garota a cada 10 anos.
    “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai em silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi Douglas,
    Tenho uma queda por contos de fadas, ao ler a sinopse senti esse ar mágico, folclore eslavo parece interessante.
    Gostei da sua resenha, mesmo ganhador de prêmios é importante mostrar que há pontos negativos também onde a autora poderia ter melhorado.
    Vai virar adaptação também,que legal!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Douglas!!
    Gostei bastante da estória por gostar muito de contos de fadas e de estória que mexem com a imaginação do leitor. E que bom que logo poderemos ver essa estória fantástica nas telinhas do cinema.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  9. Olá, adoro livro que se baseiam no folclore de outros países, pois podemos ter contato com uma cultura original que pode nos agregar muito conhecimento. Nessa obra vejo que a autora conduz a trama em um ritmo frenético que prende o leitor, diante de tantas informações novas. Realmente essa questão acerca do abusa precisava ser mais trabalhada, porém tal gafe não desmerece a trama. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Douglas. Não gosto de livros muito fantasiosos, que tem dragões. Enfim, folclore, essa "coisa" toda. Claro que, tem livros de fantasia que eu quero muito ler, mas esse livro em especial eu não leria!

    ResponderExcluir
  11. assim que li essa resenha me lembrei da serie que eu assisti e talvez você também tenha visto, RAÍZES serie muito triste mas que prende até o fim,queria de todo jeito que Kunta Kinte fosse liberto,mas a serie ia além não era de um personagem principal era de toda uma geração que sofria com a escravidão

    ResponderExcluir
  12. Olá! Também achei muito bonita a capa deste livro, fiquei curiosa pra saber mais sobre o Dragão, esse outro reino e por que Agnieszka foi escolhida, quero muito saber que lição terei quando ler o livro.

    ResponderExcluir
  13. Com tantos elogios assim preciso ler rs. E ainda mais que terá adaptação. Achei diferente o livro, fiquei curiosa com essa historia de tributo achei que o dragão faria mal a jovem, mas não é isso é bem interessante sem falar que adoro historias com dragões.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Douglas!
    Lendo sobre a trama também me lembrei dos contos de fada lidos quando criança, mas apesar disso não me interessei pela trama de Enraizados, não fiquei curiosa para conhecer a história da Agnieszka e de Dragão, o mago rabugento... Mas quem sabe eu me empolgue em assistir a adaptação ai então decida ler ao livro?! Contudo, no momento, Enraizados não vai para a minha lista de leitura...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Esse livro me lembrou um pouco a Rapunzel pelo titulo do livro. A historia e bem interessante, tem uma aventura bem diferente é legal. Fiquei bastante curiosa pelo livro e claro que anotei em minha lista de leitura.

    Meu Blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir