acompanhe o blog
nas redes sociais

8.10.14

Filha da Ilusão, vol. 1 - Herdeiros da Magia [Teri Brown]

Filha da Ilusão, vol. 1 - Herdeiros da Magia [Teri Brown]
Ed. Valentina, 2014 - 288 páginas:
      Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini – ou, pelo menos, é o que Marguerite alega –, os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truque mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro. 

Onde comprar:



Anna Van Housen, de dezesseis anos, sempre quis levar uma vida normal, mas cresceu viajando de cidade em cidade, se apresentando com a mãe em circos, teatros e onde houvesse espaço para demonstrar as habilidades de sua mãe como sensitiva e ilusionista. Mas o que incomodava Anna eram as "sessões" onde sua mãe dizia entrar em contato com os mortos. Na verdade, Marguerite Van Housen não tinha quaisquer dons paranormais, mas tinha muito talento para fazer com que as pessoas acreditassem nela. E não me refiro à nada caricato ou cômico: Madame Van Housen era realmente muito persuasiva e as pessoas de fato acreditavam nela e era isso o que incomodava Anna, por se aproveitar da credulidade das pessoas para ganhar dinheiro.

Por outro lado, as apresentações de ilusionismo encantavam Anna, que gostava de estar sob os holofotes e impressionar o público. Mas sem que sua mãe soubesse, Anna percebeu que tinha dons diferentes: começou a ter premonições, podia sentir as emoções das pessoas ao tocá-las e chegou mesmo a fazer contato com espíritos.

Anna cresceu acreditando que seu pai é Harry Houdini (1874-1926), um dos mais famosos ilusionistas e escapistas já conhecidos, que nasceu na Hungria mas emigrou para os Estados Unidos quando ainda era uma criança. Esse é mais um dos pontos interessantes desse livro, essa mistura entre o real Houdini e os personagens de ficção da autora.

A história se passa em Nova York de 1920 e a autora foi muito feliz na caracterização da época e na ambientação dos personagens. As cenas dos shows de ilusionismo são muito bem descritas e é possível sentir a atmosfera de mistério que envolve os espetáculos.

Eu classificaria esse livro como uma história de suspense porque somos enredados por uma série de informações que nos levam ora a suspeitar de um, ora a suspeitar de outro, porque sim, mãe e filha Van Housen têm inimigos e não fica claro quem está de qual lado. Mais um ponto para a autora que nos dá várias possibilidades para exercitar nosso lado investigativo.

Sim, temos algo de romance, mas Anna não faz o estilo da mocinha convencional e em alguns momentos ela parece mais madura do que a própria mãe, que aparenta ser mais superficial.

A história é contada em primeira pessoa pela própria Anna, que está repleta de dúvidas: o grande Houdini é mesmo seu pai? De onde vêm seus dons e porque ela não consegue controlá-los? Quem são os amigos e quem são os inimigos?

"Filha da Ilusão" é o primeiro livro da trilogia "Herdeiros da Magia" e eu recomendo a todos que querem uma história com um tema diferente e muito bem escrita.


Cortesia da Editora Valentina

Paranaense, administradora financeira e mãe. Não consigo imaginar minha vida sem os livros e leio por puro prazer, vivendo histórias e conhecendo novos lugares e pessoas a cada página aberta.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

26 comentários em "Filha da Ilusão, vol. 1 - Herdeiros da Magia [Teri Brown]"

  1. Gosto muito da premissa desse livro. Adoro magia, e essa narrativa parece ser um prato cheio sobre esse tema, Acho que no lugar de Anna também ia ficar decepcionada com as enganações da minha mãe, e um pouco assustada com os dons surgindo. Acho a capa maravilhosa, e a sinopse instiga muito a minha curiosidade. Com certeza seria um livro que leria!

    ResponderExcluir
  2. Oiee.
    Logo de cara vi que esse livro não é pra mim, isso de ilusionismo e afins me incomodam bastante, então é melhor não forçar a barra e tentar ler a todo custo porque sei que vou acabar abandonando.
    Ou seja, vou deixar pra que curte.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  3. Oi Vanilda, pelo visto mais uma trilogia para por na pilha. Não tinha lido ainda resenha deste livro e gostei do que vi. Estou terminando outras séries e trilogias, e esta com certeza será lida.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Va. Adorei a premissa da obra ter romance, mas não ser aquela coisa toda convencional e melosa. Mas ser uma história mais madura. Me interessei pela obra e pela série.

    ResponderExcluir
  5. Que legal! Mais um livro, aliás uma série para a minha lista de leitura, gostei demais do que li na resenha e estou curiosa e ansiosa para conhecer a história.

    ResponderExcluir
  6. Esse Livro tem uma premissa impressionante e a cada resenha dele que eu tenho o prazer de ler, mais a minha vontade de fazer a leitura dele se intensifica.
    Fora que acho essa capa incrível, muito linda!
    Beijos
    ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir
  7. Gosto da ideia central da história, só não sei se seria algo que me prendesse... Livros que se passam por volta dos anos 20/30 não costumam me chamar a atenção, e já li algumas resenhas que me desanimaram um pouco a ler... Interessante haver uma mistura entre realidade e ficção, isso é algo que não costuma aparecer, mas quando tem é algo legal... Fora isso, o fato de não ter muito romance tbm não me agrada, afinal esse é o estilo literário que mais gosto... Pode ser que eu leia mais pra frente, mas por enquanto eu passo...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  8. que maravilha... este livro é realmente inusitado, ainda mais se tratando de comunicação com os mortos. quem não quer saber o que há do outro lado? pois sempre me encanta a maneira como os autores tratam o tema. vanilda querida, você descobriu uma preciosidade, quero muito ler esta saga sim, suas palavras era o empurrãozinho que faltava!

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia muito sobre a trama do livro, e agora fiquei bastante curiosa. Já gostei de cara do livro ser um pouco puxado pro sobrenatural e suspense. E gostei da protagonista, parece que ela é ótima. Sem mimi nenhum, e também pelo livro se passar em NY de 1920. Os outros livros já foram lançado? acho que não né... só vou investir em séries quando todos estiverem lançados. rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Quando vi o livro pela primeira vez nem fiquei tão animada. Mas toda essa caracterização do contexto me encantou, pois é, de fato, algo bem distante da minha realidade.
    Também gostei do clima de suspense!!
    Espero ter a chance de ler um dia.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece ser ótimo, fiquei MUITO curiosa com a sinopse e capa, ambas lindas, amei. Quem sabe leio ainda esse ano...
    Adorei a resenha.

    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Vanilda!
    Acho o tema desse livro bem instigante, vou continuar acompanhando as próximas resenhas da Trilogia, mas dou prioridade pra ler os livros na sequência quando todos forem lançados.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  13. Nossa, o livro é realmente algo bem diferente. Vai desde o ilusionismo até a comunicação com os mostos, acompanhado de uma boa dose de mistério. Gostei da premissa, mas confesso que ultimamente tenho pensando um pouco antes de começar uma nova série. Elas começam muito boas e depois a história se perde ou termina de um jeito muito abrupto. O autor resolver tudo nas últimas 100 páginas. Acho que vou esperar pelo próximo livro e ter certeza que a série vale a pena.

    ResponderExcluir
  14. Achei a capa maravilhosa, mas ao mesmo tempo bem simples, gosto de temas meio sobrenatural e thriller, as 4 estrelas me deixou curiosa, e pelo tema também achei impressionante o fato dela ser mais madura que a mãe como citado. Personagens assim me dão um pouco de desconforto, não sei o motivo, mas parecem meios esnobes.
    Beijos, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha e o enredo é realmente eletrizante, mas depois de ler O Circo da noite fiquei com um pé atras com esse tema, talvez mude de opinião lendo esse, porém ainda não é o momento!

    ResponderExcluir
  16. Achei super interessante esse livro, nunca li nada que se passe num mundo de ilusionismo. A personagem parece ser uma moça forte, sem aquele drama todo, o que é ótimo. Ter suspense me ajuda mais ainda a gostar de uma história. Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  17. Me interessei bastante pelo livro... tem uma premissa bastante interessante... mas fico chateado em saber que é uma trilogia... quando que os escritores vao voltar a escrever os velhos e bons livros unicos?

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia o livro, mas gostei tanto da resenha que fiquei interessada em lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. Estava interessada até ler "é o primeiro livro da trilogia", :(
    Evito séries ao máximo!
    Parece bem interessante esse suspense Van!

    ResponderExcluir
  20. Este tipo de leitura me interessa muito Vanilda.
    Gostei muita da sua resenha.
    Acho interessante a mistura de sobrenatural (pelo dom de Anna) e suspense.
    Anna apesar de jovem me pareceu bem madura como você mesma descreveu.
    Espero que a estória me agrade como te agradou, já que estou um tanto com pé atrás por ter continuação. Confesso que sinto falta de livros que tenham início, meio e fim.
    De qualquer forma pretendo ler sim!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Eu gostei demais dessa capa, achei bem interessante e linda! a historia também é maravilhosa, vi resenhas sobre ele e já tava com muita vontade de ler, depois da sua resenha minha vontade só aumentou.

    ResponderExcluir
  22. A premissa desse livro me agradou bastante. Gosto dessas tramas com ilusionistas. Gosto também de sobrenatural com bastante mistério e tensão. Essa parada de não saber "de onde vem o ataque" é ótima. Fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  23. Não gostei da sinopse. Não curto muito esse tipo de livro. Essas coisas de médium não faz muito meu estilo. Mas para quem gosta deve ser ótimo.

    ResponderExcluir
  24. Não gosto desse tipo de livro, são assuntos que não me interessam e não gosto.
    Mas para quem gosta de ler coisas assim, pode ser bom né. Ainda mais com uma editora super linda como essa.

    ResponderExcluir
  25. Essa trilogia é uma das quais eu tenho grande interesse,nunca li nada envolvendo ilusionismo e isso despertou uma enorme curiosidade em mim.Eu gostei da personagem de Anna logo de cara e sem dúvidas ela chega a ser mais madura que sua mãe que só pensa em fama e dinheiro.E essa capa da Editora Valentina está perfeita.

    ResponderExcluir
  26. Geralmente eu gosto muito de histórias que tem magia e como é uma trilogia vou querer ler. Espero que não venha a surpresa de ter mais 6 ou 9 livros.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir