acompanhe o blog
nas redes sociais

26.2.18

Abominação [Gary Whitta]

Abominação
Ed. Darkside, 2017 - 320 páginas
- "A era medieval é muito mais conhecida por seus mistérios do que por seus registros históricos. Talvez seja melhor assim. Há quem acredite que estaremos mais seguros enquanto não soubermos de toda a verdade. Mas quem disse que as lendas não podem ser mais reais do que você imagina? Abominação reconta um dos capítulos mais sangrentos da história da Inglaterra: as invasões vikings do século IX. Apresentando personagens e batalhas reais, sua narrativa vai muito além do que poderíamos encontrar nos livros de história. Com influências de Lovecraft a Game of Thrones, vem sendo recebido mundo afora como um novo clássico para fãs do gênero.
O reino de Wessex foi o único da Inglaterra que escapou dos invasores nórdicos. Seu rei, Alfredo, negocia um acordo com os bárbaros do Mar do Norte, mesmo sabendo que eles não são adeptos da paz. É preciso estar preparado, a guerra pode recomeçar há qualquer momento. O arcebispo da Cantuária oferece proteção ao reino, através de feitiços descobertos por ele em velhos pergaminhos. O rei só não poderia imaginar que a magia seria ainda mais perigosa que os próprios vikings. "

Onde comprar:

Não dá para negar que a bela capa chama a atenção, e quando você lê na sinopse que se trata de uma história de Vikings, aí o livro te ganha. Porém, tenho que deixar claro que a participação dos piratas nórdicos nessa história não passa de alguns parágrafos. Por que, Darkside, você fez essa propaganda enganosa?

Enfim, coisas do capitalismo... Mas, voltando ao livro, o que temos em Abominação é uma dark fantasy pretenciosa, só que, infelizmente, faltou detalhamento e desenvolvimento da trama, principalmente na primeira parte, onde o background dos personagens é montado muito rápido e os eventos mais importantes não são tratados com o cuidado que merecem. Whitta é sem dúvida um bom roteirista, e muita coisa que acontece na primeira parte reafirma isso.

A história prende e cria expectativas, mas para um leitor mais hardcore fica sempre a sensação que tem alguma coisa faltando. Se fosse mais trabalhado, facilmente teríamos uma trilogia memorável. Existem muitas cenas de combate e de terror, as primeiras funcionam razoavelmente, e infelizmente poucas passagens de terror realmente me assustaram, acho que faltou ambientação.

Na segunda parte a história fica muito mais interessante, com os eventos e as cenas ganhando vida e profusão, enfim mostrando o poder da obra. Surge uma nova personagem, que apesar de seguir muitos clichês os segue bem, consegue convencer. O protagonista também é mais desenvolvido, nos ganhando pelo seu drama. Aí você mergulha na história e a leitura se torna muito prazerosa, parece outro livro. Entretanto, os atos finais voltam ao ritmo rápido da primeira parte, e vários eventos dão a impressão de que foram jogados ali às pressas, como se o autor estivesse de saco cheio querendo acabar logo o livro.

No final das contas, apesar dos muitos problemas, o saldo é positivo, deixando um gostinho de quero mais. A impressão que tive é de que a trama funcionaria muito melhor no formato de uma Graphic Novel, ou mesmo em um vídeo game, talvez fosse essa a intenção do autor. Recomendo para os que estão iniciando no gênero de fantasia sombria.


André Luis Almeida Barreto
Aspirante a escritor, inquieto por natureza, ainda tenho vontade de mudar o mundo ou pelo menos colocar um monte de gente para pensar. Viciado em livros, games, idéias loucas e sempre procurando coisas que desafiem minha imaginação.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

20 comentários em "Abominação [Gary Whitta]"

  1. Oi, André.

    De cara, a capa do livro me deu a impressão de ser uma mistura de ficção científica com horror. É realmente um saco quando a sinopse é totalmente enganosa, e vemos nossas expectativas ruir.

    O autor poderia ter criado uma verdadeira batalha que culminaria em um livro recheado de diversos elementos chaves.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verde, Daiane. Tinha inclusive material para fazer uma boa trilogia. Obrigado pelo cometário!

      Excluir
  2. André!
    Pena que a sinopse foi uma propaganda enganosa, né? É por isso que faz tempo que não leio as sinopses.
    E ainda ficou com a sensação de quero mais...puxa!
    Imaginei que o livro fosse melhor.
    Claro que já queria ler, dá para notar o tom sombrio do livro, entretanto, não sabia que era ambientado em uma época histórica e que mistura a ficção com algumas passagens reais da época.
    E o melhor é poder acompanhar todo desenvolvimento dos experimentos, tanto durante a criação e depois de anos, onde as batalhas serão enfrentadas.
    Quero ler sim.
    Uma semaninha plena de amor no coração!
    “Eu escolho um homem que não duvide de minha coragem, que não me acredite inocente, que tenha a coragem de me tratar como uma mulher.” (Anaïs Nin)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rydy, essa parte dos experimentos é muito interessante. Só tem aquele problema que mencionei, é muita rápida! Rs, mas leia mesmo. Depois diga o que achou! Abraços.

      Excluir
  3. Olhando a capa de cara, a gente já imagina que seja da DarkSide(amo a Editora por todo este cuidado que ela tem com suas capas)
    Foi meu primeiro contato com este livro e capa, título e sinopse por si só, já me fariam comprar e ler o livro de boa.
    Fiquei meio pé atrás com a parte dos Vikings. Amo o assunto e se bem explorado, teria dado um enredo muito dos bons! Mas pelo que li acima, faltou muito.
    Mas em contrapartida, também sou fã dessa mistura de ação, aventura e uma pitada generosa de terror.
    Mesmo com estes pontos negativos, vai para a lista de desejados. Pelo menos se não gostar da leitura, os livros da DarkSide sempre ficam lindos na estante..rs
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs, é verdade, sempre ficam lindos. Eu fiquei muito empolgado quando peguei esse livro em mãos. Pode imaginar a decepção que foi quando estava lendo, rs. Mas felizmente ele melhora.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Que pena André que os Vikings aparecem em poucos paragráfos, a cultura deles é bem rica, e sendo explorada poderia tornar a obra mais interessante. Como não sou fã de terror ter poucas passagens que realmente assustam me animam rsrs. Gostei de saber que no geral o saldo da obra é positivo e mesmo com esse pequeno deslize dessa propagando enganosa da editora, tenho certeza que a obra deve estar muito bonita, pois isso já virou característica da editora com seus livros em capa dura ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente, Lili. Deve ter coisa boa escrita sobre os Vikings por aí, vou até procurar. Abraços!

      Excluir
  6. Oi André!
    Eu evito ao máximo ler sinopses qdo me interesso mto no livro, assim evito essas coisas chatinhas, os livros da Dark são impecáveis, capa linda!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ainda bem que já não gosto de livros de fantasias ou temas nórdicos, é uma decepção enorme um livro que não atinja nossas expectativas.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    A capa realmente é maravilhosa, tem uma premissa boa e vejo que não foi muito do teu agrado mas só lendo para saber se gosta ou não né..

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Lily. Eu estava esperando uma história Viking, imagina a minha decepção! Rs. A Darkside arrasa nas capas, uma pena eles terem cedido à hype viking nessa obra. Abraços!

      Excluir
  9. Oi André!
    A Darkside anda fazendo muito isso, divulgando histórias que nos fazem vibrar, e quando de fato vamos ler nos decepcionamos. Confesso que ando lendo poucas fantasias, e o elemento que mais me chama atenção na história é exatamente o que falta, Os Vikings, acho fascinante saber mais sobre ele. Enfim, gostaria de ter o livro porque acho a edição belíssima, mas fora isso, não me surpreende.
    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Vitória? Em outras obras também? Bom saber, vou ficar mais atento. De qualquer forma vale a pena a leitura. Beijo!

      Excluir
  10. Oi, André!
    Que propaganda enganosa em relação aos Vikings, hein?! É muito decepcionante quando isso acontece...
    Sobre sua indicação, o gênero fantasia sombria não faz o meu estilo de leitura, até curto fantasia e sempre estou lendo de vez em quando, mas essa parte dark não faz o meu gênero, deve ser por isso que não me interessei pela trama de Abominação...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Oi André.
    Uma pena que o livro não tenha suprido suas expectativas, faz tempo que ele está na minha lista de desejados, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Agora estou um pouco receosa em começar a leitura, mas apesar disso, fico feliz em saber que apesar de suas ressalvas, o livro conseguiu ainda te deixar uma boa impressão - mais ou menos rsrs- enfim, adoro essa capa.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Esperava mais do livro, achei que seria bem assustador, é uma pena deixar a desejar, não ter sido mais elaborado, as coisas serem tratadas de qualquer jeito. Fiquei até feliz quando li que na segunda parte melhora, mas depois o final deixa a desejar de novo, fiquei em dúvida se leria.

    ResponderExcluir
  13. Oi, André!!
    Nossa esse livro me pegou só por falar da história dos Vikings!! Mas depois vi que a leitura desse livro foi bastante enganosa, mas ainda estou bem curiosa para ler ler esse livro do que agora estou com os dois pés no chão sobre o livros.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir