acompanhe o blog
nas redes sociais

29.7.15

Laços de Sangue, Vol. 01 - Série Bloodlines [Richelle Mead]

Ed. Seguinte, 2013 - 432 páginas:
      Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger: os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável: ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono - o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.  

Onde comprar:

Livros vampirescos nunca foram os meus preferidos, mas vira e mexe eu me arriscava em ler um ou outro. E assim conheci a série Academia de Vampiros, e, consequentemente, a série Bloodlines, um spin-off da saga de mais sucesso da Richelle Mead.

Mesmo sendo um spin-off, considero mais como uma continuação da série, só que em um universo diferente. Desta vez, no mundo dos humanos.

Neste mundo, vampiros lutam entre si. Há os Moroi, os vampiros clássicos, com poderes mágicos e necessidade de sangue, os Strigoi, os vampiros diabólicos e imortais (que se alimentam de Morois) e os dampiros, meio humanos, meio Morois. Estes últimos, são os guardiões dos Moroi, e são designados a os proteger de qualquer ameaça (a maior delas, é claro, são os temidos vampiros Strigoi)

Além disso, temos os alquimistas, humanos que também são os guardiões, porém, desta vez, da sua própria raça, e são responsáveis pela transparência deste mundo oculto.

Sydney, a protagonista, foi criada com o ensinamento de que vampiros eram seres antinaturais e repugnantes, mas, mesmo sentindo receio em confiar neles, não os achavam tão diabólicos assim, ainda mais depois de ajudar Rose Hataway, a dampira protagonista de Academia de Vampiros (o que lhe trouxe vários problemas, já que uma alquimista ajudando um vampiro por motivos não profissionais era visto como algo repulsivo e contra todos os ensinamentos alquimistas).

E assim Sydney começa o livro, explicando sua jornada, seus medos e suas inseguranças em relação à sua criação e ao seu futuro. Ela não sabia o que fariam com ela, que agora era vista como uma traidora, e muito menos o que aconteceria com a sua irmã, Zoe, que era a sua provável substituta. Porém, Sydney sabia que mesmo com um treinamento básico, Zoe não daria conta e acabaria virando refeição de vampiros em sua primeira missão.

Para proteger não só a sua irmã, mas também a si mesma, ela faz de tudo para receber a missão que originalmente foi enviada para Zoe, e acaba conseguindo. Desta vez, ela teria que, não só proteger a princesa, Jill, mas também teria que se passar por estudante do ensino médio, mesmo depois de ter se formado a mais de um ano. É claro que o que deixava a situação desconfortável era o fato de que ela nunca tinha de fato frequentado uma escola, sempre foi educada em casa com o auxilio de seu pai.

E essa é a trama inicial de Laços de Sangue, com vampiros e alquimistas tentando se disfarçar como adolescentes ordinários em uma escola classuda na Califórnia.

Devo dizer que eu tinha muitas expectativas sobre esta nova perspectiva deste mundo da Richelle Mead, e todas elas foram atingidas desde o primeiro capítulo. Academia de Vampiros não foi a melhor leitura que eu já tive, mas foi algo que me prendeu do primeiro até o ultimo livro e me fez amar os personagens e estes vampiros que eu de fato nunca pensei que iria gostar.

Se Laços de Sangue é superior á Academia? Sim! Seja pela escrita, que melhorou completamente, ou pela visão de humanos convivendo com vampiros, este livro realmente superou o seu carro-chefe. Porém, olhando por outro lado, não superou os personagens apaixonantes e as cenas de ação de O Beijo das sombras, apesar de termos personagens incríveis e adoráveis neste livro.

A narrativa é muito boa e nada enrolada. Os dramas são bem pensados e os mistérios são excitantes, apesar de algumas vezes fáceis demais de se resolver.

Estudante carioca de 14 anos apaixonado por livros e por séries de TV. Li 23 livros em 4 meses de 2014 e 24 em 2013. Membro da Franqueza em Divergente, morador do Distrito 12 em Jogos Vorazes, Moroi em Academia de Vampiros e Caçador de Sombras em Os Instrumentos Mortais.

*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

14 comentários em "Laços de Sangue, Vol. 01 - Série Bloodlines [Richelle Mead]"

  1. Ultimamente tenho fugido um pouco dos vampiros, pois fiquei um pouco enjoado de tanto ver obras e mais obras com eles. Mas, até agora, todas as resenhas que li de "Academia de Vampiros" e de "Bloodlines" foram positivas, então, não tem como não ficar com curiosidade pra ver se é tudo isso mesmo. Claro que vou dar uma conferida nas duas séries e, principalmente nessa, pois já que você disse que a escrita da autora melhorou, torna-se um convite a mais.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  2. Nunca tive uma queda por vampiros, creio eu que seja uma das criaturas sobrenaturais que menos me interessa no mundo sobrenatural. Apesar disso, vez ou outra chego a ler algum livro que me interessa sobre eles, mesmo sendo algo raro.
    Não li Academia de Vampiros e por enquanto não pretendo começar a leitura. As opiniões sobre a série antecessora e essa normalmente são positivas, e até chegam a plantar um pingo de curiosidade em mim.
    Pela sua resenha achei interessante alguns pontos que ressaltou, todavia não tenho planos de começar a ler Bloodlines ainda este ano. Tenho muitas leituras atrasadas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Claro que li esse livro de titia Richelle RSrs adorei e já estou aqui com o próximo que minha amiga me emprestou para ler <3
    Bjs

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler a Série Bloodlines, adorei sua resenha e fiquei mais ansiosa ainda para começar a ler a série, se tivesse os livros, leria imediatamente, mas como não tenho, só me resta aguardar, adoro livros que tem vampiros, o que contribuiu ainda mais para eu querer muito ler Laços de Sangue.

    ResponderExcluir
  5. Não li nenhum livro da Richelle, Academia de vampiro está na minha lista de leitura faz um tempão, e pretendo ler Bloodlines só depois de ler essa outra série. Acho esse mundo dos vampiros que a autora criou fascinante, e espero conhecer em breve, pois quero saber como a Sydney consiguiu sair da enrascada em que se meteu ao ajuda a Rose.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Samuel! Eu gosto muito de histórias com vampiros, aliás, curto demais tudo que está relacionado a esse mundinho sobrenatural. Ainda não li Academia de vampiros, mas tenho muita vontade, até porque pretendo acompanhar a série Bloodlines também e seria melhor começar por ela, né? Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  7. Oi Samuel.
    Para ser sincera, não conheço nenhuma das 2 séries, desde quando vi resenhas sobre "Bloodlines' pela primeira vez, fiquei intrigada. Sou como você, não sou muito fã desse mundo vampiresco, mas totalmente apaixonada em lobisomens, talvez por gostar deles eu consiga me familiarizar melhor com a série (sou bem acostumada com filmes contendo os 2 juntos). Percebi que para não me perder, devo ler "Academia de Vampiros", então isso vai atrasar minha leitura deste.

    BJss

    ResponderExcluir
  8. Samuel, assim como você os livros vampirescos não são meus preferidos, pois quando pegou aquela 'modinha' de filmes e livros, hoje não aguento mais saber sobre eles (estou quase virando uma kk), mas depois de sua resenha, preciso confessar que tive uma certa curiosidade de saber mais, devido á esse mundo de vampiros que lutam entre si, de sua mágica e necessidade de proteção. Depois disso, quem sabe não abro uma exceção??
    Abçs!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Samuel! Amei a sua resenha, tanto que me deixou curiosa para ler Academia de Vampiros e logo depois esse spin-off da série. Houve uma época em que eu curtia muito vampiros, mas com o tempo deixou de ser um dos meus estilos preferidos de histórias. Mas algo na sua resenha me chamou a atenção e me fez ter vontade de ler novamente algo com esses seres. Quem sabe acabo pegando o gosto de novo. ;)

    ResponderExcluir
  10. Samuel!
    Sou aficionada pelos vampiros e uma das melhores séries em livros que já li é justamente Academia de Vampiros da Richelle Mead.
    Tenho certeza que esse spin-off deve ser na mesma linha e ótimo de ser lido. ainda não o fiz por falta de oportunidade, mas logo o farei.
    “Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  11. Não curto muito esse tipo de livro. Já alguns e simplesmente não gostei. Vampiros e outros seres fantásticos não me animam em ler, seja qual for o livro.

    ResponderExcluir
  12. Eu gosto muito de VA e só vou ler essa série pra saber coisas dos personagens de VA que gosto. E o porque disso é que detesto a Sidney. Eu já li esse livro e achei bem morno.

    ResponderExcluir
  13. como eu amo essa série, meu Deus como me apaixonei

    ResponderExcluir
  14. como eu amo essa série, meu Deus como me apaixonei

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir