acompanhe o blog
nas redes sociais

16.2.17

A Menina Submersa [Caitlín R. Kiernan]

Ed. Darkside, 2015 - 320 páginas:
      'A Menina Submersa - Memórias' é um verdadeiro conto de fadas, uma história de fantasmas habitada por sereias e licantropos. Mas antes de tudo uma grande história de amor construída como um quebra-cabeça pós-moderno, uma viagem através do labirinto de uma crescente doença mental. Um romance repleto de camadas, mitos e mistério, beleza e horror, em um fluxo de arquétipos que desafiam a primazia do 'real' sobre o 'verdadeiro' e resultam em uma das mais poderosas fantasias dark dos últimos anos. Considerado uma 'obra-prima do terror' da nova geração, o romance é repleto de elementos de realismo mágico e foi indicado a mais de cinco prêmios de literatura fantástica, e vencedor do importante Bram Stoker Awards 2013. 

Onde comprar:

QUANDO QUEREMOS ESTAR LIVRES DA PRÓPRIA CARNE

Uma frase nesse livro me abalou bastante:

"Sobre ser mantido prisioneiro pela carne, e querer ser livre com tanta força que finalmente a morte se torna uma opção..."

Neste livro, entramos na mente de India Morgan Phelps, conhecida por todos como Imp (Imp, significa diabrete em inglês, uma espécie de diabo de baixo nível), uma pessoa mentalmente perturbada, cujo histórico familiar de suicídio, deixa muito claro que há muita perturbação na mente desta pessoa.

Ao ver um quadro em uma exposição, ela desenvolve uma obsessão pelo personagem da imagem, quanto mais se aprofunda nas pesquisas do personagem e do quadro, mais vai enlouquecendo e levando o leitor consigo. Ela passa a ver e falar com a personagem do quadro, em momentos muito peculiares. A vida em torno dela, vai ruindo e fica muito difícil não ruir com ela.

A experiência, para mim, foi bem complicada. Não conseguia ler o livro rapidamente pois ele me causava uma certa "depressão". A linguagem repetitiva, obsessiva e cheia de detalhes desconexos, conferia uma volta constante ao mesmo ponto, me deixando bastante confuso muitas vezes. Uma leitura para quem realmente gosta de avaliações psíquicas, pois a personagem é bastante perturbada.

Por outro lado, a Dark Side mais uma vez impressiona com a altíssima qualidade do material. O livro, em capa dura, tem detalhes em relevo e que lembram uma caixa de metal onde são guardadas memórias. O miolo recebeu um tratamento colorido rosa, que dá a impressão que foi feito não para impedir os insetos de entrarem no livro, mas sim, para impedir que eles saíssem e entrassem em nossas cabeças. Impossível não ficar curioso e pesquisar algumas das obras que o personagem fala, mas acho que, se você leitor, fizer isso, com certeza poderá acabar de mãos dadas a Imp, e não voltar mais quando mergulhar em uma banheira de água gelada!! ahahahahaha

Recomendo a leitura, mas por sua conta e risco!!
Marcos Graminha
Marcos Graminha é leitor viciado em terror e vampiros. Conta com um acervo de mais de 1500 livros sobre esses assunto. Proprietário de um sebo na cidade de Vila Velha, dedica sua vida a desvendar os mistérios desses "filhos da noite". contato: marcos.graminha@gmail.com
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

28 comentários em "A Menina Submersa [Caitlín R. Kiernan]"

  1. Oi.
    Gosto bastante desse tipo de livro, mas confesso que não sabia que seria tão confuso, vir muitas criticas mas ainda espero ler.
    A coisa toda da personagem ser bem perturbada me deixou curiosa, por que acho interessante sair um pouco d minha zona de conforto, vou ler com certeza.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marlene.... basicamente é como entrar dentro de uma mente insana... as vezes cansativo, as vezes assustador... ainda mais quando as coisas começam a fazer sentido... bastante perturbador!! Obrigado por seguir minhas resenhas... Bjs

      Excluir
  2. ao contrário da grande maioria de resenhas bem pouco elogiosas quero ler este livro demais, justamente por causa da forma como ele foi desenvolvido, estar na cabeça de alguém com uma psicopatia qualquer deve ser realmente confuso, assim como confuso será colocar pensamentos em palavras. estou ansioso e tremendamente curioso. belíssima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodolfo... não cheguei a ver o que outros resenhistas escreveram sobre o livro, mas esse não é um livro sobre psicopata... esta mais para um livro sobre suicidas. De qualquer forma, é entrar na mente da pessoa e ver as ligações estranhas que ela faz. Impossível não achar muito louco. Abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  3. Marcos!
    Li esse livro também e apesar de gostar de livros que trazem doenças psicológicas em seu enredo, achei que o livro não é essa coisas toda como li em muitas resenhas, foi uma leitura bem sofrível e complicada.
    A edição da DarkSide é perfeita.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudy... sem dar spoiler vou dizer que realmente é "bem sofrível e complicada". mas nada que a mente de uma pessoa louca não seja. Muitas vezes me identifiquei com os pensamentos. Outras vezes me entediei... mas a verdade é que o livro é muito louco!!! Cheirinhos e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  4. Tenho,esse é um dos favoritos, tanto a capa quanto a trama *.*
    A história é diferente,não é pra qualquer leitor encarar,eu costumo ler rápido e tive que mudar de ritmo para não perder nenhum detalhe,cheguei a ler o final duas vezes conferindo as datas,mas vale a pena,simplesmente amo a Menina Submersa.
    É,pesquisei vários coisas interessantes durante a leitura,já estou de mãos dadas com a Imp XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helen... realmente, eu tbm mudei meu ritmo. Demorei mais de 30 dias... li outros livros ao mesmo tempo... pq o livro realmente é difícil porém recomendo a quem quer explorar seus limites como leitor.. Bjs e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  5. Olá, achei confuso e assustado a sua resenha sobre o livro, achei interessante a historia, me pareceu filme terror, é como se no livro você estrasse na propia mente da personagem...espero ler pra entender..!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lily... não é uma história com coerência e lógica, não para os padrões normais. Não dá pra fazer uma resenha precisa. A verdade é que eu coloquei em palavras, as sensações que tive com o livro. Espero que entenda e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  6. Olá Marcos,a primeira vista não é um livro que eu leria por conta de ter todos esses seres mitológicos que cita a sinopse,ainda mais que odeio livros de fantasia :/ Massss,também é citado que o livro é considerado uma obra - prima do terror,então aí sim me chamou a atenção,pois apesar de nunca ter lido nada desse gênero,estou querendo dar uma variada nesse estilo,e terror é um estilo que me deixa bemmm curiosa. Só fiquei com um pé atrás com o que você cita do livro ser muito descritivo,e que acontecem as coisas mais voltam tudo ao mesmo ponto,não sei,me faz lembrar uma trilogia de fantasia que li onde acontecia um emaranhado de coisas,e no final a história não saia do lugar e ficou um monte de pontas soltas (creio que esse foi um dos fatores para mim torcer o nariz para livros de fantasia kkk) e isso me deixou bem frustada sabe...Bom,esse livro,apesar dessa trama meio alucinante e de uma protagonista bemmm paranóia,se ele tiver um final sem deixar pontas soltas eu leria mesmo assim ;)

    Ótima resenha,abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniele... Esse não é um livro que eu indicaria para começar a ler terror. Na verdade, nem considero um livro de terror. Acho que esse livro está mais para uma trama psicológica ou psicanalítica. Quando eu digo que vc entra na mente do personagem, não estou dizendo que vc entra na história... vc entra na mente... é como se vc estivesse correndo, na floresta, a noite, com nevoeiro e sem luz... vc não sabe pra onde vai, vc não vê nada, apenas sente... acrescente a isso o ruído de algum animal, que vc presume selvagem, mas não sabe qual é e nem onde ele está... é isso... Abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  7. Olá!!! O livro tem uma capa linda e quando vi fiquei bem curiosa, mas não sei se quero ler, e vejo pela sua resenha que o livro é um tanto quanto confuso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elizete...com certeza o livro é pra quem tem paciência... Abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  8. Essa edição de A Menina Submersa está mesmo belíssima, a Dark Side atrasando como sempre, mas confesso que a história não faz meu estilo de leitura, avaliações psíquicas não faz o meu gênero.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Any.. de qualquer forma, abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  9. Gosto quando o livro mergulha na mente perturbada e no lado psíquico do personagem. Interessante a relação de Imp com o personagem do quadro. Adoro a capa do livro, Darkside sempre arrasa nas edições.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luciane... definitivamente... a Darkside Arrasa..!! Bjs e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  10. Li psíquicas e já amei! Não conhecia a história mas entrou para minha lista. Apesar de parecer uma leitura meia forte, gosto de personagens complexos e perturbados assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaynara... então vc vai se deliciar com o livro. Complexo, pesado e principalmente, não é pra qualquer um. Acho que as críticas negativas se dão pq as pessoas esperam encontrar uma coisa linda... mas o que encontram é algo muito perturbador... Leia e venha comentar depois !! Abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  11. Oi!
    Quando vi esse livro a diagramação dele logo me chamou atenção, achei o trabalho da editora maravilhosa, mas ao ler algumas resenha vi que esse não é o tipo de livro que gosto de ler, e parece ser mesmo uma leitura pesada e arrastada, mas também interessante !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso Suzana... de qualquer forma, um livro que recomendo aos que tem músculos de aço... ahahaha Bjs e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  12. Ao mesmo tempo que esse não é o meu gênero de leitura preferido, fiquei muito curiosa depois de ler sua resenha, nunca li nada parecido.
    E realmente essas edições da Dark Side estão incríveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kris... Também fiquei curioso, inicialmente pela capa... Não li resenhas, em sinopse do livro. Deixei me levar para ter uma opinião bem pura. Eu gostei do que li, mesmo que em vários momentos eu tenha parado, para tentar reconstruir tudo na minha mente. Difícil... mas desafiador. Abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  13. Oi Marcos...
    Você realmente começou a resenha com um quote que abala demais... Essa edição da Darkside está simplesmente maravilhosa, mas não sei se tenho estrutura para encarar essa leitura... Dá a impressão que conseguimos sentir um pouco do que a personagem está passando... Talvez dê uma chance a esse livro mais pra frente...
    Abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristiane... imagine ler um diário... A medida que as páginas são viradas, vc começa a sentir a personagem e se encaixar na mente dela... e isso gera muitos problemas, pois conflita com a sua própria mente. Isso me fez adorar o livro. Abraços e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir
  14. Ola, tudo bom?
    Gostei da resenha, ainda não li ao livro, mas pelo visto ele seria para mim, uma leitura um tanto complicada né, pois não estou acostumada com personagens com uma carga psicologia pesada como nesse livro retrata, por agora não pretendo ler, mas quem sabe mais para frente eu venha a dar uma chance ao livro.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila... Ninguém está acostumado a esse tipo de leitura, a menos que vc seja uma Psiquiatra. Eu confesso que leio muito material sobre serial killers, e é a primeira vez que um livro me deixa um tanto "perturbado". Muitas vezes senti sono, outras tive vontade de rasgar o livro e na maioria das vezes eu engolia as páginas. Mas, nunca estive preparado para o que estava lendo. muito doido mesmo... Bjs e obrigado por seguir minhas resenhas.

      Excluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir