acompanhe o blog
nas redes sociais

20.4.12

O Incêndio de Tróia [Marion Zimmer Bradley]

Ed. Imago, 2010 - 517 páginas:
       Sou fã da Marion Zimmer Bradley, comecei com "As Brumas de Avalon" e depois sai lendo vários livros dela, este é um dos meus prediletos e até já fiz uma resenha dele aqui no blog. Para quem ainda não leu e gostaria de fazê-lo, este livro tem um preço super acessível no Submarino, vale a pena. - Gisela M. Bortoloso

A seção Recomendado pelo Leitor foi criada para  melhorar a troca de informações sobre livros e aqui posto a resenha realizada por um Leitor participante do blog. Publico exatamente o que enviam, sem alterações. Participe Também!

Quem Indicou: Vanilda Procopio

Nota: 

Opinião: Eu gosto muito de romances históricos e, como em "As Brumas de Avalon", onde a autora recria a lenda do Rei Arthur, em "O incêndio de Troia", ela reconta a lenda de Troia, com todos os detalhes anteriores e posteriores à guerra, mas do ponto de vista de uma mulher, no caso, a princesa Kassandra. Gostei bastante do texto e da veracidade que é dada às cenas mais fortes, chegando algumas a serem chocantes.

Porque indicou: Apesar de se tratar de uma história conhecida, com várias versões inclusive no cinema, o livro traz muito mais detalhes e mescla aventura, drama, romance e mitologia, dando uma nova roupagem à lenda, que vai muito além do simples relato da guerra em si.

Pontos positivos:Recriação perfeita do ambiente e época nos quais se passa a história. Narrativa impecável. Emocionante.

Pontos negativos:Para o leitor habituado aos romances épicos não há pontos negativos. A narração é bem detalhada, mas não chega a ser cansativa.

Público: Jovens e Adultos

Sinopse:

Em O Incêndio de Tróia, Marion Zimmer Bradley, autora de As Brumas de Avalon, recria a história da Guerra de Troia - e a narra a partir do ponto de vista de Kassandra, bela e atormentada princesa de Troia.
Na brilhante recriação que autora faz da famosa lenda, a queda de Troia acontece de uma forma nova e ousada, desde a provação de Páris, o rapto de Helena (neste livro, não a cruel adúltera da lenda, mas uma mulher afetuosa, dedicada a Páris e aos filhos) e a convocação dos exércitos gregos por Agamenon, o enfurecido cunhado de Helena, à tragédia final da destruição da cidade, condenada pelos deuses - e pelo orgulho voluntarioso de seus líderes.
O romance começa com o nascimento de Kassandra e de seu irmão gêmeo Páris. Este é criado por uma família de pastores, em virtude de uma profecia de que gêmeos trazem má sorte. Kassandra cresce sem sequer saber da existência do irmão - a não ser pelas visões inexplicáveis em que enxerga os ventos através dos olhos dele... Sua mãe, a rainha Hécuba, era uma amazona antes de se casar, e quando Kassandra está prestes a se tornar mulher, é enviada para passar um ano com as tribos das amazonas, onde toma conhecimento dos poderes das mulheres antes que estas fossem subjugadas por uma nova onda de patriarcado.
Ao voltar para Troia, Kassandra dedica-se a tornar-se sacerdotisa de Apolo, o Deus-Sol; mas, dentro dela, desenvolve-se um conflito forte e perturbador entre os "velhos costumes", em que as mulheres mandavam e a religião originava-se da Mãe Terra, e o novo mundo de deuses e reis do sexo masculino - um mundo caracterizado por disputas sem sentido e uma ânsia de sangue que levam ao cerco de sua amada cidade.

comentários pelo facebook:

11 comentários em "O Incêndio de Tróia [Marion Zimmer Bradley]"

  1. Querida Vanilda a cada nova ideia ou história contada a respeito de Troia, mais nos sentimos atraídos para este universo medieval. Como você gosto demais de romances históricas, neste momento estou lendo o terceiro livro de Boudica (Cão) que é maravilhoso, estou encantado.
    Li "Brumas de Avalon" e sei da capacidade de Bradley em recriar uma lenda a partir de visões femininas, sempre com um toque refinado e nem sempre direto, parece-me um texto perpendicular, que não nos ganha num primeiro momento, mas que vai tomando a gente pouco a pouco.
    O apetite por este romance ainda está adormecido em mim, mas sua resenha me colocou em estado de alerta. Parabéns pelas belas palavras.

    ResponderExcluir
  2. Só um detalhe a ser dito: Quero ler kkkk' *--*
    Adorei a sinopse e os comentários, fiquei mega curiosa :)
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Eu tenho a coleção "As Brumas de Avalon" aqui em casa, comprei como presente para meu filho mas ainda não tive oportunidade de ler. Creio que o estou passando para trás na fila por não curtir tanto esse estilo de leitura =/
    De qualquer maneira, vale como sugestão :)
    Beijos, bom feriado =*

    ResponderExcluir
  4. Também virei fã de Marion Zimmer Bradley desde que li As Brumas de Avalon. Por gostar de história, mitologia, não tive como não ficar fascinada com a narrativa da autora. Apesar de ficar "com o coração na boca" em alguns trechos do livro, eu amei a história. Eu vi o filme Troia e apesar de ter gostado, nem se compara ao fascínio que o livro provoca.

    ResponderExcluir
  5. Ah, Gisela, vou aproveitar o espaço para agradecer o comentário do Rodolfo. Obrigada! Mas olha só quem fala em "belas palavras" ...

    ResponderExcluir
  6. Oiie Tudo Bom?
    Sempre tive muita curiosidade em ler esse livro, vi esses dias por 9,00 no Submarino e acabei perdendo ele.
    Bom gosto muito de história, na verdade sou apaixonada por tudo isso.
    Amei a indicação, vou fazer um esforço para comprar ele =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. OI!
    Eu nunca li As Brumas de Avalon. Parece que O Incêndio de Troia é bem forte e intenso, fora a proximidade com fatos reais. Achei a sinopse bem interessante.

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Cara este Marion Zimmer Bradley só escreve livro bom. É impressionante, e este com certeza já está na minha booklist

    ResponderExcluir
  9. Ganhei esse livro de presente de uma amigo professor de história. Apesar da diferença de perspectiva esse não foi exatamente um livro que me causou tanto impacto. Geralmente livros baseados em fatos reais são mais chocantes que a pura ficção. A invasão dos espanhois na América tem tanto sangue,que não sei como nossos rios não são vermelhos até hoje.

    ResponderExcluir
  10. Conheço a Marion pelos livros de As brumas de Avalon que li há algum tempo atrás e realmente posso dizer que a escrita dela é maravilhosa.
    Um dia talvez eu tenha oportunidade de ler também O Incêndio de Troia.

    Valeu pela indicação.

    Bjus

    Nâna

    ResponderExcluir
  11. Também sou muuuuito fã da Marion, e "As Brumas de Avalon" marcaram minha adolescencia. Vou colocar este ai na minha lista.

    Gisela, atualmente estou lendo um livro muuito bom: "O Filho de Ester" da Jean Sasson. Ainda não terminei, por pura falta de tempo, mas a narrativa é ótima e nos leva ao terrível tempo do nazismo de Hitler. Profundamente tocante! Vale a pena!

    bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir