acompanhe o blog
nas redes sociais

12.9.12

A Vida em Tons de Cinza [Ruta Sepetys]

Ed. Arqueiro, 2011 – 240 páginas:
       A vida em tons de cinza conta, a partir da visão de poucos personagens, a dura realidade enfrentada por milhões de pessoas durante o domínio de Stalin. Ruta Sepetys revela a história de um povo que foi anulado e que, por 50 anos, teve que se manter em silêncio, sob a ameaça de terríveis represálias.


A seção Recomendado pelo Leitor foi criada para  melhorar a troca de informações sobre livros e aqui posto a resenha realizada por um Leitor participante do blog. Publico exatamente o que enviam, sem alterações. Participe Também!


Quem Indicou: Tamires - Gaveta Abandonada

Nota: 

Opinião: É um dos meus favoritos. Tem uma linguagem simples e foi por causa dele que comecei a ir atrás de outros livros sobre a segunda guerra mundial. Ele mostra uma perspectiva diferente: aqui o principal tirano não é Hitler, mas Stalin - que matou muito mais pessoas e nem sempre é lembrado. E tudo isso é narrado pelo ponto de vista de uma menina de 15 anos.

Porque indicou: Ótimo para quem quer aprender um pouco mais sobre essa parte da história. Me fez chorar mais de uma vez...

Pontos positivos: Linguagem simples, história fácil de entender (nem sempre os livros históricos desse estilo são), emocionante. A capa é linda e o booktrailer também.

Pontos negativos: Poderia ter um capítulo após o final que explicasse melhor o que aconteceu com aquelas pessoas depois do encerramento da história.

Público: Para quem gosta do contexto de guerra e quer aprender um pouco sobre o lado do Stalin na 2ª guerra.

Sinopse:

1941. A União Soviética anexa os países bálticos. Desde então, a história de horror vivida por aqueles povos raras vezes foi contada.
Aos 15 anos, Lina Vilkas vê seu sonho de estudar artes e sua liberdade serem brutalmente ceifados. Filha de um professor universitário lituano, ela é deportada com a mãe e o irmão para um campo de trabalho forçado na Sibéria.
Lá, passam fome, enfrentam doenças, são humilhados e violentados. Mas a família de Lina se mostra mais forte do que tudo isso. Sua mãe, que sabe falar russo, se revela uma grande líder, sempre demonstrando uma infinita compaixão por todos e conseguindo fazer com que as pessoas trabalhem em equipe.
No entanto, aquele ainda não seria seu destino final. Mais tarde, Lina e sua família, assim como muitas outras pessoas com quem estabeleceram laços estreitos, são mandadas, literalmente, para o fim do mundo: um lugar perdido no Círculo Polar Ártico, onde o frio é implacável, a noite dura 180 dias e o amor e a esperança talvez não sejam suficientes para mantê-los vivos.

Blog:  http://gavetaabandonada.blogspot.com.br/
Twitter: @gaveta_aband
Facebook: http://www.facebook.com/pages/Gaveta-Abandonada/205776209514672


comentários pelo facebook:

18 comentários em "A Vida em Tons de Cinza [Ruta Sepetys]"

  1. Já tinha me interessado em ler esse livro após ler uma resenha super positiva sobre ele. Gosto de livros que mesclem a vida real com a ficção.Assim eles fazem com que o leitor pare para refletir sobre a própria vida.

    Valeu pela dica Tamires

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Adora livros com essa temática já l vários e eé mt bom ter mais um ponto de vista acerca dessa época.
    Valeu pelo diica o/

    ResponderExcluir
  3. Olá ^^
    Hum, não sou muito fã de livros sobre guerra =\
    A capa de "A vida em tons de cinza" me remete a um outro tipo de estória, sei lá... Não me animei :(
    Beijocas =*

    @morenalilica
    Doce Insensatez

    ResponderExcluir
  4. Adoro historias sobre a Segunda Guerra. Realmente existiram varios outros monstros nessa tragedia, além de Hitler que nem sempre são lembrados. Tenho esse livro mas ainda não li.Pretendo ler logo, tenho certeza que vou adorar. Bjksss

    ResponderExcluir
  5. Nossa comprei este livro faz tempo e ainda esta parado na minha lista de leitura!Adoro livros de guerra e achei interessante a mudança de ponto de vista sobre este período.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro só me chamou atenção por ter guerra, mas não é um que quero ler... Não achei muita graça..

    ResponderExcluir
  7. Nunca li livros sobre a segunda guerra, mas como eu adoro história me parece interessante. O livro inova justamente por mostrar um lado diferente do que estamos acostumados a ver por aí. Gostaria de ler :)

    ResponderExcluir
  8. Eu sabia que era um livro forte, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha a respeito dele. Parece ser muito bom e emocionante.

    ResponderExcluir
  9. adorei a capa do livro , o nome e a tematica , perfeito , abraçosss

    ResponderExcluir
  10. Não sabia que esse livro tratava da Segunda Guerra sob essa ótica. Achei bem interessante. Não estaria numa lista de leitura tão próxima, mas o enredo me agrada bastante. Gostei muito da indicação!

    ResponderExcluir
  11. É mesmo interessante ler um livro que mostra a 2° Guerra Mundial que não fale sobre Hitler. Gostei da capa do livro e não imaginava que a temática seria esta apenas lendo o titulo. Ótima indicação.

    ResponderExcluir
  12. Eu acho essa capa linda, a tempos tenho visto esse livro por aí e me interesso bastante. O contexto dele é bem diferente e parece ser bem interessante. Com certeza irei ler =)

    ResponderExcluir
  13. Primeiro eu gostaria de te pedir desculpas, eu pedi a parceria com o blog e fiquei super esperando a resposta >< Porem seu comentário avisando que aceitou foi para span e eu não vi, erro meu :/ Estou muito triste com isso, espero realmente que me perdoe e ainda aceite a parceria, coloquei seu banner como parceiro *-*
    Desculpe mesmo.

    Definitivamente é um livro que me interessou, adoro livros que contam coisas sobre épocas difícil como essa e sua nota ajudou mais ainda, é como você disse, aprende muito no contexto histotáctico.

    Beijos,
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  14. Eu já li esse livro e curti bastante. A autora pegou uma parte da guerra que muita gente não está familiarizado, fez uma grande pesquisa e criou essa história interessante.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Já vi várias resenhas positivas sobre esse livro, mas não me interessei em ler. Adoro livros históricos, mas não gosto que retratem tempos tão negros que me fazem acreditar que a humanidade não tem solução.
    Mas realmente vi resenhas bem positivas dele, pra quem gosta é um prato cheio.
    Bj

    ResponderExcluir
  16. Já tinha visto resenha a respeito desse livro e fiquei interessada. Agora lendo aqui me interessei mais ainda, o tema me atrai, tenho certeza que vou gostar

    ResponderExcluir
  17. Conheci esse livro a pouco tempo em um outro blog, achei a história bem interessante, adorei a sua resenha sobre ele estou mais curiosa ainda sobre o livro, espero em breve lê-lo dai posso dizer o que eu achei.
    Parabéns pela ótima resenha.

    ResponderExcluir
  18. Livro mais triste que já li na vida, mas tb é lindíssimo. Hoje em dia choro só de ver a capa, meu Deus, que livro maravilhoso, estraçalhou minha alma.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir