acompanhe o blog
nas redes sociais

5.4.19

Letal [Sandra Brown]

Cortesia da Editora Rocco

Sandra Brown publicou mais de setenta romances, e a editora Rocco já publicou Inveja, A troca, O álibi, Obsessão, Uma voz na escuridão, Tempo quente, Tiro indireto e Jogue sujo, entre outros sucessos. Como ainda não tinha lido nada da autora, aproveitei para conhecer sua escrita através de Letal, seu mais novo lançamento.

Título: Letal
Autor: Sandra Brown
Tradutor: Sergio Moraes Rego
Editora: Rocco
Gênero: Policial, Suspense e Mistério
Páginas: 428
Edição:
Ano: 2019
Onde comprar: Amazon, Travessa, Submarino

Desde que seu marido morreu, a vida de Honor se resume em dar aulas na escola primária da cidade e cuidar da filha pequena. Isso até escutar de Emily que havia um homem caído no jardim de sua casa. Isso não seria exatamente um problema, se Lee Coburn não fosse um homem caçado pela polícia local como suspeito de ter matado sete pessoas a sangue frio na noite anterior.

Coagida e assustada, Honor se compromete a fazer o que ele mandar para proteger sua filha. Só que o que ele quer é inconcebível para Honor: de acordo com Coburn, Honor teria (ou estaria escondendo) alguma coisa que Eddie (o falecido marido de Honor) possuía e que seria de vital ajuda para levar um criminoso conhecido como Contador à justiça. Só que ela não faz ideia do que poderia ser isso.

A situação piora um pouquinho quando se descobre que um policial “de confiança” da família de Honor está na folha de pagamento do Contador. E existe ainda a hipótese do próprio Eddie ter ligações com essa figura do crime.

“- Mamãe?
-Sim?
-Tem um homem no jardim.”

Uma pequena pausa na construção da resenha: o cara invade a residência da mulher, faz ameaças a você e a sua filha pequena, revira sua casa inteira a procura de sabe-se lá o que... pensando nisso, o que se passa na cabeça de uma autora para fazer com que "role um clima" entre os dois? Ela ainda faz uma tentativa de suavizar a situação revelando que Coburn pode estar do lado certo da balança.

Um ponto a favor da autora, a trama de Letal foi bem montada e contada com capricho. A autora tece uma teia de intrigas e corrupção, cheio de ação e mistérios, tudo narrado em terceira pessoa. Isso prende o leitor, que fica curioso para conhecer o desfecho da história.

Recomendo para quem curte thrillers com uma pegada leve de romance hot.

comentários pelo facebook:

18 comentários em "Letal [Sandra Brown]"

  1. Eita lelê!!!
    Um thriller com uma pegada hot. Ai ai..confesso qeu deu medo agora!
    Sei lá, o enredo até parece bacana, tá, não tanto, mas o suspense parece até dar certo. Mas rolar algo mais "pegante"? Sei não..rs
    Não digo que não deu vontade ler, ao contrário, mas só com medinho. rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. A premissa de Letal é promissora, aquele tipo de leitura que prende o leitor. Mas,tipo, oi? Clima entre vítima e bandido? Pra mim não rola.
    Mas mesmo assim, fiquei bastante curiosa pra saber se Lee é ou não bandido perigoso.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li nada da autora, mas já conhecia meio por cima esse livro, tanto que já está na lista de leituras pra esse ano. Espero não me decepcionar, pois adoro o gênero.

    ResponderExcluir
  4. Olá Luíza!
    Thriller com romance hot? Eita combinação inusitada! Não conheço a autora mas confesso que esse romance pareceu um pouco forçado dado as circunstâncias. Não me animei muito com a trama mas gosto desse desafio que o gênero traz de desvendar os mistérios e descobrir o culpado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Luíza
    Ainda não li nada da autora, mas gostei muito da premissa do livro.
    Gosto muito de thrillers e nunca li esse gênero com essa pegada hot. Parece ser uma leitura que compensa com muitos plot twist, um certo ar de mistério.
    Espero ter oportunidade para ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    O livro tem uma premissa ótima, eu já tinha visto o lançamento mas não tinha criado um interesse, porém agora fiquei bem curiosa por ele..Já anotei na listinha!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  7. Oi Luíza,

    Confesso que não sou muito de ler esse tipo de livro, mas achei a história desse interessante, fiquei empolgada. Já quero descobrir a relação do marido dela, com isso tudo.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia o livro.
    Acho bem difícil eu ler porque esse tipo de romantização me deixa muito desconfortável, mas pelo menos a história foi desenvolvida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Luíza!
    Não posso julgar sem ter lido a obra, mas fica a impressão de que a autora usou uma trama mal caracterizada e um tanto incoerente como pano de fundo para desenvolver o relacionamento entre os protagonistas. É claro, contudo, que o ritmo frenético dos acontecimentos ameniza o sentimento do leitor de que o plot não faz muito sentido. Enfim, apesar das ressalvar, ainda parece ser um livro que proporciona um bom entretenimento (para os pouco exigentes, pelo menos).
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Oi Luíza,
    Caramba, quantos livros a Sandra Brown publicou, também não conhecia a autora.
    Para quem curte thrillers com uma pegada de romance hot, hum, acho que pode funcionar,vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  11. Amei a resenha ,louca por esse lançamento da rocco,adoro suspense.

    ResponderExcluir
  12. Devo confessar que a premissa do livro me interessou bastante, porém achei bem bizarro o fato da autora criar um clima entre o Coburn e a Honor pois ele invadiu a casa da personagem e ainda ameaçou ela e a FILHA dela, isso é algo grave e assustador.

    ResponderExcluir
  13. Luiza!
    Apesar dos seus questionamentos serem plausíveis e pertinentes, fiquei com muita curiosidade em poder ler, porque gosto de tramas policiais e com todo esse mistério que envolve até um policial, corrupção e suspense, nem posso deixar de querer ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  14. Olá! Embora essa capa não tenha me animado muito, o enredo do livro parece ser muito bom, gosto deste clima de suspense e mistério, e o fato de não conseguirmos para de ler o livro até chegarmos ao seu fim.

    ResponderExcluir
  15. Estava amando essa parte toda do cara caído no jardim ser um assassino perigoso e procurado e as ameaças pra conseguir alguma coisa. Adoro thrillers. Mas quando você disse que há um envolvimento, um relacionamento entre os dois já fiquei com o pé atrás. Pra que? Por que?
    Vou dar uma chance para essa leitura mas eu torço para que a Honor esteja enganado o criminoso. kkkkkk

    ResponderExcluir
  16. Oi Luíza,
    Apesar de Sandra Brown ser uma autora conhecida e ter muitos títulos publicados, inclusive aqui no Brasil é a primeira vez que leio uma resenha sobre algo de sua autoria. A primeira parte de sua resenha a presenta uma premissa que funcionaria muito bem para um suspense. Imagine só como seriam as cenas com uma mulher desesperada por sua segurança e de sua filha. Mas a segunda parte da resenha me deixou bem confusa com o rumo que a autora deu para a história. Já li histórias de suspense e terror onde um clima de romance surge entre os protagonistas, mas não em um contexto como este. É uma pena vermos algo com um potencial tão bom ser levado para este lado. Mas se autora tem tantas obras publicadas, acredito que suas histórias devem ser muito boas, só talvez, para mim, Letal não seja bem a que estou procurando no gênero.

    ResponderExcluir
  17. Oi, Luíza!
    Conheci a escrita da Sandra Brown através dos romances de época, desde então ela se tornou uma das minhas autoras preferida de suspense/policial, até hoje nenhum livro dela me decepcionou, amo essa mistura de thriller com pitada de romance dela...
    Ainda não li Letal mas tá na minha lista de leitura e não vejo a hora de ler, mesmo com essa situação absurda na trama - a protagonista se sentir atraida por um homem que invade sua casa e ameaça ela e sua filha - que confesso já ter visto quase parecido em outro livro da Sandra.

    ResponderExcluir
  18. Eu curto thriller e achei a trama bastante interessante. Confesso que quando soube que o tal cara queria que ela procurasse uma tal coisa, fiquei imaginando que a situação poderia virar e o cara de repente não ser quem a gente pensa no início. Quanto ao tal clima hot só lendo para opinar, depende muito da forma como foi explorado. Também não li nada da autora e fiquei bastante curioso.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir