acompanhe o blog
nas redes sociais

12.11.14

O Diamante: A História de uma Paixão [J Courtney Sullivan]

O-Diamante-A-História-de-uma-Paixão
Ed. Novo Conceito, 2014 - 480 páginas:
      Cinco personagens, separados pelo tempo e aparentemente sem conexão entre si, contam a história da paixão das mulheres pelo diamante aliás, não só das mulheres! Revezando-se em uma ciranda de acontecimentos divertidos, infelizes, revoltantes ou surpreendentes, a extraordinária Frances Gerety que existiu de verdade e outros indivíduos muito especiais mostram que a história de uma sociedade é construída por meio das relações humanas, na intimidade dos lares. As transformações do mundo moderno nem sempre conseguem abalar aquilo em que se acredita com todo o coração mas as decepções com aqueles que amamos... essas podem mudar as nossas opiniões. 

Onde comprar:



O livro com a capa encantadora, já começo me derretendo em elogios a esse livro rsrs... Cheio de romances, o mais próximo de uma novela possível. "O Diamante" é mais um livro sobre amor, princípios e situações vividas dentro de casamentos (ultimamente tenho realizado muitas leituras nesse contexto rsrs). Mas algo o faz diferente, como o próprio título diz: "O Diamante", o diamante que sempre é inserido dentro do contexto de matrimônios.

O livro apresenta o relacionamento do filho do casal Evelyn e Gerald, casados há mais de 40 anos e pais do Teddy seu filho único. Teddy decide por deixar a esposa para viver um novo amor, deixando pra trás também duas filhas fruto desse casamento. Seu pai prefere não se intrometer em sua decisão, porém a avó fica muito triste com a situação e a forma como as coisas aconteceram, se decepciona com o adultério cometido por seu filho e deixa claro que não se imagina longe das netas... Evelyn tem um amor enorme por Julie sua nora, ex nora... Que a presenteou com seu anel de diamante, porém com o fim do casamento, fica a pergunta. Qual destino ele terá?

O livro começa com Frances Gerety de trinta anos, solteira e independente, trabalhava com publicidade na Filadelfia, responsável por criar um slogan que chamasse a atenção das pessoas a comprar diamantes, em uma noite como às outras, ela cria o slogan "O diamante é eterno", que transforma o mundo publicitário de sua época e de alguma forma, traria impacto aos personagens no decorrer do livro. Frances, solteira, totalmente independente, cria um slogan que trás o despertar das pessoas expressando que, como o diamante, o casamento é duradouro (ou deve ser). Frances por ter optado ser sozinha, desperta em outras mulheres o sentimento de pena, o que Frances também sente pelas outras mulheres, ao desenvolver um ponto de vista, que essas mesmas mulheres vivem dentro de casamentos que, na verdade, são sustentados apenas por aparências e ausência de amor verdadeiro.

A leitura segue apresentando as datas de cada situação, o que se passa mais ou menos, 10 a 12 anos a diferença de um momento para outro. Passando geração por geração iniciando por volta do ano de 1947 e finalizando em 2012.

Com vários relacionamentos e casamentos o livro tem para essas pessoas finais felizes e finais nem tão felizes, pois em diversos momentos concluímos que o fim é a única opção. Todas as situações e circunstâncias vividas no decorrer do livro de alguma forma vão criando ligações e nos esclarecendo dúvidas...

Em 2012 somos apresentados à história de Kate que vive com Dan, juntos tem uma filha chamada Ava. Ambos possuem o mesmo pensamento sobre o casamento, acreditam que não precisam de papel que oficialize a união de um casal, pois casamento só trás gastos e é uma cerimônia sem sentindo algum e não se importam com a pressão da família para que os dois oficializem a união, porém o que Kate não quer é correr o risco de passar pelo doloroso divórcio...

Mas a frente, conhecemos o primo de Kate que é gay e, diferente dela, deseja realizar um casamento com muito luxo e direito a não apenas um diamante, mais sim, dois. Quando cabe a responsabilidade de Kate ir comprar o diamante, somos levados à pergunta... Esse é o mesmo diamante de Evelyn?

Rico em detalhes, "O Diamante" não deixa a desejar, apesar das voltas que a autora dá para apresentar as novas situações que acontecem no decorrer da leitura. Recomendo a todos que gostam de aprender mais sobre as experiências que outras pessoas vivem, pois o livro mostra que não importa se você acredita ou não em casamento, todos são capazes de construir relações infindáveis assim como é o diamante, basta encontrar seu caminho da felicidade, acreditando no amor.

Cortesia da Editora Novo Conceito

Estudante de Informática louca por tecnologia, seriados e livros. “Só se vê bem com o coração, as coisas essenciais são invisíveis para os olhos” (O Pequeno Príncipe).

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

13 comentários em "O Diamante: A História de uma Paixão [J Courtney Sullivan]"

  1. Oi Paloma, achei muito bacana a sua resenha e a forma como você enxergou o livro. Já tinha lido algumas outras opiniões, mas nenhuma tão positiva.
    Talvez eu leia o livro um dia desses, em um momento mais favorável ao casamento. rs
    De qualquer forma, concordo plenamente que as pessoas podem ser felizes juntas por muito tempo!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. A primeira coisa que me chamou a atenção foi a capa tb! É de babar! E sua resenha ficou ótima! Eu também adoro ler tudo que fala sobre relacionamentos e casamento, acho bem interessante! Fiquei com vontade de ler ;)

    Beijão!
    Livrofagia || Fanpage

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser ótimo, enredo bem interessante, curto muito ler histórias sobre relacionamentos e casamentos, fiquei bastante interessada em ler.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Oi Paloma, gostei da sua resenha, mas não me interessei pelo livro. Ler sobre relacionamentos e casamentos não é a minha praia rsrsrsrs, embora eu goste de aprender com as experiências dos outros. Porém quem sabe mais a frente eu o leia.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro, e se fosse levar em consideração só a sinopse e a capa eu jamais leria, mas gostei da sua visão da história que você apresentou na resenha... Eu nunca imaginaria que era uma história de romance que retratava... Não sei o que acho em relação a apresentar várias histórias inclusive em épocas diferentes, pois ás vezes quando os autores se utilizam desse recurso, acaba que fica uma história superficial e muito corrida... Mas fiquei bem curiosa e interessada para conhecer esse livro...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  7. Já tinha ouvido falar desse livro, mas não me chamou atenção. Dei um tempo de romance e não me vejo voltando tão cedo.

    ResponderExcluir
  8. Realmente romance não é o gênero literário em que eu me sinto mais confortável. Eu dificilmente leio algum, a não ser que me chame muita atenção, que não foi o caso desse. Achei tua resenha muito boa, rica em detalhes, mas o livro me pareceu um pouco difícil de compreender, o que, nesse caso, é ruim, já que a trama deu a impressão de ser bastante confusa. Acho muito delicada a forma como a autora tratou do tempo, misturando passado e presente, e conectando vidas de pessoas completamente desconhecidas, pois se o escritor não souber realmente se ater a explicação e conexão dos fatos acaba se perdendo no decorrer da narrativa.

    ResponderExcluir
  9. O gênero do livro é bem diferente, aliás, a temática abordada em si que o é. Usar diamante como tema é bastante criativo, porém, não chamou a minha atenção totalmente não. Leria a obra mais quando tivesse com a lista mais livro, porque não me atraiu tanto assim.

    ResponderExcluir
  10. Pelo que vi histórias são o que não faltam nesse livro. Confesso que esse livro não me chamou a atenção de maneira alguma. Nesse momento não o leria. Quem sabe em um futuro bem distante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Eu não curto muito o estilo... me parece bem divertido, despretensioso... não que isso seja ruim, mas este lance de ser uma novela não me enche os olhos.
    Acho que tenho muitos livros na fila e este não tem um elemento novo, algo que me faça passá-lo na frente...
    Gostei de contar a vida de 5 personagens e a trajetória de cada um, curto o romance, mas este eu vou deixar na lista de espera, hehe.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Não fiquei interessada em ler a enrolação de personagens e gerações em torno desse tema comum. Acho que funciona com alguns, mas comigo já vi que não vai rolar.

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante da resenha, a forma como foi escrita demonstra muito coisa sobre a história, mas confesso que não gostei muito do enredo do livro e não me interessei por essa perspectiva de relacionamento e tals!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir