acompanhe o blog
nas redes sociais

1.9.14

Os Hudson de Beverly Hills 2/3 [Barbara Dunlop e Emily Rose]

Ed. Harlequin, 2014 - 320 páginas:
      CENA DE DESEJO – BARBARA DUNLOP
Se havia algo que Charlotte Hudson aprendera durante seus 25 anos de vida era como ser adequada. Então, como ela, a filha de um embaixador, tinha conseguido parar em uma filmagem maluca no meio de um castelo na Provença com o playboy francês Alec Montcalm? Enquanto os parentes dela da Hudson Pictures estavam ocupados gravando cenas no Chateau Montcalm, o verdadeiro drama acontecia atrás de pesadas portas centenárias e debaixo de lençóis de seda. Charlotte sabia que aquele caso insano e secreto não poderia durar muito. Até descobrir que estava grávida…
CENA DE OUSADIA – EMILIE ROSE
Sob a pressão matadora de Hollywood, o produtor de cinema Max Hudson era um mestre na arte de fazer acontecer. Para seu desespero, a aproximação de um prazo final o estava deixando com a corda no pescoço, por isso ele não permitiria que ninguém, nem nada, cruzasse seu caminho… Especialmente sua assistente de longa data, Dana Fallon. Afinal, o sistema nervoso e a libido de Max haviam sido abalados . 

Onde comprar:

Os Hudson de Beverly Hills é uma série de 3 volumes, onde cada um é composto por 2 histórias. Os livros contam a saga de uma das famílias mais poderosas de Hollywood, os Hudson. Cada uma das 6 histórias é escrita por uma autora diferente, mesmo estando relacionadas entre si, e contam a vida de um dos integrantes desta família. Este é o segundo livro da trilogia, onde os Hudson se reúnem para produzir o longa-metragem sobre a história de sua família…Com filmagens em várias partes do mundo!


Em CENA DE DESEJO de BARBARA DUNLOP,  Charlotte Hudson foi criada na Europa por seus avós maternos, enquanto Jack, seu irmão, foi criado em Hollywood, pelos Hudson. Ela encontrou a dinástica família do ramo cinematográfico apenas duas vezes, e apesar de terem sidos muito educados para com ela, deixaram claro que ela era uma forasteira. 

Agora Charlotte recebeu o telefone de Jack, pedindo-lhe ajuda. Ele precisava dela para conseguir a locação do Chateau Montcalm onde queriam gravar cenas do longa-metragem sobre a história de sua família. Charlotte então vai a procura de sua aristocrática amiga Raine, dona do Chateau, mas quem ela encontra é seu irmão Alec Montcalm, um playboy francês que já mexeu com os nervos de Charlotte três anos atrás, e a última pessoa que ela gostaria de voltar a encontrar. Mas para conseguir que Jack filmasse no Chateau, Charlotte deveria ficar junto com Alec semanas a fio...

"Ela poderia resistir o quanto quisesse, racionalizar quanto quisesse, mas a verdade era que ela se sentia atraída pelo homem."

Em CENA DE OUSADIA de EMILIE ROSE, num momento em que a Hudson Pictures estava correndo contra um irrevogável prazo nas filmagens deixando o produtor Max Hudson estressado, nada de pior poderia acontecer do que receber o pedido de demissão de sua assistente, Dana Fallon.

Dana amava Max, mas depois de 5 anos trabalhando juntos, onde Max nunca dera um sinal de interesse, já estava na hora de Dana aceitar que ele amaria sua falecida esposa para sempre. Agora que recebeu uma proposta de emprego de uma amiga, Dana percebeu que era hora de assumir o controle de sua vida e buscar a carreira e a família que queria, afinal ela sempre sonhara em produzir seus próprios filmes.

"- Não é um chilique, Max. É a minha carreira."

No início do livro existe uma página com a arvore genealogia dos Hudson para o leitor se familiarizar com os integrantes da família.

Cortesia da Editora Harlequin

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

19 comentários em "Os Hudson de Beverly Hills 2/3 [Barbara Dunlop e Emily Rose]"

  1. Já li alguns da editora, e gostei bastante. Mas esse não me chamou a atenção, acho que principalmente por onde é ambientado. E os personagens pelo que você comentou, das duas histórias, não me chamaram a atenção, não me cativaram. Acho que esse livro não é muito pra mim não... Mas quem sabe um dia eu venha a ler. Apesar de não ter vontade, nunca se sabe. rs

    ResponderExcluir
  2. Achei genial a ideia da árvore, Gi.
    Confesso que Bervely Hills marcou a minha infância com muitos filmes e séries que tratavam com maestria e se passavam por lá.
    A história parece bem gostosa para se ler em alguns pontos, em outros eu me vi sem entusiasmo.
    Gosto de histórias que retratam de forma mais com cenas antigas e histórias do passado, como é esse o caso. Mas não me cativou muito. Não tenho um feeling muito bom para livros dessa editora, por tratar o romance tão clichê e enjoativo, em alguns casos.

    ResponderExcluir
  3. Não sei se gostei ou não da história, masva resenha do primeiro livro me cativou muito e quero muito ler a serie! Não conheço muito o trabalho da editora, mas acho que não irei me arrepender de embarcar nesses romances!

    ResponderExcluir
  4. Adoro estes livrinhos, mas meu queridinho sempre sera os historicos rs.
    EU gosto quando colocam uma arvora ou so em ordem mesmo os familiares pra não ficarmos perdidos em livros que são parte de uma serie e uma lonnnga familia rs.
    Não sei se leria este livro, pois o casal protagonista não chega a chamar minha atenção,
    mas acho legal o livro ter uma mocinha que vai atras do que quer e não fica esperando as coisas acontecerem..livrai me das mocinhas bobas rs,
    beijos.

    ResponderExcluir
  5. Não é o tipo de livro que gosto de ler, mas a história parece legal, ele seria mais um daqueles livros que alguém me emprestou quando eu estava desesperada para ler e sem nem um livro melhor em mãos rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Acho que essas histórias são bem daquele tipo para se ler quando se tem tempo e está meio enjoada do que está lendo. Eu até gostei do enredo mas tenho tanto livro pra ler que teria que encaixar entre um e outro, pra ver se dou conta.

    ResponderExcluir
  7. Comecei no ramo literário lendo livros da Harlequin, por isso tenho um imenso carinho pela editora e por todas as suas história. Apesar disso, confesso que não é meu gênero preferido, pois as tramas costumam ser um pouco previsíveis e iguais demais, mas as capas sempre arrasam, e acho a estratégia de duas história por livro um presente e tanto para o leitor.

    ResponderExcluir
  8. Como estou começando a me interessar pelo gênero (depois de muita resistência! rs), ainda não curto muita coisa.
    Apesar de se ter esse lance de genealogia e família que eu gosto, essa história em particular não me animou, pois não parece ter nada de muito novo e nem ser "a mais" envolvente.
    bjs

    ResponderExcluir
  9. A arvore genealógica ate pensei: "legal" ... mas meu não tenho muito feeling com a editora.

    ResponderExcluir
  10. Eu não sou muito fã deste tipo de estória.
    Eu não gosto das capas da Harlequim, mas mas enfim...
    Achei bacana o enredo. A família poderosa e fazer um filme sobre... mas não achei nada de mais.
    E coitada da Dana... amar alguém por tanto tempo. Acho que ela demorou para cair fora...

    ResponderExcluir
  11. Oi, Gi
    Acho legal essa ideia de contar a história de uma família em livros separados, cada um dando foco para um dos herdeiros. Isso faz o leitor conhecer um pouquinho mais sobre a personalidade de todos os parentes e entender a família nessa dinâmica particular de cada integrante.
    Lembrei dos Bridgertons, cada irmão com sua história individual.
    Bela dica!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Oieee
    Eu tenho um enorme problema com essas capas da Harlequin,não consigo de forma alguma gostar delas.E as duas histórias são bem interessantes mas a primeira me cativou um pouquinho mais,porém não curto muito enredos que se passam em HollyWood,acho esse mundo das celebridades meio irritante.Adorei saber que há uma árvore genealogia no inicio pois é difícil saber todo mundo que faz parte dessa família.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi Gi!
    Deixa eu ver se entendi, a Charlotte vai ter que dormir com o cara pra conseguir a locação do Chateau? Se for isso mesmo já não curti aí, odeio quando a personagem "se vende" assim. Aliás, também não fui com a cara da segunda história kkkkk quando a mulher finalmente se toca e vai atrás de coisa melhor o chefe resolve dar bola? Isso acaba com a minha alegria.

    ResponderExcluir
  14. Achei interessante a série ser escrita por autores diferentes. Isso deve dar um tom bem diferente, afinal cada autor tem a sua forma de criar os seus personagens e desenvolvê-los.
    Fica a dica para quem curte esse estilo literário, ;)

    ResponderExcluir
  15. As vezes por ser da editora Harlequin varias pessoas não gostam, eu amo as historias e o preço né...
    Achei super legal essa serie ser escrita por autoras diferentes, assim podemos ver os mesmos personagens de varias formas...

    Abçs :)

    ResponderExcluir
  16. Não sei da onde a Harlequin tira essas capas rsrsrs as histórias parecem legalzinhas, mas naão me empolguei não e você deu ainda nota 3 rsrs A ideia da Arvore é legal já vi isso em outras series e ajuda bastante o leitor :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. O que achei interessante nessa série é que cada história é contada por uma autora diferente. A parte legal é que essas tramas não cairão na repetição de séries que são escritas pelo mesmo autor. Apesar das tramas serem bem clichês, os estilos e as narrativas são completamente diferentes, e isso dá um frescor na série.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  18. Gosto bastante dos livros da Harlequim, e este não poderia ser diferente... A proposta de fazer uma série escrita por 6 autoras diferentes é bem intrigante, e o próprio fato de ter 2 histórias no mesmo livro já me faz curiosidade para ler... Fiquei interessada para saber mais a fundo sobre esses livros... E desses dois fiquei bem curiosa para ler o primeiro, afinal sempre é divertido encontrar com alguém que mexia com os seus nervos no passado kkk
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia essa série, hoje eu leio poucas séries da Harlequin, estou mais para os livros únicos que são rapidinhos de ler. Eu achava mais legal quando era 1 livro por série, na hora de marcar no skoob só tem como marcar "lido" as 2 histórias juntas e eu só li uma história.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir