acompanhe o blog
nas redes sociais

13.11.14

A Herdeira das Sombras - Trilogia das Joias Negras, Vol. 2 [Anne Bishop]

Trilogia-das-Joias-Negras-Anne-Bishop
Ed. Saída de Emergência, 2014 - 480 páginas:
      Há 700 anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súditos, uma profetisa viu na sua teia de sonhos e visões a chegada de uma poderosa Rainha. Jaenelle é essa Rainha. Mas mesmo a proteção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos quase a destruíssem. Agora é necessário protegê-la até as últimas consequências. Três homens estão dispostos a dar a vida por Jaenelle. Mas há quem esteja disposto a tudo para controlar ou destruir a Rainha. Conseguirá ela cumprir o seu destino como detentora do maior poder que o mundo jamais conheceu? 

Onde comprar:


Enfim a tão esperada continuação de A Filha do Sangue, livro forte, chocante, original. A trama se passa num mundo de sociedade matriarcal, castigado por rainhas cruéis e corruptas, que escravizam os machos, que deveriam ser parceiros e protetores, para servirem aos seus malignos desejos. Jaenelle, a Feiticeira profetizada, destinada a transformar este reino de pesadelos, a única rival que poderia pôr fim ao jugo que as maldosas Rainhas Dorothea e Hekatah exerciam no Reino de Terreille, foi cruelmente machucada pelos seus inimigos, dispostos a destruí-la a qualquer custo. Jaenelle era uma criança poderosa e extraordinária, mas ainda assim, tão vulnerável como qualquer outra criança e nem mesmo os poderosos Senhores da Guerra que a protegiam, impediram sua destruição.

Agora, em A Herdeira das Sombras, Saetan, Senhor Supremo do Inferno, pai de Daemon e Lucivar, tenta resgatar Jaenelle das profundezas do abismo psíquico, onde a grande feiticeira se escondeu, abandonando seu corpo físico. Para isso, Saetan solicitou junto ao Conselho das Trevas a tutela de Jaenelle. De posse do corpo da jovem de 12 anos, Saetan luta para resgatar sua alma, só conseguindo alcançar seu intento 2 anos depois.

Jaenelle, agora uma jovem adolescente, passa então a viver com Saetan, chamando-o de pai. Ela não se lembra das crueldades que lhe infringiram no passado e só se recorda de todo o sofrimento que passou  nos seus pesadelos, mas, mesmo sem recordar, Jaenelle não é mais a mesma menina alegre de outrora, nunca mais procurou seus inúmeros amigos e vive isolada. Só que seus amigos a amam muito e não estão dispostos a desistirem de sua convivência.

"Jaenelle tinha Saetan. O Príncipe das Trevas. O Senhor Supremo do Inferno. Mais do que tudo, era por isso que Cassandra sentia pena dela."

Lucivar pensa que seu irmão Daemon é o responsável pela destruição de Jaenelle, ao qual acreditam estar morta. O próprio Daemon é levado a crer que foi ele quem matou Jaenelle, o que acaba levando-o ao que os plebeus chamam de loucura e os Sangue, de Reino Distorcido. Quem tenta ajuda-lo a se manter vivo é sua amiga Surreal.

"Hekatah deu um salto, abalada pelo horrível som. Besta, animal, humano. nada disso e tudo isso. O que quer que produzisse um som assim..."

As forças malignas não desistem de tentar destruir Jaenelle, e agora as maldades ficam por conta da ex-esposa de Saetan, a demonia Hekatah.

- Somos demônios, Greer - afirmou Hekatah, afagando-lhe o braço.
- Precisamos de sangue fresco e quente. É assim que fortalecemos a carne morta. E, embora outros prazeres da carne não sejam mais possíveis, existem compensações."

Neste segundo volume, a autora mostra o florescer de Jaenelle de menina a mulher, Daemon está perdido no Reino Distorcido e então é a vez de Lucivar se destacar e estar mais presente na vida da menina. Além disso, Anne se preocupa em deixar a história mais consistente e coerente, mostrando outros aspectos do cotidiano dos personagens, principalmente de Saetan, como concebeu seus dois filhos "bastardos", Daemon e Lucivar, e seus sentimentos em relação a eles. Ela também conta como surgiu os Sangue e o porque do domínio feminino.

Agora não ficamos mais tão chocados, porque, além de já termos passado pelo impacto original da história, observamos que nem tudo é só maldade. Ainda existe esperança de mudança, novas rainhas estão surgindo, mostrando que as coisas podem ser bem diferentes, e o relacionamento entre os gêneros pode funcionar como deveria: As feiticeiras estimulam e protegem a força e o orgulho dos machos. Os machos, por sua vez, protegem e respeitam a força feminina, mais dócil, embora de certo modo, mais profunda.

Se não bastasse a trama ser imperdível, as capas são lindas e o acabamento é primoroso. 

Cortesia da Editora Saída de Emergência

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

12 comentários em "A Herdeira das Sombras - Trilogia das Joias Negras, Vol. 2 [Anne Bishop]"

  1. A capa realmente é bacana. Nunca vi o livro "ao vivo", mas deve estar caprichado.
    Quanto à história, confesso que não faz parte do que me é confortável ler. Mas devido a tantas críticas positivas, tenho um pinguinho de curiosidade.
    Aliás, achei que esse livro está seguindo muito bem o primeiro. O "universo" já foi a presentado, o choque inicial já passou, agora é hora de conhecer melhor os personagens e de desenvolver seus laços.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. putz querida Gi, "escravizam os machos"??? - só isso já me chamou a atenção. lembrei-me imediatamente de "boudica", numa sociedade em que o feminino detém as rédeas. sempre pensei que o domínio feminino seria mais salutar que o masculino. tanto pela sensibilidade quanto pela prudência. mas existe disputa e vaidade em qualquer dos sexos.
    esta já era uma saga que estava de olho, porque as resenhas e opiniões foram tremendamente favoráveis. agora mais ainda, sua resenha colocou gasolina na fogueira.
    bjos.

    ResponderExcluir
  3. Acho as capas dos livros dessa série lindas! Quanto ao conteúdo já não me animo tanto assim... Vi muitas críticas positivas como a sua, mas ainda não senti vontade de ler esse livro... A temática não faz parte do que costuma me agradar... Gostei de apresentar o diferencial de ser o domínio feminino, e não a sociedade machista com que convivemos atualmente... Talvez vindo os próximos eu sinta mais vontade de ler, mas ainda não senti...
    Kisses =*

    ResponderExcluir
  4. As capas são lindas e esses livros parecem muito bons, lembro da resenha do primeiro, fiquei curiosa para saber mais sobre a história, mas como são livros em série, vou esperar a publicação dos próximos volumes.

    ResponderExcluir
  5. Não aguentei e comprei o primeiro...as resenhas que vi são ótimas! Dei uma olhada por cima com medo de pegar spoier, mas assim q terminar o primeiro volto aqui! rs

    Beijão!
    Livrofagia || Fanpage

    ResponderExcluir
  6. Não curto muito livro desse gênero por isso não leria.

    ResponderExcluir
  7. As capas são maravilhosas, e as tramas realmente me deixam bastante curiosa pela história. Gosto muito de temas míticos, e ultimamente os autores têm investido com grandeza em obras abordando o assunto. Eu me interesso por essa série desde o primeiro livro, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo. A trama me parece instigante, e eu sinto muita vontade de desvendar os mistérios por trás dessa sociedade inusitada que a autora nos propõe.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não tive a oportunidade de ler o primeiro livro, Gi, mas confesso que a editora caprichou nessa série. Uma capa bem feita e a diagramação também. Tive a oportunidade de ter em minhas mãos para avaliar a estética e gostei muito.

    ResponderExcluir
  9. Realmente, Gisele! As capas são linda mesmo. Em relação a trama, concordo que choca e muito, mas, como você disse, essa continuação choca menos, pois já sabemos que a parada é forte aqui e já vamos preparados pra isso.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. Estes livros já me conquistaram pelas capas. Eu ainda não li o livro 1, mas tenho muita vontade.
    Adoro fantasia e esta série parece madura, densa e intensa... com elementos que vão além do real...
    Uma fantasia bem fantasiosa mesmo, mas com conteúdo...algo forte.
    Como não li o livro 1, to querendo não saber mto da continuação.
    Quero ler e vou, com certeza!

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia a história e nem o primeiro livro, mas, apesar da ótima resenha, não me interessei pela série!

    ResponderExcluir
  12. Tenho muita vontade de ler essa série, gosto de histórias com mulheres fortes. Essas capas são lindas, espero conseguir ler em breve.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir