acompanhe o blog
nas redes sociais

10.2.15

Entre Quatro Poderes [Grupo (Sic)]

Ed. Novo Seculo, 2014 - 248 páginas:
      O prefeito de Suares, uma pequena cidade do estado de São Paulo, passa por um momento crítico. Com a Polícia Federal em sua cola e sua vida pessoal desmoronando, o império construído com sangue e mentiras está prestes a ruir. Churrasco, envolto pelas sombras da vida pública, descobriu da pior forma possível que a caminhada de um político pode ser solitária e que cada decisão tem um preço. Só resta saber o quanto ele está disposto a pagar. No final das contas, todos conhecem a vida do homem público, mas sempre existe a história por trás da história. 



Onde comprar:



Entre Quatro Poderes retrata, através de uma trama bem elaborada, a história de Churrasco, um cidadão brasileiro, de origem humilde, que entrou para a política de sua cidade natal, inicialmente inocente e bem intencionado, até que a máquina da corrupção vai envolvendo-o em suas engrenagens. O romance se passa na cidade fictícia de Suares, porém, representa a realidade política enfrentada em muitos municípios em todo País. Com um linguajar bem brasileiro, a história de Churrasco conquista o leitor, que deseja descobrir o que o levou a participar de grandes falcatruas políticas e nos faz pensar qual papel representamos nesta imensa teia de corrupção que envolve nosso país.

"- Senhor, me mantenha puro e limpo nesta caminhada. Livre-me de todo o mal. Amém"

O Livro já começa interessante, o início de cada capítulo contém uma frase que resume de forma brilhante o seu conteúdo:

"Ás vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data." (Luis Fernando Veríssimo)

Não sei se classifico o livro como Drama ou Comédia, talvez seja um drama, pois retrata muito bem a realidade corrupta brasileira ao mostrar todos os tipos de falcatruas que ocorrem no poder público municipal, desde a prefeitura até à câmara dos vereadores, mostrando o quanto o cidadão brasileiro é ludibriado por pessoas que dizem que querem fazer o bem, mas acabam fazendo somente o mal. Mas só rindo mesmo da comédia que é este país, onde os políticos desviam descaradamente as verbas municipais e todos fazem vistas grossas, acabando sempre em pizza e carnaval.

"A corrupção não é uma invenção brasileira, mas a impunidade é uma coisa muito nossa." (Jô Soares)

Por que o ser humano é assim? Por que roubar o dinheiro sabendo que está prejudicando milhares de pessoas que poderiam viver muito melhor caso eles fossem honestos e não desviassem as verbas públicas para benefício de si próprias? Muitas vezes me pergunto como estas pessoas acreditam que este dinheiro vai lhes trazer felicidade e porque elas acham justo se apropriarem do que não é seu, prejudicando milhares de famílias. Desculpe-me o desabafo, mas o livro faz isso com a gente, desperta nosso senso cívico, muitas vezes adormecido.

"Das habilidades que o mundo sabe, essa é a que ele ainda faz melhor: das voltas!" (José Saramago)

No decorrer da leitura vemos que a culpa de tanta roubalheira não cabe somente aos políticos, pois para que isso seja possível, várias outras devem fazer vistas grossas e também participar das falcatruas. Se o empresário não fosse corrupto, não haveria como realizar as transações ilegais nas contratações dos serviços, se o jornal fizesse as denúncias, se a polícia agisse, se o legislativo atuasse, se o tribunal de contas fosse mais ativo... são muitos "ses" que envolvem muita gente que poderia estar fazendo a diferença, dificultando a ação dos ladrões do dinheiro público, mas acontece que cada um quer um pouquinho também... Conclusão, todos somos culpados, inclusive nós, o povo, que acabamos reelegendo estes ladrões.

"Parte da grana financiava um "esquema de proteção" que contava com promotores, juízes, auditores e gente do grande escalão do Tribunal de Contas do Estado."

Infelizmente o livro não deu uma solução para o problema, pois mágica não existe, mas mostrou através de alguns personagens, que se cada brasileiro for honesto em suas simples ações do dia a dia, podemos construir um país melhor.

"Nas favelas, no Senado
Sujeira pra todo lado
Ninguém respeita a Constituição
Mas todos acreditam no futuro da nação." (Renato Russo)

A história é uma ficção, mas a verdade por trás dela é bem brasileira. Recomendo a todo cidadão brasileiro, e que a leitura nos ajude a promover as mudanças tão necessárias ao nosso querido Brasil.

"Que haja transformação, e que comece comigo." (Marilyn Ferguson)

Divulgação:

O Grupo (Sic) é formado pelos jornalistas Khadidja Campos, Rodrigo Dias, Débora Kaoru e Anderson Fernandes

Vídeo “O Esculacho”: https://www.youtube.com/watch?v=M3rp-NyITlc
Página do livro no Facebook: https://www.facebook.com/entrequatropoderes
Twitter: https://www.twitter.com/entre4poderes
Site: www.entrequatropoderes.com.br

Participe do sorteio de 1 exemplar do Livro Entre Quatro Poderes, válido até: 03/03/2015


Cortesia do Grupo (Sic)

Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

58 comentários em "Entre Quatro Poderes [Grupo (Sic)]"

  1. Esse livro me lembrou um pouco O Matador, da Patrícia Melo. Acho que por causa do conteúdo dramático sendo abordado com humor. Já comecei rindo pelo nome do sujeito ser Churrasco. Fiquei muito interessada, vou participar do sorteio!

    The Fat Unicorn

    ResponderExcluir
  2. Olá. Esse livro parece ser bem propício para os tempos que o nosso país vive atualmente. Com certeza é uma leitura que vale a pena ser feita e refletida, já que mesmo que o tema seja tratado com humor, não deixa de ser bastante relevante. Vou participar do sorteio.
    cecilia.vso@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Gi, querida, o título remete tb à ideia do Grupo ser formado por 4 autores, além do trocadilho com os poderes públicos?
    Achei essa ideia ótima: fazer uma (tragi)comédia sobre um tema tão perti e tão familiar: o caos em que um país afunda quando a corrupção impera. Imagino como mexe com o leitor se perceber completamente imbecil, enganado e roubado de muitas formas. É uma decepção atrás da outra. Posso calcular sua indignação. Que bom que o livro cutuca!
    Bela dica de leitura!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Nossa ao ver o livro a gente pensa logo que seria algo sobre política e não tem o interesse em ler. Mas vencendo essa primeira impressão a gente se depara com uma leitura gostosa e uma história ótima sobre o que acontece a nossa volta.

    ResponderExcluir
  5. Ótima resenha e mais uma vez obrigado por aceitar o desafio de resenhar o livro! Vejo muitas pessoas comentando que não gostam de política, que evitam o tema. Porém, gostando ou não, é a política que move nossas vidas. Tudo está relacionado a ela ou não! Porém, a escolha por melhorias está em nossas mãos, ou melhor, no nosso voto. E certamente as pessoas poderão escolher melhor seus representantes nas diferentes esferas do poder sem saberem o que realmente acontece nestes locais.

    Desta maneira, o livro Entre Quatro Poderes discute o relacionamento entre as pessoas que comandam a política brasileira, reunindo histórias fictícias similares a casos vivenciados pelos autores.

    Entre Quatro Poderes é um romance cujo protagonista é Churrasco, o prefeito da cidade de Suares, que ao perceber que a Polícia Federal está na cidade para prendê-lo, começa a repensar suas ações no comando do Executivo.

    A publicação traz ao público o que acontece nos bastidores da política e quase nunca é divulgado. O romance se passa na cidade fictícia de Suares, porém, representa a realidade política enfrentada em muitos municípios em todo País. Certamente será uma obra literária que aguçará as discussões sobre o verdadeiro papel do político frente as demandas do povo.

    A iniciativa de escrever o livro germinou de repetidas discussões sobre política, quase que diária, depois do expediente de trabalho. Diante das muitas interrogações surgidas das conversas entre os quatro jornalistas, surgiu a ideia de se pesquisar sobre o assunto e colocar tudo no papel. Decidimos pela ficção e criamos personagens para situações que já foram diversas vezes estampadas em capas de jornais.

    Na verdade, o que os quatro pretendem com o leitor é que ele, na sua leitura, entenda como é o processo político, principalmente no caso dos escândalos e da corrupção. Como isso acontece, e como, muitas vezes, mesmo inocentes, e bem intencionados, alguns políticos são envolvidos. A história se desenvolve de forma que o próprio leitor terá a sua interpretação, quanto à inocência ou a culpa de um ou outro político.

    Claro que tem culpados na nossa ficção, e inocentes, e que tudo, se bem entendido na leitura que faz o leitor, tem um porquê, e esse julgamento será feito conforme o entendimento dessa leitura.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Este livro me parece uma ficção baseada TOTALMENTE na realidade, em especial a brasileira. Muitos políticos entram com intenção de mudar o mundo, porém, acaba sendo corrompido com tudo ao seu redor.
    Livro que fiquei bem interessante para ler.

    ResponderExcluir
  7. que louco este livro hein Gi? sou fissurado por livros que tratam do mundo cão como ele é. não consigo encontrar saída para alguém que é engolido pelos mecanismos sórdidos da corrupção. será que devemos participar? faremos vista grossa? omitir também é pecado? não queria estar na pele destes homens que adquirem um viés político, conseguem vencer eleições, entram com a visão romântica de que podem mudar o mundo e são mastigados pela engrenagem que governa. quero ler este livro sim, mais um, para me familiarizar, para não deixar de me indignar sempre. ótima dica, bela resenha!

    ResponderExcluir
  8. Gostei da premissa do livro, mas não vejo lendo ele no momento. Minha lista está bem grandinha, mas pretendo futuramente. Gosto muito de livros que nos fazem refletir e esse me parece ser uma leitura agradável.

    ResponderExcluir
  9. Já tinha visto o livro, mas não sabia do que se tratava, nem sabia que era nacional. Parece bem interessante.

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha. Gosto muito de livros que falam contam uma história com uma crítica como pano de fundo. E geralmente, ao lermos estes livros, ficamos bem reflexivos, isto é ótimo. Adorei o vídeo do teaser do livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Que livro interessante. Em épocas de tanta corrupção, é muito bom ter algo que nos desperte à realidade, nos faça pensar nas nossas próprias atitudes como cidadãos.
    Aliás, acho um tanto complicado culpar somente os políticos pela forma com que o país é conduzido. Afinal, eles representam o povo (e foram eleitos por ele) e são o povo (no sentido de que um dia foram pessoas comuns, saídas do nosso meio). A sociedade precisa rever valores e posturas, para que então possamos pensar em mudar alguma coisa.
    Se cada um fizer a sua parte, pelo menos um pouquinho melhorará. Isso é certo!
    Parabéns aos autores por levantarem um tema tão atual e relevante.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Gostei da resenha e achei o livro interessante parece ser um ótimo trabalho sobre "política".
    Vai ser uma nova leitura,pois ainda não li livros com esse tema.

    ResponderExcluir
  13. Realmente Ana Paula Barreto, nesta época em que nós encontramos atualmente, é bom algo que nos fala pensar criticamente.
    Ótima colocação.

    ResponderExcluir
  14. Realmente,m o livro parece que faz isso né Cristiane Oliveira?!

    ResponderExcluir
  15. Manu, as vezes penso assim tbm, que seria uma indignação doa autor com a politica atual né, uma pena :(

    ResponderExcluir
  16. Sua resenha clareou as coisas pra mim.
    Já tinha lido sobre esse livro, mas, nunca tinha entendido muito bem a proposta do livro.
    Achei interessante. E concordo com a sua recomendação para todos os cidadãos brasileiros.
    Parece mesmo um desabafo!
    Fiquei curiosa, então, estou participando do sorteio.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  17. Gisela!
    Para falar do drama que o Brasil passa com a corrupção e seus políticos medíocres e ladrões, tem de ter muita irreverência, ser hilário e muito engraçado mesmo.
    Acredito que o autor usou as personagens fictícias que retratam bem o universo político nacional.
    Quero ler.

    Participo e divulguei no blog.
    Aproveite o feriadão com moderação e amor no coração!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Resenha bem elaborada, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, despertando o interesse dos leitores,.

    ResponderExcluir
  19. Concordo que a impunidade é uma coisa muito do Brasil. Infelizmente, aqui a lei não funciona. É uma vergonha. Gostei do livro e sua resenha ficou muito boa. Fiquei com vontade de ler esse retrato do nosso país.

    ResponderExcluir
  20. Acho a história desse livro mto interessante, principalmente agora com os problemas que estamos enfrentando no nosso país. Já ouvi falar muito de casos iguais aos narrados no livro, e imagino que seja realmente verdade, o que me deixa desapontada uma vez que quando fazemos as escolhas certas elas acabam transformando-se em erradas!

    ResponderExcluir
  21. Oi Gisela,
    A leitura realmente deve fazer com que o leitor queira desabafar, afinal, toda essa situação gera indignação. Achei perfeita a escolha dos trechos que vem antes de cada capítulo. Por trás da ficção sabemos que é realidade (infelizmente), mas ainda mudaremos isso.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  22. Eu estou amando suas resenhas,como pode uma pessoa escrever tão bem?Você é muito boa com as palavras,com certeza é um dom de Deus,parabéns pela maravilhosa resenha e estou louca para ler esse livro também,você é uma das poucas que consegue me convencer a ler o livro pelas resenhas.Parabéns mais uma vez sua linda. :D

    ResponderExcluir
  23. O tema abordado é muito bom. Está parecendo com o que ocorre aqui no nosso país. Política e corrupção são assuntos bem corriqueiros por aqui, né? Mas achei a história muito boa e fiquei empolgada com a leitura de sua resenha. Espero conseguir poder ler logo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  24. A que poto chegamos, não é, Gi!!! Rimos da nossa própria desgraça. O legal desse livro é que mostra que, cada um de nós tem culpa sim, da situação a qual o país está passando. Fala-se muito nos nomes mais poderosos, como o da Dilma, por exemplo, mas esquecesse muito daqueles que estão mais próximos a nós, como os prefeitos e vereadores, que, muitas vezes, são mil vezes piores. Até entendo que esse livro não mostre uma solução, pois está complicado achar uma no cenário atual. O negócio é levantar as mãos para o céu e pedir muito. Ou então, devolver o Brasil aos índios e sairmos de fininho pedindo desculpas a eles. kkkkkk

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  25. Muito legal esse livro usar a ficção para denunciar a triste realidade, já que se eles mostrassem casos reais, aconteceria o mesmo que acontece com os jornalistas personagens do livro. Não poderia haver tema mais caro à realidade nacional, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  26. O livro parece ser super interessante, temática bem atual, fiquei com muita vontade de conferi essa história.

    ResponderExcluir
  27. O livro parece ser super interessante, temática bem atual, fiquei com muita vontade de conferi essa história.

    ResponderExcluir
  28. Acho a ideia do livro muito boa, e colocar ficção junto com a realidade da um toque a mais neste enredo, eu to bem curiosa pelo conteúdo do livro e fora que a capa é muito linda,
    acho que se todos fizessemos a nossa parte o pais seria outro..mas, quem sabe um dia.
    beijos.

    ResponderExcluir
  29. Excelente resenha! Fiquei com gostinho de quero mais.
    Beios

    ResponderExcluir
  30. Excelente resenha Gi!
    Acho interessante o tema política, não é uma coisa que eu leia sempre mas tenho consciência de que é importante para nossa vida. Uma pena brasileiro nunca dar a atenção devida a isso. Achei muito leal esses jornalistas se juntarem para fazer esse livro, acho que não tínhamos uma história do tipo ainda, que retrate tão bem a situação política do país.

    ResponderExcluir
  31. O tema do livro está sob o lema "o poder corrompe".
    Eu não me interessei, apesar de achar a leitura bem atual e realista.
    Eu prefiro, pelo menos neste momento ler livros que me façam fugir ou querer a realidade representada nele.
    Já vivemos em meio a corrupção, por isso prefiro outro tipo de leitura!
    Mas eu adorei a resenha e curti muito que o livro traz pessoas que fazem a diferença.
    Mesmo sem uma solução o livro traz uma mensagem...
    Bora refletir!

    ResponderExcluir
  32. Esta estória é tipicamente e legitimamente brasileira!! Infelizmente aqui no Brasil há muita corrupção!! O livro parece ser bastante engraçado e realista!!
    zildarosadossantos1@hotmail.com

    ResponderExcluir
  33. Não fazia ideia de que o livro falava sobre esses assuntos, super brasileiro né... hahahaha
    fiquei curiosa em relação ao livro, a situação no Brasil ta dificil, mas estamos ai né, e nada melhor do que um bom livro pra nos distrair e nos fazer esquecer pelo menos uns instantes desse tipo de problema.

    ResponderExcluir
  34. Concordo plenamente com vc Priscila Gatti, um desabafo do autor.

    ResponderExcluir
  35. Ei li muito este tipo de livro na Faculdade sabe Edna Dias, é a nossa realidade e muitas vezes acabamos achando muito triste, nas não passa da realidade.
    Uma pena!

    ResponderExcluir
  36. Infelizmente Anselmo Silvino, a mais pura realidade.

    ResponderExcluir
  37. Acho que talvez um dos inúmeros problemas Nathalia Simião, é pq realmente nos brasileiros não damos importância neste tipo de leitura, de assunto. Ai só reclamamos e não agimos.

    ResponderExcluir
  38. Oi, Gisela!
    Corrupção é algo que está presente desde a formação do país, infelizmente. Acho que a melhor forma de reverter essa situação é com a mudança de cada um. Pode até parecer clichê, mas acredito que assim seja possível haver uma transformação como um todo, ou ao menos que os corruptos seja cada vez mais a minoria. E vale ressaltar que a corrupção não existe só na política. É um livro bem interessante. Gostei.

    ResponderExcluir
  39. Gosto de livros assim, que nos fazem pensar. Esse parece ser mesmo um livro que todo brasileiro deveria ler. As pessoas nunca acham que as coisas ficam ruins por culpa delas mesmas, sempre tentam jogar a culpa para os outros, mas se cada um fizesse a sua parte, se todo mundo agisse corretamente, o mundo seria um lugar muito melhor. Infelizmente, são poucas as pessoas que pensam dessa maneira.

    ResponderExcluir
  40. Adorei a resenha!

    Já ouvi falar desse livro em outro blog e confesso que estou muito curiosa! A sua resenha me deixou mais curiosa ainda, parabéns pelo texto bem desenvolvido e explicado! :)
    Eu acredito que não precisamos nos interessar profundamente por política para ler esse livro, pois ele trás de uma forma mais abrangente, tendo como foco principal a queda de um homem pela sua ambição!

    ResponderExcluir
  41. Pior que parece mesmo que a política é uma máquina de corrupção!! É, infelizmente parece que o livro mostra um pouco da política no Brasil. É muita roubalheira para um pais só!! Mas ainda bem que o livro traz a parte cômica também!

    ResponderExcluir
  42. Gente estou curiosa para ler este livro!! Infelizmente ele trata de um assunto ruim que é a corrupção, mas neste drama todo dá para se ver que ele também é meio cômico!! Acho que vai servir para despertar nós brasileiros!!

    beti_bezerra@hotmail.com

    ResponderExcluir
  43. Ao ler a resenha do livro não se pode deixar de fazer algumas comparações com o momento em que estamos vivendo atualmente. Gostaria muito de ler esse livro meio tragicomico e poder comparar com nossa atual situação. Quero!!!

    ResponderExcluir
  44. Nossa achei muito interessante essa historia do Churrasco, como aos poucos a corrupção vai envolvendo-o.
    O mais legal é que o livro mais mostrando os motivos, como isso foi acontecer.
    Muito bom, fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  45. Adorei o livro e achei super criativo a forma de o autor aborda o tema e muito legal vemos que mesmo pessoas bem intencionadas podem ser corrompidas e adorei a frase de Renato Russo !!!

    ResponderExcluir
  46. Achei o enredo do livro interesante, corrupção política sempre rende assuntos e várias análises.Mas não faz meu estilo de leitura. Gostei bastante da capa.

    ResponderExcluir
  47. Me simpatizo muito com esse livro, primeiro que a capa chama bastante atenção e segundo que o tema que aborda é algo bem real do qual vivemos, espero poder ler logo pois gostei da ideia dos autores!

    ResponderExcluir
  48. Se fosse tempos atrás nao me interessaria pela leitura do livro, mas a política q estamos vivendo hj... Estou curiosa pra conhecer mais a fundo! Bjs!

    ResponderExcluir
  49. Se fosse tempos atrás nao me interessaria pela leitura do livro, mas a política q estamos vivendo hj... Estou curiosa pra conhecer mais a fundo! Bjs!

    ResponderExcluir
  50. Olá, Gisela.
    A leitura desse livro se faz de muita importância,dado o cenário político que estamos vivendo atualmente. Ele parece dar um boa visão de como funciona a corrupção no Brasil.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  51. Realmente o livro apesar de ficção retrata uma realidade Brasileira, essa e uma trama que todos nós deveríamos ler, para que podermos saber mais sobre a politica por trás das mentiras, por isso essa estória me chamou tanto a atenção, gostei bastante de como a estória foi bem elabora, já anotei essa dica.

    ResponderExcluir
  52. E uma trama bastante conhecida por nos devido aos políticos que governam nosso pais uma realidade muito triste de se constatar mesmo sendo ficção e um bom livro para se ler um bom tema abordado pelo autor .

    ResponderExcluir
  53. Bem interessante o livro. Nós, brasileiros conhecemos bem a problemática, não é mesmo. Quero muito ler todo o contexto, pois so tenho lido resenhas e comentários.

    ResponderExcluir
  54. Gente que livro mais apropriado para o atual momento político do nosso país, gostol muito de livros com tema sobre política, e sua resenha só me deixou curiosa para ter este livro. Muito bom.

    ResponderExcluir
  55. Gente que livro mais apropriado para o atual momento político do nosso país, gostol muito de livros com tema sobre política, e sua resenha só me deixou curiosa para ter este livro. Muito bom.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir