acompanhe o blog
nas redes sociais

7.3.17

A Rebelde do Deserto [Alwyn Hamilton]

A Rebelde do Deserto
Ed. Seguinte, 2016 - 312 páginas:
      O deserto de Miraji é governado por mortais, mas criaturas míticas rondam as áreas mais selvagens e remotas, e há boatos de que, em algum lugar, os djinnis ainda praticam magia. De toda maneira, para os humanos o deserto é um lugar impiedoso, principalmente se você é pobre, órfão ou mulher. Amani Al’Hiza é as três coisas. Apesar de ser uma atiradora talentosa, dona de uma mira perfeita, ela não consegue escapar da Vila da Poeira, uma cidadezinha isolada que lhe oferece como futuro um casamento forçado e a vida submissa que virá depois dele. Para Amani, ir embora dali é mais do que um desejo — é uma necessidade. Mas ela nunca imaginou que fugiria galopando num cavalo mágico com o exército do sultão na sua cola, nem que um forasteiro misterioso seria responsável por revelar a ela o deserto que ela achava que conhecia e uma força que ela nem imaginava possuir.

Onde comprar:

Esse livro foi uma grata surpresa para mim. Embarquei na leitura sem muitas pretensões e acabei arrebatada e apaixonada tanto pelos personagens quanto pela narrativa.

O cenário foi a primeira coisa que me cativou: nunca tinha lido nada que fosse ambientado no deserto, e imaginei que a mesmice de um mar de areia seria um cenário pobre, e não poderia estar mais enganada! Em A Rebelde do Deserto o cenário é quase um personagem, o deserto tem toda uma mitologia que confere a ele quase que vida própria e a forma com que o enredo depende desse cenário e se comunica com ele é incrível e foi desenvolvida com maestria.

Amani é uma personagem principal e tanto! Ela é forte, astuta, muito esperta e teimosa. Seu objetivo de vida é sair da Vila da Poeira e ir buscar o sonho de um futuro melhor, já que ali estaria fadada a um casamento arranjado e infeliz e a sempre viver na sombra do estigma que é ser mulher naquela comunidade. Amani é um retrato de uma Girl Power sem ser panfletária, o que fez o livro ganhar ainda mais uns pontinhos comigo.

Outro personagem intrigante é o forasteiro, ou Jin. Ele aparece logo nas primeiras páginas e a gente logo saca que ele vai ser importante para a trama e que pode rolar um clima entre os dois. O legal é que ele se revela ser um personagem bem chave na narrativa e sim, tem um toque de romance na relação dele com a protagonista mas fica bem em plano de fundo, sem ser meloso nem tomar conta da história. É só o suficiente pra agradar os corações mais moles sem desgostar daqueles que esperam mais dos outros aspectos da narrativa.

A Rebelde do Deserto

No começo do livro os elementos de fantasia pareciam muito distantes, eu como leitora não conseguia comprar a ideia, mas fui encarando como realismo mágico e segui a leitura sem prejuízos, no entanto, do meio da narrativa para frente há uma série de acontecimentos e revelações que te fazem imergir na fantasia e aí sim, comprar toda a ideia. Depois das tais revelações passei a gostar ainda mais da história e achei que a autora soube dosar muito bem cada elemento fantástico, fazendo com que o leitor possa ficar à beira da realidade mas ainda assim imaginar os elementos explorados!

Não quero dar muitos detalhes para não estragar a experiência de ninguém, acredito que esse seja o tipo de livro que você tenha que embarcar cego e de coração aberto.

A autora soube criar uma história cativante e cheia de ritmo, toda vez que pegava o livro eu não queria largar. Rebelde do Deserto já está concorrendo a um posto entre as melhores leituras do ano, e acredito que se você der uma chance também não vai se arrepender!

 Cortesia do Grupo Companhia das Letras
Laiara Dias
Baiana, criada no Mato Grosso, casada com um mineiro e cai de paraquedas nas terras capixabas. Viciada em Youtube e Netflix, chocólatra assumida, devoradora de chick-lits. Amo um bom romance açucarado e não resisto a um toque de pimenta na literatura, nem a uma colher de farinha no prato. Choro a toa, rio alto, e não consigo decidir entre ser ogra ou princesa! Muito prazer, essa sou eu!
*Sua compra através dos links deste post geram comissão ao blog!

comentários pelo facebook:

19 comentários em "A Rebelde do Deserto [Alwyn Hamilton]"

  1. Oi.
    Já vou dizendo que amei de paixão essa capa, adorei a premissa do livro amo uma Boa aventura e esse livro já me encantou, fiquei bastante curiosa para saber qual desfecho o livro irá tomar, quando vir que o livro se passava no deserto também imaginei que seria a mesmice, mas fiquei animada que apesar de tudo tem uma novidades por ai, adorei que a personagem é forte e decidida.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Já gostei desse livro desde a primeira resenha lida fora a capa que é tão linda, espero ter a oportunidade de ler em breve e aproveitar uma ótima promoção junto com o segundo livro.
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  3. Eu também imaginava algo que se passa no deserto monótono, mas que bom que isso não aconteceu, que o cenário colaborou e muito para a história. Gostei da protagonista principal e do romance estar em plano de fundo. Essa capa é maravilhosa. Ótima resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  4. Laiara!
    Realmente o cenário onde o livro é ambientado é totalmente diferente de todos que andamos vendo por aí, sem contar com uma protagonista que se faz passar por homem para poder enfrentar a sociedade e ganhar algum dinheiro.
    Gostei!
    “Saber de cor não é saber: é conservar aquilo que se deu a guardar à memória.” (Michel de Montaigne)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Olá Laiara!
    Amei sua resenh, e quando começei a ler, me apaixonei pelo livro e também amei a capa, super fofo...a historia me cativou...nunca ouvir dizer sobre essa autora mais porém, é perfeito!!

    ResponderExcluir
  6. Laira,
    fazem séeeculos que quero ler esse livro, eu também nunca li nada com o deserto como cenário, e estou bem curiosa para ver como ele foi trabalhado no livro.
    Amani parece ser maravilhosa, adoro ver uma mulher forte como protagonista, alguém em busca de algo melhor para si mesma.
    Gosto bastante de livros que envolvem magia/fantasia, quero ver como isso foi trabalhado também, já que vc mencionou que a parte ~mágica~ só acontece mais pro meio do livro.

    BJS

    ResponderExcluir
  7. Esse livro esta na minha listinha de compras devido aos elogios. Gostei da personagem por ser forte, destemida e vai atras do que quer, as personagens literárias femininas estão ganhando cada vez mais espaço e força. Fiquei curiosa com essas revelações no decorrer da historia, espero que sejam surpreendentes rs.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!! Adorei a capa desse livro, nunca tinha ouvido falar dele, apesar de ser uma trilogia e não saber quando a série será toda lançada aqui no Brasil, vou me arriscar na leitura já que pelo que li na sua resenha a história fará jus a sua capa.

    ResponderExcluir
  9. Olá, Laiara!!
    Achei bem interessante essa história. vai fazendo revelações ao decorrer da história, e o que acontece talvez prejudica a Al'Hiza. Bem legal.
    Amei a resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Esse livro foi colocado ano passado como uns a ser debatido no tema do feminismo, não preciso dizer o porque não é mesmo ? Embora tenha sido ano passado eu ainda não peguei esse livro pra ler devido ao fato que estou esperando terminar de lançar a trilogia pra poder me arriscar a ler sem ficar agoniada pela continuação depois kkk Obrigada pela resenha e pelos excelentes motivos apresentados pra ler o livro.

    ResponderExcluir
  11. Oi Laiara! Desde o lançamento desse livro que fiquei meio em cima do muro com ele. Ao mesmo tempo que via muitos elogios, o enredo não me agradava o suficiente.
    Gostei do que você falou sobre o deserto ser como um personagem, na verdade nem tinha pensado sobre o deserto como sendo um cenário pobre e tal.
    Depois do lançamento do segundo livro comecei a me interessar mais. Quem sabe eu leia e tenha uma boa surpresa como você teve.

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  12. Estou curiosa,só vejo comentários positivos sobre A Rebelde do Deserto.
    Adorei a descrição da Amani,já quero acompanhar sua trajetória!
    O cenários,os personagens,o toque de fantasia,tudo isso atiçou minha vontade de ler,espero ver a resenha da continuação =]

    ResponderExcluir
  13. Eu não gosto quando o romance fica em plano de fundo, mas que bom que a autora soube dosar a medida para contentar tanto os corações mais moles quanto os que esperam mais dos outros aspectos da narrativa...
    Valeu pela dica, se eu tiver a oportunidade de ler A Rebelde do Deserto vou ler sim, acredito que vale a pena acompanhar as aventuras de Amani e Jin através do deserto!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  14. Oi Laiara, tudo bem?
    Eu estou com esse livro parado na minha estante desde dezembro e ainda não consegui me organizar para lê-lo. Estou mega curiosa para saber mais sobre a jornada da Amani, e como sou apaixonada por mitologia, já sei que vou adorar cada pedacinho da história.
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  15. Olá!!
    Qto mais acompanho resenhas do livro mais tenho vontade de ler, o enredo tá excelente, tenho o livro mais ainda não consegui ler...
    Bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Laiara!
    Nunca li nada ambientado no deserto, com toda certeza vou adorar ler esse livro pois já me cativei pela Amani.
    Adoro livros em que a protagonista luta pelos seus ideias independente de ser diferente do imposto pela sua sociedade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Já vi várias resenhas desse livro, confesso que não imaginava que um ambiente como o deserto poderia dar certo e adoro livros de fantasia com mulheres Girl Power, quero ler esse e a continuação dele, que parece ser tão boa quanto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Eu tenho o livro e já passei na frente em minha lista de leituras. Adorei saber que o livro tem uma protagonista empoderada. Amo historias passadas no deserto, curto muito a mitologia envolvida. A leitura parece diferente das coisas que tenho lido, principalmente por não ter o romance como trama principal da historia.

    ResponderExcluir
  19. Oi!
    Estou bem curiosa sobre esse livro, mas o fato do livro se passar no deserto estava me deixando meio desanimada, pois pensei que a historia acabaria ficando repetitiva e lendo, mas adorei essa que a autora conseguiu integrar tão bem esse cenário a historia, a capa está maravilhosa e essa historia está na minha lista de leitura !!

    ResponderExcluir

Qual sua opinião sobre o livro? Compartilhe!

Tecnologia do Blogger.
siga no instagram @lerparadivertir