acompanhe o blog
nas redes sociais

20.5.14

Real, Vol. 1 [Katy Evans]

Ed. Novo Século, 2014 - 304 páginas:
      Remington Tate tem a reputação de ser um bad boy, dentro e fora. É conhecido também pelo corpo escultural e pelo poder, sexy e selvagem, que emana de cada gota de suor, levando toda e qualquer mulher que o veja a um verdadeiro frenesi. Em seus olhos, brilha um desejo brutal, devastador e real. Brooke, uma especialista em fisioterapia esportiva, é contratada para manter aquele corpo funcionando como uma máquina mortal. Esse parecia ser seu emprego dos sonhos, mas, ao circular pelo perigoso circuito de lutas clandestinas com Tate e sua equipe, Brooke passa a ser dominada por um novo sentimento, um fogo e uma necessidade com os quais ela não sabe lidar. O que começa com um simples flerte pode virar uma obsessão sexual incontrolável. Terríveis segredos serão revelados, e Brooke deverá lutar para manter-se sã, discernindo o que há de real e o que é pura ilusão em seus próprios sentimentos. 

Onde comprar:

Este foi um  livro que me conquistou pela capa logo de cara. E a impressão que eu tive enquanto lia o livro, foi que esta é uma versão adulta e melhorada de Belo Desastre. Remy, o bad Boy lutador, lindo e maravilhoso que leva a mulherada a loucura só com sua presença, mas que tem um certo drama do passado, tudo muito bem dosado. Foi paixão a primeira vista.

Brook foi bem irritante no começo mas aos poucos acabou me conquistando, ela é uma ex-atleta que viu sua carreira ir para o ralo após machucar o joelho numa competição. E que acabou de se formar em fisioterapia. Quando é convidada pela sua melhor amiga maluca (que adorei) Melanie para assistir uma luta clandestina, ela nunca imaginou que sua vida mudaria tanto a partir daquele momento. Quando os dois se olham, é irresistível a conexão que surge entre eles.

"Fico olhando pro palco enquanto o cara tira fora a capa de cetim vermelho com a palavra "Arrebatador" gravado nas costas, e os espectadores gritam e aplaudem enquanto ele lentamente gira o corpo para cumprimentar a todos, Seu rosto fica de repente diante de mim, iluminado pelos refletores, e fico ali feito uma idiota, só olhando para ele da minha cadeira. MEU DEUS.
Meu.
Deus.
Covinhas.
Uma maxilar escuro e sujo.
Sorriso de menino. Corpo de homem."


Após alguns acontecimentos Brook é convidada a ir ao quarto de Remy. E ela achando que ai ter uma noite de sexo selvagem, coitada. Na realidade, Remy a contrata como sua fisioterapeuta esportiva e sendo assim parte para um turnê de três meses com ele e sua equipe. Aí passamos a conhecer um pouco mais sobre a Brook, também tomamos conhecimento do nebuloso e conturbado mundo de Remy.

Remy é apaixonante e foi uma pena o livro não ser narrado por ele também, seria muito mais interessante se fosse narrado pelos dois. Remy é um lutador nato tanto dentro como fora dos ringues. Tem conflitos internos sérios, um instinto violento, com um temperamento forte e explosivo. E muito determinado em consegui o que quer.

"- Quando eu tomar você, você será minha - ele diz, uma promessa suave no meu ouvido. Desliza o dedo ao longo do meu maxilar, em seguida, delicadamente beija minha orelha. - Você precisa ter certeza".

Remy é bem caladão, e por problemas do passado se comunica muito através da musica, por isso ele sempre tem a mão o seu iPod para se comunicar com Brook, e essas foram as partes mais fofos do livro, toda vez que uma musica era citada, eu assistia ao clipe (vídeo) com a legenda é claro e as letras fazem todo o sentido na historia. Os dois trocam musicas com seus aparelhos durante as viagens, momentos importantes e íntimos. Tudo Muito Lindo....

Pontos negativos. A autora fez o famoso enche linguiça com vontade... Não sei como a autora consegue achar tantos adjetivos pra falar a mesma coisa. Sem contar que ela tem assunto de sobra para se aprofundar, espero que isso aconteça no próximo livro. Que não gaste tantas paginas com Brook falando o quanto esta excitada pelo Remy ou sendo tão repetitiva. Desde o inicio tem uma tensão sexual e sentimental muito forte entre os dois, mas a autora ficou amarrando a historia durante muito tempo, gerado uma frustração nos personagens e principalmente em mim. Sem contar nas descrições exageradas e sem necessidade, chegando ao ponto de descrever três paginas em um beijo e suas sensações.

"Como ele se atreve.
Fazer com que eu o deseje tanto assim.
Oferecer o trabalho dos meus sonhos, e então se tornar o centro da minha proporia existência, até que fique pronta a arriscar tudo por ele. Meu trabalho. Manha família. Meus amigos. A cidade onde cresci.
Como se atreve a me tocar no chuveiro, e me beijar como se quisesse me comer em cada em cada refeição até morrer. Como ele ousa ser minha fantasia, ganhar vida e só brincar e me torturar até que eu não suporte mais. Eu costumava ouvir Melanie reclamar e xingar e então eu dizia a ela: "Mel ele é só um cara. Levanta a cabeça e vá para o próximo". E agora estou virada por causa de um homem, e meu próprio conselho não vale nada, por que não há outro homem como esse pra mim."


Esse é o primeiro volume de uma saga de cinco livros, mas somente três giram em torno do casal.

Play List de REAL
Love Song - Sara Bareilles
Goo Goo Dolls - Iris (Tradução - Cidade dos Anjos)
Glotra Gaynor - I Will Survive
Def Leppard - Love Bites
Usher - Scream Legendado
Survivor - High On You
Journey - Any Way You Want It
Norah Jones - Come Away With Me
Peter Gabriel - In your Eyes -
Avril Lavigne-I love you
Alicia Keys - That's When I Knew
Kiss me - Ed Sheeran - Traduzido
Selena Gomez-Love You Like A Love Song
Kelly Clarkson - My Life Would Suck Without You
Beyoncé - Flaws And All - My Version
Gym Class Heroes: The Fighter ft. Ryan Tedder

Cortesia da Editora Novo Século
Adriana Macedo
Sou Adriana do blog Meu Passatempo blá blá blá moro em Vila Velha - ES. Troco qualquer balada pela tranquilidade do meu lar. Adoro ler, musica alta, series e filmes. Exatamente nessa ordem. Simples assim.

comentários pelo facebook:

19 comentários em "Real, Vol. 1 [Katy Evans]"

  1. Não curto muito esse estilo (apesar de gostar de um ou outro livro) e não fiquei tão animada com a leitura de Real. Acho que toda essa enrolação da narrativa me deixa cansada antes de ler.
    Pontos positivos (que podem me fazer mudar de ideia uma hora dessas): Relacionamento dos personagens e personalidade do Remy.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, Adriana. Gostei da sua resenha e das observações feitas sobre a escrita que se repete, isso também me deixa irritada. Não é raro ver o personagem insistindo no mesmo pensamento, comentando sobre o mesmo sentimento usando frases diferentes para dizer a mesma coisa, isso cansa o leitor!
    Reclamações à parte, fiquei curiosa exatamente por você considerar o livro como "uma versão adulta e melhorada de Belo Desastre".Apesar de não ter lido o livro, sei do furor que causou entre as leitoras, especialmente.
    Uma coisa, porém, me incomodou: ela é fisioterapeuta (minha profissão) e vai se envolver com o paciente, rsrs... cadê a ética, doutora Brook? É claro que pode acontecer, mas achei que ela é muito sensível a bonitões, isso pode ser um problema, hahaha, mais ainda se trabalhar com atletas!
    Gostei do livro, deu vontade de ler, sim.
    Beijo!

    Fiz esta resenha aqui e adorarei saber sua opinião: Ler para divertir

    ResponderExcluir
  3. Oi, Adriana
    Adorei a sua resenha. Estou louca para ler esse livro. Gostei muito de Belo desastre e como você disse que Real é uma versão adulta dele, sei que vou amar.
    Achei interessante o protagonista se comunicar através da música, muito legal.

    ResponderExcluir
  4. Ai meu Deus! Um beijo em três páginas!! Deve ter sido uma leitura muito enjoada!
    Risquei da minha lista de desejados, porque não gosto quando enchem linguiça :(
    Beijoo, Gabe!

    mundomagicolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu gosto bastante do estilo, amei Belo Desastre. Mas esse enche linguiça que a autora fez, não me chamou a atenção. Como assim a pessoa fala sobre um beijo em três páginas? totalmente desnecessário. rs Se eu tiver oportunidade de ler, eu leria. Mas já não vou com tanta cede ao pote. Disso tenho certeza.

    ResponderExcluir
  6. Me interessei por este livro quando vi as resenhas.
    Fico feliz que tenha gostado, pois sua avaliação foi boa.
    Mas o que me desanimou a ler ele é que faz parte de uma série. Eu já tenho tantas séries que nem comecei a ler aqui na minha estante, que vou dar um tempo delas..rs

    Blog: livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br
    Fanpage: facebook.com/livrosvamosdevoralos

    ResponderExcluir
  7. Adri, eu não leria este livro no momento.
    Eu não curti a capa.
    Não gosto quando mostra corpos sarados, suados e tudo mais... acho muito brega.
    A estória até me parece boa, até porque você gostou e eu levo isso em consideração.
    Achei bacana a intensidade com que a estória, "O romance" acontece...a questão de separar o real da ilusão...
    Não sei se lerei um dia, mas vou anotar a dica!

    ResponderExcluir
  8. Eu amo esse livro
    Remy é tudo de bom
    To relendo ele agora, li ano passado
    Tive que comprar pq é perfeito!

    ResponderExcluir
  9. Esse livro não me chamou a atenção. E agora sabendo que ele tem umas partes com encheção de linguiça e descrições à torto e à direita, bati o martelo. Não o lerei.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. O livro não me chamou a atenção... não é algo que leria... meu gosto diz que não tera bons momentos.

    ResponderExcluir
  11. Oiee,
    já ouvi falarem bastante desse livro, na maioria das vezes muito bem, todas amam o Remy.
    Porém pra mim ele meio que passa a ideia de cópia de Belo Desastre, pode até não ser, mas sempre que ouço alguém falar desse livro acho que estão falando do outro de tão parecido que eu acho.
    Então como não gostei tanto assim de Belo Desastre, fiquei com um pé atras em relação a esse, ainda não sei se quero lê-lo.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia o livro, mas como gostei de Belo Desastre, fiquei bem interessada nessa história, além do que, sua resenha foi muito bem explicada e fundamentada e acho que a história desses dois vai render. mesmo que não tenha o ponto de vista dele, quem sabe mais para frente a autora não escreve sob o ponto de vista dele, já que com Belo Desastre aconteceu isso.

    ResponderExcluir
  13. A premissa é de um romance quente que parece que demorou a se desenvolver.
    Uma pena que a autora tenha essa escrita repetitiva, às vezes uma série poderia ser resumida em um livro por esse defeito... mesmo assim, fiquei interessada na história. :)

    ResponderExcluir
  14. Não sei se quero ler esse livro. O começo que descreveu é tão Belo Desastre e eu não gostei desse livro. Talvez se eu tiver paciência um dia pra essa enrolação eu leia.

    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  15. Não me apaixonei pela capa, mas adorei a relação do playlist. Com relação aos excessos de adjetivos, realmente isso é irritante em uma obra, mas vou relevar e pretendo ler este livro.

    ResponderExcluir
  16. Amei a capa e o Playlist , mas o fato da autora descrever três paginas em um beijo e suas sensações, não sei se terei paciência para ler este livro.

    ResponderExcluir
  17. Me interessei pelo livro mas não sei se iria gostar.

    ResponderExcluir
  18. Eu já não gosto muito de livros hot e havendo "encheção de linguiça", então... desse eu passo longe!! Mas tenho que confessar... fiquei apaixonada pela capa!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir