acompanhe o blog
nas redes sociais

23.8.12

A Mulher do Viajante do Tempo [Audrey Niffenegger]

Ed. Suma de Letras, 2003 - 496 páginas:
       Como escritora novata, Niffenegger teve problemas para encontrar um agente para promover seu livro, que tornou-se um bestseller após um endosso do autor e amigo da família Scott Turow no The Today Show. – fonte: Wikipédia.


A seção Recomendado pelo Leitor foi criada para  melhorar a troca de informações sobre livros e aqui posto a resenha realizada por um Leitor participante do blog. Publico exatamente o que enviam, sem alterações. Participe Também!


Quem Indicou: Cristiane Dornelas

Nota: 

Opinião: Esse livro me chamou grande atenção pelo tema narrado na história: viagens no tempo.
Henry começa a viajar no tempo aos 5 anos de idade, após sofrer um acidente de carro que foi fatal para sua mãe. As viagens ocorrem involuntariamente e ele se vê perdido em um determinado ano – no passado, futuro ou até mesmo o presente – e sempre nu. Essa situação é sempre incomoda e ele se vê tendo de roubar, aprendendo a se virar desde garoto com os problemas que as viagens temporais acarretam.
Numa dessas viagens ele conhece Clare – o amor de sua vida – numa campina perto da casa dela quando Clare ainda era criança. Com o passar dos anos Henry acompanha o crescimento de Clare pelas viagens temporais que o levam até ela. No presente, Clare e Henry acabam se encontrando e a partir daí constroem uma vida juntos.

Porque indicou: O livro conta uma história maravilhosa e nos faz refletir sobre a vida através da vida desses personagens.

Pontos positivos: A mensagem final é linda e esse é o grande ponto positivo do livro para mim, por isso o livro como um todo vale mais do que 5 estrelas na minha opinião.

Pontos negativos: Um ponto negativo seria o tamanho, mais de 400 páginas. Mas só para aqueles que não gostam de livros enormes. Esse nem valeria como ponto negativo, mas foi o único que consegui citar. Ou, a leitura meio vai e vem que parece enrolar um pouco o leitor, porém isso acaba sendo necessário para entendermos muitas coisas da história em si.

Público: É Uma leitura extremamente gostosa e voltada para o publico jovem/adulto . Uma história verdadeiramente bonita, capaz até de trazer lágrimas aos nossos olhos – comigo aconteceu – e que vale cada segundo de leitura.
Vale ressaltar que o livro tem um filme, que no Brasil se intitula Te Amarei Para Sempre. Então para quem não conseguir conferir o livro, vale a pena dar uma olhada no filme.

Sinopse:

O livro narra a história do casal Henry e Clare. Quando os dois se conhecem Henry tem 28 anos e Clare 20. Ele é um moderno bibliotecário; ela, uma linda estudante de arte. Os dois se apaixonam, se casam e passam a perseguir os objetivos comuns à maioria dos casais: filhos, bons amigos, um trabalho gratificante. Mas o seu casamento nunca poderá ser normal.

comentários pelo facebook:

12 comentários em "A Mulher do Viajante do Tempo [Audrey Niffenegger]"

  1. Olá ^^
    Já li opiniões excelentes e opiniões bem ruins a respeito desse livro. Um dos pontos negativos levantados é exatamene a falta de ação em determinados momentos da trama. Apesar de tudo isso (e porque sou teimosa e gosto de conferir eu mesma as estórias) esse livro já consta da minha lista de leitura ^^
    Beijos, lindo final de semana =*

    @morenalilica
    Doce Insensatez

    ResponderExcluir
  2. Ainda não sabia sobre esse livro, mas o tema é ótimo. Viagem no tempo é um enredo sempre instigante e gosto muito. Não tenho problemas com grande número de páginas, desde que a história flua bem. Gostei muito da indicação.

    ResponderExcluir
  3. Gosto desse tema mas confesso que não me interessei em ler esse livro. Não pintou aquele clima de olhar e me apaixonar ou pela capa ou pela sinopse. Sou estranha mesmo para escolher um livro para ler.kkkk

    Um leve bater de asas para todos!!!

    ResponderExcluir
  4. Esse é um dos meus livros preferidos. Chorei taaanto com ele. A mensagem do livro é linda, e a a forma como se desenvolve a narração por mais que tenha várias indas e vindas não é nem um pouco confusa. Adoro demais e sempre que posso recomendo a alguém por que é simplesmente lindo!

    Beijocas!

    Mari - http://leitorete.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Nossa quero saber porque o casamento deles nunca poderá ser normal!Fiquei curiosa #queroler
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Nossa, não fazia ideia de que esse era o enredo do livro, parece encantador... Quem sabe entra nas minha próximas leituras...
    Ahhh e me desculpem os que só leem livros fininhos, mas eu prefiro os "tijolos", nos menores parece sempre que quando ia empolgar o livro acaba hushsuha

    Bjuss Gisela, seu blog é lindo!

    ResponderExcluir
  7. Eu dei esse livro de presente para a minha tia em 2010,e ela me disse que chorava ao ler.
    São livros como esse,que nos fazem chorar e pensar na vida,que eu considero os melhores.
    Ainda não li,confesso que antes vou me preparar psicologicamente e lerei com uma caixinha de lencinhos ao lado.
    O filme parece ser ótimo tbm
    bjs Nati

    ResponderExcluir
  8. Cara Cristiane, poucos livros me tocaram de forma tão profunda quanto este. A autora domina a arte de escrever como poucos. O amor é tratado com tanta poesia que cheguei a abrir mão da prosa para me concentrar no sentimento, na ampla gama de emoções presentes na fala das personagens. Ele se tornou um de meus livros preferidos. O filme é belo, mas não faz justiça ao livro. Recomendação mais que pertinente, é obrigatória a todo romântico que se preze.

    ResponderExcluir
  9. Olha minha indicação. Que fofo. Lindo não é? Ah é bom demais esse livro. Vale a pena mesmo gente.

    ResponderExcluir
  10. Eu vi este livro na Bienal e não comprei por não ter lido nada sobre ele ainda. Gostei bastante do que foi exposto na resenha, e não deixarei passar de uma próxima vez.

    Bjos!

    Cida

    ResponderExcluir
  11. Eu sempre achei esse livro atraente, pela capa e título. Mas nunca tinha lido uma resenha. Achei fantástico! Deve ser uma linda história. E livro, pra mim, quanto maior melhor!!!

    ResponderExcluir
  12. Tenho vontade de ler esse livro mas surgiu oportunidade ainda. Ano passado pude conhecer a autora e ver um bate-papo com ela na Bienal do Rio e autografei meu livro Uma Estranha Simetria. Já li em algum lugar que o filme não tem muito a ver com o livro, tanto é que no bate-papo a autora disse que só liberaria o direito de fazer filmes dos livros dela de novo se ela tivesse controle do roteiro.

    Bye

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir