acompanhe o blog
nas redes sociais

12.11.18

Um Dia Em Dezembro [Josie Silver]

Josie Silver
Ed. Bertrand Brasil, 2018 - 392 páginas
- "Laurie não acredita em amor à primeira vista. Afinal de contas, a vida não é a cena de um filme romântico. Mas, então, em uma manhã de dezembro fria e com neve, o ônibus de dois andares em que voltava para casa para em um ponto. Ao olhar para baixo, ela o vê. Por um segundo transcendental, seus olhos se encontram... e então o ônibus começa a andar. Depois de muitos meses com a esperança de cruzar novamente com ele, Laurie acha que nunca mais verá o garoto do ônibus. No entanto, um ano depois, em uma festa de Natal, sua melhor amiga, Sarah, apresenta o novo namorado, o grande amor de sua vida. Para seu profundo desespero e surpresa, ele é ninguém menos que o garoto do ônibus. Determinada a esquecê-lo, Laurie segue com sua vida. Mas e se o destino tiver outros planos?"

Onde comprar:

Recebi em casa a prova exclusiva não revisada para leitura antecipada do livro "Um Dia Em Dezembro", da editora Bertrand Brasil. Quando estamos chegando perto do natal, começam a aparecer livros e filmes relacionados ao tema, e depois que passam as festas, são logo esquecidos. Gostaria de não relacionar "Um Dia Em Dezembro" ao natal, porque o livro é muito mais que uma historinha de natal, ele tem uma essência romântica e ao mesmo tempo bem realista, que me deixou inicialmente curiosa e depois me envolveu completamente, me fazendo rir em algumas partes e chorar em outras.

A curiosidade foi a mais forte razão para resolver ler este livro, a sua sinopse me deixou determinada e conhecer como seria a história de amor de Laurie com aquele garoto do ponto de ônibus. E o livro me capturou desde seu inicio, pois quanto mais eu lia, mas curiosa ficava, já que sua trama tinha uma essência um pouco diferente dos romances atuais, dado que desde as primeiras páginas, a autora afastou Laurie de quem ela julgava ser o seu grande amor, afinal, depois de ter se passado um ano desde que ela visualizou um garoto no ponto de ônibus, que mechou com todo o seu ser, Laurie volta a encontra-lo novamente, como namorado de sua melhor amiga, mas não qualquer namorado, e sim aquele que Sarah julgava ser seu futuro marido.

"Não! Não! Ah, meu Deus, não ouse sair deste ponto! É Natal! Quero gritar mesmo enquanto o ônibus se enfia no trânsito e aumenta a velocidade. Lá fora, ele fica parado na rua, ofegante, observando eu me afastar. Vejo a derrota afastar o brilho de seu olhar, e, por ser Natal e por ter acabado de me apaixonar perdidamente por um estranho em um ponto de ônibus, jogo um beijo triste para ele e apoio a testa no vidro, observando-o até sumir de vista."

E ele, o garoto, estava mesmo apaixonado pela maravilhosa e estonteante Sarah, a amiga irmã de Laurie. Mas sim, ele também a reconheceu depois de apresentados, e também se lembrou da menina cujo olhar se encontrou com o seu num ponto de ônibus e desde então ele vem sonhando com ela, até conhecer Sarah. Os dois fingem não se conhecer, afinal, foi apenas um encontro de olhares fugazes, ocorrido há um ano.

"Abro a boca para dar oi, mas, então, vejo seu rosto, Meu coração vai parar na garganta, e sinto como se tivessem me dado um choque no peito, com um desfibrilador. Não consigo formar palavras.
Eu o conheço."

Laurie depois de conhecê-lo pessoalmente, ficou ainda mais apaixonada pelo namorado de sua melhor amiga, e como o desejo de Sarah era que seu namorado e sua melhor amiga fossem grandes amigos, Laurie acabava tendo que encontra-lo mais vezes que gostaria, o que tornava mais difícil para ela esquece-lo.

"Mas que porra de conversa é essa? Parece que estou dando em cima dela. Não estou. Juro. A última coisa que quero é que Laurie pense que sou um canalha. Tipo, já tive algumas namoradas, duas bem sérias até, mas o que tenho com Sarah parece diferente, mais... não sei. Minha única certeza é de que não quero que dure pouco."

Um Dia Em Dezembro

O livro discorre sobre a vida de Laurie desde seu encontro com "ele" no ponto de ônibus, sob duas perspectivas, dela e dele. Isso nos permite conhecer intimamente o que se passa com os sentimentos dos dois. Mas o "desencontro" do casal acontece no primeiro capítulo, e a vida de Laurie segue em frente, assim com a da sua exuberante amiga Sarah e do seu namorado. E o tempo passa, Laurie acaba conhecendo um homem maravilhoso, e os quatro enfim parecem que serão felizes para sempre...

"Na maior parte do tempo, aceito bem a situação. As coisas são como são. Talvez se a vida tivesse seguido um rumo diferente, quem sabe se eu o tivesse encontrado primeiro, ele estaria com o braço ao meu redor agora, prestes a me beijar enquanto chegamos ao topo da roda."

