acompanhe o blog
nas redes sociais

20.8.12

Cinquenta Tons de Cinza [E L James]

Ed. Intrínseca, 2011 - 480 páginas:
       São mais de 20 milhões de exemplares vendidos pelo mundo, desbancando títulos bem sucedidos como “Crepúsculo” e “O Código DaVince”. O Romance de estreia da inglesa E. L. James bateu recordes de vendas no Reino Unido, transformou-se em fenômeno e é um dos livros mais comentados em todos os cantos do planeta. – Tiago Zanoli, A Gazeta.



Polemico. Esta é a palavra principal com o qual eu defino o livro Cinquenta tons de cinza. Mas poderia acrescentar também instigante e perturbador.
Na onda dos Best-sellers eróticos, a autora conseguiu fazer um romance de tirar o fôlego, manipulando somente os sentimentos mais íntimos de um casal. O livro é totalmente focado no relacionamento entre Ana, uma jovem inexperiente, tímida e inteligente com o lindo bilionário Christian Grey, um homem que a princípio parece ser o príncipe encantado que toda mulher sonha, mas que na verdade esconde alguns mistérios perturbadores.  Christian é o que chamamos sexualmente de “Dominador” e só se interessa por este tipo de sexo.
Apesar do tema forte do livro, gostei de conhecer um pouco mais sobre o assunto, ao qual já tinha sido apresentada em Amante Liberto (IAN), através do Vishous, mas este nem de perto retrata esta realidade como Cinquenta tons de cinza.
Recomento para o público adulto, de ambos os sexos, pois apesar de ser um romance, é intenso e mexe com nossos sentimentos, nos fazendo pensar até onde vão nossos princípios. O que somos capazes de aceitar ou não por amor? O livro nos cria emoções ambíguas. A final, quem é Christian Grey? Mocinho, vilão ou vítima?
Simplesmente imperdível!

Obs: como Ana adora literatura clássica inglesa, aproveitei para anotar algumas dicas de livros que ainda não li, como Tess of the d´Urbervilles de Thomas Hardy.

Sinopse

Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seus próprios termos.


comentários pelo facebook:

31 comentários em "Cinquenta Tons de Cinza [E L James] "

  1. Hum... Não me interesso nem um pouco por esse livro, sério. Ainda mais por ser uma ex-fanfic de Twilight ¬¬' Por mais que digam que é ótimo, não consigo engolir, sem mencionar a temática que não faz o meu estilo de leitura kkk

    Bjos!

    Mundo Silencioso http://www.silentmyworld.blogspot.com.br/

    @BlogMSilencioso

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    Confesso que não gostei do livro... Estou até em duvida se resenho ele rsrssr
    Sou muito fã de literatura inglesa, morro de vontade de ir lá, só para procurar autores mais desconhecidos que ainda não chegaram até aqui, acho que eles tem um humor tão inteligente, gosto muito mesmo
    Bjosss

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li (nem tenho) o livro. Já li opiniões controversas sobre Cinquenta Tons de Cinza, mas confesso que estou curiosa com a história. E as suas 5 estrelas, Gisela, me deixaram ainda mais com vontade de ler. E pelo que tenho visto, por causa desse livro virão tantos outros com o mesmo tipo de "pegada". Pretendo ler, sim.

    ResponderExcluir
  4. Sou suspeita para falar desse livro,pq eu li os três em seguida,nem esperei sair aqui.
    O que posso dizer?
    Uma das minha séries preferidas.Dos três livros,por incrível que pareça (todo mundo prefere o 2º),o meu favorito é o primeiro.
    Adoro quando eles se conhecem,e o lado dom do Christian

    bjs Nati

    ResponderExcluir
  5. Esse livro está sendo bem discutido, ainda mais pelas mulheres pois muitas estão levando esse livro com a chave para a liberdade feminina, e outras dizem totalmente o oposto, que esse livro apesar de ser escrito por uma mulher é visto como uma obra machista que põe os princípios femininos igualado a nada. Eu sinceramente não vou poder me basear por opiniões pois estão muito diversas,e acho que isso é o que mais me motiva a ler. rs. A resenha está ótima. :))
    Beijos Gih! :**

    Mari - http://leitorete.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Uauuuuu... querida Gi, você saiu na frente de novo hein. Tenho uma certa fascinação (acho que todos temos) por livros eróticos e até despudorados. Eles nos libertam, nos dão uma dimensão ao qual não estamos familiarizados, por isso a curiosidade é absurda, suplanta o bom senso. É lógico que quero ler este livro também. Você deu 5 estrelas pra ele hein... hum... profundamente revelador rs. Brincadeirinha viu. Bjos.

    ResponderExcluir
  7. Oi Gi ^^ Estou lendo "50 Tons de Cinza", já passei da metade e confesso que estou adorando! Apesar do tema forte e polêmico, o livro tem colocações interessantes e o clima que a autora cria acerca do misterioso passado de Grey é muito instigante.
    Parabens pela resenha, super bem escrita ;)
    Beijocas, boa semana =*

    @morenalilica
    Doce Insensatez

    ResponderExcluir
  8. Bem, este livro me interessei por ele antes de ser lançado!Mas ao saber mais detalhes dele achei um pouco bobo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Jesuuuuuuiiiiixxxxxxxxxxx! Eu quero o meu! Eu PRECISO, PRE-CI-SO do meu urgente!!! *-* ai meu Deus, que maravilha de livro esse!

    ResponderExcluir
  10. Não sou puritana mas gosto de leituras que sejam mais românticas e não um manual de sexo explícito. A mídia fez um grande trabalho ao elevar esse livro mas não me interessei em lê-lo.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. Para quem gostou (ou até mesmo para quem não curtiu) do "50" existe um livro nacional que atrevo dizer ser bem mais legal: "REDES SENSUAIS". Com certeza voces acharão "Redes" muito mais excitante (e plausível) que o "50". A história reflete isso que acontece todos os dias, isto é, pessoas se encontrando no real e no virtual através da internet. Apesar da falta de marketing, o livro compensa pelo jeitinho mais "nosso" sem entretanto cair no lugar-comum ou abaixar o nível apesar do alto conteúdo erótico. Gostei e recomendo efusivamente!Recomendei para uma amiga que disse "Este livro parece um imã, depois que li os homens passaram a me olhar de uma forma diferente". Não tenho nada a ver com o autor, não ganho comissão, sou apenas uma fã. Se quiserem mais informacões eu achei este livro através do www.facebook.com/redessensuais

    ResponderExcluir
  12. Aaiaiai, esse é o livro assunto do momento... e mal posso esperar pra chegar o dia do encontro sobre ele, tenho muita vontade de lê-lo, e tá na minha lista...
    Já que vc falou em IAN, amei o primeiro e tô louca pra ler os próximos :)

    ResponderExcluir
  13. Para quem gostou (ou até mesmo para quem não curtiu) do "50" descobri um que atrevo dizer ser bem mais legal: "Redes Sensuais". Achei "Redes" muito mais excitante (e plausível) que o "50". A história reflete isso que acontece todos os dias, isto é, pessoas se encontrando no real e no virtual através the internet. Produto nacional, o livro tem um jeitinho mais "nosso" sem cair no lugar-comum. Porém, sendo Brasileiro não tem tanto destaque na mídia. Encontrei ele no FB, www.facebook.com/redessensuais não sei se existe página do livro na internet...

    ResponderExcluir
  14. A mídia fez muito auê em cima do livro e acho que não é isto tudo. Tem um monte de gente que já leu muito e-book com temas BDSM e "50" é "café com leite" perto destes livros. É interessante que o livro abril as portas e quebrou barreiras e agora quem sabe autoras melhores podem publicar seus livros aqui no Brasil tambem.

    ResponderExcluir
  15. Este é o livro que mais quero ler atualmente, e como desperta opiniões diversas.
    Acho que teve muita divulgação a seu respeito , o que nos atiçou mais ainda.
    Bjos!

    Cida

    ResponderExcluir
  16. Bom, a coisa mais certa a se dizer é que esse livro é polêmico. Não sei se vai fazer o meu tipo porque geralmente não gosto de livros nesse estilo, mas por tanto falarem (e por serem opiniões tão diversas) fiquei bem curiosa para ler e tirar minhas conclusões.

    ResponderExcluir
  17. Eu não compraria esse livro. Mas ganhei, e por isso vou ler. Sinceramente, eu nem sabia desta história dele ser Dominador até que fui a um evento de divulgação do livro. Não estou nem um pouco empolgada pra ler.

    ResponderExcluir
  18. Já resenhei ele no blog, fica meio difícil de falar em poucas palavras. O livro é interessante, mas me decepcionei MUITO. Abordar de forma até positivo a submissão das mulheres e a agressão, realmente achei desnecessário, teria diversas maneiras disso ser abordado. Mas enfim, o que mais me intriga, é como uma editora ótima pode colocar este livro perto de livros infantis, e ver muitas crianças menores de 15 anos comprando. Eu não iria querer um filho de 13 anos lendo isso.

    ResponderExcluir
  19. Sou uma das poucas pessoas que não tem interesse algum em ler esse livro. Sei lá, o tema não me atrai. Piorou a situação quando eu soube que a autora se inspirou em Crepúsculo para criar essa história rs

    Abraço!

    ResponderExcluir
  20. Gisela, sua resenha ficou maravilhosa!
    Já ouvi falar mto sobre este livro (e claro, tbm já comprei o meu). Ainda não tive a oportunidade de lê-lo (por mais que eu queira, e agora qro ainda mais), mas logo estarei viajando por entra as páginas de Cinquenta Tons de Cinza.
    Sua resenha me deixou mto mais curiosa, realmente ficou mto boa. Parabéns!

    ResponderExcluir
  21. oi
    bom, estou louca pra comprar, parece super interessante, alias de ser um livro de adultos, deve ser uma abordagem diferente dos outros livros que já li

    ResponderExcluir
  22. Oi pessoal, bom dia!
    Tudo que é novo nos causa estranheza mas isto não é motivo para de cara dizermos que não vamos gostar, é preciso conhecer ou ao menos tentar,ouvir o que outros tem a dizer e respeitar é necessário neste mundo. Livro é uma distração, é para nos divertir apenas isto, se vamos tirar lição disto é com a gente. Não é porque se trata de um assunto sobre BSM que vamos sair por aí praticando sadomasoquismo ou se lemos sobre vampiros vamos morder pescocinhos, né? Mas então!Eu não larguei o livro até acabar e isto prova o quanto a leitura foi boa, outra coisa através deste livro: conheci várias músicas e me apaixonei pela música Sexy on fire, que é uma verdadeira viagem, e muitas outras que nos faz voltar lá atrás com Bruce Springsteen... Aiai! FOI TUDO FICAR UM TEMPO COM O GRAY!!

    ResponderExcluir
  23. Gisela como sempre sua resenha está perfeita, li o cinquenta tons e amei logo de car e não aguentei esperar a venda do segundo e li no ebook mesmo e fiquei ainda mais apaixonada pela serie (e doida para ler o terceiro é claro ) O primeiro livro é muito bom mas eu amei mesmo foi e segundo , se lá achei ele com um ar de romantismo. Gosto né fazer o que . D qualquer forma amo Cristian grey.

    ResponderExcluir
  24. Estou louca pra ler esse livro, sua resenha está maravilhosa. Estou muito curiosa

    ResponderExcluir
  25. Nossa, leio tantas coisas a respeito do livro que estou até confusa. Até agora, não vi ninguém meio-termo em relação a obra: ou ama ou odeia.
    Fiquei com a impressão de que a história é vazia e os personagens não tão bem construídos. Mas lendo sua resenha, parece que não é bem assim.
    Não sei se curto tanto romances eróticos, mas até agora não li nenhum para tirar a prova. Pelo visto, 50 tons de cinza é uma boa pedida para começar.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Estou com muita vontade de ler esse livro, está fazendo tanto sucesso que me deixou curiosa para ver se é bom mesmo

    ResponderExcluir
  27. Eu li e fiquei pensando que o povo está fazendo muito alarde sem motivo. O livro não é bem escrito e a história é cheia de repetições, mas o que conquista o povo é o Grey. Você não consegue parar de ler e acho que isso se deve ao carisma do pesonagem, que mesmo estando em um papel incerto (vilão ou mocinho?), atrai pelo seu modo de ser.

    ResponderExcluir
  28. Sabe o que eu não entendo? O porquê desse livro estar em todos os rankings, em todos as listas de livros favoritos. Eu achei esse livro ridiculo (me desculpe as suas fãs), é apenas um livro para agradar, um livro que só as cenas de sexo importam. Eu achei que faltou uma história, uma coisa legal.

    ResponderExcluir
  29. Li por causa de sua fama, mas infelizmente, o livro é pessimo, sem história, e cansativo demais de ler, com uma linguagem muito mal utilizada.

    ResponderExcluir
  30. Quando um livro é muito citado, costumo ler para ter uma opinião formada e poder elogiar ou criticar. 50 tons de cinza foi um livro que me despertou curiosidade, por causa do número de pessoas comentando sobre e pela temática tão polêmica. Em suma, não consegui terminar de ler o livro. Parei na metade, porque o livro é muito ruim. Eu me divertia lendo, porque achava tudo muito cômico. Não achei as descrições boas, a protagonista é muito tonta e me lembra muito a Bella de Crepúsculo. Estou achando que a adaptação será melhor que o livro. Ou menos pior.

    ResponderExcluir
  31. Eu sou suspeita para falar de cinquenta tons pois sou apaixonada pela Trilogia.É uma série diferente com um tema diferente acho que por isso faz tanto sucesso.Não é só sexo ou só romance, é uma mistura que dá muito certo.A leitura me atraiu principalmente por que foi um outro tipo de leitura não é a que estava acostumada a ler mas acabei por me encantar com a Trilogia...

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir