acompanhe o blog
nas redes sociais

6.7.16

Lou Reed: Transformer [Victor Bockris]

Ed. Aleph, 2016 - 512 páginas:
      Responsável por antecipar o espírito simples e libertário do punk, Lou Reed, líder da seminal banda The Velvet Underground, seguiu os caminhos mais perigosos e cheios de glamour em busca de um bom refrão. Transformer: a história completa de Lou Reed narra a trajetória desse artista tão plural e dissonante, dissecando suas transformações ao longo de quarenta anos de carreira. Bockris relata desde o tratamento de eletrochoque ao qual Lou foi submetido na adolescência – último recurso da tentativa frustrada de barrar sua rebeldia e sua homossexualidade – até os sucessos e as polêmicas da carreira solo, passando pelas relações con¬flituosas com suas musas e por seus problemas com drogas. As muitas camadas de um artista complexo são reveladas de maneira inusitada, em relatos de quem o conheceu de perto, como John Cale, Andy Warhol, Nico, Laurie Anderson, William S. Burroughs e David Bowie. 

Onde comprar:

A leitura desse livro veio como uma surpresa: raras foram as vezes na qual tive a oportunidade de ler uma biografia. Apenas conhecia o Velvet Underground e Lou Reed de nome, não havia ainda explorado suas músicas. Com isso, a chance de ler essa obra veio como uma luva. Logo abri meu spotify e coloquei Lou Reed no modo aleatório, a melhor e única trilha sonora que o livro poderia ter.

Transformer, que dá nome ao título, também é o nome do segundo álbum solo de Lou, lançado em 1972. A palavra Transformer tem muito a dizer sobre quem ele foi. Lou veio de uma família de classe média americana, do estilo tradicional dos anos 1950. Aquelas mesmo que abominavam qualquer tipo de anormalidade. É narrada para nós logo de entrada, a obscura adolescência de Lou. Ele foi submetido logo cedo a tratamentos via eletrochoque, pois segundo seus pais, ele apresentava comportamentos homossexuais. Isso foi um marco em sua vida, que segundo alguns conhecidos, pode ter sido decisivo no desenvolvimento de suas ações e personalidade: ele tinha posições muito fortes, sempre se colocando contra os padrões vigentes da época. Até para os mais radicais, Lou Reed se mostrava amedrontador, humilhando e irritando quem estava por perto – mesmo gostando de companhia.

A narrativa de Victor Bockris, seu biógrafo (que também escreveu livros sobre o The Velvet Underground) é bem direta, não tendo nenhuma vergonha de falar de suas habilidades e de seu caráter difícil. O livro é dividido em 27 capítulos, que vão até a sua morte em 2013. Além disso, conta-se com dois apêndices contabilizando seu inventário de obras e entrevistas com o cantor.

Outro ponto bom de ressaltar é que o autor também faz diversos links da vida de Lou com suas letras e músicas. Muito legal de compreender essas relações e como sua forma de ver o mundo influenciou sua carreira. É indispensável também falar da diagramação incrível que a Editora Aleph nos trouxe. O livro é em capa dura, com o título na frente em alto-relevo áspero; fotos da época em um tipo de papel diferente “brilhante”: tudo isso demonstra um cuidado enorme ao trazer essa obra para o Brasil. Lindo demais!

Em minha opinião, esse é um livro destinado a um público mais específico, que já tem um conhecimento desse estilo musical - dessa época especialmente. Porém, se você como eu, também não conhecia muito sobre esse momento musical (e o Lou Reed, claro), o livro também pode agradar e muito! É um estilo diferente de leitura na qual eu não estava acostumada e me surpreendi indo madrugada adentro para conhecer um pouco mais desse ícone do rock, que influenciou tantas gerações.

Valeu a leitura!

Abaixo, vai uma playlist com os sucessos do artista no spotify. É só dar o play!


 Cortesia da Editora Aleph
Pâmela Fardim
20 anos e Estudante de Psicologia. Bookaholic, apaixonada por músicas lindas. Maratonista de seriados de carteirinha, companion perdida do doctor e seguidora de Sherlock Holmes, Patrick Jane e Cal Lightman. Pensa em um dia conhecer o Reino Unido e é fã de uns caras conspiradores que tocam em uma banda chamada Muse.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

20 comentários em "Lou Reed: Transformer [Victor Bockris]"

  1. Sua resenha está muito boa. Eu não aconhecia este livro, mas achei bem interessante a história, adicionei em minha lista de leituras e pretendo lê-lo em breve.

    ResponderExcluir
  2. querida Pâmela, sua resenha está perfeita. e pra completar estou lendo um livro de patti smith (só garotos) e ela cita a todo momento andy warhol, que foi o mecenas do velvet undergroud em início de carreira, que feliz coincidência. adorei, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Pâmela, eu não tenho o hábito de ler biografias e acho que até hoje devo ter lidos umas três. E essa me interessou.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  4. Olá, Pâmela.
    Já li a obra. Quando comecei a desbravá-la, gostava do cantor e só. Agora, estou viciado nas músicas do Lou. Ele era muito talentoso.
    Sobre o livro especificamente, além do bom trabalho editorial da Aleph, a obra chama a atenção pela profundidade de assuntos abordados sobre a vida do cantor. O autor fez um trabalho bem extenso, o que agradou-me demais.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    A resenha tá legal e bem explicada, mas uma pena não ter me interessado no livro ...
    Pra quem eh fã o livro parece ser bom msm...
    Quem sabe um dia dou uma chance ...
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Muito boa sua resenha, clara e explicativa. Mas deixo passar essa dica. Mas para os fãs do cantor, com certeza será sucesso e uma ótima leitura. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Não sou fã de biografia então não pretendo ler, até pq não conheço muito do cantor. Para quem gosta acho que será uma ótima leitura.

    ResponderExcluir
  8. Oi Pâmela!
    Biografias é o gênero que menos leio. Acho que você ressaltou bem quando diz que esse livro é pra um tipo de público específico. Acredito que os fãs certamente irão se identificar mais com a leitura. Pois já estão mais familiarizados com o cantor e suas músicas.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Não sou de ler livros assim, então não me interessei muito.

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia a banda,como não acompanho essa não é uma leitura que escolheria de inicio,mas para quem é fã é ótimo conhecer mais o cantor por outra perspectiva.Ele levou eletrochoque,caramba,não é fácil.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Não gosto de ler biografias. Então não leria esse livro.

    ResponderExcluir
  13. Oiii
    Não gosto de ler biografias e também não conheço o cantor.

    ResponderExcluir
  14. eu tb só conhecia a banda e o cantor de nome. e apesar de não ser fã de biografias eu gosto de saber de onde as pessoas tiram as inspirações delas.
    e por isso eu fico meio dividida em relação ao livro....
    adorei a dica! ah e a playlist tb!

    ResponderExcluir
  15. Nunca tinha ouvido falar nessa banda nem no cantor, mas sua resenha me deixou muito curiosa e vou procurar as músicas dele. Quanto ao livro, é provável que eu não leia, por que não gosto de Biografias, mas quem sabe um dia.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  16. Confesso que não leio biografias, não faz meu gênero, mas tenho certeza que essa é uma ótima dica para quem gosta do gênero e ao mesmo tempo se interessa em conhecer um pouco sobre a trajetória de vida de Lou Reed...
    Abraços!

    ResponderExcluir
  17. Ola, tudo bom?
    Eu não leio biografias, elas não me chamam a atenção, eu não conhecia o cantor rsrsrs, mas pelo visto tem historia para ser contada nessa biografia, gostei da playlist no final do post, irei tentar ouvir todas as músicas.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  18. Também não conhecia o som e a vida do cantor. Nada como uma biografia bem escrita para aplicar meus conhecimentos musicais ;)
    Fiquei interessada no livro.

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Já escutei algumas musicas do Lou Reed e achei interessante sua biografia, para quem gosto do cantor e esse gênero deve ser um prato cheio, mas esse não é um gênero que gosto !!

    ResponderExcluir
  20. Amo biografias, e é claro, que essa me chamou a atenção demais!!!
    Sabe que não conheço o Lou? Pois é, só conheço de nome, mas após ler a sua resenha, gostei demais! Que cara que tinha uma personalidade forte e uma vida tão sofrida, poxa, os pais dele vacilaram feio!
    Anotado aqui!!!
    bjs

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir