acompanhe o blog
nas redes sociais

12.4.12

As Últimas Quatro Coisas, Vol. 2 [Paul Hoffman]

Ed. Suma de Letras, 2011 – 304 páginas:
       Deem-me uma dúzia de crianças sadias, bem-constituídas, e um ambiente de acordo com minhas especificações de onde criá-las e garanto que, tomando uma ao acaso, posso treiná-la para que se torne qualquer tipo de especialista que eu escolha - médico, advogado, artista, comerciante e, sim, até mendigo e ladrão -, independentemente de seus talentos, propensões, tendências, habilidades, vocações e da raça de seus ancestrais. - J.B. Watson



Quem ainda não começou a ler esta série (A Mão Esquerda de Deus), aconselho a não iniciar a leitura até que saia o terceiro livro, senão vai ficar com eu, alucinada para ler o próximo, sem te-lo em mãos.
Esta série é de fantasia, mas o mundo inventado pelo autor é uma caricatura do nosso mundo, e a guerra religiosa em que se desenrola a trama não é nada diferente de várias que já ocorreram aqui, tanto por fanatismo religioso, quanto ideológico.
Os 3 personagens principais, meninos de aproximadamente 15 anos, foram criados desde pequenos trancados em um santuário religioso, a base de pouca comida e lavagem cerebral e nada sabiam do mundo exterior. Quando fogem do santuário e da repreensão que lá sofriam, vão conhecendo coisas que nem sonhavam que existiam, como por exemplo, as mulheres.
Então as personalidades intrigantes de Thomas Cale e seus dois amigos Henri Embromador e Kleist , vão te conquistando, pois lutam internamente com a contradição entre o que aprenderam e está impregnado no seu íntimo, com novos sentimentos que não conheciam e vão contra essa verdade, além do seus instintos de sobrevivência, que dita uma atitude e eles fazem ao contrário, para ajudar alguém.
A história envolvente, os diálogos afiados, o personagem vilão, que é muito inteligente (adoro a disputa que ocorre entre ele o Thomas), a pitada de romance que não pode faltar e o estilo de escrever do autor realmente me cativaram.

PS: Quero agradecer de coração a quem me deu os dois livros, foi uma surpresa maravilhosa, muito obrigado!

Sinopse:

De volta ao Santuário dos Redentores, Cale é informado pelo General Bosco de que a destruição da humanidade é necessária. Seria a única maneira de corrigir o maior erro de Deus e de alcançar os objetivos de Bosco, dentre eles, transformar um simples garoto em um destruidor impiedoso. O papel de Cale é fundamental nesse processo: ele é a Mão Esquerda de Deus, o Anjo da Morte. O poder absoluto está ao seu alcance, e o impressionante aparato militar dos Lordes Redentores é sua maior arma, que ele manipula com destreza.
Mas talvez nem mesmo os Redentores consigam controlar Cale por completo. O menino que é capaz de ir da bondade à violência mais brutal num piscar de olhos é certamente capaz de aniquilar os inimigos da fé como se espera dele - mas a alma deste jovem é muito mais estranha e imprevisível do que seus mentores podem esperar.


comentários pelo facebook:

15 comentários em "As Últimas Quatro Coisas, Vol. 2 [Paul Hoffman]"

  1. Estou louco para começar a ler A mão esquerda de Deus, e agora com esta resenha é que eu vou mesmo, mas o mundo criado é cyberpunk ou é mais voltado para a Idade Média?

    ResponderExcluir
  2. Arthur, para te responder tive que procurar na internet o que significa "cyberpunk", mas foi bom que aprendi. Este livro é mais voltado para idade média, alguns lugares são inventados e outros existem realmente.

    ResponderExcluir
  3. Querida Gi, mundos distópicos são moda depois de Jogos Vorazes, Destino, Feios e antes ainda com Battle Royale (mangá violentíssimo), Admirável Mundo Novo, Farenheit 451 e até O Caçador de Andróides (um de meus preferidos) e tantos outros que não me vêm à memória. É uma temática interessante e por si só nos obriga a ler, refletir, tomar partido.
    Como você mesmo disse vou esperar a coleção completa pra ler, tenho péssimo hábito de ir sobrepondo leituras e acabo esquecendo e tendo que retornar aos livros se demoram muito a lançar continuações. O meu segundo livro desta saga chegou na semana passada, fiquei com os olhos brilhando e uma vontade louco de ler. Mas me contive em prol de minha sanidade rs.
    Sua resenha arrasou e me forçou a pedir que meu filho escondesse os livros para que eu não ficasse olhando pra eles todos os dias sem tocá-los.

    ResponderExcluir
  4. Estou curiosa demais com relação a essa saga. Desde que começou essa moda, digamos assim, de livros em serie, eu tenho adotado essa postura de aguardar o quanto possível para ler, de preferência com a coleção completa, porque também fico muita tensa à espera dos próximos acontecimentos. Sobre "As últimas quatro coisas", sua resenha só reforçou a vontade de ler, uma vez que tem muitos elementos que eu gosto num enredo. Super indicação!

    ResponderExcluir
  5. Oi Gisela ^^ Ah, eu sempre quis ler "A mão esquerda de Deus", li muitas resenhas positivas a respeito e como trata de um assunto que eu gosto, minha vontade só aumenta, ainda mais depois de ler sua resenha do segundo livro da série.
    Quem sabe, assim como vc, eu não ganhe os 2 livros né? rs
    Beijos, bom final de semana =*

    ResponderExcluir
  6. Ola Tudo Bom?
    Ja tinha visto alguma coisa sobre esta serie em outros blogs, me pareceu muito interessante! Bom ja tive curiosidade de ler a serie até mesmo por varias resenhas positivas que li dela.
    Bom Fiquei mais curiosa para ler! :D

    Beijos :"

    ResponderExcluir
  7. Oi Gisela!
    Eu já ouvi falar muito deste autor quando o primeiro livro da série saiu, gostava demais do booktrailer e curtia as midias (como HQs e demais desenhos) de "A mão esquerda de Deus". Quero ler há tempos, mas vou seguir seu conselho,e deixar para ler na sequencia (e aproveitar que meu namorado se interessou tbém, é meio raro,rs), quando todos estiverem disponiveis. Não gosto de esperar para terminar a leitura de nada,rs. Já basta o tanto que estou sofrendo de curiosodade pelo ultimo dia' da Cronica do Matador do rei, de Patrick Rothfuss.
    gostei da dica de leitura, foge um pouco ao que eu habitualmente leio, mas aparentemente é uma serie cheia de atrativos!
    Bjus, @sonynha_h

    ResponderExcluir
  8. Pessoal, acho que esta série vai agradar homens e mulheres. Eu já estou aprendendo só com os comentários, fui procurar na internet o que era "mundos distópicos", e o Rodolfo achou a palavra certa para o livro.
    um abraço a todos

    ResponderExcluir
  9. Sou louca para lê-los masestou esperando quesaia o terceiro, minha sanidade não aguenta esperar mais por nenhuma série, já basta Irmandade, Cárpatos e Castas... kkkkk

    Mas eles estão na minha lista com certeza!

    bjo

    ResponderExcluir
  10. Eu estou pra terminar o primeiro volume e simplesmente não achei nenhuma maravilha, e vendo essa resenha me deu até uma esperança que a série melhore daqui pra frente *-*
    Não gosto do jeito que a leitura segue, mas vou dar mais uma chance, são muitas pessoas que falam que os livros melhoram :D

    ResponderExcluir
  11. Ander, se você não gostou do primeiro, acho que não vai gostar muito do segundo também, pois segue no mesmo estilo.
    um abraço
    Gisela

    ResponderExcluir
  12. Meu irmão me deu o mesmo conselho sobre ter o terceiro livro antes de começar a ler a série, hehe. Por isso estou esperando pra comprar os três juntos. Mas é uma das séries que melhor me foram recomendadas nos últimos tempos.

    ResponderExcluir
  13. É um livro "de meninos" :P
    Tem sangue, brutalidade, guerras, ação, intrigas e tudo misturado.
    Terminei A mão esquerda de Deus muito empolgada com a estória querendo loucamente ler a continuação.
    As últimas quatro coisas infelizmente me decepcionou =/
    Não senti tanta emoção quanto no primeiro livro e a primeira parte foi arrastada e entediante.
    Não é um livro ruim, é bom e só.
    Para quem veio totalmente embalada do primeiro livro foi meio frustrante.
    Espero que a continuação seja melhor.

    Bjus

    Nâna

    ResponderExcluir
  14. ESPETACULAR! Comprei o livro por acaso e não me arrependi, esperando o proximo e que venha logo!

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ler... Adoro fantasia e acho que vou adorar o vilão..rsrs
    Confesso a torcer pelos vilões ao invés dos mocinhos quando eles são inteligentes e cheios de personalidade...hihi

    Thais Vianna
    @dathais

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir