acompanhe o blog
nas redes sociais

12.5.22

O Avesso da Pele [Jeferson Tenório]

Jeferson Tenório

Cortesia do Grupo Companhia das Letras

A literatura nacional contemporânea tem surgido com força e muita autenticidade. Livros que vem ganhando a devida atenção que merecem e isso me enche de orgulho.

O Avesso da Pele
Título: O Avesso da Pele
Autor: Jeferson Tenório
Editora: Companhia das Letras
Gênero: Ficção Geral | Vozes próprias
Páginas: 192
Edição:
Ano: 2020
Favorito
Onde comprar: Amazon

É muito prazeroso ver nossos escritores em destaque na mídia como também em rodas de conversas e até mesmo na rede social de vídeos curtos. É lindo de se ver. Nomes como Itamar Vieira Júnior, Carla Madeira, Paulo Scott e Jefferson Tenório vem ganhando seus destaques, o que é louvável.

E hoje trago a resenha de um livro que me surpreendeu e impactou profundamente: O Avesso da Pele.

“Às vezes você fazia um pensamento e morava nele. Afastava-se. Construía uma casa assim. Longínqua. Dentro de si. Era esse o seu modo de lidar com as coisas. Hoje prefiro pensar que você partiu para regressar a mim. Eu não queria apenas a sua ausência como legado. Eu queria um tipo de presença, ainda que dolorida e triste. E apesar de tudo, nesta casa, neste apartamento, você será sempre um corpo que não vai parar de morrer. Será sempre o pai que se recusa a partir.”

Pedro é um homem negro e vive em Porto Alegre. Em virtude disso acompanhamos o preconceito sofrido por ele justamente por morar num país racista como o Brasil. Aqui fica muito claro as agressões, olhares, piadas e tudo que você puder imaginar de ruim sobre o racismo sofrido por ele.

É muito triste acompanhar esses acontecimentos e fica ainda mais forte pelo fato de Pedro conversar o tempo todo sobre os preconceitos com seu pai. Pai este que acabou sendo morto numa abordagem policial.

Em meio a isso, Pedro vai em busca da sua identidade, de seu lugar no mundo. De forma angustiante, ele vai reviver a história de seus antepassados, buscando compreender certas atitudes e o modo como tudo funciona.

“É necessário preservar o avesso, você me disse. Preservar aquilo que ninguém vê. Porque não demora muito e a cor da pele atravessa nosso corpo e determina nosso modo de estar no mundo.”

A narrativa de Jeferson Tenório é extremamente poderosa. É completamente impossível você ler esse livro e não ficar impactado com os absurdos do nosso dia a dia. Há momentos que precisei fechar o livro pra poder absorver o que tinha lido.

É uma estória linda, contada de forma seca, como de fato deve ser. Não é uma romantização do racismo, longe disso, é o retrato nu e cru da nossa realidade. O livro se tornou um dos meus favoritos da vida, e tenho certeza que por muito tempo essa estória continuará fresca na minha mente.

Indico fortemente está leitura. Livro incrível!

11 comentários em "O Avesso da Pele [Jeferson Tenório]"

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

  2. Oi, Douglas! Como eu quero ler O avesso da pele! Histórias assim, por mais dolorosas e tristes, são de extrema importância no sentido de entendermos e nos conscientizarmos sobre o racismo. E concordo com vc, a literatura nacional tem ganhado nomes incríveis!

    ResponderExcluir
  3. Hype super merecido. É o tipo de livro que nos tira da nossa bolha e nos mostra a realidade

    ResponderExcluir
  4. Douglas!
    É um daqueles livros que temos de ler, para arrancar o band-aid de um só vez e podermos descortinar a terrível verdade vivida em nosso país, principalmente diante do preconceito que aparentemente seja velado, mas na verdade, ainda está muito arraigado.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Um orgulho imenso da nossa literatura brasileira e sim, cada vez, mais e mais nomes têm surgido e isso enche nosso coração de alegria!
    Esse livro ganhou prêmios e claro que é super merecido.
    Eu ainda não tive oportunidade de ler,mas com certeza, está na listinha e pretendo fazer isso o quanto antes!
    Vivemos num país racista, infelizmente!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  6. É realmente muito bom ver um autor brasileiro se destacando. Sabemos muito bem que não é fácil, o mercado é um tanto cruel.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Eu também estou amando o destaque que autores brasileiros estão ganhando! Super merecido!
    Recentemente adquiri Tudo é Rio e ontem comprei Torto arado, apesar de não ter lido ainda, eles já estão na minha lista de próximas leituras.
    Vou adicionar esse com toda certeza! Parece ser um livro muito impactante

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Se eu tinha alguma dúvida, você acabou com ela facilmente. Já quero ler esse livro, me chama atenção histórias que são contadas de uma forma nua e crua, e a temática é muito necessária.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Infelizmente o racismo ainda é visto em nossa sociedade e fazem isso porque sabem que vão sair impunes .Que resenha importante você fez desse livro Sem dúvida que desejo ler pois trata de um assunto que temos que, cada vez mais combater que é o preconceito contra os negros.Chega de racismo !!

    ResponderExcluir
  10. É tão bom ver autores nacionais em destaque, pois por muito tempo, muitos foram deixados de lado pelos leitores brasileiros que deram preferencia aos escritores estrangeiros. Esse livro tem uma temática forte e cotidiana infelizmente. Merece ser lido e divulgado.

    ResponderExcluir
  11. Oi Douglas,
    Sim, é bom ver a literatura brasileira ganhando seu espaço ^^ especialmente quando traz a realidade para as linhas.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir