acompanhe o blog
nas redes sociais

19.5.15

O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares [Ransom Riggs]

Ransom Riggs
Ed. Leya, 2012 - 336 páginas:
      Nossa história começa com uma horrível tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo – por mais impossível que pareça – ainda podem estar vivas. Uma fantasia arrepiante, ilustrada com assombrosas fotografias de época. 



Onde comprar:



Ao ler um título de um livro como esse, tem como ficar indiferente? É, no mínimo, exótico! Ou seja, um grande convite à leitura. Posso dizer que não apenas o título, mas todo o livro me agradou muito.

A história é contada em primeira pessoa através dos olhos de Jacob, um garoto de 16 anos, muito parecido com muitos outros adolescentes dessa faixa etária: Um emaranhado de dúvidas e umas pitadas de chatices aborrescentes. Após um desastre terrível em sua família, tudo muda, inclusive o próprio protagonista, fazendo todos, até ele mesmo, duvidar de sua própria sanidade mental. Seguindo as pistas ditas nas últimas palavras de uma personagem bastante importante ao enredo, Jacob passa a desconfiar que as histórias e fotografias fantasiosas que ouvia/via quando criança, não são tão irreais assim. Encorajado pelo psiquiatra que acompanha seu caso, faz uma viagem com seu pai, a uma ilha na costa do País de Gales, para tentar entender um pouco mais todo esse turbilhão de acontecimentos.

Através de uma escrita simples, fluida e extremamente visual, o autor vai nos conduzindo pelo seu universo bem construído. As descrições são precisas em todos os sentidos, e a experiência transcende a leitura, fazendo com que passemos a ver as cenas acontecendo diante de nossos olhos (isso aconteceu comigo em diversas passagens, tamanha a precisão de escrita do Ransom Riggs).

Outro ponto alto dessa edição é o trabalho gráfico realizado pela Editora Leya. Somos brindados com inúmeras fotografias antigas que ilustram várias personagens importantes, uma capa muito bonita, detalhes nos rodapés de cada página, e início de capítulos com páginas diferenciadas de todas as outras. Nota 1000 para editora nesse quesito.

Por se tratar de um primeiro volume de uma série, é até óbvio que muitas respostas ficariam em aberto para as continuações. Posso dizer que o autor fez muito bem seu trabalho: Construiu uma base bem sólida, apresentou personagens e trama principal bastante interessante, deu algumas explicações e respostas, e, com os acontecimentos das últimas páginas, plantou a sementinha da curiosidade em acompanhar a jornada de Jacob, Srta. Peregrine e todas as suas crianças peculiares.

Enfim, avalio esse livro com cinco estrelas e indico para quem gosta de uma boa trama juvenil, com pitadas de fantasia e uma pegada bem Tim Burton de ser.


Cortesia da Editora Leya

Pernambucano, formado em Artes Cênicas e apaixonado por teatro e livros. Descobriu-se leitor depois de um empurrãozinho de uma amiga. Virginiano, pé no chão e que adora a calmaria. Leitor de quase todos os gêneros literários. Afinal, quando a trama é boa, o gênero é o que menos importa.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

10 comentários em "O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares [Ransom Riggs]"

  1. Gostei bastante da proposta da história (e dessa capa também, confesso). Como um primeiro volume, a trama parece se desenvolver bem, apresentando seu "universo" e seus personagens.
    Fiquei intrigada e com vontade de conhecer essa narrativa tão bacana. Ser visual e envolvente são qualidades que gosto nas leituras.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. caro Dom Dom, sempre fui de alguma forma atraído para este livro, seja pelo trabalho gráfico beirando o gótico, seja pelo enredo curioso e apetitoso. através de resenhas percebi que este livro é "ame-o ou deixe-o". amor e ódio em doses iguais. livros assim me atraem como mel para abelha. fico louco pra degustar, pra sentir as palavras e imagens. mas há algo que me entristece: é saber que o livro pertence a uma série e que esta série nunca será lançada, já que este livro é de 2012, isso sim me afasta da leitura. quero um dia poder lê-lo pra podermos discutir a respeito, mas no momento estou embirrado com esse negócio de lançar sempre um livro só. ótima resenha amigão, como sempre!

    ResponderExcluir
  3. Não curto muito esse tipo de livro. Gostei da resenha, mas não leria o livro.

    ResponderExcluir
  4. Esse é aquele tipo de livro que eu já leria simplesmente pela capa. Achei sinistra!!! Adorei o fato também, de conter fotografias antigas, ilustrando a história. Isso faz com que o livro se torne bem mais atrativo e interessante. A trama parece bem envolvente e recheada de mistérios. Quero muito ler!

    ResponderExcluir
  5. Quando a história é narrada em primeira pessoa as emoções são sempre intensas, não é verdade?! E se a escrita for boa - acredito que é o caso desse livro - a sensação que temos é de está presentes nas cenas narradas. Admiro as obras de escritores assim, não é pra qualquer um!
    Esse livro ficou um capricho, a editora tá de parabéns!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Dom!
    O título realmente é muito diferente e convidativo a leitura.
    Fantasia alá Tim Burton, é? Deve ser bom demais então...
    Livros juvenis vem sempre carregados de aventuras e mistério, o que aguçam a curiosidade e dá aquela vontade de ler com rapidez, para não perder uma única linha.
    Boa análise.
    “Exige muito de ti e espera pouco dos outros. Assim, evitarás muitos aborrecimentos.” (Confúcio)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Nardonio!
    Com sua resenha fiquei mais louca ainda por esse livro, por ter um toque de fantasia e também pelo autor ter uma escrita ótima!! E a capa é mesmo linda! Doida pra ver essa diagramação! *_*
    Ótima resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Falou em pegada Tim Burton eu já to querendo ler rs
    Aliás, faz muuuuito tempo que eu desejo esse livro, só não tive a oportunidade de possui-lo ainda. Ótima resenha Dom.
    beijos


    Pobre Leitora

    ResponderExcluir
  9. Gostei da sinopse e da sua resenha, mas acho que ainda assim não leria o livro. Não é bem meu tipo de leitura e ultimamente estou correndo de séries. Mas para quem gosta dessa pegada de suspense/terror deve valer muito a pena.

    ResponderExcluir
  10. Faz tempo que quero ler esse livro, gosto que tramas assim com um pouco de mistério. Espero conseguir ler o livro antes de ver o filme.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir