acompanhe o blog
nas redes sociais

3.12.15

A Garota Inglesa [Daniel Silva]

Daniel Silva
Ed. Arqueiro, 2015 - 336 páginas:
      Madeline Hart é uma estrela em ascensão no governo britânico: linda, inteligente, com uma trajetória de enorme sucesso após uma infância pobre. Mas ela também guarda um segredo obscuro - é a amante do primeiro-ministro Jonathan Lancaster. E isso é tudo que os sequestradores dela precisam saber para chantagear o premier e fazê-lo pagar caro por seus pecados, ameaçando Madeline de morte. Temeroso de um escândalo, Lancaster decide lidar com o caso sem envolver a polícia inglesa. É uma manobra perigosa, especialmente para o agente que conduzirá a busca pela garota. Porém, operações mortais com alto risco político não são novidade para o espião israelense Gabriel Allon. À medida que se aproxima o dia da execução de Madeline, Gabriel mergulha em uma angustiante empreitada para resgatá-la. 

Onde comprar:

O destino de uma única jovem pode fazer ruir o governo de todo um pais

Se você está procurando alguma trama cheia de tensão, investigação, reviravoltas e bastidores da política, pode parar de procurar, pois, “A Garota Inglesa” tem tudo isso e muito mais. Foi minha primeira experiência com o autor Daniel Silva (apesar do nome, não é brasileiro), e ele não poderia ter deixado uma impressão melhor.

A trama gira em torno da personagem Gabriel Allon, espião israelense, tentando desvendar todo o mistério que envolve o sequestro de Madeline Hart, uma jovem que tem tudo para seguir uma bela carreira política na Inglaterra. A cada descoberta feita por Gabriel, percebemos que esse caso não é apenas um seqüestro comum. E, conforme vamos viajando por toda Europa em busca de seu paradeiro, vamos enveredando cada vez mais no lado obscuro da política internacional.

O livro é narrado em terceira pessoa, então temos uma visão geral dos acontecimentos. E o Daniel não restringe as cenas apenas ao Gabriel, ele vai se utilizando de outras personagens, em vários outros cenários, para nos dar essa visão mais ampla. Em relação a sua escrita, só tenho elogios. É muito precisa e visual. Durante todo o livro, me sentia como se estivesse dentro das cenas. Tanto é que até o clima de tensão era palpável.

Outro ponto forte foram as personagens. Achei-as ótimas, principalmente o Gabriel e o Keller. Sabe aquelas personagens durões, mas que tem um humor bem característico?!?! Não aquelas que nos fazem gargalhar, mas que tem um humor seco, irônico e sarcástico?!?! Pois é, esses dois são exemplos disso. Os diálogos entre eles são ótimos.

Em relação a diagramação e revisão, a Editora Arqueiro fez um trabalho perfeito. A capa é muito bonita, e a diagramação, apesar de simples, está legal. E não encontrei erro algum durante todas as 336 páginas.

Fazendo uma rápida pesquisa, vi que esse é o 13º volume de uma série com 15 (até agora), mas que segue aquela regra de cada volume ser independente do outro. Claro que tem aquele fio condutor geral, principalmente na parte de sua vida pessoal, mas que não atrapalha em nada o entendimento da trama.

Para finalizar, indico esse livro aos fãs de tramas de suspense, investigação, espionagem e bastidores de política internacional. Com direito a personagens bem interessantes, reviravoltas de deixar qualquer um de queixo caído e trama bem encaixada. Leitura cinco estrelas e mais do que recomendada.

http://www.skoob.com.br/a-garota-inglesa-523636ed531175.html


 Cortesia da Editora Arqueiro
Nardonio Almeida
Pernambucano, formado em Artes Cênicas e apaixonado por teatro e livros. Descobriu-se leitor depois de um empurrãozinho de uma amiga. Virginiano, pé no chão e que adora a calmaria. Leitor de quase todos os gêneros literários. Afinal, quando a trama é boa, o gênero é o que menos importa.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

18 comentários em "A Garota Inglesa [Daniel Silva]"

  1. A Garota Inglesa é um livro que tinha chamado bastante a minha atenção quando lançado, mas ainda não tive oportunidade de ler esse livro.
    Pela sinopse e por tudo que disse em sua resenha, A Garota Inglesa tem tudo para me conquistar, ainda mais pertencendo a um gênero que tanto aprecio. A trama tem potencial e parece ser capaz de viciar o leitor se for aliada a uma boa narrativa, coisa que Daniel Silva, parece ter. Inclusive, achava que o autor fosse brasileiro...
    Os personagens, pela sua descrição, são outro ponto forte do livro e creio que gostarei muito deles.
    Não fazia ideia de que esse livro fazia parte de uma série, muito menos que fosse uma tão longas, mas não sendo necessário ler os outros livros, provavelmente não será um problema.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. caro DomDom, tenho uma amiga que é fã incondicional de Daniel Silva, tem tudo do cara. ela me incentivou diversas vezes a lê-lo, mas por causa de outras leituras acabei abandonando a ideia. agora vem vc novamente atiçar a fogueira jogando gasolina. como vc bem disse o trabalho da Arqueiro é realmente impecável, só não gostei muita das capas dos livros deste autor, mas aí é uma questão pessoal, não atrapalha em nada o capricho da edição. na próxima vez que me deparar com um livro do autor prometo olhar com olhos diferentes, admirados. bela dica!

    ResponderExcluir
  3. Não li nada do autor ainda, mas ouço muitos elogios dos seus livros e ele escreve o tipo de livro que adoro ler. Já tenho esse adicionado na minha lista e espero gostar da leitura.

    ResponderExcluir
  4. Oi Nardonio, os livros do autor são ótimos, ainda mais para quem é fã do gênero, como eu. Este eu não li ainda, mas pretendo ler ele e todos os outros da série que por ventura não li.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  5. O livro parece incrível, envolvendo política, espiões, sequestros, tudo que eu gosto. Parece ser bem divertido como você disse, os personagens parecem ser super carismáticos e com diálogos interessantes. Estou louco para ler!!

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  6. Oi Nardonio, nunca tinha ouvido falar desse autor antes. Mas lendo essa resenha fiquei super curioso. A pegada de mistério que a obra parece ter chamou minha atenção, gosto de livros assim. Ainda mais quando os personagens são tão cativantes como você disse. Ótima resenha! Abraços...

    ResponderExcluir
  7. Genteeeeeeeee, nunca tinha vista esse livro e pirei só com a sinopse! Tem cara de ser muitoooo bom! Já quero comprar! SOS

    ResponderExcluir
  8. Pelo nome do autor pensava que era brasileiro.
    É bom saber que é 13º de uma série,mesmo sendo independente sempre tem familiaridades com os anteriores,gosto de entender os detalhes,é frustrante pegar uma leitura é só perceber depois que os personagens já tiveram uma história .
    Um enredo focado em política internacional não é minha primeira escolha,mas adoro suspense,investigação e diálogos com personagens irônicos e sarcásticos,

    ResponderExcluir
  9. Como gosto de livros em que a história tenha, suspense e ação, me interessei por esse livro, pelo nome do autor acreditei que ele era brasileiro e fiquei surpresa em saber que apesar do nome ele não é brasileiro, em fim, pretendo ler A Garota Inglesa, pois gosto de livros bem escritos e que fazem o leitor se envolver na história, também não sabia que era o 13° volume de uma série com 15 livros, mas que bom saber que os livros podem ser lidos separadamente.

    ResponderExcluir
  10. Dom!
    A meu ver carecemos de bons livros de espionagem e tramas internacionais e pelo visto esse é bem escrito e traz bons personagens.
    Fiquei com vontade de ler sim.
    “Temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos.” (Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  11. Dom!
    Carecemos de bons livros de espionagens e trama internacionais e me parece que esse é bem escrito e tem personagens bem estruturados.
    Gostaria muito de ler.
    “Temos o destino que merecemos. O nosso destino está de acordo com os nossos méritos.” (Albert Einstein)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  12. Oi Nardonio, tudo bem?
    Eu já tinha visto o livro pelas redes sociais quando do seu lançamento. Mas confesso que não sabia nada da trama. Gostei da sua resenha. Você conseguiu me situar na história e mostrar o que esperar dela.
    Abraço.
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Dom, tudo bem?
    Bom, eu acho que tenho toc literário porque se descobrisse que estava vendo o 13º volume de uma série, mesmo um independendo do outro, eu teria ficado loooouca! kkkk
    A história parece ser muito interessante mesmo e você ter dado 5 estrelas me anima bastante. Gosto muito desse tipo de história, ainda mais envolvendo essa coisa de política internacional, acho que o mistério fica bem melhor. Com certeza eu daria uma chance a esse livro.

    beijos
    http://pobreleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Nardonio. Julguei o autor como brasileiro também por seu nome. Enfim, sobre a Garota Inglesa, me interessei por toda a construção da história e os adicionais, como tensão e investigação. Porém, o fator política me desanimou completamente em relação ao livro, confesso que não gosto do tema, principalmente da maneira como foi tratada neste livro. Portanto, elimino esta leitura.
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Eu adoro este tipo de livro, me soou muito como algo do tipo Harlan Coben, afinal, são muitos livros que podem ser lidos fora de ordem. Isso mostra quão inteligente esses caras são.
    To querendo ler esse livro há um tempo, valeu por me lembrar.
    Adoro tramas políticas, envolvendo espionagem, sequestro, suspense, mistério, crimes no geral para serem desvendados.
    Esse livro tem vários elementos que não poderiam dar errado, né?
    Adorei e quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. O que eu queria está aqui, uma trama com muita investigação, tema policial e discórdia. Eu não tinha me interessado em A Garota Inglesa a primeira vez, mas a resenha explicou tudo de uma forma clara e um gênero que gosto muito sobressaiu na trama: o policial. A possibilidade da garota de destruir o governo é incrível também.

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Adorei esse livro ele tem vários elementos que gosto como suspense, investigação, espionagem e ainda em um cenário politico deixando as coisas mais misteriosas, fiquei muito curiosa sobre a escrita do Daniel que ainda não conhece parece que ele soube escrever ótimos personagens e uma trama bem realista !!

    ResponderExcluir
  18. Eu já li um livro dessa série e gostei muito! Quero ler o resto, mas na ordem. O livro que eu li peguei um baita spoiler do livro anterior, odeio quando isso acontece.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir