acompanhe o blog
nas redes sociais

4.8.22

Instruções para Dançar [Nicola Yoon]

Nicola Yoon

Cortesia da Editora Arqueiro

Nicola Yoon era uma escritora que eu estava bastante curioso para conhecê-la. Não li seus outros livros,"Tudo e todas as coisas” nem “O sol também é uma estrela", mas ambos já cheguei a assistir os filmes produzidos e até curtir.

Instruções para Dançar
Título: Instruções para Dançar
Autor: Nicola Yoon
Tradutor: Fernanda Abreu
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance Contemporâneo para Adolescentes
Páginas: 256
Edição:
Ano: 2022
Onde comprar: Amazon

Na trama conhecemos Evie Thomas, uma garota que aparentemente está desacreditada do amor após seus pais se separarem. Uma separação até amigável para ambas as partes, mas que Evie não aceita simplesmente por ter visto o pai beijando outra mulher sem ser sua mãe. Isso a fizera não acreditar no amor até mesmo nos romances que sempre lia. Tanto que nossa história se inicia com Evie indo até uma biblioteca doar seus livros de romance.

Durante a doação, uma senhora lhe questiona os motivos por estar doando tantos livros, e Evie fica na dúvida se fala ou não.

“- Por que está doando? - pergunta ela. Puxo outros da mochila e penso em lhe contar a verdade. Que sinto como se os livros não me pertencessem mais. Que histórias de amor são como contos de fadas: tem uma hora em que a gente para de acreditar nelas. Eu parei de acreditar no dia em que o papai saiu de casa.”

É aí que a senhora simplesmente lhe entrega um livro com o título "Instruções para Dançar". Mesmo não querendo aceitar, Evie o leva para casa. Depois desse dia em específico, sempre que Evie vê duas pessoas se beijando, ela tem uma visão sobre eles mostrando pedaços do futuro, sobre o que acontecerá com ambos, e cada visão sempre termina com o fim do relacionamento deles.

Evie fica confusa, não entende o por que aquilo está acontecendo, até perceber que tudo começou após receber o livro. Decide então folheá-lo, e além de conter informações sobre passos de danças específicas, há também um endereço. É então que ela vai parar em uma aula de dança e sua vida mudará.

Nicola Yoon possui uma escrita bem juvenil, e já esperava por isso a julgar pelo enredo dos filmes baseados em seus livros. Sua narrativa é clara e concisa, e torna a leitura prática de ler, principalmente por conter capítulos curtos, que instiga o leitor a sempre querer ler o próximo. Essa dinâmica permite uma leitura fluida e rápida.

Os personagens achei meio vagos, se é que posso usar essa palavra. Evie possui aquela rebeldia adolescente que estamos acostumados a ler e ver em filmes, mas apesar de ter um fundamento (A raiva do pai), se mostra repetitiva, e quando descobre os motivos da traição do pai, que aqui possui toda uma construção bem-feita por parte da autora, ela insiste num comportamento que não havia necessidade alguma de continuar tendo. Até sua irmã caçula, Danica, demonstra um amadurecimento melhor que ela.

O par romântico, isso não é spoiler, chama-se Xavier, ou apenas "X". Ele tem uma carga dramática muito boa ao qual poderia ter sido mais aproveitada e explorada pela autora. Senti falta disso. E o romance entre Sophie e Cassidy, amigas de Evie, poderia ter tido um desenvolvimento melhor.

“Evie,eu não sei responder às suas perguntas. Não sei por que perdemos pessoas que amamos, nem como se espera que sigamos vivendo depois de perdê-las. Mas o que eu sei é que amar é humano. Nós não podemos evitar. Os poetas e filósofos dizem que o amor é a resposta, só que é mais do que isso. O amor é a pergunta e a resposta, e o próprio motivo que nos leva a fazer a pergunta. Ele é todas essas coisas. Todas elas juntas.”

O livro é cheio de diálogos reflexivos e marcantes. Diálogos poéticos que sensibiliza o leitor. O final do livro traz uma mensagem implícita sobre o amor e o modo como ele surpreende nossas vidas. Esse final do livro toma uma proporção maior devido aos agradecimentos da autora na última página.

O livro é bom, propõe momentos divertidos e reflexivos, e apesar das observações dos personagens acima, cumpre seu propósito. A explicação das visões foi bem simples na verdade, também esperava mais história, mas... Indico pra quem busca uma leitura leve e divertida. A diversão é garantida.


10 comentários em "Instruções para Dançar [Nicola Yoon]"

  1. Oi, Douglas! Acredito que o livro possua suas qualidades, mas não despertou meu interesse em lê-lo. Achei bacana o fato da autora introduzir a dança na história e trazer esses momentos reflexivos. Porém, não sei se suportaria acompanhar Evie e sua rebeldia durante todo o livro rsrs.

    ResponderExcluir
  2. O plot desse livro é sensacional, inclusive para alguém que ama dança como eu.
    Também não li Nicola. Tenho vontade, cheguei a adicionar os livros dela na wishlist... mas dos 3 livros, esss foi o que realmente me conquistou não só pela capa fofa, como pela premissa

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho um livro da autora na estante, mas ainda não li, mas eu gosto muito dessa pegada juvenil. Aliás, gosto muito mesmo.
    Entendi que é uma história mais para divertir e ensinar valores, mesmo que de forma mais leve e não aprofundada.
    É um livro que sim, pretendo ler em algum momento!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  4. Da autora tenho Tudo e Todas as Coisas mas ainda não li, só vi o filme. Como gostei, tenho vontade de ler os demais livros dela pra saber se vou gostar também.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu amo a escrita da Nicola! Esse livro é bom, mas acho que tinha potencial para ser bem mais, só que o agradecimento me fez entender... Eu gostei da leitura, apesar de não ter me conectado tanto com a Evie; por outro lado; eu amri o X. Ela passa uma boa mensagem, mas ainda estou digerindo o final.

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Douglas!
    Jamais imaginaria que o livro seria uma história divertida e hilária, achei que estivesse mais voltada para o dram.
    Não li nada da autora ainda.
    cherinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Já li outro livro da autora, Tudo e todas as coisas e gostei muito da leitura.
    Acho muito ruim quando o autor não desenvolve muito bem os personagens! Acabo não gostando muito da leitura por conta disso.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Douglas!
    Não conheço a escrita da Nicola Yoon e nem assisti aos filmes, mas tenho interesse em ler Tudo e todas as coisas...
    Em relação a Instruções para Dançar, gosto de leituras leves e divertidas, mas essa falta de amadurecimento da parte da Evie é algo que acho bastante negativo, é por isso que não costumo ler livros young adult, prefiro histórias com personagens maduros, sabe?!... Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Ola
    Nâo li nenhum livro dessa autora. Eu já tive mais vontade de ler esse livro mas hoje já nao tenho tanta vontade mais.

    ResponderExcluir
  10. Mesmo com todos os pontos da resenha colocados na balança, confesso que fiquei curioso e até mesmo intrigado com o tal livro. Ás vezes é bom uma leitura mais leve, principalmente quando encaramos livros maiores, que foi meu caso nas últimas leituras. Ainda não vi nenhuma das adaptações também, então para mim seria algo novo.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir