acompanhe o blog
nas redes sociais

23.11.16

O Mundo de Quatuorian [Cristina Pezel]

Cristina Pezel
2016 - 452 páginas:
      Quatuorian é um mundo formado por quatro Terras: Probatus, Crystallos, Jucundus e Caldária. Sob o céu, luas e sóis definem o seu destino. Pessoas com poderes especiais, animais e seres gigantes povoam este universo permeado de profecias e poderes vulcânicos. Três jovens e os Mestres do Parteon constatam que uma profecia milenar está se realizando e que o retorno de um lendário Imperador está próximo. Teriva, Julenis e Vinich percebem-se parte da profecia maior que os unirá para enfrentar o mal que se instalou em seu mundo. 

Onde comprar:




Nessa onda de histórias medievais ao qual venho embarcando, li da autora nacional O Mundo de Quatuorian, uma fantasia épica. Então acompanhem minha opinião sobre a obra de Cristina Pezel.

A estória começa com o nascimento do nosso personagem central que é o Teriva. Ele mal nasceu e acabou perdendo seu castelo e seu pai, já que este no momento do seu nascimento estava lutando no Post-Marana e acabou morrendo e perdendo o castelo da família. Sem rumo, acabam sendo acolhidos por um amigo da família, o Salek. Teriva cresce como irmão de Vinich, o filho de Salek, e então acompanhamos sua juventude até o dia do Puro Vitae, um ritual onde irá se descobrir que dom cada jovem possui, já que o mundo de Quatuorian há uma certa magia, onde cada pessoa possui um “poder” para manter o mundo deles. Além disso, Teriva possui o desejo de torna-se um guardião e assim poder devolver o castelo de sua família que fora lhe tirado a muito tempo.

Os anos se passam e em seguida acompanhamos eles adolescentes indo para a Estação Gnária, que aqui funciona como uma escola onde estes poderão aprimorar e aperfeiçoar seus dons para o bem de Quatuorian. Em parte estava adorando tudo o que a autora estava propondo, seus elementos realísticos, criaturas e tudo mais, mas quando me vi entrando novamente numa espécie de escola onde jovens aprendem coisas, achei muito manjado. Em capítulos alternados acompanhamos também Vorten, um homem que planeja as escuras algo muito perigoso. Vorten é então o homem que matou o pai de Teriva no Post-Marana, e ele parece que violou uma rega do jogo ao matar um homem já que o Post-Marana fora criado para que guerras não mais existissem, e nesse torneio homens se enfrentariam em cima de animais para que pudessem testar suas habilidades e onde podiam apostar posses.

Bem, o enredo vai crescendo transformando-se em algo muito interessante, somente o que não me convenceu foi a demora dos fatos. Eu já estava dentro da trama e queria que ela desenrolasse mais, e prolongar os fatos foi desnecessário, Não entendam esta resenha como negativa, pelo contrário, a autora soube sim, e muito bem por sinal, nos apresentar uma historia boa e que vale a pena ser lida, meu único problema foi a forma como foi conduzida, pois algumas partes pra mim não acrescentaram em nada.

Vale destacar que os personagens fazem parte de uma profecia, e que na terceira parte do livro temos tudo se concretizando e ganhando forma, assim como os planos de Vorten que são executados. Foi a melhor parte, mas eu queria mais. Sentir o gosto de mais. Não sei se a autora fará uma continuação, mas gostaria muito de acompanhar e ver o desenvolvimento dos próximos livros.

Em suma a escrita da autora é envolvente. Ela sabe pegar o leitor e leva-lo para estória. A cultura desenvolvida, a moeda estabelecida, a questão do tempo como é contado empolga o leitor. Tem muitas coisas a serem melhor exploradas neste mundo e que eu adoraria ver em livros futuros. Uma boa leitura!

SOBRE A AUTORA

Pezel é publicitária e autora de fantasia e ficção. Começou a escrever recentemente contos e poesias, já foi premiada em vários concursos literários e publicou textos na Revista TRASGO e Revista FARPA. Inspirada em George Martin, Tolkien e C.S. Lewis, faz um mix dos três estilos neste livro de ficção fantástica O MUNDO DE QUATUORIAN. Visite o site da autora: www.cristinapezel.com.br
Douglas Brandão
Geminiano, formado em Magistério e futuro professor de História. Mora na Bahia e louco por livros. Um pouco ciumento e orgulho. Fanático por Harry Potter e chegou a receber o apelido de "Vírgula" por sempre dar uma opinião ou comentário, porque sempre usa "Entretanto", "Contudo" e "Todavia" por ser sempre "Do Contra". Sincero ao extremo e venho para compartilhar meu gosto de leitura com vocês.
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

15 comentários em "O Mundo de Quatuorian [Cristina Pezel]"

  1. caro Douglas, cada dia mais curto suas resenhas sempre imparciais. percebi um certo ar de harry potter (e justamente pra ti que é conhecedor da saga), talvez por isso as coisas tendam a ficar mais difíceis na leitura, a comparação é inevitável. se eu fosse autor adoraria saber sua opinião para poder de alguma forma trabalhar pontos menos favorecidos. valeu amigão!

    ResponderExcluir
  2. Eu achei um pouco parecido com HP!
    E eu amei esse ar!
    Nunca tinha ouvido falar desse livro e confesso que a sinopse é bem interessante!
    Amo livros com tema medieval!
    As descrições dos lugares e etc!

    ResponderExcluir
  3. Assim como os comentários anteriores, realmente o livro lembra um pouco Harry Potter. Pena que a história tem algumas partes desnecessárias que deixam o livro um pouco cansativo, não sendo possível ser classificado como excelente. Gostei da resenha e da dica.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei do livro, msm com partes cansativas leria numa boa...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Douglas!
    Leituras que trazem histórias medievais e ainda tem uma profecia envolvida, é o tipo de ficção que me atrai muito a leitura, porque fico totalmente envolvida e tentando descobrir como tudo irá acabar.
    Espero que valha a pena a leitura.
    “Só a mágoa deveria ser a instrutora dos sábios; Tristeza é saber.”(George Lord Byron)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Douglas
    Uma autora nacional com temática de fantasia épica,não conhecia.Ótimas inspirações dela.
    É um livro independente pelo que percebi,desejo sucesso para a carreira =]

    ResponderExcluir
  7. Olá Douglas,
    Não conhecia esse livro mas esse enredo me chamou a atenção. Adoro histórias que se passam na época medieval, e essa além de ter esse cenário tem a magia para deixar a leitura ainda mais interessante. Pelo jeito os personagens são bem construídos, possuem poderes e ainda fazem parte de uma profecia, que intrigante. Uma pena que a autora exageros nos fatos desnecessários, isso deixa a leitura um pouco arrastada. Quem sabe eu leia se tiver a oportunidade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá, Douglas.
    Como fã de fantasia, principalmente medieval, com certeza fiquei de lho na obra. O enredo é interessante e os personagens parecem ser ótimos. Apesar de alguns alongamentos desnecessários, o livro ainda parece ser bom.
    Com certeza vou conferir.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de novembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
  9. Oláá1
    Cada dia mais curto suas resenhas sempre imparciais.
    Percebi um certo ar de harry potter (e justamente pra ti que é conhecedor da saga),
    talvez por isso as coisas tendam a ficar mais difíceis na leitura, a comparação é inevitável. se eu fosse autor adoraria saber sua opinião para poder de alguma forma trabalhar pontos menos favorecidos.
    Acheiii bem bacana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Douglas! !
    Não conhecia o livro, mas a premissa e bem interessante gosto muito de livros sobre fantasia e esse parece ser bem legal. Gostei da resenha. Amei a indicação!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  11. Oi.
    Uma pena que a história demora tanto para se desenvolver, eu também não sou muito fã quando entra o contexto escola não, por que o livro passa a ser algo clichê e esperado, o que tira um pouco daquela expectativa, mas enfim gostei da premissa, acho que irei ler com certeza.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Douglas!
    Ao contrário de você eu ando fugindo de fantasias assim, preferindo livros em que os fatos vão se desenrolando mais rapidamente. Achei bem parecido com Eragon e Harry Potter, com isso de profecias e tudo mais. Uma pena que o desfecho da história seja lento...

    ResponderExcluir
  13. Leituras mais arrastadas tendem a atrapalhar a leitura, principalmente em aventuras. Mas gostei da história e gostaria de conferir (principalmente por ser um livro nacional, já que gosto sempre de conhecer mais autores daqui), mesmo parecendo bem clichê, com profecias, uma escola, onde são descobertos dons e tal, ainda assim parece valer a pena conferir!

    ResponderExcluir
  14. Achei que o livro tem um toque de HP.
    Fiquei curiosa para saber quais são os poderes possíveis de serem adquiridos.
    Sera que o livro vai ser uma serie? Acho um desperdício criar um mundo totalmente novo e não explorar todo o potencial dele. Gostei da dica.

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bom?
    Não conhecia o livro, parece ser bem bacana, gosto desse toque de magia, fiquei triste em saber que a autora demorar para desenrolar algumas coisas, mas como você disse que isso não fez com que o livro ficasse ruim, pretendo dar uma chance a ele.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

siga no instagram @lerparadivertir