Apesar do inicio bastante surreal, foi um dos livros mais terrivelmente realista que já li. A autora consegue captar e transmitir para o leitor a essência de cada personagem, você não escolhe um para torcer, você se apaixona por todos, afinal, cada um deles é feito de carne o osso, com suas virtudes e defeitos, o que nos leva novamente para a "curiosidade" de querer entender como ela vai conduzir os romances e o que vai ser de cada um deles. E apesar do turbilhão de confusos sentimentos que vivi durante a leitura, o final foi bem orquestrado.

Foi meu primeiro contato com a escrita de Josie Silver e achei bastante promissor, me proporcionou uma leitura marcante, que garanto ser muito mais que um simples conto de natal.


Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
Cortesia do Grupo Editorial Record
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

15 comentários em "Um Dia Em Dezembro [Josie Silver]"

  1. Oi, Gisela,

    Apesar de clichê, o livro tende a agradar por ter um diferencial que é capaz de prender o leitor a cada página.

    O clima natalino traz um toque especial, e a autora aparentemente soube unir o útil ao agradável - entregando uma história mais do que bem desenvolvida, fluída.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esta época de final de ano..rs e todas suas cores, luzes e amores!
    Por isso, quando vi este livro pela primeira vez, já me apaixonei. Além de trazer uma capa belíssima, traz também um enredo com personagens muito reais, carregando sus dores e esperanças!
    Pelo que entendi, os personagens são muito bem construídos e claro, todo este clima de bondade, dá um toque especial ao cenário!!!!
    Lerei!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Oi Gi!
    Esse livro parece trazer um enredo lindo, eu amo livros que se passam nesta data do ano.
    E essa capa? Maravilhosa! Eu amei!
    Não conheço a autora ainda, então, espero ter oportunidade de ler um dia.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Esse livro tem uma capa linda e a sinopse chama bastante atenção.
    Ah, histórias que se passam no Natal são encantadoras... e é tão romântico essa troca de olhar no ponto de ônibus.
    Fico feliz em saber que é mais do que uma história de Natal, que faz sorrir e chorar; aumentou ainda mais minha vontade de ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Gisela fiquei com vontade de ler esse livro só por causa dessa capa!!
    Beijos,
    André | Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  6. Gi!
    Não conheço a autora, mas pelo narrou em sua resenha, parece que criou uma trama bem intrincada e que bem poderia mesmo ser real, porque acontece tanto na vida real, não é mesmo?
    E ver que as personaagens foram bem contruídas e que trazem diversas emoções ao lermos, torna o livro especial!
    Desejo uma ótima semana!
    “A ambição é louvável quando acompanhada pelo desejo e pela capacidade de fazer felizes os outros.” (Paul Holbach)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA NOVEMBRO - 5 GANHADORES – BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Gi!!
    Gostei muito da indicação. Adoro livros que são um poucos clichês e que se passam no natal. Sem dúvida e um romance que gostaria muito de ler.
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi Gisela,
    Confesso que não sei se tenho muita vontade de ler esse livro. Essa coisa dela ser apaixonada por ele, mas ele namora a amiga dela não é uma coisa que curto muito em livros. Mas amo livros que tem se passam no natal.

    ResponderExcluir
  9. Uma das coisas que mais gosto nessa época para entrar na sintonia dos dias natalinos são livros e filmes que nos colocam nesse cenário bem característico da data. Que situação complicada a da Laurie. Se fosse namorado de uma garota qualquer poderia até ser mais fácil, mas justa a melhor amiga.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Gisela!
    A trama de Um Dia Em Dezembro não me interessou, esse triângulo e depois quarteto romântico não é algo que me agrada nos livros, ao contrário, fujo deles!
    Por isso eu não leria esse livro... Abraços!

    ResponderExcluir
  11. É difícil conhecer uma obra onde acabamos apaixonados e torcendo pela felicidade de todos os personagens. Um dia em dezembro parece ser mesmo um livro a muito bom e com certeza vai muito além de um simples conto de Natal.
    Gostei do enredo e de a história ser narrada pelo ponto de vista dele e dela. Isso realmente faz com que o leitor conheça o que se passa na mente e no coração dos dois. Adorei!!

    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Oi, Gi
    Estou apaixonada pela capa do livro.
    Sempre gostei do Natal, mas nunca li nada relacionado com o tema. Que bom que é um livro amorzinho e nos apaixonamos por todos os personagens.
    É bom quando o livro conta ponto de vista dos 2 personagens.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Gi,
    Achei a capa linda, bem cara de natal, do tipo que eu gosto.
    Bem, eu gostei da história sim, porque acredito em romances assim como a nossa protagonista, maaaaaas, por outro lado, tambem acho bem chato esse tipo de relacionamento, o cara se interessa por ela, mas namora a melhor amiga? Vai entender... Que bom que foca bem nos sentimentos dela!!
    Gostaria de ler para tirar minhas conclusões, e porque amei a edição.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá! Ainda não li nada da autora, mas fiquei bem curiosa para conferir esse livro, acredito que essa história seja bastante intensa e emocionante, fico feliz que vamos nos torcer por todos os personagens, creio que é maravilhoso poder acompanhar todos esses encontros e desencontros.

    ResponderExcluir
  15. Achei a capa lindíssima , mas sei lá, não gostei muito do que a trama traz.
    Parece que a Laurie fica correndo atrás do namo da amiga, e isso é tão feio!!!!
    Não sei, tô pensando se tento ler ou não, rsrs
    bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir