acompanhe o blog
nas redes sociais

4.1.16

O Último dos Canalhas [Loretta Chase]

Loretta Chase
Ed. Arqueiro, 2015 - 298 páginas:
      O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela. Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais. Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.

Veja o preço:

Quem curtiu O Príncipe dos Canalhas agora tem a chance de continuar se divertindo com a leitura do O Último dos Canalhas, segundo livro da série "Scoundrels" no Brasil. A Autora não planejou esta série, ela foi surgindo a partir de alguns personagens que lhe despertaram a atenção. O Mais famoso deles é lorde Belzebu (Príncipe dos Canalhas), que acabou tornando-se a peça central da série e por isso o primeiro livro a ser lançado no Brasil, mesmo sendo terceiro no exterior.

Loretta Chase consolidou sua posição como uma de minhas autoras prediletas para romances históricos, com personagens irreverentes e senso de humor sagaz, transformando seus romances em um prazeroso entretenimento. Outra característica de suas obras que me agrada é o espírito independente de suas personagens femininas, que mesmo numa época onde as mulheres eram literalmente "propriedade" dos maridos, batalham por seu lugar ao sol.

E em O Último dos Canalhas fui literalmente conquistada por Lydia Grenville, apesar de sua infância difícil, não se deixou abater e lutou por sua independência, tornando-se uma jornalista de sucesso. Lydia conseguiu o que raríssimas mulheres de época conseguiam, um trabalho que lhe rendia independência financeira e respeito no meio jornalístico.

"E certamente não arriscaria todas as coisas pelas quais batalhara só porque um príncipe encantado palerma tinha provocado um furor em seu coração turbulento."

Fervorosa defensora dos pobres, principalmente de meninas desamparadas, ela acabou por entrar numa briga de rua com uma famosa cafetina, e quando Vere Mallory, duque de Ainswood, irresponsavelmente tenta tira-la da briga, Lydia acaba dando um soco no Duque, transformando-o na chacota da cidade. Mallory não deixa por menos, resolve transformar Lydia na sua próxima conquista, seduzindo-a e depois abandonando-a, provando então a sua superioridade masculina.

"- Deus nos livre das metidas a intelectuais. Sabe qual é o problema delas, Jaymes? Como não trepam com regularidade, algumas mulheres assumem as fantasias mais estranhas, como a de imaginar que conseguem pensar. - O duque limpou a boca com as costas da mão."

Mallory tornou-se duque por uma série de infortúnios que levaram a morte dos seis primeiros na linha de sucessão ao ducado. E mesmo possuidor do título mais cobiçado da Inglaterra, não era feliz e considerava a si mesmo um grande canalha. Nunca respeitou nenhuma mulher e ao conhecer Lydia começa a repensar um pouco de suas atitudes, inclusive as responsabilidades oriundas do seu título. Lydia acaba sendo uma boa influencia na vida de Mallory, mas conquistar esta mulher de gênio forte será uma tarefa extremamente difícil até para o último dos canalhas.

"- Desde quando você virou defensor da lei e da ordem?
-  Desde que você comentou sobre meu fracasso em fornecer um exemplo de moral elevada. Estou estudando para virar santo."

E além do romance principal, contamos com o engraçadíssimo Bertie, irmão meio obtuso da Jessica, nos proporcionando muitas gargalhadas.

Leitura extremamente divertida e apropriada ao entretenimento. Imprescindível para quem gosta do gênero!!


 Cortesia da Editora Arqueiro
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

24 comentários em "O Último dos Canalhas [Loretta Chase]"

  1. Oi Gisela! Curto bastante livros de época. Aliás, não só livros, mas filmes, música, tudo que é retrô me agrada. Quanto ao gênero romance, não sou grande fã. Quando li a premissa do volume anterior, não me interessei muito, mas vendo este e diante de tantos elogios, me chamou a atenção. Talvez um dia eu pegue para ler. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Nunca li romances de época e todos falam tão bem dos romances da Julia Quinn e da Loretta Chasi. Fiquei muito curiosa para saber mais sobre a história de Lydia, ah, e amei o fato dela ser independente financeiramente e ter conquistado seu lugar na sociedade como jornalista respeitada:)
    O fato de Mallory ser um canalha, chamou minha atenção, será que ele realmente gosta de ser assim? Fique bem curiosa para saber mais sobre ambos os personagens.
    Acho que vou colocar O Último dos Canalhas na minha 'pequena' lista de livros para ler em 2016!

    ResponderExcluir
  3. Quando O Príncipe dos Canalhas saiu ele tinha me chamado a atenção, mas aí algumas resenhas me desanimaram um pouco, o que me deixou sem previsão de leitura para ele, e não esperava que a editora fosse investir em outro da série.
    Fiquei intrigada com os personagens, não sei se vou gostar deles, mas parecem ser recheados de um humor um tanto ácido vez ou outra.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Oi Gi,
    Ah preciso ler o primeiro.
    Adoro esses históricos com toque de humor, me deixam encantada e de bom humor haha
    E esse moço da capa huuuum hahahaha

    Ótima resenha e adorei os quotes.

    Tenha um lindo 2016 \o
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Querida Gi, você sempre nos apresentando livros históricos prazerosos. Estou em meio a uma leitura, também histórica, mas digeri-lo não está nada fácil. Quando me deparo com capas como esta fico olhando de longe, seria este mais um chick-lit no formato histórico? Prefiro, por enquanto, acompanhá-lo através de suas saborosas resenhas :D

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã de romances de época e esse livro não me despertou curiosidade; embora tenha ouvido muito elogios sobre o mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Eu li pouquíssimos romances de época, sempre fico um pouco apreensiva, mas é uma gênero que eu queria me aventurar mais, gostei da dica, quem sabe esse ano eu não mudo um pouquinho! A capa com certeza é linda!
    Beijos
    Isadora

    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  8. Acho que nunca li um livro de romance de época, mas me interessei bastante por essa saga só pelas resenhas e críticas maravilhosas que ela recebe. A leitura parece ser bem divertida, pode ser que eu descubra um mundo novo com Loretta Chase ^^
    Abraços

    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Amei o Principe dos Canalhas, e agora quero muito ler esse. <3

    ResponderExcluir
  10. Olá Gisela!
    Já havia escutado falar sobre o Principe dos Canalhas, e tinha muita vontade de ler, agora a vontade triplicou, preciso ler os dois!! Desde já acho que vou me apaixonar!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Gisela, estou adorando estes canalhas! A autora que já havia me conquistado no primeiro volume, terminou de me fidelizar com este. A pegada de humor que os enredos possuem são ótimas, e dão uma leveza para a narrativa. Além de Bartie que você citou, foi maravilhoso ver de novo o lorde Belzebu. Aliás, morri de rir dele se referindo ao seu próprio filho.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  12. A história parece ser bem interessante e envolvente, não conheço essa autora ainda e nunca li nada do gênero, mas Estou pensando em colocar ele na minha lista de desejados. Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  13. A história parece ser bem interessante e envolvente, não conheço essa autora ainda e nunca li nada do gênero, mas Estou pensando em colocar ele na minha lista de desejados. Adorei sua resenha

    ResponderExcluir
  14. Não li O Príncipe dos Canalhas,mas a série chamou minha atenção pelo humor,deu pra sentir pelos trechos a acidez divertida dos diálogos,é bom pegar uma leitura leve de vez em quando,já gostei da Lydia com seu gênio forte e independente.

    ResponderExcluir
  15. O príncipe dos canalhas foi a minha melhor leitura de 2015, por isso minhas expectativas estão nas alturas em relação a O Últimos dos canalhas, que pretendo ler em breve.
    Também amo esse espírito independente das mocinhas nos livros da Loretta, assim como o humor sagaz dos personagens.
    Amei a resenha e estou ainda mais ansiosa para finalmente conhecer a história de Lydia e Vere.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Gosto muito de romances históricos e os livros da Loretta Chase me chamaram atenção principalmente por suas mocinhas fortes e independentes gostei muito de temos uma jornalista que consegue conquista seu lugar naquele sociedade e quero muito ler esse livro !!

    ResponderExcluir
  17. Gi!
    Super fã dos romances de época.
    Estou com o primeiro livro da série aqui e já quero esse também, o enredo é mais que interessante.
    “Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  18. Olá,

    Confesso que não sou muito de romances de época (até por que nunca peguei um livro desses para ler hahah, sou aquela pessoa que nunca provou e diz que não gosta ) , mas achei bem interessante O Ultimo dos Canalhas, estive pesquisando sobre, e várias pessoas falaram bem deste livro e disseram que é super divertido.Certamente colocarei na minha listinha de leitura 2016,porém quero começar a ler O Príncipe dos Canalhas primeiro ,só por perfeccionismo mesmo hahah bjss

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. "O Último dos Canalhas" me deixou intrigado por conta do personagem Vere nunca querer o posto que adquiriu e ter um passado nebuloso. Lydia me pareceu uma personagem forte e determinada. E este desejo de vingança veio para "apimentar" o livro.

    ResponderExcluir
  21. Vish! Agora fiquei instiga á ler...Realmente romances me encantam...Tô curiosa pra ler!

    ResponderExcluir
  22. Romance de época é um gênero muito bom. Vere é um personagem sagaz e que mesmo envolvido em muitas brigas e não querer assumir o seu reinado, faz isso de uma forma muito boa e divertida. Como todo romance, uma mulher aparece, e Lydia parece perfeita para controlá-lo. Adorei a história.

    ResponderExcluir
  23. Não li nada da autora ainda, mas tenho O príncipe dos canalhas e não sabia que se tratava de série quando comprei e nem que era o livro 3 na ordem correta.
    Adorei a premissa do Último dos canalhas e fiquei torcendo pela mocinha... Mulher tão forte e generosa.
    Apesar do canalha ter usado de seu charme torço pelo arrependimento e romance... Haha.
    Quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. O Último dos Canalhas me chamou a atenção, principalmente, por Lydia, li uma outra história com uma personagem de mesmo nome e uma personalidade muito semelhante, logo me identifiquei com a leitura de O Último dos Canalhas. Vere também não fica para trás, mesmo com sua futilidade inicial, ele conquista o leitor. Cada um com suas dificuldades, sobressaem em sua própria história.

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir