acompanhe o blog
nas redes sociais

11.1.16

Amor imortal [Ana Carolina KJ]

Ana Carolina KJ
Ed. Novas Páginas, 2015 - 256 páginas:
      Após a morte de seu pai, Anna Bonnier tenta recuperar um pouco de sua felicidade ao viajar para uma estação de esqui com sua melhor amiga, Loreta. Entretanto, o que era para ser um simples passeio, acaba por se tornar um desafio sobrenatural. Anna conhece o enigmático Raziel e percebe uma forte conexão que vai além da realidade, sobretudo quando descobre que o sentimento que tem por ele atravessa os séculos. Aos poucos, a proximidade que constroem juntos traz novos riscos. O relacionamento amoroso que ela sempre desejou pode desaparecer de forma trágica, assim como o homem que abriu seu coração. Passado, presente e futuro caminham juntos nessa emocionante história de amor e sedução, em que a realidade é capaz de alterar, a qualquer momento, o destino de cada um deles.

Veja o Preço:

Todos nós buscamos amar e ser amado, essa é uma das principais buscas dos seres humanos desde o começo das eras. Amor Imortal nos traz a visão de um sentimento que nunca morre, não importa quantas vidas passem.

Nessa história conhecemos Anna Bonnier, uma linda ruiva, amante das artes plásticas que perdeu a fé na espiritualidade após a morte do seu pai. Loreta, sua melhor amiga, convenceu-a a viajar para Aspen e é lá que sua vida da uma reviravolta, ela conhece o envolvente e sedutor Raziel. A conexão entre os dois é imediata.

Mas como tudo não são flores, Raziel é parte de um mundo sobrenatural, aonde Anna nunca imaginou estar envolvida. O amor que já atravessa séculos, vidas passadas, ressurge com toda força. Assim como milhares de pessoas tentando impedir.

Vários fatos já ficam bem claros logo no comecinho do livro, como Raziel ser na verdade um Nephilim (nascido da união de um anjo caído com uma humana). Outro fato também é que já tentaram viver esse amor impossível em outras vidas, mas todas Anna acabam morrendo muito nova.

Tenho que admitir que o livro não me surpreendeu muito, e em alguns momentos, vários pontos meio “Crepusculesco” aparecem. A dinâmica do livro não é envolvente, porém um ponto que eu gostei bastante eram as partes que mexiam com o sobrenatural e a mitologia era riquíssima! E as escritas em latim com certeza deram uma vantagem ao livro.

Todo livro é especial, traz uma coisa só dele, e com o Amor Imortal não é diferente, porém é um livro neutro, aquele para se ler em um momento básico da vida. A escrita que a autora escolheu é em primeira pessoa, mas muitas vezes a personagem não dá realmente o olhar da situação, as coisas acabam acontecendo muito rápido. Por exemplo, a viagem a Aspen, não tem aquela magia de viajem, é como um lugar normal.

Mas um principal ponto positivo do livro é com certeza a capa que é maravilhosa!! Gostei das cores, dos detalhes, passa aquela coisa magica que procuramos.

Mas e você? Porque não compartilha sua opinião com a gente, e se ainda não tem, corre lá comprar o seu.

 Cortesia da Editora Novo Conceito
Gabriele Machado
15 anos, paranaense, leitora compulsiva, apaixonada por cachorros, viciada em musica e seriados, junta todos esses adjetivos, PUM! Aqui estou eu, Gaby Machado. Uma sonhadora irreversível, desastrada, pavio curto, falo sem pensar, eclética para tudo! Apaixonada por uma boa dose de cafeína e minha princesa favorita é a Mulan, por quê? Mesmo sendo uma princesa não preciso do príncipe para se salvar.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

21 comentários em "Amor imortal [Ana Carolina KJ]"

  1. Histórias sobrenaturais não tendem a me atrair, sendo sincera, é bem raro isso ocorrer, ainda mais quando o foco é claramente o romance. Amor Imortal não parece se distinguir muito de outros livros do gênero, admito que essa história de anjos e um amor que nas vidas passadas deu errado devido a morte da mocinha me lembrou muito Fallen e como não tive uma boa experiência com o livro em questão, meio difícil crer que este seria muito diferente.
    Já possuo livros demais na minha lista e um livro "neutro" não acho que merece se juntar aos outros, pois quase enlouqueço com os que me atraem demais e ainda não li.
    Amor Imortal não me deixou interessada, mas para quem gosta do gênero deve ser uma boa leitura.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Logo que vi a capa achei que se tratava de mais um livro se romance como todos os outros, mas o fato da autora ter trazido um pouco de sobrenatural para a história chamou muito minha atenção. Me desanimei um pouco por você ter dito que o livro é "neutro", o que é uma pena já que com uma premissa dessas a autora poderia explorar bastante a história.

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabriele! Preciso confessar que torço um pouco o nariz para romances. Não é um gênero o qual eu aprecie muito. Mas amo mitologia e assuntos sobrenaturais. De forma que esta obra me deixou um tanto curioso para lê-la. Gostei muito, espero poder ler em breve. Ótima resenha! Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Parece MUITO com a história de Fallen! :O
    Gosto muito dessa mistura de romance e mitologia, mas como parece com a saga Fallen que me decepcionou no final, não sei se eu leria.

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir
  5. Eu amei a capa e o titulo!!
    Eu leria, mas com um pé atrás. Livros com amores q passam por varias vidas m deixam dividida... É lindo um amor assim, mas será q a personagem não tem direito de escolher quem amar? Tem q amar só pq na outra vida amou? Esse sentimento me dividida desde q li a série Fallen

    ResponderExcluir
  6. Gente, essa história me pareceu muito com o livro Fallen. Essa mistura de romance de humana e anjo, e essa reencarnação, os inimigos e tudo o mais. Acredito que esse é um livro que não desperta minha curiosidade exatamente por se parecer tanto com a série Fallen e não estou com tempo para ler mais do mesmo :(

    ResponderExcluir
  7. Já li outras críticas a respeito desse livro e posso dizer que a maioria foi de críticas negativas. Não me interesso muito pelo gênero romance sobrenatural , o livro parece não trazer encanto nenhum ou simplesmente alguma coisa diferente para proporcionar ao leitor. O desenvolvimento acelerado tbm não me agrada.
    Enfim, pode ser uma boa pedida pra quem curte.
    Abraços, adorei a resenha!
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Hum,alguns pontos do livro não chamaram minha atenção,como o meio “Crepusculesco” e sem grandes surpresas,por isso não fez meu perfil de leitura.
    Apesar de gostar de anjos,é difícil encontrar histórias que me cativem com esse tema.

    ResponderExcluir
  9. História de um amor que ultrapassa a barreira do tempo sempre me ganham, acho lindo e emocionante um amor imortal, por isso fiquei interessada nesse livro desde que li sua sinopse na época que ele foi lançado. Espero conhecer a história de amor de Anna e Raziel em breve.
    Ps: a capa é mesmo maravilhosa!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Antigamente adorava esse tipo de livro, mas isso mudou com o tempo. Hoje não vejo mais graça e prefiro não ler.

    ResponderExcluir
  11. Oi Gabriele, a capa é realmente muito bonita, mas a obra em si não é uma leitura que eu queira fazer agora, no momento.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não decidi se gostei ou não. Kkkk
    Então quero ler, para decidir.

    ResponderExcluir
  13. Gabrielle!
    O livro é isso mesmo que analisou: mais do mesmo.
    Sem muita inovação e criatividade, mas da para ler, mesmo tendo a impressão de déjavu em muitas passagens.
    “Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  14. Gabrielle!!!
    Amei o título e a capa do livro, e romance é um gênero que aprecio muito ler, e com certeza farei a leitura para ver ser as impressões que terei serão as mesmas.

    ResponderExcluir
  15. Por ser um livro neutro,fiquei meio indecisa se quero ler ou não, talvez quando eu tiver a oportunidade darei uma chance haha

    ResponderExcluir
  16. Amor Imortal me prometeu uma história de Amor sobrenatural super envolvente, mas não cumpriu com as minhas expectativas. A escrita da autora é bem fraca com uma proposta que poderia ser muito bem mais exploradas, sem cenas marcantes de amor, tensão ou aventura, não me atraiu em nada.

    ResponderExcluir
  17. Gostei mto da história! Amor que vai além do tempo, um mistério de saber como acabará esse romance...Me encantou! Com toda ctz entrará na minha lista!

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    O livro pareceu legal e com uma historia interessante, gostei de saber que temos o sobrenatural e a mitologia que a autora trabalha nesse livro, mais essa historia me lembrou livros que li com o mesmo tema, mas quero dar uma chance e adorei a capa !!

    ResponderExcluir
  19. Oi, Gabriele! Amor Imortal não me deixou ansiosa para a leitura, mas parece ser um livro bem leve se tratando de um sobrenatural, então pretendo dar uma chance por ser um romance bom, principalmente em temporada de férias. Os personagens foram bem construídos, outro ponto forte do livro.

    ResponderExcluir
  20. Eu gosto muito de livros sobrenaturais que tem personagens anjos caídos e tal, mas sabe que TB me soou muito parecido com o que já existe e não achei nada surpreendente.
    Pena, mas não me interessei.
    Mas a capa é bonita mesmo.

    ResponderExcluir
  21. Gabriele, nunca pude imaginar que Amor Imortal seria um romance envolvendo anjos caídos e outras anormalidades sobrenaturais. O inicio da história me encantou bastante, uma garota de férias e um garoto cheio de segredos. Mas, o desenvolver da mesma não conseguiu me prender, reprimindo-me para o livro.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir