acompanhe o blog
nas redes sociais

22.9.14

Lost Boys [Lilian Carmine]

Lost-Boys-Lilian-Carmine
Ed. Leya, 2013 - 464 páginas:
      Joey Gray acaba de se mudar para uma pequena e estranha cidade, e está se sentindo um pouco perdida. Até que ela encontra um garoto misterioso e encantador bem próximo de sua casa. Mas Joey mal suspeita que Tristan Halloway tenha um bom motivo para estar sempre vagando pelo cemitério da cidade... Perfeito para fãs de Stephenie Meyer e Lauren Kate, Lost Boys é uma história romântica e mágica entre uma garota e um fantasma. O destino os aproximou. Mas poderá também separara-los? 

Onde comprar:


O Verdadeiro Amor Nunca Morre

Lost Boys é um romance Young Adult onde a autora consegue retratar os problemas e apreensões de uma turma de jovens sem pieguices, contando sua história de uma forma adorável. Deve ser por isso que em seu primeiro romance conquistou este público com milhares de livros vendidos.

Joey Gray é uma adolescente de 17 anos um pouco diferente da maioria, vive só com sua mãe, pois perdeu o pai muito cedo. Joey não se importa com sua aparência, gosta de usar roupas largas e não se interessa muito por garotos. Até que numa visita acidental ao cemitério da cidade conhece Tristan, um jovem educado, com um sorriso encantador, que arrebata seu coração.

Joey passa então a fazer visitas constantes ao cemitério, já que Tristan deve trabalhar por lá, e os dois se tornam amigos. Na noite de ano novo, Joey descobre que Tristan não é um garoto normal como os outros, pois ele é um fantasma. Isso abala suas estruturas e ela passa mal, tropeçando e caindo de cabeça no chão. Neste exato momento uma espécie de magia é disparada, tornando Tristan humano novamente. Sua mãe, também presente quando tudo acontece, leva Tristan para casa, e as duas prometem ao ex-fantasma, ajuda-lo a se adaptar neste novo mundo. 

É uma história além de tudo divertida, não se concentra somente no casal protagonista. Quando Joey vai estudar num colégio interno, acaba indo parar no dormitório masculino, confusão causada por possuir um nome de menino, isso a leva a conhecer Seth e seus amigos Harry, Sam e Josh. E não para por aí, ela conseguiu irritar no primeiro dia, Tiffany, a garota mais rica e popular da escola. E a confusão só aumenta quando Tristan, ajudado por sua mãe, que lhe arrumou uma identidade falsa, vai estudar lá passando-se por seu meio irmão.

Não espere muito do lado sobrenatural, pois não chega a ser bem explicado o "porque" de como tudo isso foi possível, a trama acaba se desenrolando para o cotidiano desta turma na escola, mas mesmo assim cativa o leitor. Inclusive eu, na minha faixa etária, me diverti bastante, pois os personagens são todos encantadores.

Depois descobri que é uma trilogia (mas quem quiser ler só o primeiro, não se preocupe, porque o livro tem um final) e que a autora do romance fantasmagórico é a paulistana Bruna Brito, de 35 anos. Ela escolheu o pseudônimo Lilian Carmine para assinar a obra com medo de se expor se a trama fosse rejeitada (Veja), mas ao que tudo indica, já é um tremendo sucesso. 


Cortesia da Editora Leya

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "Lost Boys [Lilian Carmine]"

  1. Não conhecia o livro, mas acho que deve realmente ser divertido.
    Sempre comento que não gosto de seres fantásticos/místicos, mas acho que esse "ex-fantasma" pode ser uma redenção. rs
    Gostei do fato do livro não focar tanto no sobrenatural, mas sim no cotidiano dos personagens, que, por sinal, parecem cativantes.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. uauuuuu... adoro premissas fantasmagóricas e se tiver uma pitada de romantismo tanto melhor. fiquei curioso em saber como as coisas se darão, como irão resolver o impasse de conviver com alguém fora (ou dentro) de nossa realidade física. confesso que quando a história é bem contada me preocupo menos com o "porquê", viajo apenas ao sabor das palavras. há amigos meus que têm certa dificuldade com isso (né Chrysthie?), mas aí vai de gosto pessoal. por ser uma trilogia vou aguardar os outros, mas desde já quero ler este livro. bela resenha fazendo o bolso coçar e o dono do cartão de crédito correr pra olhar o saldo. :D

    ResponderExcluir
  3. Eu ganhei esse livro, mas ainda não li por se tratar de uma série, amei saber que ele tem fim, pois já posso ler, agora sobre a autora ser brasileira me surpreendeu, nem imaginava e fiquei feliz pelo sucesso do livro!

    ResponderExcluir
  4. Achei interessante a autora ter medo das críticas, por isso o pseudônimo. Hoje em dia tá virando modinha ter um. Sobre a trama, parece ser bem gostosa de ser lida. Mas acho que poderia ter sido explicado melhor o porquê das coisas. No entanto parece ser uma leitura bacana, daquelas de fim de tarde.
    Se eu tiver oportunidade de ler algum dia, lerei com certeza.

    ResponderExcluir
  5. O livro parece ser completamente cativante, mas o lado sobrenatural poderia ter sido desenvolvido melhor, acho que ficaria ainda mais interessante, visto que a proposta é bastante curiosa. Nunca li nada sobre fantasmas que se envolvem com humanos, e acho que iria gostar de conhecer um casal inusitado assim. Mesmo assim gostei muito da história, a trama parece ser bastante surpreendente. A capa é linda também!

    ResponderExcluir
  6. Devo confessar que me desinteressei na parte do tornando Tristan humano novamente.... achei muito estranho essa de fantasma se tornando humano novamente....

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto dessas histórias que se passam em um colégio interno. Mas o que achei legal também foi esse "pré-colégio". Fiquei curioso pra ver todo o desenrolar do encontro do casal no cemitério, até as confusões no colégio. Apenas lendo essa resenha, senti que essa parte sobrenatural não tão tocada assim, não interfere muito no desenrolar da trama. Fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Achei genial a criatividade da autora e ainda mais de ser uma paulistana que usou de pseudônimo com medo da rejeição da obra. Acredito que isso hoje em dia está bem comum e ela soube escrever um livro que está fazendo um baita sucesso.
    Adorei a resenha e esse livro me interessou, Gi.

    ResponderExcluir
  9. Eu gostei da resenha, mas achei que o livro podia explicar mais sobre o ex-fantasma, ao invés de se ater ao convívio escolar.
    Por causa disso eu perdi um pouco o interesse inicial.
    mas como tem continuação talvez esta parte se desenrole.
    Eu preferia que fosse livro único, mas fazer o que, hehe!

    ResponderExcluir
  10. A história parece ser legal e leria com certeza Lost Boys. Só achei um pouco confuso, principalmente pelo fato de não explicar bem como um fantasma pode voltar a ser humano. Como é uma trilogia deve ser abordado isso nos próximos. E claro, amei o fato de ser uma autora nacional. Fico super feliz de estar fazendo sucesso e mais do que nunca devemos apoia-la.

    ResponderExcluir
  11. Como é que uma pessoa faz uma visita acidental ao cemitério??
    Gosto mais de tramas realistas, quando descamba pro sobrenatural desanimo...

    ResponderExcluir
  12. Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas amei a premissa dele! Não costumo gostar de histórias fantasiosas, mas esse me intrigou demais... Seria ainda mais inovador caso ele continuasse fantasma e eles namorassem, mas mesmo com ele se tornando humano foi bem diferente... Por mais que seja um Young Adult eu lerei sim, pq já estou curiosa pra saber mais...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  13. Já conhecia o livro e um pouco da história ate tenho ele aqui, mas até hoje não tinha visto nenhuma resenha dele... Gostei bastante de saber mais sobre o livro, só fiquei triste por não saber bem como a parte sobrenatural ocorre... Fiquei sem saber se era pq não foi bem explicado ou pq seria em outro livro...
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Nao sei se gostaria da parte sobrenatural, ja que ela não foi bem explicada, mas por outro lado adoro livros divertidos e leves, é sempre isso que procuro nas minhas leituras!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir