acompanhe o blog
nas redes sociais

16.11.21

Dormir em um Mar de Estrelas [Christopher Paolini]

Christopher Paolini

Cortesia da Editora Rocco

Nunca li nada do Christopher Paolini e nem se quer vi ao filme de uma de suas obras, apenas fui levado pela sinopse incrível deste livro e o comecei a ler. E já adianto que foi uma baita surpresa!

Dormir em um Mar de Estrelas
Título: Dormir em um mar de estrelas
Autor: Christopher Paolini
Tradutor: Ryta Vinagre
Editora: Rocco
Gênero: Ficção Científica
Páginas: 832
Edição:
Ano: 2021
Onde comprar: Amazon

Nosso mundo se desenvolveu tanto que agora somos capazes de colonizar planetas. Nossa personagem principal, a Kira, participa de uma tripulação de pesquisa a um novo planeta para assim podermos colonizá-lo. A função era apenas coletar dados do planeta e assim estudarmos com mais calma. É então que Kira descobre uma espécie de gosma simbiótica.

“Uma pilha de poeira Negra cobriu o pé. Uma poeira fervilhante que se mexia. Era despejada da bacia, descia do pedestal e ia para o seu pé. Enquanto ela observava, a poeira começou a rastejar pela perna, seguindo o contorno dos músculos. Kira gritou e tentou libertar da perna, mas a poeira a mantinha presa firmemente como uma tranca magnética. Ela tirou o cinto, dobrou e usou para bater na massa amorfa. Os golpes não conseguiram arrancar nada da poeira.”

Ela é uma espécie de tecido vivo, semelhante uma gosma que acaba grudando nela e se espalha pelo seu corpo, ficando como se fosse uma roupa e ela acaba protegendo a Kira de tudo que ocorre com ela.

A partir disto, começam a ser feitos testes nesse traje com armas de fogo, laser, para testar sua capacidade protetiva. Notou-se também que ela age como curandeira, após Kira se ferir, ela curar seus ferimentos. Tudo sobre essa massa estranha é totalmente desconhecida e novo, é a partir daí que se começa uma guerra dos alienígenas contra os humanos.

O livro é uma aventura incrível. Você fica encantado com tudo o que foi criado. Cada pedacinho deste enredo vai te fisgar até a última página.

O modo como autor desenvolveu os personagens é um dos pontos fortes da trama. O fato de Kira estar envolvida num emaranhado de confusões, não a fez se perder em nenhum momento, e posso explicar. Kira é uma protagonista forte, cheia de dúvidas, problemas e anseios, mas o fato desse fardo não a torna imatura ou superficial, pelo contrário, a tornaram mais forte e madura, convicta de suas escolhas e bem resolvida. Adorei como ela sempre se mostra forte diante conflitos.

As descrições dos lugares é um prato cheio para os fãs de Star Wars e filmes no espaço. Pelas resenhas que andei lendo percebi que alguns tiverem dificuldades em imaginar algo ou até mesmo entender certas situações. Isso é algo plausível, até por que se trata de um mundo bem estruturado, com regras e nomes bem complicados. É por isso que há a existência de apêndices com explicações de várias coisas da história. Confesso que as vezes ficava realmente perdido, e que é chato ficar olhando o tempo todo o significado de algo lá no fim do livro, mas é de fato necessário e requer paciência.

A narrativa é bem profunda e cheia de detalhes. Há diálogos reflexivos e marcantes. Em resumo, é um enredo que você vai querer conhecer.

O livro termina com algumas pontas soltas, mas ao mesmo tempo se fecha para muitas outras. Se houver continuações vou adorar ler novamente esse mundo incrível!

O único ponto negativo ao meu ver, é quantidade de páginas. Muita coisa poderia ser reduzida e ter dado espaço a mais acontecimentos novos e introdução de mais personagens. Em minha opinião Paolini acaba repetindo o que já falou, mas com palavras diferentes. Mas nada disso interfere na qualidade do livro. Ele permanece e continua um calhamaço, que junto com tudo o que foi falado acima, o torna um LIVRÃO que merece sim ser lido.

Boa leitura!

12 comentários em "Dormir em um Mar de Estrelas [Christopher Paolini]"

  1. Oi, Douglas! Parece ser uma aventura e tanto! Me fisgou, na sua resenha, a forma como mostra a protagonista. O autor parece ter criado um universo único e cheio de detalhes. Essa coisa de ficar voltando ao apêndice para entender melhor é chato mesmo, mas agrega bastante.

    ResponderExcluir
  2. Paolini criou um universo rico e cheio de aventuras.
    Infelizmente, as vezes é comum no gênero, a história andar em círculos

    ResponderExcluir
  3. Que título lindo. Adoro as estrelas, já ficaria com vontade de conhecer sem nem saber nada do livro haha
    Não sou de ler ficção científica, mas não nego que é um universo incrível, cheio de novidades e coisas que nem imaginamos. Achei bem interessante a ideia desse livro. E eu ficaria um pouquinho assustada com a quantidade páginas, não nego KKKKK

    ResponderExcluir
  4. Meu maior problema com ficção científica é esse não conseguir me conectar ao universo proposto. Eu não consigo essa visualização e isso em uma leitura, atrapalha demais. Afinal, ler por ler não dá!
    E oh, um senhor calhamaço hein? rs eu tenho medo deles, pelo tamanho da fonte.
    Não digo que não sinto vontade ler, só acho que não seria uma leitura que me fizesse feliz.
    Mas quem sabe isso em algum momento, mude!
    Beijo
    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  5. Douglas!
    Gosto muito de ficção, mas confesso que por vezes, com livro como esses, cheios de voltas e repetições, fico um tanto perdida.
    Mas pelo jeito vale muito a pena a leitura.
    Não assisti o filme.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Eu lendo bastante livro de ficção científica nos últimos meses e tinha visto esse em vários lugares como indicação, confesso que o número de páginas me assustou um pouco, talvez eu dê uma chance.

    ResponderExcluir
  7. Li a quadrilogia Eragon e gostei muito apesar de tudo, agora tenho vontade de ler este livro para conhecer a escrita do autor agora mais madura e em outro gênero.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá Douglas!
    Às vezes eu me sinto deslocada por não conhecer tanta coisa do universo literário, como é o caso das obras de Paolini. Apesar de não ser muito fã de histórias com alienígenas, não posso deixar de ficar curiosa para saber mais sobre essa estranha massa com capacidade de tornar as pessoas invulneráveis do ponto de vista físico. Eu particularmente gosto de livros com Glossários e apêndices, não ligo de quebrar o ritmo de leitura.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Primeira vez que leio algo sobre esse livro. Muito bom quando a leitura surpreende e nos envolve, não é mesmo. Não é um gênero que eu tenha familiaridade, mas fiquei intrigada com esse universo e a construção das personagens.

    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Não sabia da existência desse livro, mas fiquei curiosa pra saber mais sobre ele.
    Passei uma época muito empolgada com o gênero, mas confesso que faz um tempo que não leio mais nada sobre.
    Não sabia que ele é o mesmo autor de Eragon.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá! É realmente um livrão hein, também tenho dificuldades em imaginar esses cenários tão diferentes, mas acredito que esses glossários possam ajudar, (eu gosto mesmo é aqueles que possuem algumas imagens!), sobre o enredo achei bem interessante e diferente.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Douglas!
    Eu até gosto de Star Wars, os filmes, é que quando se trata de
    ficção científica prefiro assistir do que ler...
    Mas Kira é do meu tipo de protagonista preferido - forte e madura -, provavelmente se eu fosse ler Dormir em um mar de Estrelas iria gostar dela.
    Bjos!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir