acompanhe o blog
nas redes sociais

7.1.16

A Desconhecida [Peter Swanson]

Peter Swanson
Ed. Novo Conceito, 2015 - 288 páginas:
      Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece.de mentiras. Em uma noite de sexta-feira, a rotina confortável e previsível de George Foss é quebrada quando, em um bar, uma bela mulher senta-se ao seu lado. A mesma mulher que desaparecera sem deixar vestígios vinte anos atrás. Agora, depois de tanto tempo, ela diz precisar de ajuda e George parece ser o único capaz de salvá-la. Será que ele a conhece o suficiente para poder ajudá-la? 


Veja o preço:



Ela deixa rastros de caos por onde passa

“Mais eu tive melodrama demais nesta vida, e daria de bom grado meus cinco sentidos se eles pudessem assegurar a paz e a segurança que temos. A felicidade não é uma posse a ser conquistada, é uma qualidade do pensamento, um estado de espírito.”

O livro relata o romance de faculdade de Audrey e George, a princípio dois adolescentes recém chegados ao Mather College. Durante uma festa dessas de calouros comum para os norte-americanos, George conheceu Audrey ou pelo menos foi esse o nome com que ela se apresentou, foi um semestre inteiro juntos, namorando, porem ao chegar as férias de natal cada um foi para sua casa e por algum motivo misterioso, Audrey disse para George não ligar para ela durante esse período.

As férias acabaram e ao voltar ao colégio, George descobriu, por intermédio da colega de quarto de Audrey, que ela havia se suicidado durante as férias. Não conformado com isso, ele resolve ir atrás dela na Florida, mal sabia ele na confusão que estava se metendo.

Ao chegar na cidade entrou em contato com todos os Brecks (sobrenome de Audrey) existentes no local até encontrar a casa dela. Quando se dirigiu até lá, viu logo de cara pelas fotos, que a mulher pela qual havia se apaixonado na faculdade não era nem de longe parecida com a Audrey que havia se “suicidado”. E aqui começam as primeiras esquisitices dessas história....

Como alguém manda outra pessoa no seu lugar para a Faculdade? Bom, se eu contar perde a graça. Mais o bizarro foi que exatamente uma década depois, essa mulher reaparece em sua vida com uma história ainda mais estranha, o nome dela deveria ser "perigo" ou "mantenha-se distante" sei lá, só sei que ela envolveu ele novamente num caso de polícia, isso tudo porque no fundo do inconsciente dele, ele ainda gostava dela. Bem dizem aqueles que falam que uma mulher pode ser a perdição de um homem kkkkkk.

O autor faz muitas especulações durante a narrativa e sempre volta a algum fato do passado para dar base no que está acontecendo no momento, portanto você terá que ser um leitor detetive e quando achar que acabou vai notar é apenas o início.

A frase citada em negrito no início desse texto foi como um sinal a George de que Audrey, Jane, Liana, ou seja lá qual for o nome que ela escolheu para o momento ainda está viva.

 Cortesia da Editora Novo Conceito

Luana Miranda Rodrigues
Analista de Sistemas, "Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história". Bill Gates tem toda razão.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

28 comentários em "A Desconhecida [Peter Swanson]"

  1. Oi Luana! Já não sou muito fã de romances, principalmente esses da Novo Conceito, acho bem água com açúcar. Sendo três estrelas então, realmente só se eu tiver tempo, hahaha. De qualquer forma, resenha ótima, como sempre. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Arthur já que sua visão já essa não vou conseguir mudar muita coisa mais se tiver atoa leia A desconhecida as vezes é bom pra distrair =)

      Excluir
  2. Gente que loucura essa história. E George é muito do besta pra ajudar a doida da Audrey mesmo depois do que ela fez a ele no passado, e ainda se envolver em um caso policial. Agora fiquei curiosa para saber se ele descobriu quem ela realmente é e porque trocou de lugar com outra pessoa. Mas acho que não colocarei esse livro nas minhas metas desse ano, estou guardando espaço para os melhores dos melhores rsrsrs.

    ResponderExcluir
  3. Faz um bom tempo que não leio um livro do gênero...
    Fiquei super curiosa pela trama, parece ser um suspense atraente, a capa sombria me agradou bastante.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Caramba! Fiquei com vontade de ler! Apesar de parece uma loucura!

    ResponderExcluir
  5. Eu estava com muita vontade de ler esse livro, primeiramente porque fiquei encantada com a capa (me julguem kkkk) e depois porquê, como já falei antes, sou apaixonada por livros com suspense, romance, intrigas e tudo mais. A Desconhecida vem chamando minha atenção desde que foi lançado e agora, mais do que nunca, estou louca para lê-lo. Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  6. Quando esse livro saiu ele tinha me deixado muito curiosa, adoro um bom mistério, mas parece que esse foi desenvolvido de uma maneira muito estranha e meio sem nexo. Bem, sua resenha me fez abaixar e muito minhas expectativas, mas ainda tenho vontade de conferir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Quando esse livro saiu ele tinha me deixado muito curiosa, adoro um bom mistério, mas parece que esse foi desenvolvido de uma maneira muito estranha e meio sem nexo. Bem, sua resenha me fez abaixar e muito minhas expectativas, mas ainda tenho vontade de conferir.
    Abraços

    ResponderExcluir
  8. Sempre esperei muito desse livro quando vi nos lançamentos, mas depois dessa resenha fiquei um pouco confuso. A história parece ter um desenvolvimento bem estranho e confuso, sem sentido mesmo. Adoro ser detetive por algumas horas, mas vou procurar um mistério melhor :PP
    Abraços, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  9. A Desconhecida chamou minha atenção entre os lançamentos da Novo Conceito.
    E o George ajuda a Audrey,isso que é continuar apaixonado por confusão.Adoro um suspense,por isso gostei desse ar de detetive voltando ao passado,tentando descobrir mais sobre ela..quantos nomes essa moça tem?!

    ResponderExcluir
  10. É sempre me encanto com os livros da Novo Conceito, uns mais outros menos, e a resenha muito boa pra aguçar a curiosidade pelo livro, acho que o incluirei nas minhas metas de leitura.

    ResponderExcluir
  11. Gostei da sinopse e a resenha só reforçou minha ideia de ler o livro. Vou adicionar a minha lista e espero ler em breve.

    ResponderExcluir
  12. Gente obrigada a todos, o livro é realmente uma loucura só

    ResponderExcluir
  13. Uma mulher tão problemática e o George ainda se envolve com ela?! Eita, homem banana, hein?! Rsrs
    Confesso que todo esse mistério envolvendo a Audrey foi o que me chamou a atenção, mas não despertou meu interesse a ponto de decidir ler A desconhecida, portanto, esse é um livro que não pretendo ler.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Quando vi o lançamento deste livro, achei o enredo interessante, e agora que as resenhas estão saindo, vejo que vale a pena dar uma olhada.
    Bjs, rose.

    ResponderExcluir
  15. Luana!
    Logo no lançamento do livro, achei que o enredo era totalmente outro.
    Depois quando li, fiquei chocada o quanto estava errada.
    Não que o livro seja ruim, mas não era o que esperava, ainda assim gostei.
    “Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gostei da resenha me deixou com muita vontade de ler esse livro, pois cada vez mais a historia parece ficar ainda mais confusa e a Audrey com certeza é um grande mistério, se tiver oportunidade quero muito ler !!

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Eu quero muito ler esse livro, lembro-me de quando eu estava na casa da minha amiga e fiquei namorando ele na estante hahaha ela não quis me emprestar, mas fui na livraria e já adquiri meu exemplar, agora só me falta tempo para começar a lê-lo.

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Eu quero muito ler esse livro, lembro-me de quando eu estava na casa da minha amiga e fiquei namorando ele na estante hahaha ela não quis me emprestar, mas fui na livraria e já adquiri meu exemplar, agora só me falta tempo para começar a lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. A Desconhecida me deixou totalmente confuso, eu fiquei me perguntando sobre as várias identidades de Audrey, outra personalidade na faculdade, as suas idas e voltas e afins. O livro não me envolveu, mas também não me deixou desanimado.

    ResponderExcluir
  20. Uuuaaal Luana! Eu gosto mto de romances e misturado com tantos mistérios assim, me tirou o fôlego! Precisooo ler claro!
    Abç!

    ResponderExcluir
  21. O livro, infelizmente, não me atraiu. Fiquei totalmente intrigada com a premissa inicial do livro passada pela sinopse, mas decepcionei-me ao longo da resenha. O livro deixou a desejar nos aspectos apresentados e a volta dela ficou vaga, me irritei muito com a submissão total de George a uma "desconhecida".

    ResponderExcluir
  22. Que estória maluca...
    Entendi nada, haha.
    Achei bacana e fiquei curiosa para saber mais dessa desconhecida.
    Li uma resenha negativa.
    A sua pra mim foi bem neutra.
    Não tem como não querer saber mais.
    Eu ao menos quero saber se essa mulher é só uma psicopata... Ou o que? Hihi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Edna a história é bem maluca mesmo, por isso fui neutra se contar muito talvez te faça perder o interesse mais se quiser mais detalhes pode me mandar um email que te falo mais sobre o livro =)
      sistemasluana@gmail.com

      Excluir
    2. Edna a história é bem maluca mesmo, por isso fui neutra se contar muito talvez te faça perder o interesse mais se quiser mais detalhes pode me mandar um email que te falo mais sobre o livro =)
      sistemasluana@gmail.com

      Excluir
  23. Oi, Luana. Confesso que eu esperava um pouco mais de A Desconhecida, pois a história não conseguiu me prender em nenhum momento. Todas as situações são monótonas e sem sentido, o que resulta na construção do título. O que me decepcionou mais foi a volta repentina dela.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir