acompanhe o blog
nas redes sociais

27.6.16

Imprevisibilidade [Ana Ferrarezzi]

Ana Ferrarezzi
Ed. Autografia, 2016 - 121 páginas:
      Cada um dos contos traz uma nova trama, o que faz com que a obra consiga abordar uma quantidade expressiva de temas, que vão desde homossexualidade até a busca por independência. Ana apresenta contos que parecem não ter um fim claro e ficam abertos para a interpretação do leitor, levando este a exercitar sua criatividade. A autora se inspira em lendas urbanas para construir algumas de suas histórias, mas todas contam com personagens que vivem situações inusitadas, sejam elas angustiantes, como “Argumentando com a Morte”, ou cômicas, como “Resistência”. Imprevisibilidade é um livro para todos aqueles que desejam minutos de distração. Ana Ferrarezzi certamente sabe como prender seus leitores com sua escrita leve, de fácil fluidez e com gostinho de “quero mais”.

Onde comprar:


Livro de contos de Ana Ferrarezzi proporciona momentos de diversão

Imprevisibilidade é um livro de Contos e minicontos da autora Ana Ferrarezzi. Sempre acho difícil resenhar livros de contos, pois eles nos proporcionam várias histórias distintas e não temos como resumir cada uma delas, afinal já são curtas.

Mas aí é que se encontra a magia deste gênero, proporcionar ao leitor diferentes assuntos em um só lugar, onde, após a leitura de cada conto ou mini conto passamos a imaginar que estamos espiando um momento da vida de um desconhecido, participando junto com estes desconhecidos de fragmentos de suas existências. E a Ana foi muito competente em nos trazer esses pedacinhos de histórias que poderiam ser de qualquer um de nós, leitores. Talvez você até se identifique com alguma delas.

O Livro é composto por 21 contos e minicontos, falando de casamentos felizes, desfeitos e até mal assombrados, falam de família, amores, reencontros, traições, homossexualidade, loucura, enfim, uma gama de assuntos ligados ao dia a dia do cotidiano urbano.

Em “Argumentando com a Morte”, por exemplo, conhecemos uma mulher que deixa de viver por medo da morte. Todas as noites, apresenta uma série de argumentos para convencer a Morte de não levá-la logo. Depois de meses sem sair de casa, no entanto, algo inesperado acontece.

Neste trabalho percebemos a sagacidade da autora, também deixo uma dica para quem ainda não gosta de ler contos: São livros para lermos devagar, um conto por dia, deixando nos levar pela nossa própria imaginação ao final de cada um deles, completando todo o que não foi dito, mas somente pincelado. Por exemplo, depois do primeiro conto do livro: "A Despedida do Outono", fiquei imaginando o que aconteceu quando Gerson finalmente abriu a porta para receber Marcelo, como os dois resolveram seus problemas, se foram felizes juntos... E o bom nisso tudo é que completei a história com o final que "eu" quis.

Em “Resistência”, um louco conta seus delírios como justificativa para não tomar seus remédios. O rapaz acredita ser parte de um esquadrão especial do exército, acompanhado de dois cadeirantes pessimistas, um anão que carrega um facão de pesca e um russo chamado Napoleão, que jura ser descendente de Stalin, dentre outros.

Depois de ler Imprevisibilidade duvido que você não vai querer conhecer outra obra da autora.

Sobre a autora:

Escrever histórias é um hobby para Ana Ferrarezzi, que deseja que seus leitores se divirtam tanto quanto ela lendo seus livros. A autora se inspira principalmente em lendas urbanas e no folclore brasileiro para criar seus enredos e, com isso, quer fazer com que o povo brasileiro se interesse mais por sua rica cultura. Além de escritora, Ana Ferrarezzi é psicóloga e artista plástica. Para mais informações sobre a autora, visite o site www.anaferrarezzi.com.br.

 Cortesia da Editora Autografia
Gisela Menicucci Bortoloso
Capixaba, leonina, analista de sistemas e mãe. Apaixonada por livros, sou uma leitora compulsiva e como o tempo é curto, leio em todo o lugar: esperando o elevador, dentro do ônibus, no salão de beleza... Ler é meu prazer e minha paixão!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

10 comentários em "Imprevisibilidade [Ana Ferrarezzi]"

  1. Olá Gi!!
    Já tinha lido algumas coisas sobre o livro, me interessei mto por ser contos, adoro contos...
    A autora soube como prender leitores, pois á cada conto ela soube agradar á cada um...
    Gostei bastante! Qro mto conferir!
    Se eu já estava curiosa pra ler, com sua resenha não tenho mais dúvidas...
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  2. cara Gi, tenho certa dificuldade com contos. ele tem que me ganhar rapidamente, é bem diferente de um romance, que pode ir me ganhando aos poucos. por isso vou evitando e muitas vezes perdendo coisas legais. fiquei curioso com este livro, acho que o que me fisgou foi o conto "resistência", tenho atração por psicoses e outras neuras. vou anotar com carinho esta sua dica!

    ResponderExcluir
  3. Oi Gi.
    Confesso que não gosto de contos não, sempre fico perdida tirando o fato de que é extremamente difícil desenhar, achei legal sua resenha e a capa é bem intrigante.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  4. Olá! Ainda não conhecia o livro e nem o trabalho da autora, contudo gostei das premissas dos contos!
    A capa é diferente, chama a atenção, mas é linda do seu modo!

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  5. Gi, que bela dica de leitura! Gosto muito de contos exatamente pela rapidez da história, por essa espiada na vida alheia, como VC bem observou. Gosto de ficar com o sabor de quero mais. De imaginar o que aconteceu depois. E de matutar como é fértil a criatividade de um autor! Contos me animam pq falam de varias coisas. Em comum acho que estes falam de sentimentos e da nossa dificuldade em lidar com eles - e nossa habilidade em complicar as coisa... rs.
    Já pra lista.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Gi.
    Eu li esse livro de contos da autora e não achou tão bom. Mediano, eu diria. Alguns contos ótimos; outros, nem tanto. Porém, vale a pena para conhecer a escrita dela e também para desbravar as novas possibilidades que o conto apresenta.
    Fico feliz que você tenha gostado do livro.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de junho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Que perfeita sua resenha! Fiquei com muita vontade de ler esse livro e me divertir com esses contos. Como você mesmo citou, contos são para serem lidos devagar e com uma interpretação toda especial para cada um! Com certeza vou gostar muito dessa leitura. Obrigada pela ótima dica. Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Eu amo livros de contos, Gisela. Eles tem mesmo isso de, muitas vezes, permitir que o leitor decida um final para a história, o que é maravilhoso. Também gosto do gênero por trazer tantos temas do cotidiano, como você mesma disse é como espiar a vida de alguém. Gostei muito desse livro e espero poder lê-lo qualquer dia. :)

    ResponderExcluir
  9. Estou com muita vontade de ler os livros dessa autora. Parece ser muito bons.
    Li várias resenhas e gostei de todas.
    Gosto muito de contos e crônicas, ainda mais dessas de temas variados. É claro, que pode não agradar a todos, mas é bem legal e reflexivo , ainda mais trazendo assuntos polêmicos como traição e homossexualidade.
    bjoos

    ResponderExcluir
  10. Nunca li um livro de contos e fico com receio, mas esse me interessou muito. A começar pela capa, achei bem simples e bonita. A sinopse também chamou a atenção. Fiquei curiosa para saber o que acontece com a moça que argumenta com a morte e que argumentos são esses hahaha. Parece uma ótima leitura.

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir